Aposentadoria proporcional

Existem muitas confusões sobre aposentadoria integral ou proporcional e a aplicação do fator previdenciário. Então é bom entender a história.

A antiga legislação previdenciária previa a aposentadoria por tempo de serviço aos 35 anos para o homem e aos 30 para as mulheres, pagando 95% da média de contribuições; porém, em razão da forma como a lei foi redigida, os homens tinham direito a se aposentar com 30 anos de contribuição, mas com 80% da média contributiva. Era chamada de aposentadoria proporcional e existia só para os homens.

A Consituição Federal de 1988 manteve as aposentadorias integrais para os homens aos 35 anos de trabalho, para as mulheres aos 30, e criou aposentadorias proporcionais aos 30 anos para os homens e aos 25 para as mulheres. Portanto, a grande novidade era o direito da mulher se aposentar cinco anos antes de completar o tempo. Esta aposentadoria proporcional acabou em 1998, com a Emenda Constitucional nº 20, e criaram-se regras de transição inviáveis. A tentativa de criar uma idade mínima para a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS não vingou, enquanto pelas regras de transição havia o limite de idade, 53 anos para os homens e 48 para as mulheres, e o pedágio, tempo extra de contribuição a ser calculado no dia da emenda, 15/12/1998, em 20% do que faltava para a aposentadoria integral e 40% para a proporcional. Sem limite de idade na regra nova, para a aposentadoria integral a transição nunca foi aplicável. Na aposentadoria proporcional, o pedágio maior, 40%, agora quase quinze anos depois, também inviabilizou sua aplicação.

Portanto, atualmente o que existe é a aposentadoria por tempo de contribuição, 35 anos para o homem e 30 para a mulher, com qualquer idade. Seria o que se chamava de aposentadoria integral. Porém, no cálculo deste benefício a incidência do fator previdenciário é obrigatória, e sempre como redutor. Assim, não é bem uma aposentadoria integral como gostariam os segurados.

COMENTÁRIOS: 1.167 comentários

  1. MARISETE DE SIQUEIRA disse:

    me aposentei com 49 anos de idade e 28 anos de contribuição,continuo trabalhando.Em julho de 2013 faz 31 anos de contribuição como devo agir junto do INSS para rever minha aposentadoria necessito de advogado ou não

    • Oi, Marisete, por enquanto a desaposentação só é possível judicialmente, com advogado, e ainda aguardando a decisão do STF; se a lei que tramita no Congresso for aprovada, então poderá requerer administrativamente.
      Pardal

      • me aposentei com 53 anos de idade e 29 de
        contribuição depois da aposentada fiquei 9
        meses sem trabalhar,voltei a trabalhar registrada vai fazer 3 anos é possivel a desaposentação?
        aguardo retorno.
        Maria das graças de araujo.

    • SOU ELETRICITARIO DE ESTATAL ECONOMIA MISTA
      DESDE 20/05/1985.DESTA DATA ATE 1989 FUI LEITURISTA A PARTIR DESTA DATA ELETRICISTA DE DISTRIBUIÇAO. COM A ESPECIAL[ PERICULOSIDADE 30% poe cento DE ATE 03/03/1997 ESTOU NESSA FUNÇAO ATE HOJE.TENHO 51 ANOS
      E MAIS 1.6 EM OTRA FIRMA POSSO JA APOSENTAR NA COMUM.

      • Oi, José Antonio, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos e o tempo especial, devidamente comprovado pelas informações das empresas empregadoras, pode ser multiplicado por 1,4 para somar com o comum. O INSS só tem admitido a eletricidade como agente para aposentadoria especial até 05/03/1997, mas é possível lutar nos tribunais.
        Pardal

    • Rosely Prates disse:

      tenho de contribuiçao 27 anos e de 1974 a 1978 e 1988 a1992 trabalhei em situaçao insalubre ,gostaria de saber quanto tempo falta pra me aposentar

      • Oi, Rosely, a aposentadoria por tempo de contribuição exige para a mulher 30 anos completos, e o tempo especial – com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, comprovada pelas informações da empresa empregadora (antigo SB40, atual PPP) – pode ser multiplicado por 1,2.
        Pardal

  2. Olá por favor me oriente, trabalho com carteira assinada desde março de 1982, sinto muita fadiga, estresse decorrente destes anos, continuo trabalhando e gostaria de saber se posso entrar com o pedido de aposentadoria. Obrigado

    • Oi, Cilene, se você trabalha sem interrupção desde março de 1992, já completou mais de 30 anos de contribuição, e assim já tem direito a se aposentar por tempo de contribuição.
      Pardal

      • Bom Dia

        Por favor o que aposentadoria pardal?

        Tenho 46 anos, fiquei um periodo sem contribuir, porém tenho realmente mais de trinta anos contribuido

        Obrigado

        • Oi, Cilene, no INSS a aposentadoria por tempo de contribuição exige 30 anos de contribuição da mulher, com qualquer idade. Assim, se você já tem 30 anos de contribuição, pode requerer a aposentadoria. A idade contará no cálculo do benefício, com o fator previdenciário. Você pode entrar no site do INSS e fazer uma simulação.
          Pardal

      • José Ladimir disse:

        Olá Sérgio,

        então não existe mais aposentadoria proporcional?

        • Oi, José, a aposentadoria proporcional acabou com a emenda constitucional de 1998, e atualmente as regras de trasição já se esgotaram, não tem mais aplicabilidade.
          Pardal

        • Gostaria de saber qual procedimento para rever minha aposentadoria tinha 30 anos de contribuição mas não tinha idade me aposentei proporcional continuo trabalhando com perca salarial quase 50% inferior hoje do meu salario atual.
          Como proceder?
          Obrigada

          • Oi, Maria,

            Você saiu com a aposentadoria proporcional e ainda sofre pela defasagem, infelizmente não há o que ser feito, caso você tenha continuado a trabalhar, pode ser o caso da desaposentação, assim, é aconselhável procurar, em sua cidade ou região, um advogado especialista e de sua confiança.
            Pardal

    • NEIVA disse:

      Sou professor,tenho 50 anos de idade e 30 anos de contribuição. meu salário é de 2.700,00, gostaria de saber se já posso encaminhar a aposentadoria e se vou receber integral.
      Obrigada.

  3. Olá
    Tenho 51 anos e 31 anos de contribuição, sendo:
    23 anos no regime geral (INSS) e,
    08 anos como membro do serviço público estadual (professora).
    Há cinco anos atrás fiz a contagem do meu tempo de contribuição do regime geral e incorporei no serviço público. Quais minhas expectativas para eu me aposentar. Fui informada de que devo completar 20 anos no serviço público para conseguir me aposentar com 100, ou seja eu teria que trabalhar mais 12 anos.

    • Oi, Marcia, como você ingressou no serviço público após 2003, nem vai se aposentar pelo último salário, será pela média. Para se aposentar nas mesmas condições que seria no INSS, você deverá ter pelo menos 10 anos de serviço público, tendo 30 de contribuição e 55 de idade. A aposentadoria especial como professora, 25 de contribuição e 50 de idade, só seria possível se todo o tempo fosse como professora.
      Pardal

  4. Prezado,
    completo 30 anos de contribuição em maio/13, com a idade de 49 anos. Gostaria de uma informação e opinião: a idade influencia no resultado da aposentadoria? vale a pena me aposentar agora ou continuar trabalhando para adicionar mais anos de trabalho?
    obrigada

    • Oi, Katia, a sua idade influencia porque participa do cálculo do fator previdenciário, reduzindo bastante o valor do benefício, mas se você não se aposentar, deixa de receber um valor que levaria muito tempo para recuperar com a diferença do benefício que seria possível conseguir. Procure alguns posts que apresentei neste blog sobre o assunto.
      Pardal

      • Aproveitando a deixa da sua resposta, e minha duvida é mais ou menos igual a da Katia, e me desculpe, é pergunta de leiga, …. mas então… não foi dito que com 30 anos trabalhado, a mulher pode se aposentar com qualquer idade? mas há uma diminuição no valor a ser recebido, é isso? Grata

        • Oi, Andrea, tanto para o homem quanto para a mulher, na aposentadoria por tempo de contribuição tem a incidência do fator previdenciário, levando em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. Temos muitos posts neste blog falando sobre o assunto.
          Pardal

  5. jonair disse:

    tenho 55 anos de idade e trabalho em um condominio a 21 anos total 27 anos ao todoeu tenho alguma chance de me aposentar

    • Oi, Jonair, a aposentadoria por idade no INSS exige 65 anos de idade para o homem e 60 anos para a mulher, tendo no mínimo 15 anos de cotnribuição. A aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, com qualquer idade.
      Pardal

  6. Gostaria de saber se nos dias de hoje consegue-se aposentar através da lei dos 48anos/25 contribuição, pois o salário seria mesmo só o minimo?

    • Oi, Rita, não existe lei que conceda a aposentadoria com a idade de 48 anos e 25 de contribuição; você esqueceu do pedágio, de 40% sobre o tempo que faltava em 15/12/98. Atualmente o pedágio é superior ao 5 anos que faltam para completar a integral, com qualquer idade, apesar do fator previdenciário ainda determinar alguma redução.
      Pardal

  7. TENHO 17 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO,ESTOU COM 37 ANOS E SOU PROFESSORA MUNICIPAL,PORÉM CONTRIBUO PARA O INSS,QUANTOS ANOS FALTAM PARA MIM APOSENTAR?

    • Oi, Luciana, o trabalho como professora, contribuindo para o INSS, dá direito a se aposentar com 25 anos de contribuição sempre em atividades de magistério em educação infantil, ensino fundamental ou médio. Pode ser com qualquer idade, mas existe o fator previdenciário que reduz o valor da média.
      Pardal

  8. Débora rosa disse:

    Olá,boa noite meu esposo tem 42 anos de idade,e pouco tempo de contribuição mais ou menos uns 4 anos,é possivel que ele se aposente se pagar integralmente todo valor restante de contribuição,como faze o calculo?Obrigada.

  9. Olá, boa noite…
    Um Homem com 60 e 35 anos de contribuição, contribuindo de 94 para cá pelo teto. compensa já se aposentar ou demorar mais um pouco para perca devido ao fator não ser muito grande?

    e nesse caso quando falamos de perca, estamos falando de quantos porcento? ele com 60, 61, 62…anos.

    obrigado.

  10. Gostaria de saber se uma pessoa de 59 anos que já serviu o Estado por mais de 35 anos, aposentada em um vínculo e com 22 anos de contribuição num segundo vínculo tem direito a se aposentar quando? Obrigada.

  11. Sr. Sérgio, meu namorado é funcionário público municipal há 30 anos, e tem 60 anos de idade na data de hoje, o regime de trabalho é celetista, se fosse p ele se aposentar hoje qual o tipo de aposentadoria ele se enquadra? Grata.

    • Oi, Cristiane, no presente momento ele não se enquadra em nenhum tipo de aposentadoria. No INSS, regime celetista, a aposentadoria por idade exige 65 anos de idade para o homem e a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos de contribuição. Assim, daqui a cinco anos ele vai se enquadrar nas duas e a aposentadoria por idade será a melhor porque nesta o fator previdenciário só incide se for favorável.
      Pardal

      • Thiago disse:

        Pardal, a aposentadoria por tempo de contribuições, vc explica que o contribuinte do regime anterior ao de 1998, não tem direito aposentadoria, mas de acordo aos artigos. 187 a 188, diz quem tiver vínculos anterior a alteração tem direito a aposentadoria e apenas aqueles que começaram a contribuir aparte de 1998 vai seguir as normas atuais. E de direito adquirido aos filiados da RGP ate 16 de Dezembro de 1998.

        • Oi, Thiago, em nenhum momento eu digo que existe qualquer regime anterior ao de 1998 e muito menos que os contribuintes não teriam direito à aposentadoria. Os artigos que você cita dizem que o contribuinte que tiver completado todas as exigências antes da mudança da lei tem seu direito garantido. Isto está também na Constituição, mas quem não tem todas as exigências completas entra nas regras de transição.
          Pardal

  12. ola! tenho 49 ano sou contribuinte do inss desde 79 mas tenho um furo de 2 anos sera que posso entrar,pedindo a posentadoria proporcional,espero sua resposta,obrigada.

    • Oi, Vera Lúcia, se você tem mais de 30 anos de contribuição pode se aposentar sim, e não é pela proporcional (que não existe mais); o redutor que influirá no cálculo do benefício é o fator previdenciário.
      Pardal

      • maria jose disse:

        sou registrada desde 78,fiquei sem carteira assinada por 5 anos. depois trabalho ha 12 anos com carteira assinada. tenho 54 anos. faço 55 anos em março de 2015, posso pedir a minha aposentadoria em 2014?

        • Oi, Maria José, no INSS a aposentadoria por tempo de contribuição para a mulher exige 30 anos completos com qualquer idade, e a aposentadoria por idade é aos 60 anos de idade com o mínimo de 15 anos de contribuição.
          Pardal

  13. Tenho 19 anos de INSS, 16 anos de funcioário público e 55 anos de idade, gostaria de saber se posso me aponsentar pelo INSS, pois pelo Estado não consigo.

    • Oi, Paulo, comos 19 anos de contribuição ao INSS, quando chegar aos 65 anos de idade poderá se aposentar com um salário mínimo. Para qualquer outro benefício, seria necessário estar contribuindo para o INSS.
      Pardal

  14. Maria selma disse:

    Meu esposo tem 33 anos 3 meses de contribuição
    ele tem direito de se aposentar proporcional.
    obrigado.

  15. Sérgio,
    Tenho 56 anos e 33 anos e 1 mês de contribuição. Eu posso me aposentar agora?

  16. Minha mãe tem mais de 80 anos de idade, é pensionista do falecido marido.
    Posso solicitar uma aposentadoria por idade

    Eu: Tenho 54 anos de idade e 30 anos de contribuição, sou Encarregado adm, trabalhei durante muitos anos em área periculosa, tenho os SB-40 e PP, tenho todos os meus contra-cheques em mãos com o adicional, posso solicitar aposentadoria especial.
    Obs: Em 1998 antes da mudança do regine já posuia 17 anos de contribuição

    • Oi, José, para sua mãe se aposentar por idade ela tem que ter no mínimo 5 anos de contribuição, e a aposentadoria por tempo de contribuição do homem exige 35 anos completos de contribuição, e o tempo especial pode ser convertido para comum multiplicando por 1,4.
      Pardal

  17. Paulo disse:

    em 98 eu tinha 17 anos de contribuiçao,quantos anos faltaria.e o decimo terceiro,nao pode ser usado,ja que sobre ele e recolhido a parcela do inss.

  18. Thiago disse:

    Boa noite, a minha mãe têm 30 anos e 5 meses de contribuição. Ela contribuiu 5 meses a mais. O inss faz a devolução desses 5 meses? Ela têm 52 anos se ela se aposentar como ficará o salário devido ao fator previdênciario?

    • Oi, Thiago, não terá devolução porque qualquer mês trabalhado deve haver contribuição, e assim, as contribuições efetuadas representam tempo trabalhado. No site do INSS você pode fazer uma simulação para saber o valor do benefício.
      Pardal

  19. VALTER DUMONT disse:

    Gostaria de saber ,fiquei desde 1995 até 2006 sem pagar carne de contribuiçaõ INSS.Se compensa pagar estes atrasados para completar o tempo de aposentar-se,é o tempo que falta

  20. MARINÊS SANTOS SOUZA 15/05/13

    Tenho 53 anos e contribuo com o Inss há 28 anos quero saber se posso mim aposentar proporcionalmente.

  21. olá, sou funcionaria publica, tenho 20 anos de contribuição, e antes disso tenho 15 anos de rural com taloes de nota que prova. eu consigo aposentar? estou com 53 anos.

  22. olá. tenho 43 anos e trabaho com carteira assinada desde os 14 anos, sendo 05 anos em um trabalho insalubre e 24 anos em trabalho normal.
    gostaria de saber quanto falta para eu poder requerer minha aposentadoria integral.

    • Oi, Sandro, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e o tempo especial, devidamente comprovado por informações da empresa empregadora (antigo SB40, atual PPP), pode ser multiplicado por 1,4 para converter em comum. De qualquer forma o fator previdenciário é um redutor que será aplicado. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  23. Olá, Tenho 50 anos com 23 anos e 6 meses de contribuição. Pelo calculo do site do INSS preciso de 6 anos para me aposentar. Trabalhei algum tempo sem contribuir, posso pagar estes atrasados para completar o tempo que falta? e como faço para saber o valor a ser pago? obrigado

  24. boa noite,tenho 44 anos,e 30 de contribuição quando completar 35 anos de contribuição consigo me-aposentar..independente da idade..

    • Oi, Elieser, com 35 anos de contribuição você pode se aposentar com qualquer idade. O que a idade influi é no cálculo do fator previdencário, que é multiplicado pela média sendo na maior parte das vezes um redutor.
      Pardal

  25. Sr. Pardal, tenho duas perguntas?
    compensa pagar as contribuições atrasads?
    outra pergunta, a aposentadoria por tempo de contribuição acabou?
    tenho 47 anos, trabalhei registrado de 79 a 89
    e de 94 até a presente data, pagamento no carnê 20% (neste periodo fiquei 5 anos atrasado)

  26. Tenho 55 anos e 23 de contribuição. Posso me aposentar proporcionalmente.

    • Oi, Gilmar, não existe aposentadoria proporcional, a por tempo de contribuição exige para homem 35 anos completos e a por idade o segurado deve ter 65 anos de idade e no mínimo 15 de contribuição.
      Pardal

  27. Anezilia disse:

    Boa-noite!há 11 anos me aposentei pelo INSS por tempo de contribuição professora magistério recebo pouco mais de um salario mínimo,continuei trabalhando no mesmo cargo,mas nível superior com um salario bem melhor há dúvida em uma desaposentação

    • Oi, Anezilia, para saber se vale a desaposentação, faça uma simulação no site do INSS para saber quanto você ganharia se se aposentasse hoje. Vista a diferença você saberá se interessa ajuizar uma ação.
      Pardal

  28. LUCIA SILVA disse:

    Eu completei em 2002 28 anos de contribuições e não trabalhei mais de carteira assinada,sendo que tenho vários períodos em que trabalhei em dois empregos ao mesmo tempo. O fato é que agora em 2013 aos 57 anos gostaria de saber se posso dar entrada na minha aposentadoria e conseguir aposentar-me é claro. Desde já agradeço.

    • Oi, Lucia, a aposentadoria por tempo de contribuição para a mulher exige 30 anos completos de contribuição e tempo concomitante não conta duas vezes; a aposentadoria por idade só ocorre aos 60 anos de idade, tendo o mínimo de 15 anos de contribuição. Portanto, mesmo que você não contrribua mais, poderá se aposentar aos 60 anos de idade.
      Pardal

  29. MARINÊS

    obrigada Pardal pela gentileza.

  30. angela disse:

    a soma dos melhores salarios é julho de 94 só que o meu está sendo somado no ano de 98 porque a empresa que trabalhei descontou de mim o inss mas não repassou para o inss.aí fiquei sem vinculo ,quero saber como faço pra que o meu auxilio doença ou quando me aposentar seja somado no ano de 94 e não 98 como está sendo feito o que devo fazer a firma não exite mais.EU não posso perder quatro anos de media e tempo de contribuição me orienta por favor,eu tenho a carteira que consta o registro obrigada

    • Oi, Angela, o que está na sua carteira deve ser considerado pelo INSS, mas nem sempre a média com mais valores tem resultados melhores. Verifique primeiro se estes salários de 94 a 98 são mais elevados do que os outros, porque se não forem, a mudança da média é pior para você.
      Pardal

  31. Syro Cabral disse:

    Olá, sr. Sérgio, dê-me uma orientação, por favor. Tenho 59 anos de idade e trabalho no magistério, rede pública, há 15 anos. Mas, infelizmente, a situação lá está insuportável. Estou pensando em me exonerar do cargo e esperar chegar aos 65 anos de idade e pedir a minha aposentadoria. Ou, uma segunda hipótese, aguentar o tranco até aos 65 anos e, aí sim, pedir para me aposentar. O que seria melhor, o primeiro caso ou o segundo. Há diferença no valor dos vencimentos entre os dois casos? E finalmente, caso eu esperasse a compulsória, aos 70 anos de idade, haverá diferença no que se refere ao valor dos vencimentos, sabendo-se que com 65 anos, eu terei 21 anos de contribuição, com 70 anos, 26 anos de contribuição. Em todos casos, vou receber apenas um salário mínimo? Obrigado desde já.

    • Oi, Syro, como servidor público se você se exonerar do cargo não vai se aposentar por idade, ou seja, teria que esperar completar a idade, 65 anos, em atividade. Se você ganha atualmente um salário mínimo, a aposentadoria será neste valor, se forem valores maiores dependerá da média. Cada aposentadoria com mais tempo de contribuição terá valor mais favorável.
      Pardal

      • Syro disse:

        Sim, meu salário atual é bem superior ao mínimo. Mas, com 65 anos de idade tenho apenas 21 anos de contribuição nessa matrícula. Mesmo assim, posso requerer a aposentadoria?

        • Oi Syro, a aposentadoria por idade paga 70% da média mais 1% para cada ano de contribuição; assim, com 21 anos de contribuição você receberá 91% da média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo em 60% do mesmo período. O problema é se as suas contribuições forem anteriores a julho de 1994.
          Pardal

  32. Boa noite, Pardal

    Trabalhei por 2 anos como professora em um pequeno município de Minas, há mais de 30 anos, e não sei se houve recolhimento do INSS. Eu não possuía carteira de trabalho e não tenho nada que me ajude a tirar a dúvida. Será que ainda é possível reclamar se não tiver sido recolhido? Como devo proceder?

    • Oi, Maria Dulce, com certeza não é mais possível reclamar o recolhimento ou mesmo o tempo de serviço de 30 anos atrás. O máximo que você pode fazer é solicitar o CNIS, Cadastro Nacional de Informações Sociais, no INSS, mas muito provavelmente o tempo não estará inscrito lá.
      Pardal

  33. ME APOSENTEI EM FEVEREIR0 DE 1992,AGENTE ADMINISTRATIVO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, CONTRIBUI COM IPISEP ISNTITUTO DO ESTADO, DURANTE 26 ANOS EFETIVAMENTE, HOJE TENHO 67 ANOS DE VIDA, TENHO ALGUN RETROATIVO EU SO RECEBO O MINIMO. GRATA JESUS TI ABENÇOI

  34. Olá, Sou professora municipal há 26 anos de contribuição de Inss, tenho 54 anos já posso solicitar minha aposentadoria?

    • Oi, Wilma, pode sim, com mais de 25 anos de contribuição para o INSS como professora pode se aposentar com qualquer idade, mas com incidência do fator previdenciário. Você pode fazer uma simulação no site do INSS inclusive informando que é professora.
      Pardal

  35. Olá,já ia me esquecendo,o valor da minha aposentadoria se eu puder solicitar será o mesmo que estou ganhando agora na ativa?

    • Oi, Wilma, pelo INSS não existe aposentadoria pelo último salário, e sim pelo média dos maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 multiplicada pelo fator previdenciário. Como eu já disse, você pode fazer uma simulação no site do INSS.
      Pardal

  36. Bom dia, paz e bem!

    Tenho 30 anos completos de prestação de serviços comprovados em carteira, desse total 22 anos são em industria quimica recebendo 30% de periculosidade.. Posso me aposentar?

    • Oi, Marcos, se você tem a comprovação do tempo especial, ele pode ser multiplicado por 1,4 para ser somado ao tempo comum. Completando mais de 35 anos você pode se aposentar. A aposentadoria por tempo de contribuição tem o fator previdenciário levando em conta a sua idade e expectativa de sobrevida. Para se aposentar na especial, sem o FP, teria que completar 25 anos em condições especiais.
      Pardal

  37. Boa tarde, tenho 49 anos e 30 anos e 2 meses de contribuição. Fiz os cálculos no site do INSS para aposentadoria com 49 anos e terei uma redução por volta de 35% a 40%. Os cálculos são feitos depois de 1994, quando eu ganhava bem mais que agora. Dúvida, se eu aposentar com 55 anos corro o risco de aposentar com valor quase igual se eu aposentasse agora, pois em 1998 eu ganhava por volta de R$1.200,00 e agora em 2013, ganho R$1.100,00. Não sei como é feito este cálculo para o pagamento. Obrigada

    • Oi, Claudia, o cálculo da aposentadoria por tempo de contribuição se faz pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, portanto, com a redução do seu salário realmente a média diminuirá. Além disso, como eu já disse em muitos posts desde blog, o valor que você deixaria de receber para aguardar um mais favorável, seria difícil de recuperar pela diferença conseguida. Portanto, muito provavelmente a melhor saída será se aposentar agora.
      Pardal

  38. Oi Boa tarde Prof Pardal,

    Sou aposentado pela aeronautica na profissao de aeroviario, depois que me aposentei entrei na empresa aerea Azul e hj tenho 53 anos de idade tenho tb 19 anos de contribuição pelo INSS, terei direito a me aposentar já ou tenho que esperar os 65 anos de idade.

  39. Maria Valdeci disse:

    Tenho 56 anos de idade e mais ou menos 22 anos de contribuição, como tenho dificuldades em continuar trabalhando preciso saber se pela atual legislação tenho condições de me aposentar agora, mesmo se aplicando o fator previdenciario e reduzindo o valor do beneficio, ou se terei que esperar os 60 anos para solicitar a aposentadoria, ou ainda completar os 30 anos de contribuição, pois meu intuito é mesmo se o beneficio for menor dependendo do valor compensaria me aposentar, por isso meu questionamento.

    • Oi, Maria, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 30 anos completos para a mulher, com qualquer idade, e a aposentadoria por idade para a mulher exige 60 anos de idade, com o mínimo de 15 anos de contribuição. No primeiro se aplica o fator previdenciário e no segundo só se aplica se for favorável. De qualquer forma, você ainda não reúne condições para se aposentar.
      Pardal

  40. MARIA disse:

    Senhor Pardal tenho 53 anos de idade e 31 anos de contribuição pretendo me aposentar este ano sou professora o fator previdenciário ainda me pega?Agradeço a atenção

    • Oi, Maria, se todo o seu tempo de contribuição é como professora, você tem direito a somar cinco anos de contribuição no cálculo do fator previdenciário; ficaria menos ruim. Mas com certeza, nas aposentadoria por tempo de contribuição, mesmo com a redução para as professoras, incide o fator previdenciário. Você pode fazer uma simulação no site do INSS.
      Pardal

  41. lucia itano disse:

    tenho 16 ano e nove meses de contribuição como professora municipal……. tenho vários problemas de saúde …inclusive cid f32. e 41.2
    sempre fico no auxílio doença por motivos físicos e psíquicos ….. seRÁ QUE ALGUM DIA VOU ME APOSENTAR …. POIS ME FALARAM QUE QUE FICA NO INSS DEPPIS TEM QUE PAGAR ESSE TEMPO ME AJUDE OBRIGADA.

    • Oi, Lucia, o tempo de afastamento recebendo auxílio-doença – se você estava trabalhando quando se afastou e retornar quando tiver alta – conta como tempo de contribuição. E se continuar afastada por longo tempo, existe a possibilidade da perícia médica aposentar você por invalidez.
      Pardal

  42. Boa noite. Sou professora pública estadual de mg. Tenho 45 anos de idade e 25 anos de contribuição no estado , sendo 22 de professora e 3 anos de secretária de escola . Gostaria de saber se posso excluir meu tempo de estado e jogar no INSS para me aposentar como professora com esses 25 anos apenas. Obrigada pela atenção.

    • Oi, Razum, a aposentadoria por tempo de contribuição dos professores, tanto nos regimes próprios dos servidores públicos como no Regime Geral (INSS), exige para as professoras 25 anos de trabalho em atividades exclusivas do magistério, ou seja, em qualquer dos regimes os 3 anos como secretária não valem como tempo de professora.

    • Obrigada pela atenção.
      Mas tenho ainda uma dúvida : o tempo de secretária de escola não é considerado tempo de magistério por ser de função educativa assim como o de coordenadora de escola ?

  43. Nilza disse:

    Sou professora de uma escola pública , tenho 45 anos de idade e 25 anos de contribuição. Gostaria de saber se posso pedir aposentadoria proporcional?
    Caso eu possa, a partir de quando posso pedir a aposentadoria proporcional?

    • Oi, Nilza, você deve estar vinculada a um regime próprio de previdência social dos servidores públicos, e mesmo com a contagem de tempo de professor convertido até 1998, teria que ter a idade mínima de 48 anos até para a aposentadoria proporcional.
      Pardal

  44. Lisomar Brito disse:

    Boa noite,
    Vou completar 35 anos de contribuição ano que vem 2014 Novembro, desde 2012 estou contribuindo com com o teto,mas somando os salários de dois empregos. Ao longo deste milênio trabalhei desta forma, variando teto máximo ou não, mas nunca deixando de contribuir. Ao fazer 35 anos de contribuição, quanto vou receber de benefício, já que desconto o teto desde jun/2012?
    Agradeço desde já sua resposta.

    • Oi, Lisomar, se os dois empregos foram mantidos pelos 35 anos de contribuição, ocorrerá a somatória para o cálculo do benefício; se um deles ocorreu com tempo menor, serão feitos dois cálculos e o do tempo menor será dividido por 35, multiplicado pelo tempo em que ocorreu e somado ao do tempo maior. A média, de qualquer forma, será elaborada pelos maiores salários que representem 80% de todos entre julho de 1994 e o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período. No site do INSS você pode fazer uma simulação.
      Pardal

  45. Paulo Maciel disse:

    Olá Pardal, vc, é uma referência nesta questão. Pergunto,existem chance de homem se aposentar aos 55 anos de idade com 28 de contribuição? obrigado.

    • Oi, Paulo, só se fossem 25 anos de exposição habitual e permanente aos agentes nocivos à saúde ou a integridade física, a aposentadoria especial. Sem estas circunstâncias, resta a aposentadoria por tempo de contribuição, 35 anos, ou a por idade, aos 65 anos.
      Pardal

  46. Qual a data da emenda que o INSS usou para não usar o fator de diminuir o tempo para aposentadoria especial

  47. Andréia disse:

    Olá Prof.
    Tenho 47 anos e 22 anos de contribuição. Poderei pedir aposentadoria proporcional quando fizer 48 anos? Ou terei que completar os 30 anos que se pedem?

  48. COMECEI TRABALHAR EM 1976 HOJE TENHO 51 ANOS E 30 DE CONTRIBUIÇÃO NÃO TERIA DIREITO A PROPORCIONAL POIS COMECEI TRABALHAR ANTES DA EMENDA CONSTITUCIONAL 1988.

  49. Edna de Souza disse:

    Bom dia!
    Gostaria de saber se eu der entrada na minha aposentadoria agora, receberei integralmente, visto que trabalho em regime CLT desde 01/04/82 e tenho 49 anos.
    Aguardo retorno.
    obrigada.

    • Oi, Edna, no site do INSS você pode fazer uma simulação do valor da sua aposentadoria. O cálculo se faz pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta a sua idade e a sua expectativa de sobrevida.
      Pardal

  50. tenho ppp de ruido de 90,3 decibéis de junho de 1986 até mes 8 de 2001 gostaria de saber qual a data que deixa de valer insalubre para o INSS sem processo na justiça.
    quanto tempo vai acrescentar.

  51. tenho 49 anos e 24 anos de contribuiçao,tenho direito de solicitar minha aposentadoria?

    • Oi, Leidjane, a aposentadoria por tempo de contribuição pelo INSS exige para a mulher 30 anos de contribuição; a aposentadoria por idade exige 60 anos de idade com o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  52. Boa tarde, descontei durante 10 anos e 7 meses para o INSS no Brasil e depois mais 24 anos e 4 meses pela Seg Social em Portugal. Pedi a aposentadoria em Portugal e comecei a receber em dezembro 2012, com 61 anos de idade. O pedido da aposentadoria brasileira foi encaminhada pelos serviços de Portugal ao abrigo do acordo existente. Como posso saber o valor que deverei receber do Brasil? Desde já agradeço os comentários.

    • Oi, Gil, se o tempo de contribuição em Portugal foi utilizado para receber a aposentadoria de lá, não terá qualquer relação com a aposentadoria no Brasil, que pode ser concedida aos 65 anos de idade para o homem, com o mínimo de 15 anos de contribuição. Em todo caso, vale a pena ir à embaixada de Portugal e ver como funcionaria o acordo.
      Pardal

  53. israel Barros disse:

    Dr. Sergio
    Seus comentários são ótimos.Gostaria de saber qual a possibilidade legal, de um contribuinte do INSS com 75 anos de idade e tendo contribuído desde janeiro de 2001 até abril de 2013 sem nenhuma interrupção, em se aposentar pelo regime geral/INSS.

  54. BOM DIA, PARDAL

    TENHO 55 ANOS DE IDADE E TENHO 31 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO…..POSSO ME APOSENTAR MESMO QUE SEJA APOSENTADORIA PROPORCIONAL

    E TBEM .2004 A 2006 TRABALHEI COMO AUTONOMO..TEM COM EU PAGAR ESTES 2 ANOS ATRASADOS

    • Oi, Durval, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem, a proporcional não existe mais, e para pagar os atrasados só se estava inscrito e contribuindo e interrompeu por um tempo.
      Pardal

  55. TANIA MARA disse:

    Dr Pardal.
    Hoje tenho 48 anos de idade, e trabalho em uma plataforma de petroleo desde 1998.
    Meu tempo de contribuição e 24 anos.
    Com quantos anos eu posso me aposentar integral e com quanto tempo de contribuição?
    falta quanto tempo?

    obrigado, aguardo sua resposta.

    • Oi, Tania, com 25 anos de exposição habitual e permanente aos agentes nocivos você teria direito à aposentadoria especial, com o total da média contributiva, sem fator previdenciário. Mas isto depende da informação da empresa empregadora (antigo SB40, atual PPP). A aposentadoria por tempo de contribuição exige 30 anos completos e tem a incidência do fator previdenciário.
      Pardal

  56. Tais Souza disse:

    Dr. Sergio
    Tenho 37 anos, e 16 anos de contribuição( inicio em 12/1991). Qual calculo devo fazer para uma projeção da minha futura aposentadoria? obrigada.

    • Oi, Tais, no INSS a aposentadoria por tempo de contribuição exige 30 anos completos para a mulher, com qualquer idade; já a aposentadoria por idade ocorre aos 60 anos para a mulher, com o mínimo de 15 anos de contribuição. Nos dois casos, a média para o cálculo é dos maiores salários que representem 80% de todos entre julho de 1994 e o início do benefício; na aposentadoria por tempo de contribuição a média é multiplicada pelo fator previdenciário, enquanto na por idade isto só acontece se for favorável.
      Pardal

  57. Dr. Sergio,

    Meu pai em 2010 tinha 24 anos de contribuição e 56 anos de idade, em uma época ele deixou de contribuir por 7 anos trabalhando como autônomo, hoje ele sente uma dificuldade muito grande de reingressar no mercado por conta da idade e desatualização, será que ele conseguiria se aposentar integralmente?

    • Oi, Bernardo, nem é possível se aposentar nas condições em que seu pai está. A aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos de contribuição, com qualquer idade, enquanto a aposentadoria por idade, aos 65 anos para os homens, exige o mínimo de 15 anos de contribuição. Sem contribuir desde 2010 nem mesmo auxílio-doença ele terá direito se ficar incapacitado para o trabalho. Assim, ou ele aguarda a idade, 65 anos, ou volta a contribuir.
      Pardal

  58. Bom Dia Dr. Pardal.

    Em 16/12/1998….estava com 22 anos de contribuição….teria que pagar 40% de pedagio (8 anos) igual a 3.2 anos hoje estou com 32 anos da contribuição…pergunto faltaria 1.2 anos para me aposentar porporcional????

    obrigado

  59. Olá Dr. Pardal
    Nasci em 08/11/1964 (48 anos). Calculei o meu tempo de contribuição no site da previdencia e cheguei a 28 anos, 4 meses e 10 dias, porém eu tenho em duas empresas que trabalhei, totalizando 20 anos, 2 meses e 9 dias em condições especiais (25 anos) com PPP e LTCAT.
    A pergunta é: “Eu tenho alguma chance de aposentar, agora?”
    Desde de já obrigado e parabens pelo blog.
    Eloir

    • Oi, Eloir, o tempo especial devidamente comprovado pode ser multiplicado por 1,4 para converter em comum. Portanto, com 20 anos de tempo especial, convertido seriam 28, e mais 8 anos comuns, completaria 36 anos, o suficiente para se aposentar.
      Pardal

  60. sergio lago disse:

    Olá xará.(Sergio) tenho 54 anos 31 e meio de contribuição.pergunto?
    Até E/C nr 20/98 tinha tempo de contrib. 16 anos
    Pela lei nr 9876/99 tinha tempo contrib. 17 anos.
    hoje recolho pelo carne 830,00 (teto).
    Quanto tempo falta para aposentar?
    Integral? ou Proporcional?
    Abraços.

    • Oi, Sergio, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos e o cálculo é feito com a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta a idade e a expectativa de sobrevida. No site do INSS é possível fazer uma simulação do valor de benefício.
      Pardal

  61. Bôa tarde, Dr, Sergio

    Tenho 6 PPP de empresas que trabalhei, totalizando 15 anos na minha vida profissional….dentro destas empresas…..na maioria das vezez..sempre em chão de ruido e ou produtos quimicos fabrica…..Perguto: será que ajudaria alguma coisa no meu tempo de para me aposentar

    • Oi, Durval, quando for requerer a aposentadoria você deve apresentar estes PPPs; existem regras para conferir, ruído acima de 80 decibéis até 1997, por exemplo, mas a certeza mesmo só após a definição do INSS; até para saber se valeria ajuizar uma ação se houver negativa.
      Pardal

  62. MARIA PEREIRA disse:

    Boa noite Dr. Pardal!
    Tenho 31 anos de contribuição ininterrupta e 52 anos completos em abril passado. Tenho 2 perguntas. Gostaria de saber se valeria a pena me aposentar agora com r$ 2.000,00 ou esperar mais alguns anos? E a outra pergunta, o salario de aposentada realmente defaza tanto como dizem??? Muito obrigada desde ja.

  63. Olá.
    Tenho 50 anos, e completo 30 anos de contribuição em 2014. antes de 87 trabalhei em empresas. De 1987 a 2003 atuei na rede estadual da educação básica como professora. A partir de 2003 atuo como professora de Ensino Superior. Gostaria de entender a questão do fator previdenciário, e se teria perdas nos rendimentos em caso de aposentar-me no próximo ano.

    • Oi, Angelina, o fator previdenciário se aplica na aposentadoria por tempo de contribuição do INSS. No site da autarquia você pode fazer uma simulação do valor que seria a sua aposentadoria. O tempo de professor universitário não é mais especial e as conversões no INSS têm apresentado muitas dificuldades. Se você se aposentar aos 30 anos pode valer fazer uma cópia completa do processo administrativo e procurar uma advogado especialista e de sua confiança para analisar a possibilidade de melhorar através de ação judicial. Sobre o fator previdenciário e suas consequências temos muitos posts neste blog.
      Pardal

  64. Boa noite! Tenho 45 anos e 26 anos e meio de contribuição como professora pública, sempre no regime CLT. Em junho do ano passado entrei com pedido de aposentadoria, que agora em maio recebi a carta de concessão. Porém, o fator previdenciário me reduziu a mais de 50 por cento, fez todo aquele cálculo que vc já citou acima nos posts. Estou em dúvida se vale apena aceitar agora ou esperar. Tenho 11.600,00 para receber dos salários acumulados desde o dia em que dei entrada, sendo que o salário ficou muitíssimo baixo sendo 891,70. O que faço? Aceito? Ou existe a possibilidade de esperar os 48 anos ou 50, não sei, para receber integral? Por ser professora posso ter idade mínima pra aposentar integral, no caso 48 ou 50?
    Aguardo a sua resposta o mais rápido possível, pois a carta já foi concedida tenho até o dia 13/06/2013 para cancelar junto ao INSS, se caso não fizer, será considerado aceito.
    Grata!!

  65. Olá! Tenho mais uma dúvida? Caso aceito, nunca mais poderei recorrer na justiça essa redução do fator previdenciário, uma vez que quando comecei a trabalhar esse fator não existia? E o direito adquirido não conta?

    Outra: A aposentadoria de professor não é considerada especial? Me ajude. Gostei muito de suas explicações neste blog, li todos e gostaria de ter a sua posição.
    Grata!

  66. Olá! Continuando minhas dúvidas: Se meu regime fosse estatutário eu não teria o fator previdenciário, e me aposentaria nessa idade de 45 anos, integral? Como funciona?
    Desculpa, mas estou cheia de dúvidas e tenho medo de aceitar e sair no prejuízo.
    Aguardo.
    Grata!

  67. laercio leite disse:

    Bom dia Dr! tenho 48 de idade e 30 anos de contribuição comprovados com carteira assinada desde 1982; em industrias química com possibilidades de conversão de 1.4 por ruído. será que já posso pedir aposentadoria e qual seria a modalidade?

    desde já agradeço a atenção!

    laércio leite

    • Oi, Laercio, a aposentadoria especial exige 25 anos de trabalho com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos à saúde e à integridade física, com a comprovação por informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP), se não houver o tempo especial completo, pode haver a conversão multiplicando por 1,4. A aposentadoria por tempo de contribuição exige, para o homem, 35 anos de contribuição, mas no seu cálculo entra o fator previdenciário, levando em conta também a idade e a expectativa de sobrevida. Na aposentadoria especial o FP não entra.
      Pardal

  68. Qual idade mínima de aposentadoria para mulher? e qual o tempo de serviço? porque muito se fala que o homem é com 60 anos se aposenta com 29 anos de carteira paga. E a mulher com 55 e qual é o tempo de carteira paga queria saber isso.

    • Oi, Rogério, não quem fala em 60 anos e 29 de contribuição, mas isto não existe. A aposentadoria por tempo de contribuição no INSS exige para o homem 35 anos de contribuição e para a mulher 30, com qualquer idade. Nesta aposentadoria a idade conta no cálculo, em razão do fator previdenciário. A aposentadoria por idade para os homens ocorre aos 65 anos e para as mulheres aos 60, tendo que ter o tempo mínimo de contribuição de 15 anos, e e calculada em 70% da média mais 1% para cada ano de contribuição.
      Pardal

  69. Tira essas duvidas pra min,minha tia só tem a visão de um olho ela é deficiente. ela tem 47 anos de idade e 25 de carteira ela já pode ter o direito de se aposentar? também tenho outra tia que já tem 58 anos de idade e 18 anos de carteira também gostaria de saber se ela já tem direito a se aposentar pois quando ela chega em casa muito cansada.
    MUITO OBRIGADO!

  70. Bom Dia Dr. Sergio

    No periodo de JAN 2012 A DEZ 2012, trabalhei como autônomo.e não contribui.com inss…..existe uma maneira de pagar as contriuições atrasadas referente a estes meses..me ajudaria muito para eu me aposenatr …..e como devo fazer..

    obrigado

  71. Dr. Sergio Pardal – boa tarde,

    Em Abril de 2014 completarei 35 anos de contribuição e sempre contribui pelo máximo.

    Como estarei com 50 anos à época, acredita que consigo pegar ao menos 60% do valor máximo pago pelo INSS?

    Obrigado
    Josemar

  72. Maria Aparecida Mateo GIMENEZ
    11/06/2013
    Boa Noite Dr Sergio

    Tenho 59 anos e 24 anos como Auxiliar de Enfermagem já posso me aposentar

    • Oi, Maria Aparecida, a aposentadoria especial exige 25 anos de exposição habitual e permanente aos agentes nocivos à saúde e à integridade física, comprovada por informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP).
      Pardal

  73. Tenho 33 anos de contribuição e 54 anos de idade,
    já posso pedir minha aposentadoria?

  74. Trabalhei 15 anos em atividades de industria, mas, não tenho o SB 40 ou PPP, as empresas não existem mais, como posso fazer para comverter este tempo em 1.4.

    Agradeço desde já por sua informação.

    • Oi, Benerval, fica mais difícil a comprovação, inclusive porque as empresas deveriam ter apresentado as informações na rescisão do seu contrato de trabalho (e você teria dois anos para reclamar). Pode ser possível pelo título da sua atividade em carteira, por algum documento comprovando a exposição aos agentes nocivos, um laudo de reclamação trabalhista, mas com certeza será difícil.
      Pardal

  75. Iolanda Souza disse:

    Oi,tenho 27 anos e 4 meses de contribuição,pedi a aposentadoria proporcional para ver o valor que eu receberia,tendo a opção de desistir,veio o valor de R$678,00 mensal,eu acho pouco,será que se eu cancelar,e completar os anos que faltam vou receber mais?
    Eu ainda estou trabalhando com carteira assinada,preciso decidir na próxima semana,dia 18/06,já está o valor disponível.
    gostaria de ter uma orientação.
    no INSS,fui informada que posso desistir se não sacar o dinheiro.
    Muito obrigada,
    Iolanda

    • Oi, Iolanda, provavelmente com os 27 anos e 4 meses de contribuição você estará recebendo 70% do salário-de-benefício, que por sua vez é calculado na média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 ao início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário. Assim, pode ser que a diferença com 30 anos completos seja razoável; depende da sua média e na carta de concessão do benefício você poderá examinar os cálculos mesmo sem aceitar o benefício.
      Pardal

  76. Sou Servidor Público Federal desde 1983, em 1994, se não me falha a memória, passei de celetista para regime jurídico único (estatutário).
    Tenho hoje 53 anos.
    Ainda tenho na iniciativa privada 2 anos de contribuição (1980/1982).
    Com qual idade consigo me aposentar com salário integral?
    é integral mesmo?
    Obrigado

  77. contribuo por minha conta por 26 anos para o INSS.
    com 20% sobre o salário mínimo.
    Tenho hoje 50 anos.
    Com que idade posso me aposentar?
    Qual seria o valor da aposentadoria?
    O que fazer para me aposentar com um valor maior?

    • Oi, Lina, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS para a mulher exige 30 anos de contribuição, com qualquer idade, e o cálculo se faz pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 ao início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. Você pode fazer uma simulação do valor de seu benefício no site do INSS.
      Pardal

  78. Prezado,

    Meu pai tem 62 anos, ele pode aposentar antecipadamente caso pague todos os anos faltantes de uma só vez?….como funciona isso?

    • Oi, Luísa, não existe nem aposentar antecipadamente nem pagar de uma vez só. Para se aposentar aos 65 anos de idade é preciso que seu pai tenha contribuído no mínimo por 15 anos, em qualquer período, mas sempre mês a mês.
      Pardal

  79. jprge santos disse:

    Tenho 20 anos de serviço publico, ou seja, 240 meses de contribuição e 20 ( contribuições )de 13º salário . nesse caso, são 260 contribuições para efeito de calculo de aposentadoria ?

  80. gelmar foltz disse:

    Bom dia Drº fui informado que a aposentadoria rural conta como especial e pode ser somado junto a especial desde 2009 ex. 22 anos metalurgico tem ppps laudos e mais 3 anos rural fecha 25 x 1.4 =35anos fecha especial 100% do salario queria saber do amigo se é veridico o INSS aceita ou somente na justiça que tembem tenho duvida, desde ja agradeço, bah cara tu e nota 10 gostei muito das tuas informações e resposta.

  81. Sou servidor público federal, possuo 18 anos tempo de contribuição na iniciativa privada já averbado pelo meu Orgão federal; e possuo ainda mais 9 anos de serviço publico, total de 27 anos, tenho 49 anos. Aos 57 anos terei 35 anos de contribuição.Qual idade poderei aposentar pelo regime estatutario federal? E terá FP de redução? Ou Será integral?

    • Oi, Moacyr, como você entrou no serviço público após a reforma de 1998, a sua aposentadoria só ocorrerá com 60 anos de idade e, no mínimo, 35 de contribuição. Será integral mas tendo como base de cálculo a média dos maiores salários que representem 80% de todos, desde julho de 1994, inclusive os da contribuição ao INSS. Não existe mais a aposentadoria pelo último salário.
      Pardal

      • Obrigado.

        outra situação:

        mulher contribuiu ao INSS por 24 anos, hoje está com idade de 57 anos, porém desempregada a mais de 2 anos e sem contribuir ou seja, acho que perdeu a condição de segurada, certo?
        para ela se aposentar quais são as condições?

        • Obrigado pela resposta anterior.

          Analisando uma das minhas PPPs existe uma empresa que trabalhei com índice de 86.8 decibéis….de 10/2001 a 10/2004 isto conta com adicional 40%

          mais uma vez muito obrigado..

        • Oi, Moacyr, provavelmente perdeu a qualidade de segurada; como ela tem mais do que 15 anos de contribuição, quando completar 60 anos de idade terá direito ao benefício mesmo que não esteja contribuindo. Vale lembrar que cada ano de contribuição vale mais 1% da média no cálculo e que para doença, invalidez ou morte, os benefícios exigem a qualidade de segurada. Portanto, o melhor seria contribuir até os 60 anos de idade e então se aposentar.
          Pardal

    • tenho 23 anos na area de risco eletricista de linhas e redes com PPP e leiturista 4 anos antes de 1995.
      e possivel converter este tempo da comum em especial ou seja transformar esses 4 anos em 0,7 por cada ano trabalhado .O inss aceita ou devo entar justiça.

      • Oi, José Antonio, o INSS não vai aceitar o conversão de tempo comum em especial porque não tem previsão legal; nos tribunais as opiniões ainda são muitas, mas eu acho que o tempo comum anterior a 1995 deveria ser convertido.
        Pardal

  82. fiz uma simulação e falta 2 anos 8 meses e 1 dia de comtribuição para poder entrar no processo de aposentadoria.
    seria possivel pagar este tempo restante para começar o processo? te 51 anos de idade

  83. niceianovack disse:

    Ola, gostaria de uma informação: minha mãe requereu a aposentadoria por tempo de contribuição com 21 anos de tempo rural sem contribuição e apenas 112 contribuições urbanas. Faltaria 68 contribuições ainda para o tempo de serviço urbano. Ela nunca foi escrita como autônoma e o tempo que ela tem computado foi com carteira assinada. Ela tem 55 anos. Há alguma maneira de ela pagar esse tempo que falta e se aposentar agora? Ou ela tem que esperar o tempo mesmo? Há como solicitar a aposentadoria proporcional para ela? Obrigada

    • Oi, Niceia, aos 55 anos ela poderia se aposentar por idade como trabalhadora rural, mas teria que estar nesta atividade quando requeresse o benefício. Não sendo assim, o aposentadoria por idade para a trabalhadora urbana é apenas aos 60 anos de idade, com o mínimo de 15 anos de contribuição. Não existe aposentadoria proporcional
      Pardal

  84. Senhor Sérgio, boa noite!

    Tenho 16 anos de contribuição por empresas CLT e mais 10 anos como professora no Estado. Já contribuía antes de 1998; posso requerer aposentadoria proporcional com 54 anos?

    Obrigada!

  85. Denise disse:

    Tenho 43 anos, sempre contribuí pelo INSS – 19 anos, agora estou dando aulas para o ensino fundamental e médio como professora substituta no Estado a 06 meses, continuo pagando o INSS, terei algum benefício por estar dando aulas? Vou poder aposentar mais cedo? Como faço o cálculo? Grata.

    • Oi, Denise, a aposentadoria especial para a professora ocorre com 25 anos de atividades como professora, e tempo menor não tem conversão. Portanto, só os 25 anos completos como professora dão direito à aposentadoria especial.
      Pardal

  86. jorge disse:

    Sergio, constatei no meu CNIS que faltam alguns recolhimentos no período que fui funcionário publico municipal( embora descontadas de meus rendimentos ). Eu era efetivo do quadro. essas ausências de recolhimento impactarão na soma dos 35 anos de contribuição ?

  87. Boa noite!!!
    Tenho 52 anos, 35 anos de contribuição e PPP de 1991 a 1999. Qual seria a minha perca para calculo na aposentadoria?
    Eu perderia tipo 30% no meu salário bruto?
    Obrigado
    Aguardo resposta.

  88. Tenho 50 anos e acabei de completar 35 anos de contribuição pelo teto do INSS. Embora eu já tenha direito à aposentadoria integral, vale a pena me aposentar com a aplicação do redutor previdenciário sobre o valor a que eu teria direito ? Qual o percentual de redução ? Gostaria de fazer a comparação se vale a pena começar a receber JÁ um valor menor do que esperar mais alguns anos e receber um valor maior (e talvez não tão maior assim…). O que poderia recomendar ? Muito obrigado !!!

    • Oi, Silvio, no site do INSS você pode fazer a simulação do valor do seu benefício, e, acrescentando 5 anos de contribuição e 5 de idade pode ter uma simulação do benefício mais favorável; multiplique o valor menor por 65 (60 meses e 5 13ºs) e divida o resultado pela diferença entre o maior e o menor. O resultado demonstrará quanto tempo levaria para recuperar o que não recebeu.
      Pardal

  89. marcia santos disse:

    tenho 44 anos, trabalhei com telefonista sempre e digitando tive(LER) e fiz 03 cirurgias não fiquei curada e sempre doí,tenho em carteira 23 anos e 11 meses, e não consigo emprego posso requerer aposentadoria? grata(RECIFE/PE)

    • Oi, Marcia, se você estiver incapacitada pode solicitar auxílio-doença e até aposentadoria por invalidez, mas para se aposentar por tempo de contribuição será preciso completar 30 anos; para a especial, com 25 anos, é preciso as comprovações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP).
      Pardal

  90. maria jose disse:

    oi dr. por favor me tire uma dúvida fiquei afastada 3 anos agora o inss negou meu beneficio e nao tenho condiçoes de voltar á trabalhar pois faço acompanhamento com vários especialista inclusive pisiquiatra e picicologo ai entao dei entrada no meu pedido de aposentadoria por tempo de contribuiçao a minha dúvida é tenho 30 anos e 3 meses carteira registrada mais 3 anos a firma que trabalhei fechou e nao pagou o inss tenho um processo trabalhista carteira registrada e também uma carta de referencia, gostaria de saber se o inss vai reconheçer esses 3 anos com essas provas que citei la atras estou desesperada estou quase 3 meses sem receber e tomo remedio controlado estou aciosa esperando á resposta do inss éssa semana eu vi uma reportagem no jornal que o inss seria obrigado á reconhecer o tempo trabalhado como prova a carteira de trabalho gostaria de saber se isso já esta valendo dei entrada dia 21 de maio qual o prazo que eles me dar a resposta? vale lembrar que no CINS aparecem que ele pagou 3 meses aparece vinculo empregativo será que vou receber uma resposta positiva? levei a carteira registrada a carta ereferencia e também o processo trabalhista que recebi na epoca! desde já agradeço…………

    • Oi, Maria José, o não cumprimento da obrigação de contribuir pelo patrão não pode penalizar o trabalhador; assim, com o registro em carteira sem qualquer rasura e ainda com documentação, o tempo tem que ser contado. Você deve aguardar a decisão do INSS e, se for preciso, procurar um advogado especialista e de sua confiança para avaliar o ajuizamento de uma ação.
      Pardal

  91. gelmar foltz disse:

    Drº tenho um colega que aposentou integral em 2010 somando 35 anos 00 meses e 2 dias mesmo ele desconhecendo seus direitos aceitou só que ele tem hoje 38 anos de metalurgico em canoas RS só que o mesmo como supervisor de produção esteve exposto habitual e permanente acima de 90 decibéis tem os ppps te pergunto. podemos pedir a revisão administrativa mente para que seja considera especial ou temos que entrar na justiça pedindo a revisão.obrigado

    • Oi, Gelmar, se só agora ele tem o PPP provando a exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, ele pode requerer a revisão no INSS e, se for negada, ajuizar uma ação, mas o novo benefício só é possível a partir da data desta solicitação de revisão.
      Pardal

  92. Olá Pardal, tenho 47 anos, trabalhei em uma empresa de julho/1982 a fev/2001, mas neste período fiquei 02 anos afastada, sem recolher INSS. De 2000 a 2006 trabalhei como autônoma emitindo nota fiscal, e nada contribui em meu nome. Desde abril/2006 trabalho registrada em outra empresa. Consigo me aponsentar? Ouvi dizer que eu posso indenizar o INSS desse período sem recolhimento para conseguir aposentar ou posso fazer uma tal de “Retroação da DIC?”

    • Oi, Érica, sobre as formas de pagar os períodos de falta, você deve procurar o INSS para ter informações corretas. De qualquer forma, as aposentadorias voluntárias do INSS são por idade, aos 60 para a mulher com o mínimo de 15 anos de contribuição, e por tempo de contribuição, com 30 anos completos.
      Pardal

  93. Dr Sergio tenho 15 anos de contribuição com o inss,sou professora e estou com problemas respiratorio serio devo dar entrada na aposentadoria, tenho direito já .

    • Oi, Maria Rosita, se você está trabalhando e contribuindo no momento, pode solicitar o auxílio-doença e passar pela perícia médica do INSS. Se não estiver contribuindo, infelizmente só terá direito a aposentadoria por idade aos 60 anos, tendo o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  94. ola boa tarde tenho 35 anos de contribuição contando com especial ate 98 .e tenho48 de idade.grato.

    • Oi, Ilto, no site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do seu benefício, e o tempo especial deve ser comprovado por informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP).
      Pardal

      • Bom dia Dr. Sergio

        lhe-enviei este e-mail (Analisando uma das minhas PPPs existe uma empresa que trabalhei com índice de 86.8 decibéis….de 10/2001 a 10/2004 isto conta com adicional 40%)

        fiquei contente com sua resposta…porem eu vi uma nota na internet que de 1997 ate 2003 o minimo passou para 90dcbei? ai fiquei na duvida.se tenho direito ,,por favor pode me esclarecer.obrigado

        • Oi, Durval, é uma questão de interpretação: havia um decreto equivocado em 1997, que foi corrigido em 2003; decreto equivocado não tem tempo de validade. Esta é a briga, tenho inclusive um artigo sobre isto no revista especializada de previdência social, da editora LTr.
          Pardal

  95. OI BOM DIA!

    POR FAVOR ME TIRE UMA DÚVIDA! COMPLETO 48 ANOS E COM VINTE E CINCO ANOS DE CONTRIBUIÇÃO, COMECEI A TRABALHAR EM 1986, TENHO DIREITO A APOSENTADORIA PROPORCIONAL?
    DESDE JÁ AGRADEÇO,

    GRANDE ABRAÇO

    • Oi, Tânia, a aposentadoria proporcional não existe mais; a regra de transição cobra um pedágio de 40% sobre o tempo que faltava em 1998 tornando inviável este benefício proporcional. Tem que completar os 30 anos.
      Pardal

  96. Denise Voss disse:

    Sergio, eu tenho 49 anos de idade, 27 anos de contribuição, consigo me aposentar?
    Obrigada

  97. Marta Peres disse:

    Caro Pardal!

    Iniciei a trabalhar em banco aos 17 anos de idade ( 1987 ) atè ( 2008 ) , trabalhei por 21 anos. com uma interupçao de 9 meses. Saì com 38 anos e vim morar na Italia onde estou ha 5 anos e sem contribuiçao. Pergunta… estou retornando para o brasil daqui 2 meses e inìcio a trabalhar novamente em Banco, pretendo trabalhar por mais 10 anos /contribuiçao e 20 anos ja realizados = 30 contribuiçao e terei 53 idade, poderei me aposentar ? terei aposentadoria teto? A mèdia è feita em base salario contribuicao dos ultimos 5 anos? e caso eu queira -daqui 5 anos- com 48 anos de idade e 25 de contribuiçao posso me aposentar com 80% proporcional? Estou perdida… nao paguei estes 5anos que estou aqui pois achei que nao faria diferença ja que a idade minima seria 48 anos… e hj com 43anos eu ja teria os 25 anos de contribuiçao, mas sem a idade minima… deveria ter feito? No aguardo, Muito obrigada!

    • Oi, Marta, sobre este tempo sem contribuir, não vale a pena tentar resolver. A aposentadoria por tempo de contribuição exige para a mulher 30 anos completos, com qualquer idade, e no cálculo tem a incidência do fator previdenciário que, levando em conta a idade e a expectativa de sobrevida, na maior parte das vezes é um redutor de valor. A aposentadoria por idade, aos 60 anos para a mulher, exige o mínimo de 15 aos de contribuição. A base de cálculos para praticamente todos os benefícios do INSS é sobre a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo, para os benefício voluntários, o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período. Hoje, com nenhuma idade se consegue a aposentadoria proporcional aos 25 anos de contribuição. O benefício proporcional não existe mais.
      Pardal

  98. DURVAL PEREZ disse:

    Bôa tarde Dr Sergio.

    Perguntei ao advogado do sindicato se 86 decibéis em 2001 a 2004 tem adicional..Veja a resposta….Sr. acha que tem fundamento? grato

    NÃO!

    A insalubridade para o barulho acima de 80,00 dcbs vai somente até 05/03/1997. Após essa data tem que ser acima de 89 dcbs, e na maioria das vezes o INSS recusa, e temos que reconhecer na Justiça.

    Até 05/03/1997 acima de 80 dcbs ok.

    Att

    • Oi, Durval, em razão de um decreto de 1964 que foi recolocado em vigência através de uma lei, até 05/03/1997 o ruído máximo é 80dB. Em 2003 um decreto do Lula colocou o máximo em 85dB, enquanto o decreto anterior, de 1997, falava em 90dB. Assim, o INSS entende que atualmente é 85dB, mas entre 1997 e 2003 seria 90dB. Logo os tribunais vão resolver a questão e, inclusive, tenho um texto meu publicado na revista especializada da editora LTr.
      Pardal

  99. Caro Sr. Pardal, gostaria de sanar uma dúvida, trabalhei como secretaria 4 anos no regime clt, atualmente sou professora do Estado, este tempo de INSS pode somar com o tempo de funcionário púbico para fins de aposentadoria pelo estado?

  100. Olá, minha mãe é funcionária do estado de são paulo desde 1988, porém ficou no regime CLT até 1998 tendo um total de 18 anos de contribuição ao INSS, hoje ela tem 15 anos contribuidos como estatutária Lei 500, completou 60 anos de idade, ela pode requerer duas aposentadoria? por idade ou proporcional?

    • Oi, Fabiana, se ela era funcionária pública celetista, muito provavelmente o tempo de INSS foi para o serviço público automaticamente, sem que ele requeresse. Verifique isto; se não aconteceu, ela poderia requerer as duas aposentadorias.
      Pardal

  101. MARILENE disse:

    Sérgio, Boa Tarde!

    Tenho 48 anos e 26 anos de contribuição. Posso me aposentar por proporcionalidade? e quantos por cento?

    Grata.

  102. Esmeralda disse:

    Sérgio, Boa Tarde!

    Se a empresa na qual você trabalhou e descontou o seu INSS mas não repassou para o INSS isso implicaria na aposentadoria?

    Grata.

    • OI, Esmeralda, as vezes dá algum trabalho na hora de requerer o benefício, mas o responsável pelo contribuição é o patrão; se você tem todas as provas, como a carteira de trabalho sem nenhum rasura, o tempo tem que ser contado.
      Pardal

  103. Laercio Gomes disse:

    Começei a trabalhar com 11 anos de idade no CAMP de Santos e Cubatão, este periodo em que trabelhei em diversas empresas, mesmo com uma carta constando que fui Patrulheiro Mirim, tenho algum direito, sendo que naquele tempo não tinha contribuição, isso em 1976

    obrigado

  104. Laercio Gomes disse:

    Dr. Sergio , deixei de adicionar comentarios, tenho 48 anos de idade, 30 anos de contribuição + 7 anos como patrulheiro mirim.

    desculpe-me pelo incomodo.
    obrigado

  105. Ana Oliveira disse:

    Dr. Sergio,sou funcionaria publica estadual, desde 1993, cargo administrativo da SSP(policia civil), recebo adicional de insalubridade, tempo total de contribuição 29 anos, estou com 49 anos de idade, quando posso pedir aposentadoria?

    • Oi, Ana, para você se aposentar com o valor do último salário e paridade nos reajustes, será preciso atingir a somatória de tempo de contribuição com idade em 85 (regra de transição da EC 47/05).
      Pardal

      • Ana Oliveira disse:

        Dr. Sergio, eu posso pedir aposentadoria com 30 anos de contribuição e 50 anos de idade? Não tenho nenhum benefício por conta da insalubridade?

        • Oi, Ana, se você tiver 25 anos de trabalho com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, terá direito a aposentadoria especial sem a incidência do fator previdenciário, mas a comprovação deve ser feita por informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). Sendo o tempo menor, seria multiplicado por 1,2 para somar com o tempo comum. Na aposentadoria por tempo de contribuição é obrigatória a multiplicação da média pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, idade e expectativa de sobrevida.
          Pardal

  106. Dr Sérgio:Aguardo com certa ansiedade a sua resposta. Antecipadamente agradeço.(Recolhi ,como professor, durante 13 anos, até 1993 e estive no Exército por 14 meses, como devo fazer para regularizar essa situação? tenho hoje 58 anos e pretendo recolher como autônomo ou profissional liberal para completar o total de recolhimentos necessários.É por aí?

    • Oi, Washington, a aposentadoria por idade, aos 65 anos para o homem, exige o mínimo de 15 anos de contribuição. Como não será possível fazer uma boa média, o melhor é contribuir sobre um salário mínimo até completar a idade. Terá mais tempo de contribuição, mas os benefícios relativos a saúde, invalidez ou morte exigem a qualidade de segurado, ou seja, que esteja contribuindo.
      Pardal

  107. Boa tarde, gostaria de saber se o INSS aceita que o indivíduo regularize os pagamentos de contribuições de um período em que ele ficou sem trabalhar e contribuir? Vale a pena fazer isso? Me pai deixou de contribuir por aproximadamente 02 anos, enquanto esperava resposta de um processo judicial movido contra o INSS, mas foi julgado improcedente. Ele pode pagar este período? Obrigada

    • Oi, Marcia, se a pessoa estava inscrita como contribuinte individual e pagou algum tempo, o INSS aceitaria o pagamento da dívida; eu pessoalmente acho que na maioria das vezes não vale a pena pagar o passado.
      Pardal

  108. Trabalhei com carteira assinada 24 anos e 3 meis todos insalubre tenho 55 anos consigo me aposentar -como funciona a aposentadoria pardal.

    • Oi, Caetano, para os homens a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos, com qualquer idade, e a aposentadoria por idade é aos 65 anos, com o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  109. Dr tenho 51 anos de idade tenho 27 anos de trabalho que completou em dez/ 2012,estou afastada pelo inss a 1 ano e meio de jan/2012 ate agora,talves terei alta agota em setembro/2013.quando poderei me aposentar .por favor me oriente, pois talves nao terei condicoes de voltar a trabalhar pois faço tratamento com psquiatra

    • Oi, Ana, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS para a mulher exige 30 anos completos, com qualquer idade, e a aposentadoria por idade ocorre aos 60 anos, com o mínimo de 15 anos de contribuição. O tempo de auxílio-doença contará como tempo de contribuição se houver contribuição antes do afastamento e também no retorno. Talvez seja melhor você tentar manter o afastamento até completar mais tempo.
      Pardal

  110. ola bom dia tenho 53 anos trabalhei como domestica por 12 anos meu es patrao diz que assina o que precisar para que eu me aposente mas nao contribui com volores se for nessesario o que devo fazer para me aposentar sou funcionaria publica desde de do ano 2000

    • Oi, Silvia, no serviço público você poderá se aposentar por idade, aos 60 anos, tendo mais de 10 anos de serviço público, com proventos proporcionais; no INSS é preciso ter 15 anos de contribuição devidamente comprovados.
      Pardal

  111. Tenho 51 anos e trabalho desde agosto de 1977.
    Já posso me aposentar?

  112. Tenho 48 anos de idade e 27 anos de contribuição, gostaria de saber se posso requer aposentadoria proporcional?

  113. Prezado Sergio,
    Em setembro de 2013, completo 30 anos de contribuição. Ocorre que no período de 2001 a 2005, estive desempregado e embora continuasse a proceder às contribuições como autônomo, acabei por deixar de recolher às contribuições referente às parcelas de 13º nesse período. Como devo proceder para regularizar essa pendência junto ao INSS? Posso quitá-las de uma só vez?

  114. Boa Noite! Minha mãe tem 59 anos e 23 anos de contribuição, ano que vem qdo ela completará 60 anos ela se aposentará com 1 salário mínimo ou por ela ter mais de 15 anos pode dar um pouco mais? Desde já agradeço.

    • Oi, Carolina, depende da média de contribuições dela. A aposentadoria por idade se calcula em 70% da média, mais 1% para cada ano de contribuição. Assim, com 23 anos de contribuição, seriam 93%. A média se faz sobre os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período.
      Pardal

  115. monica disse:

    Por gentileza , tenho 20 anos de magistério, na rede Estadual, e tenho 53 anos de idade estou em tratamento de saúde CID (G12.2) Doença do neurônio motor, já fiz cirúrgia da coluna, estou readaptada , minha médica sugere aposentadoria, e passo no Departamento de Perícias Médicas do Estado há 10 anos, onde me concedem licença a cada 30, 60, e não mais os 90 dias, pois alegam que o sistema não aceita o pedido de 90 dias, mas o médico por ele concederia, poderia orientar-me?
    Grata

  116. tenho 30 anos de contribuição com o inss,23anos insalubre.tenho 49 anos, posso aposentar sem cair no fator previdenciario?

  117. Bom dia, Sérgio!
    Sou professora pública municipal, tenho 43 anos de idade e 25 anos de efetivo serviço público em sala de aula, sendo 10 anos no regime geral, de 1988 a 1998, e 15 anos no regime próprio, de 1998 até os dias atuais. Gostaria de saber se posso averbar os 10 anos do RGPS para o regime próprio e se posso me aposentar hoje, nessas condições?
    Grata!

    • Oi, Danyelle, você pode averbar o tempo do RGPS se não for concomitante, mas para se aposentar no serviço público deverá ter 25 anos de efetivo serviço público em sala de aula, mas com 50 anos de idade.
      Pardal

  118. Boa Tarde;
    Meu pai tem 53 anos de idade e 30 anos e 9 meses de contribuição, ele tem direito a aposentadoria proporcional? como seria este pagamento? e por tempo de contribuição quando ele tem direito? é possível pagar por este tempo restante para que ele se aposente por tempo integral?

    • Oi, Jéssica, não existe mais aposentadoria proporcional e o pedágio cobrado na regra de transição inviabiliza atualmente tal benefício. Assim, ele terá que completar os 35 anos, com contribuição mês a mês.
      Pardal

      • Obrigada pelos esclarecimentos Pardal, mais fiquei com mais uma dúvida…
        Haviam comentado comigo que eu poderia solicitar um carnê ao INSS e pagar estas contribuições restantes para que ele complete os 35 anos de contribuição, sem ter que esperar os 4 anos e 3 meses, então isso não é possível?

        Uma outra situação é a da minha mãe, ela tem 53 anos de idade e 5 de contribuição, existe alguma possibilidade dela se aposentar, seria melhor solicitar o tal carnê ao INSS e pagar as contribuições, ou neste caso também não é valido?

        Obrigada desde já.

        • Oi, Jéssica, o carnê para pagamento se compra em qualquer papelaria; o pagamento de contribuições atrasadas é que teria que passar pelo INSS, e se não houvesse inscrição anterior não teria como efetuar tal pagamento. O correto é se inscrever no INSS e contribuir mês a mês até completar os 15 anos necessários para aposentadoria por idade.
          Pardal

  119. rosa andili disse:

    meu imbróglio cronologicamente consiste em 9 anos de contribuição no brasil, depois 5 anos na frança, 13 em portugal (há acordo entre fr/port), mais 4 anos no brasil depois do meu retorno (2006-2010)(31 anos total). hoje tenho 56 anos. voltei a contribuir há dois meses pelo código 1163, aconselhada a me aposentar por idade e completar 15 anos de contribuição somente no brasil. como me naturalizei portuguesa, qual seria a melhor solução: por idade em ambos países? por tempo de serviço no brasil? sendo portuguesa posso trazer tb os anos da frança? grande confusão. agradeço imenso se puder ajudar. rosa andili

    • Oi, Rosa, a exigência de 15 anos de contribuição no mínimo para a aposentadoria por idade é de contribuições para o INSS, não valendo o tempo de fora. Assim, se for possível solicitar as duas aposentadorias, seria o melhor para você.
      Pardal

  120. Jorge Rocha disse:

    Olá. É possível a aposentadoria de um trabalhador rural com 31 anos de contribuição e 50 de idade?

  121. Rubens Rizzo disse:

    Bom dia, tenho 53 anos, sendo que trabalho desde 1979, deixando de contribuir neste período todo por apenas 11 meses.
    Durante um período de 12 meses já incluso no periodo acima contribui como avulso na base de um salario de referencia.
    Gostaria saber se é mais vantagem solicitar a aposentadoria proporcional agora em 2014 ou permanecer por mais algum tempo contribuindo para obter a aposentadoria integral.
    grato

    • Oi, Rubens, a aposentadoria proporcional não existe mais, o pedágio disposto na regra de transição torna inviável sua utilização. Assim, você deve completar 35 anos de contribuição para se aposentar, e o cálculo se faz pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até a data do início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  122. Professor,os valores pagos na causa trabalhista a previdência social , parte trabalhador e parte do empregador ,revertem para uma futura aposentadoria por contribuição do empregado,todo ou parcial do montante pago ao INSS .

    • Oi, Ronaldo, isto depende do que se altera nos salários-de-contribuição do empregado. Por exemplo, o trabalhador que estava sem registra em carteira, ganha o vínculo em uma ação trabalhista e é claro que terá alterações na sua situação frente ao INSS. Outro exemplo, o reclamante ganha horas extras mas já estava com o salário acima do limite de contribuição do INSS, e neste caso as contribuições que ocorrerão na reclamação não alteram em nada a sua situação previdenciária.
      Pardal

      • Obrigado Professor, minha causa foi vinculo de A para B, de 3 anos Trabalhando, H.Extras…, no meu CNIS ref: inicio e fim dos 3 anos e com a tabela dos Tetos no período dos 34 meses, 18 ficaram abaixo do Teto,tem chance do INSS completar com os valores da causa trabalhista ,normalmente não acontece,o que faço,na hora de pedir a aposentadoria.Sds.

  123. Professor, tenho 50 anos, 30 anos de contribuição ao INSS (que averbei no municipio) e 7 anos no serviço público municipal. Quando poderei me aposentar?

    Grata

  124. Rubens Rizzo disse:

    Bom dia Pardal, grato pelo exclarecimento, realmente meus calculos concluiram que a aposentadoria integral no meu caso esta mais proximo, por conta do pedagio. Ocorre que estou a 2,1 ano da integral e gostaria de saber se tenho alguma estabilidade, pois perder o emprego neste momento poderá dificultar muito a manutenção de minhas contribuições pelo teto.
    Grato mais uma vez e excelente trabalho de esclarecimento.

    • Oi, Rubens, as garantias de emprego para os “pré-aposentáveis” não existem na lei, apenas nos acordos ou convenções coletivas de algumas categorias. Assim, procure o seu sindicato para saber se há alguma garantia e em que tempo.
      Pardal

  125. Dr. Sérgio:
    Me aposentei há dezesseis anos como funcionário público do Estado de São Paulo (aposentadoria proporcional 30 anos de serviço).Continuo contribuindo com o IPESP, que paga minha aposentadoria. Ocorre que continuo também trabalhando numa prefeitura e contribuindo para o INSS há mais de dez anos. Teria direito a uma nova aposentadoria? Poderia reverter minha atual aposentadoria para integral? Em caso positivo qual o procedimento?

    • Oi, José Teodoro, a contribuição que você faz ao IPESP é sobre a sua aposentadoria, não faz qualquer melhoria nem reverte para integral. Se você tiver 15 anos de contribuição para o INSS poderá se aposentar por idade aos 65 anos.
      Pardal

  126. sr.sergio,o meu marido tem 59 anos de idade e 33 anos de contribuição,ele gostaria de saber quanto tempo falta para se aposentar.

  127. Jance Barros disse:

    ” Oi Sérgio Pardal…
    minha mãe tem 57 anos nunca trabalhou de carteira assinada nem contribui com o INSS, ela é dessas pessoas bem antigas sabe… enfim, hj ela tem problemas de saúde… gostaria de saber se existe alguma possibilidade dela ter algum beneficio do governo. É possível? Eu como filha quero ajuda la. O que posso fazer?.. obrigado “

  128. Roger Riva disse:

    Prof Sergio.

    Tenho 44 anos e 12 de contribuição , 4 antes de 1994, e 8 depois. Pensando em 65 anos para aposentar com 35 de contribuição , ja que falta 23 anos para 35 anos, terei 68 anos. Oque você entende como melhor . Desde ja agradeço.

    • Oi, Roger, para você a opção será se aposentar por idade com 65 anos. A média para o cálculo é sobre os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período.
      Pardal

  129. Edileusa disse:

    Gostaria de saber se com 21 anos de contribuição posso mim aposentar já que tenho 53 anos e cid de depressão onde passei 8 meses afastada da empresa e quando voltei apos 4 meses ele mim demitiram, tenho alguma chansse de mim aposentar?
    Sds

    • Oi, Edileusa, só se for aposentadoria por invalidez, passando pela perícia do INSS, porque por tempo ou por idade ainda não é possível. Você ainda tem qualidade de segurada, deve procurar o INSS e solicitar o auxílio-doença.
      Pardal

  130. Olá Sergio boa tarde.

    gostaria de sua opinião sobre a minha situação, veja tenho 52 anos de idade mais de 35 anos de contribuições comprovadas dou entrada na aposentadoria agora ou espero completar os 53 anos de idade o que aconteceria em fevereiro de 2014 isso me traria mais vantagens, agradeço desde já sua opinião.

    • Oi, Joel, no site do INSS você pode fazer a simulação do valor do seu benefício, e inclusive fazer uma segunda simulação acrescentando um ano na idade.É importante também saber que todo ano, no final de novembro, o fator previdenciário se modifica com a nova tabela da expectativa de sobrevida do IBGE. Provavelmente não vai valer a pena esperar.
      Pardal

  131. Luiz Carlos disse:

    Olá!! Contribui para o INSS 15 anos, a partir de agosto de 2002 estou trabalhando como funcionário publico estadual e fui informado que vou me aposentar após contribuir 20 anos para o estado. Tenho hoje 44 anos e quando completar os vinte anos de estado estarei com 53 anos, gostaria saber se procedência? Quando completar o tempo de contribuição posso parar de contribuir se continuar trabalhando.

    • Oi, Luiz Carlos, não sei quem pode ter informado que você vai se “aposentar após contribuir 20 anos para o estado”; nem somando os 15 anos de INSS seria possível porque para o servidor público, além de 35 anos de contribuição, exige-se a idade mínima de 60 anos para quem ingressou no serviço público após 1998, como é o seu caso. Existe uma regra de transição que possibilita ao servidor o retorno de sua contribuição quando já completou as exigências para a aposentadoria, mas também não se aplica a você.
      Pardal

  132. Alfredo disse:

    Bom dia! Gostaria de saber: Tenho 54 anos, sou aposentado por tempo de contribuição Inss desde 2011, contribui sempre pela empresa Privada. Agora passei no concurso da CPTM(sociedade Econômia Mista)regime CLT e fui convocado, minha dúvida é a seguinge: Se eu for trabalhar deixarei de receber à aposentadoria atual(Desaponsetadoria)? Ou começarei um novo ciclo contribuindo para o Inss normalmente e quando parar de trabalhar receberei os valores recolhido como pecúlio. Desde já agradeço.

    • Oi, Alfredo, você pode trabalhar em qualquer regime sem abalar a sua aposentadoria. Você continuará recebendo, mesmo trabalhando, e quando parar de trabalhar poderá estudar se valeria a pena a desaposentação, se ainda existir e estiver regulamentada. Por enquanto o pecúlio não existe.
      Pardal

  133. Edison Gabe disse:

    bom dia Sr. Sergio!!! Estou com 53 anos e me aposentei recentemente no Inss proporcional, e se eu continuar contribuindo por mais 15 anos, tenho direito a uma nova aposentadoria??? ou como meu pai é proprietário de terra, se eu tiver um arrendamento com bloco modelo 15 e contribuir por 15 anos, consigo me aposentar novamente???

    • Oi, Edison, qualquer sistema previdenciário só paga uma substituição de remuneração para cada segurado. A desaposentação, por exemplo, é a opção pelo benefício mais favorável. A sua aposentadoria não é “proporcional”; ela é, sim, reduzida em razão do fator previdenciário.
      Pardal

  134. Olá! Minha sogra tem 26 anos de contribuição e 59 anos de idade, ela pode pedir a aposentadoria proporcional? E como deve proceder?

  135. VALDIR
    Olá! boa tarde,tenho 55 anos sou funcionário público municipal desde março de 1979.sempre trabalhei como professor, até setembro de 2011 quando assumi o cargo de conselheiro TUTELAR. contando 32 anos 7 meses de efetivo exercício do magistério sendo mais mais um ano e 8 meses hoje como conselheiro Tutelar. mais um tempo anterior que consegui reverter em tempo especial.hoje conto com 55 anos de idade e mais de 43 anos de contribuição,já encaminhei duas vezes a aposentadoria mas sempre desisti por causa do falado fator previdenciário.
    Na sua opinião o que seria melhor para mim, aceitar minha aposentadoria ou esperar o fim do dito fator prividenciario

    • Oi, Valdir, o fator previdenciário, FP, só se aplica no Regime Geral de Previdência Social, administrado pelo INSS. Assim, é preciso verificar se a prefeitura não tem regime próprio de previdência social para os servidores públicos, porque nesta o FP não se aplicaria. Pelo INSS a aposentadoria especial do professor também tem a aplicação do FP, com a somatória de 5 anos de contribuição para o seu cálculo.
      Pardal

      • SIM SÉRGIO, NO MEU MUNICIPIO A APOSENTADORIA É PELO INSS. EM 2003 ENTREI COM UMA AÇAO CONTRA O INSS E EM 2011 DEU GANHO EM MEU FAVOR, ACATARAM POR UNANIMIDADE MEU RECURSO E TRANANSFORMAR TEMPO COMUM ANTERIOR EM ESPECIAL E NA EPOCA APRESENTOU 32 ANOS E 2 MESES,RETOATIVO A JUNHO DE 2003.O QUE ME DARIA TEMPO DE CONTRIBUIÇAO SUFICIENTE PARA APOSENTAR.POREM TAMBÉM POR UNANIMIDADE TAMBÉM DERAM A SENTENÇA DE NÃO APRESENTAR IDADE SUFICIENTE NA EPOCA, SENDO O PROCESSO ARQUIVADO EM SEGUIDA. SERA QUE AINDA É POSSIVEL MEXER NESSE PROCESSO? SE POSSIVEL COMO FAZER?

  136. Bom da!

    Dr. tive uma fratura de calcâneo em 1988 como acidente de trabalho.
    em 2010 tive um agravamento desta fratura em outra empresa, da qual já fui demitido.
    hoje porem tenho dificuldades em exercer determinadas funções ,pois sinto muitas dores no pé.
    Com 30 anos de contribuição comprovadas ao inss,o que seria mais viável no meu caso tentar auxilio doença ou aposentadoria .

    grato:

  137. Aposentei com 51 anos de idade e 35 anos de contribuição, aposentei proporcional. Agora tenho 55 anos de idade continuei trabalhando posso pedir revisão.

    obrigado,

    • Oi,Reinaldo, você se aposentou com a integral, não proporcional; ocorre que o fator previdenciário causou uma grande redução. Não existe qualquer revisão que possa ser pedida; a única possibilidade é a desaposentação através de uma ação judicial.
      Pardal

  138. O VALOR DA MINHA APOSENTADORIA CHEGOU,PORÉM NÃO QUERO RECEBER EM VIRTUDE DO VALOR SER UM VALOR BEM INFERIRO D0 QUE EU ESPERAVA. COMO PROCEDER PARA RENUNCIAR?

  139. Olá boa tarde!
    Tenho 56 anos de idade, trabalho em uma Empresa Pública, e em agosto próximo completo 31 anos de contribuição. Sei que se me aposentar por agora, o FP reduzirá consideravelmente o “benefício”. No entanto as pessoas me aconselham a me aposentar e continuar trabalhando para complementar minha renda e quando chegar aos 60 anos pedir judicialmente a tal desaposentação. Minhas perguntas são: 1º – Caso eu decida pedir a aposentadoria agora SOU OBRIGADA a comunicar ao meu empregador? 2º – Eu posso sacar o FGTS?
    Obrigada por ora.
    Julia

    • Oi, Julia, você não é obrigada a comunicar ao seu patrão sobre sua aposentadoria, mas provavelmente ele ficará sabendo, e pode sim sacar o FGTS quando se aposentar. Se o seu patrão mandar você embora algum tempo depois, este valor do FGTS sacado também será somado para o cálculo da multa de 40%.
      Pardal

      • Muito obrigada mesmo pelas informações.
        Divulgarei este site para todos aqueles que como eu, se sentem inseguros ou tem duvidas sobre esse assunto, hoje tão complexo.
        Mais uma vez obrigada!
        Julia

  140. Evaldo disse:

    o valor do beneficio a receber é calculado levando em conta quais anos de contribuição? todos os 35 anos no caso homem ou somente os últimos 15 anos?

    • Oi, Evaldo, a média é dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo, para os benefícios voluntários, o divisor mínimo da média em 60% do mesmo período.
      Pardal

      • DURVAL PEREZ disse:

        BOM DIA. DR. SERGIO

        MEU CUNHADO TINHA EM 1997 20 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO HOJE ESTA COM 33 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO E IDADE DE 54 ANOS COM ESTA SOMATORIA DARIA PARA ELE SE APOSENTAR.

        ABS. OBRIGADO

        • Oi, Durval, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem, com qualquer idade, e a aposentadoria por idade ocorre aos 65 anos de idade com o mínimo de 15 anos de contribuição. Assim, ainda falta algum tempo.
          Pardal

  141. Bom dia,
    Meu pai aposentou-se por tempo de serviço como funcionário público do estado do Paraná em 1986 (fundo de previdência do estado). Algum tempo depois, ingressou no serviço público da cidade de São José dos Pinhais/PR, onde teve mais 20 anos de contribuição como funcionário concursado com o fundo de previdência do município. Agora, ao completar 70 anos, veio a aposentadoria compulsória e, para surpresa geral, foi negado o benefício por ele já possuir uma aposentadoria. O fundo de previdência do município ainda disse que se ele desistisse da aposentadoria pelo município, dariam toda a documentação para ele entrar com pedido junto ao INSS. O que pode ser feito no sentido de ele receber a aposentadoria pelo município, pois caso entre no INSS o benefício será bem menor? Ou ainda, existe a possibilidade de solicitar um ressarcimento dos valores contribuídos durante os 20 anos? Ou um processo por danos morais?

    Obrigado.

    • Oi, Luiz Antonio, sem dúvida é um grande absurdo o impedimento dos benefícios de fundos diferentes, com contribuições específicas, mas os tribunais também não andam muito bem sobre isto. De qualquer forma, você deve procurar um advogado especialista e de sua confiança para buscar uma solução.
      Pardal

  142. eu trabalhei 23 anos insalubre o meu pp deu 96 dcbs ate 2004 e 86 dcbs ate 2011,de 1988 a 2011, a alem disto trabalhei 6 meses como pintor em uma usina de alcccol em 1986, e mais 3 meses em uma empresa de montagem dentro desta empresa que trabalhei23 anos industria de papelem 1988.e mais 2
    meses em uma mdeireira que deu 95 dcbs em 2013, tenho 45 anos posso dar entrada na aposentadoria

    • Oi, João Carlos, a aposentadoria especial aos 25 anos em atividades com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos exige a comprovação através de informações da empresa empregadora (antigo SB40, atual PPP). Completada esta exigência, pode ser requerida com qualquer idade e em seu cálculo não se aplica o fator previdenciário.
      Pardal

  143. Bom dia,

    Prezado Sergio,

    Observei que em alguns dos seus comentários, você é favorável a aposentadoria, mesmo que seja aplicado o fator previdenciário. No meu caso também entendo que seja favorável, visto que hoje eu sei que posso utilizar um recurso que é meu direito, pois nunca sabemos o dia de amanhã. Tenho 35 anos de contribuição e 50 anos de idade. Neste mês irei solicitar a aposentadoria por tempo de contribuição. Considerando que 20% das menores contribuições são desprezados para o calculo, você teria condições de me informar de quanto seria mais ou menos a redução no meu beneficio, considerando que sempre contribui pelo teto? Fico muito grato e parabéns pelo Blog.

  144. Boa tarde!
    Meu pai tem 60 anos de idade e 30 anos e 11 dias de contribuição, tem jeito de pedir aposentadoria?
    Ele trabalhou como autônomo sem contribuir 4 anos, tem algum documento que podemos comprovar esse período?
    Como faz se o cálculo de aposentadoria, para saber o valor a receber?
    Por que quando atinge o tempo de contribuição correto com menos idade perde valores?

    Att
    Cinara

    • Oi, Cinara, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos e a aposentadoria por idade é aos 65 anos. A contribuição do autônomo e sua própria responsabilidade, ou seja, sem ela o tempo não conta. Você pode fazer uma simulação do valor de seu benefício no site do INSS. A idade faz perder valor na aposentadoria porque junto com a expectativa de sobrevida faz parte do cálculo do fator previdenciário, obrigatório no cálculo da aposentadoria por tempo de contribuição.
      Pardal

  145. Tenho 48 anos e completarei 49 em outubro
    Tenho 31 anos e dez meses de contribuição, posso requerer aposentaria proporcional ??
    Desde já muito obrigado pela informação.
    Carlos A Silva

    • Oi, Carlos, não existe mais aposentadoria proporcional desde 1998 e as regras de transição já se esgotaram. Portanto, deverá completar 35 anos de contribuição para poder se aposentar com qualquer idade.
      Pardal

  146. Adriane disse:

    Boa Noite! tenho a seguinte dúvida: meu pai têm 63 anos e 33 anos de contribuição, irá completar a idade e o tempo de serviço no mesmo período daqui a 2 anos, é funcionário público e devido uma cirurgia na coluna ficou quase dois anos encostado e retornou agora para o trabalho, mas a função de motorista está deixando-o bastante debilitado até devido aos outros problemas de saúde, não existe outra forma de se aposentar antes deste período? pois este tempo é muito grande para esperar, antes era agricultor só que não possui documentos/bloco que comprove, existe outra forma para ingressar? No aguardo.
    Obrigada.
    Abçs, Adriane

  147. Sou Portugues resido no BRASIL quero solicitar a minha aposentadoria , onde me dirigo, Jáagora tenho de ter quanto tempo de contribuição no brasil para solicitar a aposentadoria por tempo de contribuição tenho 56 anos e já possuo 36 anos de contribuição em Portugal. Obrigado

  148. Adriana Silva disse:

    Duas perguntas:
    1- Tenho 49 anos, 5 anos de serviço público (3 anos no estado e 2 no federal) e faltam 5 para obter aposentadoria integral, segundo extrato da Previdência Social. Sei que devo permanecer 5 anos no cargo, mas pergunto haverá incidência do fator previdenciário ???

    2- Meu marido tem uma oficina mecânica há 30 anos. Ele é o sócio gerente, mas trabalha sozinho, volta e meia com um funcionário. Ele tme direito a insalubridade ?

    • Oi, Adriana, o fator previdenciário incide obrigatoriamente apenas na aposentadoria por tempo de contribuição do INSS, que, para a mulher, exige 30 anos completos. Como empresário é bem difícil conseguir a aposentadoria especial, mas se ele conseguir provar a exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, terá direito ao benefício especial.
      Pardal

      • Adriana disse:

        Para entender melhor:

        1- Se me aposentar daqui a 5 anos, no serviço público federal (desde que com 5 anos no cargo e 10 de serviço público), não terei incidência de fator previdenciário , me aposentado com 100% da média dos 80% dos maiores salários desde 1994 ?

        2- Conheces causas ganhas neste sentido (insalubridade para microempresário) ??? Será que vale a pena tentar ???

        • Oi, Adriana, acontece que no serviço público existe também a exigência de idade mínima, para as mulheres são 30 anos de contribuição e 55 de idade. A aposentadoria especial dos servidores públicos está sendo regulamentada e logo saberemos como será a sua aplicação.
          Pardal

  149. Eu trabalhei dos 13 aos 26 anos na agricultura e agora tenho 12 anos e 6 meses de carteira assinada conta o tempo em que trabalhei na agricultura????
    e quando posso me aposentar com quantos anos ou com quanto tempo de contribuição????

  150. Boa noite, tenho 45 anos e trabalho desde 1983 sempre em metalúrgica com ruído e produtos químicos óleo,peguei o sb40. Somando-se tempo de desemprego fiquei 1 ano e 10 meses parado,1998 e 1999.Voltei a trabalhar em metalúrgica e depois de 2 anos a empresa faliu e não peguei o ppp (havia ruído).Voltei a trabalhar em metalúrgica onde estou até hoje também com fator ruído de 89 dcb. e somando-se tudo já tenho 28 anos de contribuição.Já tenho direito a aposentadoria especial ou terei que completar 35 anos transformando os anos da primeira empresa em comum?

    • Oi, Carlos Eduardo, se você comprovar 25 anos com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, através das informações da empresas, poderá se aposentar pela especial, se não tiver o tempo completo, deverá converter o tempo especial multiplicando por 1,4 e somando completar os 35 anos de contribuição, mas além disso terá o redutor do fator previdenciário.
      Pardal

  151. Olá Pardal, bom dia.
    Parabéns pelo blog e por seus esclarecimentos.

    Vc disse que a aposentadoria proporcional acabou, isso me deixou com duvidas.
    Vejamos: uma mulher que complete 48 anos de idade em 2013 e tenha completado 23 anos de contribuição em 1998, e tenha contribuido por mais 5 anos após 1998 garante hoje a aposentadoria proporcional, correto? Ou seja a aposentadoria proporcional não acabou.
    No caso ela completou o pedágio.
    Faz jus a aposentadoria proporcional agora em 2013.
    Ou realmente acabou a aposentadoria proporcional? Vc pode me esclarecer melhor?
    Grato.
    Rubens

    • Oi, Rubens, a aposentadoria proporcional cobra, além da idade mínima, um pedágio de 40% do período que faltava em 15/12/1998; quando eu digo que a aposentadoria proporcional acabou é porque se o tempo que faltava era maior do que 10 anos, com o pagamento do pedágio seria alcançado o tempo suficiente para a aposentadoria integral, já que nesta não se aplicam as regras de transição, com idade mínima e pedágio. No caso que você apresenta, é possível se aposentar na proporcional; apenas lembre que a perda é de 30% sobre a média já multiplicada pelo fator previdenciário, talvez 70% com 28 anos não seja tão interessante já que aos 30 teria direito a 100%.
      Pardal

  152. Boa Tarde, Sergio pardal

    Tenho 33 de recolhimento, e 57 anos. neste periodo deixei de recolher por ficar desempregado. posso recolher em atraso o periodo faltante como autonomo ou algo do genêro.
    Grato, Luiz Carlos

  153. Nubia Andrade disse:

    Boa tarde,

    Tenho 47 anos. Tenho 26 anos de contribuição de uma empresa (destes 20 anos são considerados especiais pelo PPP recebido) e 2,5 anos de outra empresa. Estes 20 anos especiais multiplico por 1,2 ou 1,4 ? Eles são somados ao tempo para aposentar ? Já tenho direito a aposentar ?

    • Oi, Nubia, a conversão do tempo especial para as mulheres é com a multiplicação por 1,2 porque elas se aposentam com 30 anos de contribuição enquanto para os homens a exigência é de 35 anos. É só uma questão matemática. Se na somatória passa de 30 anos de contribuição, pode se aposentar.
      Pardal

  154. edson l neves disse:

    gostaria de duas informaçoes minha esposa trabalhou por 20 anos registrada foi bancaria atualmente não esta conseguindo trabalho não passa no exames para admissão e tem problemas e hipertensa o meu caso e que estou com trinta anos de desconto trabalho a 16 so a noite sera que ja tenho algum direito de pedir minha aposentadoria estou com 50 anos

    • Oi, Edson, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher. Na aposentadoria por idade, 65 anos para o homem e 60 para a mulher, é preciso ter o mínimo de 15 anos de contribuição. Os benefícios por doença, invalidez ou morte exigem que o segurado esteja contribuindo quando o evento ocorre.
      Pardal

  155. zenir disse:

    tenho 27 anos de serviço (funcionária pública municipal concursada desde 1990) e 45 anos de idade, tenho dúvidas sobre minha aposentadoria, qual a idade certa, 48 ou 55

    • Oi, Zenir, no serviço público a aposentadoria por tempo de contribuição da mulher exige 30 anos de contribuição e 55 anos de idade. Existem regras de transição que permitem a aposentadoria aos 48 anos de idade, mas além de cobrar o chamado “pedágio”, ou seja, um tempo a mais, ainda apresenta valores reduzidos. Para você provavelmente a melhor aposentadoria, pelo último valor e com paridade de reajustes, será com a somatória, idade e tempo de contribuição, alcançando 85.
      Pardal

  156. Por favor, preciso tirar uma dúvida: em duas empresas que trabalhei , ambas deixaram de repassar ao inss por alguns meses o desconto da previdência. Aqui neste site descobri que mesmo faltando algumas contribuições para efeito de tempo de serviço o INSS tem que considerar o vincúlo constante na carteira , data da entrada e a data da saída.Porém gostaria de saber , qual valor é calculado em R$ para os meses que não tiveram recolhimento ? Ou o INSS descarta esses meses e faz somente a conta do meses que tiveram recolhimento ? Outra dúvida , 1 salário mínimo recebido durante o ano de 2003 hoje reajustado se ficar menos que o salário mínimo atual , como é considerado ?

    Agradeço a atenção

    • Oi, Waltercides, os valores que devem ser considerados são dos salários sobre os quais deveria o empregador ter feito as contribuição. Sobre o salário mínimo, o resultado final do cálculo nunca será inferior ao salário mínimo.
      Pardal

  157. Rubens disse:

    Boa dia Pardal, contribuo com o INSS desde 1979, sendo que desde então deixei de contribuir por no maximo 12 meses, periodos de transição de carreira. Em 2009 quando me desliguei da empresa contribui como contribuinte Facultativo (Pelo numero do PIS/CPF), mas em 2010 voltei a trabalhar como CLT.
    Pelas minhas contas, tenho um total detempo de contribuição de 33,5 anos até o momento. Pergunto estes 12 meses que contribui como facultativo (1 salario referencia), contam como tempo de contribuição? Após retornar para a condição de CLT não contribui mais, não realizei nenhum procedimento especial, apenas parei de recolher o carne avulso.
    Grato pelo esclarecimento.

    Rubens

    • Oi, Rubens, conta sim, este ano de contribuição como facultativo, e bastou apenas parar de contribuir quando passou a ser segurado obrigatório como empregado. Para se aposentar deve completar 35 anos de contribuição, e a média para o cálculo do benefício se utiliza dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício e é multiplicada pelo fator previdenciário.
      Pardal

  158. Rubens disse:

    Prezado Pardal, li em alguns comentários sobre dispensas sem justa causa (em legislação trabalhista)que os 30 dias posteriores a dispensa sem justa causa dá ao empregado o direito de acumualar este periodo no tempo de contribuição, estou correto na interpretação?.
    Caso o funcionário tenha obtido novo emprego imediatamente este periodo ainda assim é adicionado ou no caso de sobreposição considera-se apenas um deles?

    Grato

    Rubens

  159. Sou professora da rede pública de Olinda.Tenho 31 anos e 5 meses de contribuição e 48 anos e 10 meses de idade.Pergunto:Será q já posso requerer minha aposentadoria sem prejuízos financeiros.Aguardo respostas.
    Abraços

  160. Luiza Barata disse:

    quando a pessoa entra de auxilio doença ,naõ conta para aposentadoria o tempo que ficou de auxilio ?

    • Luiza Barata disse:

      Boa tarde Dr.Sérgio,era atendente em 2000 os exames informaram que eu tinha ler dort,tunel do carpo ,mudaram em 2001 de função para auxiliar de esritorio entrei de beneficio como acidente do trabalho em 2002 a 06/2007,voltei a trabalho depois da reabilitação do inss como atendente novamente justamente a função que originou a doença,em 12/2010 entrei de beneficio pois a empresa não acatou como acidente de trabalho,pois houve reincidencia do meu problema ,apesar dos laudos exames,fisioterapia afastamentos,estou com tunel do carpo bilateral moderada.Retornei ao trabalho depois de 1 ano de auxilio doença.Lhe pergunto,eu não tinha direito aos 50% depois que retornei ao trabalho depois da reabilitação?e o tempo que estive de auxilio doença não conta para aposentadoria ? Sei que com o inss o contribuinte só faz perder,nunca iriam me dar aposentadoria por invalidez já que houve a redução da minha capacidade profissional,e estou com sequelas.nas minhas contas vou fazer 31 anos de contribuição e tenho 52 anos se pedir aposentadoria seria integral ? ou perderia muito? fico no aguardo da sua resposta,desde já lhe sou grata.

      • Oi, Luiza, como eu já respondi, o tempo de auxílio-doença conta como tempo de contribuição se foi intercalado por contribuições. O auxílio-acidente de 50% é devido se a doença é admitida como laboral, com o auxílio-doença acidentário (B91). No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor de sua aposentadoria por tempo de contribuição.
        Pardal

    • Oi, Luiza, o tempo de auxílio-doença e mesmo de aposentadoria por invalidez pode ser contado como tempo de contribuição se foi intercalado por contribuições. Ou seja, é preciso que o segurado estivesse trabalhando ou contribuindo quando começou a receber o benefício e é preciso contribuir na sua extinção.
      Pardal

  161. ola, sou aposentado por tempo de contribuiçao, e minha aposentadoria foi concedida proporcional a 34 anos 7 meses, continuo trabalhando e ja completei 35 anos de contribuiçao, tenho 61 anos, posso pedir revisao quando completar 65 anos? ou terei que procurar um advogado?

    • Oi, Nelito, não existe nenhuma revisão prevista na lei, e assim o INSS não vai lhe atender administrativamente. Assim, procure um advogado especialista e de sua confiança, para analisar o ajuizamento de uma ação.
      Pardal

  162. luzia disse:

    tenho 23 e meio de contribuição terei 46 anos quando completar 30 anos de contribuição posso me aposentar e continuar trabalhando e contribuindo e depois com mais idade voltar a requerer ou revisar a aposentadoria

  163. Olá, Pardal. Tenho 51 anos de idade e 29 anos de contribuição. Tenho o braço esquerdo com ancilose (sem articulaçao do cotovelo) e outro com uma séria infecção de tendinite no ombro que quase não permite movimentos, ou seja, estou quase sem condições de trabalhar. O que seria mais recomendável no meu caso; Pedir aposentadoria proporcional ou tentar me aposentar por invalidez?

    • Oi, José, não existe qualquer aposentadoria proporcional que você possa requerer com o tempo que tem de contribuição. Portanto, se você atualmente está contribuindo, deve solicitar auxílio-doença.
      Pardal

  164. Bom dia Dr Pardal ! Tenho 57 anos . Em 1997 parei de trabalhar c/carteira assinada, mas paguei como autonomo com nr de identificador que o inss me forneceu ate 2000. Em 2004 voltei a trabalhar c/carteira assinada . Pergunto: posso pagar as contribuicoes atrasadas de 2000 a 2004 c/ o nr identificador q o inss me forneceu e completar meus 35 anos de trabalho e solicitar a aposentadoria ???

    • Oi, Marcio, você pode procurar o INSS e fazer as contas do que deveria; estando inscrito e tendo pago um período, pode sim pagar os atrasados. Provavelmente você pretende a aposentadoria no valor de um salário mínimo, e assim pouco importam valores maiores.
      Pardal

  165. Adriana disse:

    Prezado

    De 10/1992 a 12/1998 ( 6 anos)o escritório de contabilidade não recolheu INSS do meu marido , sócio gerente de microempresa.
    Ele está com 50 anos e pela simulação de tempo de aposentadoria faltariam 9 anos para a aposentadoria integral.
    No restante do período de 1999 a 2010 a contribuição foi feita sobre um salário mínimo e a partir do final de 2010 sobre 3 SM.
    Pagar os atrasados (6 anos), sobre 1 SM seria interessante para aumentar o tempo de contribuição e ele ganhar em tempo para compensar o fator previdenciário lá na frente ?

    • Oi, Adriana, a aposentadoria por tempo de contribuição é calculada pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. Assim, talvez o melhor seja contribuir com valores maiores e para a frente, sem pagamento de atrasados.
      Pardal

  166. Tenho 59 anos e no proximo mes terei completado 36 anos de contribuicao, esperando que o fator 85/95 fosse aprovado este ano. Vale a pena esperar pela aprovacao do fator 85/95 para me aposentar?
    Vale a pena me aposentar agora, deixando de contribuir o teto maximo ao INSS?
    Caso me aposente agora, e o fator 85/95 seja aprovado nos proximos anos, poderei ter alguma vantagem na remuneracao?

    • Oi, Mario, é absolutamente imprevisível a situação do projeto de lei sobre a fórmula 95/85 para isenção do fator previdenciário no cálculo da aposentadoria. Também é impossível prever a aplicação da nova lei se e quando for aprovada.
      Pardal

  167. Só queria lhe dizer que,existem pouquíssimas pessoas como o senhor,com tanta disposição e
    boa vontade,com o próximo…Parabéns!!!

  168. de 1972 a 1974 fui patrulheiro mirim no CAMPs de Santos, trabalhei em banco e numa Comissária de Despachos Aduaneiro e posteriormente ingressei na Força Aérea, tenho uma carta confirmando esses 2 anos . Gostaria de saber se poderia acrescentar esse tempo na minha aposentadoria estou com 57 anos e 37 anos de contribuição , atualmente sou servidor publico municipal e acrescentando esse tempo deixo de pagar o nosso IPMJ que é de 13% ao mês. estou pagando o pedágio até maio de 2014. Obrigado.

    • Oi, Eduardo, na criação do CAMPS e seus assemelhados em todo o Brasil, a lei dizia que tal tempo não valeria para fins previdenciários, de aposentadoria e coisa e tal; assim, os regimes previdenciários, inclusive o INSS, não aceitam somar tal tempo, mas alguns tribunais acham que cabe.
      Pardal

  169. Olá, Sérgio

    Veja minha situação, tenho 45 anos de idade,e de março/1986 a a março/2000 trabalhei como funcionária de três empresas diferentes que fizeram o recolhimento adequado do meu INSS, de outubro/1998 a dezembro/1999 recolhi pelo carnê o INSS simultâneo com os recolhimentos da empresas, de abril/2000 a julho/2008 não contribui com o INSS, de agosto/2008 até hoje julho/2013 sou funcionária pública estadual e é descontado o valor do INSS mensalmente em meu salário.Gostaria de saber se esse tempo que eu não contribui para o INSS, eu vou poder pagar como atrasado no carne? Com essa mistura de trabalho em empresa privada e trabalho como funcionária pública minha aposentadoria vai ficar complicada? O que devo fazer?

    • Oi, Andreia, pagar o passado é caro e nem sempre vale a pena. Sobre o trabalho em empresa privada ou como funcionária pública, depende do regime de previdência ao qual você está vinculada como servidora pública; se for o INSS nada muda, se for outro regime próprio você deverá estudar se vale fazer averbação do tempo do regime geral para o regime próprio.
      Pardal

      • Prezado Sérgio,
        Durante vários períodos da minha vida profissional, tive dois empregos com carteira assinada (regime geral) simultaneamente. Observei que o INSS, ao fazer a contagem do tempo de contribuição. marcou 0 anos e 0 meses de contribuição para esses empregos. Não sei se os empregadores à época faziam o pagamento da previdência, mas imagino que sim. De todo modo, como se aproxima a aposentadoria, gostaria de saber se é possível agora pagar esses períodos de trabalhos e averbá-los para efeito de aposentadoria junto ao meu atual empregador (serviç público federal). São pelo menos uns 3 anos, o que é bom considerável. Agradeço a gentileza da resposta.

  170. Bom dia Dr. Sérgio Pardal.
    Parabéns pelo seu blog.
    É possível a aposentadoria por tempo de contribuição pelo INSS havendo um período em que a pessoa foi funcionária estatutária (universidade pública)?
    Em que condições isso seria possível? (se é possível)
    Qual o caminho mais curto para essa pessoa se aposentar? (considerando que atualmente ela está em empresa privada – caso não seja possível a aposentadoria por tempo de contribuição pelo INSS havendo um período em que a pessoa foi funcionária estatutária)
    Grata
    Marly da Costa

    • Oi, Marly, não sendo tempo concomitante, o princípio constitucional da reciprocidade garante a transferência do tempo de um regime para o outro. Atualmente não existe caminho mais curto para a aposentadoria. Com 30 anos de contribuição, inclusive o tempo de serviço público devidamente averbado no INSS, você se aposenta com qualquer idade, mas o cálculo se faz pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  171. gracely disse:

    Boa noite, meu marido tem 53 anos e 35 anos trabalhado, gostaria de saber se ele já pode se aposentar, e como funciona esse fator revidenciário.
    Desde já agradeço a sua atenção.

    • Oi, Gracely, com 35 anos completos de contribuição o seu marido pode se aposentar com qualquer idade; o fator previdenciário é calculado levando em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  172. jorge luis disse:

    oi tenho 43 anos de idade tenho carteira assinada desde 1985 tenho direito em me aposentar?

    • Oi, Jorge, no INSS, para o homem, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos com qualquer idade e a aposentadoria por idade é com 65 anos de idade e o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  173. Luiz Antônio disse:

    Olá.É possível eu me aposentar com 60 anos? Tenho 59 anos de idade e 20 anos de contribuição.Destes 20 anos de contribuição 10 anos mais ou menos são contados com salubridade. Uma outra questão que gostaria que você me explicasse também é a seguinte: Quando ainda com seis anos de idade sofri um acidente e fiquei cego de um olho e com a mão esquerda um pouco mutilada, mas sempre trabalhei. Isto não conta nada para a aposentadoria?

    • Oi, Luiz Antônio, a aposentadoria por idade só ocorre aos 65 anos para o homem. E para este benefício o tempo especial não altera nada. Sobre a aposentadoria especial para os deficientes, ainda está regulamentando, mas é possível que você possa se aposentar com 60 anos. Questione o INSS oficialmente.
      Pardal

  174. Sirlandia disse:

    Boa Noite!

    Minha mãe tem 58 anos de idade e 25 de contribuição, é possível aposentadoria nessas condições?

  175. ola eu gostaria si tem como eu me aposentar tenho 29 anos de contribuição e em fevereiro completo 50 anos de idade si caso eu conseguir quero ajudar minha esposa numa pequena lanchonete,aguardo obrigado.

    • Oi, Valdenir, no INSS a aposentadoria por tempo de contribuição do homem exige 35 anos de contribuição com qualquer idade, e a aposentadoria por idade é com 65 anos tendo no mínimo 15 anos de contribuição.
      Pardal

  176. Pardal, bom dia e parabéns pelo seu site.
    Gostaria de me aposentar aos 55 anos de idade, hoje tenho 51 e minha situação como contribuinte é a seguinte:
    - INSS: 16 anos e seis meses em várias atividades;
    - ESTADO:06 anos e 10 meses como Professor;
    - PMSP: 10 anos e 6 meses – Professor.
    Como Professor me informaram que somente aos 60 anos. Poderia averbar esse tempo do ESTADO e da PREFEITURA para o INSS para me aposentar aos 55 anos? Como seria feito o cálculo do valor da minha aposentadoria?
    Gostaria de sua orientação.
    Abraços,
    Prof. Olávio

    • Oi, Olávio, o mais importante é observar que tempo concomitante não poderá ser averbado, não conta duas vezes. No INSS a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos com qualquer idade; como professor poderia se aposentar aos 30 anos mas apenas com atividade como professor, o que não é o caso. Como professor no serviço público é preciso ter 30 anos como professor e 60 anos de idade. Observando cada tempo você poderá prever o que será melhor, averbar tempos ou ter duas aposentadorias.
      Pardal

      • Pardal os tempos que te passei não são concomitantes e ainda continuo atuando no ESTADO e na PMSP. Pretendo me aposentar e continuar como Professor no ESTADO que estou desde 23/02/1996. Já consegui a liminar para levar parte do tempo do ESTADO para a PMSP e depois pretendo levar todo o tempo da PMSP(incluindo o ESTATO) para o INSS. A ideia é trocar 5 anos de trabalho (aposentar com 60) por 5 anos de VIDA!!!, mesmo ganhando menos. Será que consigo averbar esse tempo como funcionário público no INSS?
        Muitíssimo obrigado pelo seu esclarecimento.
        Prof. Olávio

        • Oi, Olávio, para levar o tempo de serviço público para o INSS é preciso que se exonere do serviço público, para solicitar a certidão do tempo para averbar, e tem que estar contribuindo para o INSS para trazer tempo de fora e requerer benefício. E se você pretende levar o tempo todo para o INSS, conserve a certidão de tempo sem averbar na prefeitura.
          Pardal

  177. Oi Sérgio, eu tenho 50 anos e comecei um faculdade de Artes Visuais a distância, vou terminar com 53/54 se tudo correr bem, gostaria de saber, na verdade queria um conselho, estou velha para exercer essa profissão?Me disseram que não poderei prestar concurso pois não passo na perícia devido a minha idade, ficando assim somente como eventual.Depois que soube disso fiquei na dúvida se estou no caminho certo ou se devo tomar outro rumo.Quero uma opinião sincera e informações corretas.Ficarei muito agradecida se ajudar a acertar o caminho.Obrigada.

    • Oi, Marivone, a minha especialidade mesmo é previdência social, mas na minha opinião em qualquer idade vale a busca profissional; pode ser que para concurso as coisas fiquem um pouco difíceis pela idade, mas existem trabalhos fora do serviço público.
      Pardal

  178. olá, tenho 50 anos, e meu tempo de contribuição p/ previdencia é de 28 anos, 7 meses e 9 dias.
    Na contagem diz que tenho tempo p/ aposentadoria proporcional. Atualmente contribuo sobre 2 salários. Gostaria de uma orientação sobre o que fazer.
    Requerer Apos. Proporcional, Aguardar o tempo p/Apos.Integral, e também se ainda é viável aumentar o salário de contribuição?
    Por favor aguardo seu retorno e desde já agradeço.
    att,

    • Oi, Silvana, se você se aposentar na proporcional só poderá requerer outra aposentadoria com a desaposentação pela via judicial. Como ainda não existem certezas, não acho que seja um bom negócio. É bom observar que perder 30% do valor por 1 ano e 4 meses não é uma boa conta.
      Pardal

  179. Boa Tarde!
    Tenho 49 anos, trabalhei até o momento da seguinte forma:
    1981 a 1989 – clt
    1993 A 1995 – Serv. publico CLT
    out/1995 ate a presente data – serv. publico lei 8.112.
    Perguntas:
    - EM 1990 Paguei carne como autonoma por 04 meses e parei. posso recolher o INSS atrasado, de 91 a 92?
    - – Considerando que Desde 2009 trabalho com RX, portando, se entrar na justiça tenho direito ao fator 1,2, pergunto:

    Fazendo as simulações, pagando os anos de 91 e 92 ao INSS e considerando o fator de 1,2 de especial, em que ano aproximadamente posso me aposentar, mesmo tendo que pagar pedágio?

    • Oi, Claudia, nem é possível pagar o atrasado junto ao INSS nem acho fácil o “fator 1,2″ no serviço público. Melhor para você é observar as regras de transição que possibilitem a aposentadoria pelo último salário e com paridade de reajustes.
      Pardal

  180. boa tarde!
    minha mãe tem 81anos e tem aposentadoria do meu pai por falecimento. Ela trabalhou mais de 10anos registrada, ela pode conseguir aposentadoria no nome dela?

  181. Boa noite… Estou com 45 anos de idade e minha carteira e assinada desde os 12 anos de idade. Um amigo me falou que o tempo que assinei de menor, vale por dois. e verdade ???

  182. Bom dia Pardal, parabéns pelo site. Pardal,trabalhei sem registro por 03 anos em uma empresa até que ameaçei pedir demissão , ai resolveram fazer meu registro e pagar os atrasados no período de setembro de 1998 a outubro de 2001. O problema é que por economia da empresa e eu leigo , a empresa recolheu sobre 1 salario minino e com o código 1600 .Me informaram que deveria ter o registro em carteira, não tem registro desse período , apenas de 1 mês (09/98). Outro problema , do mês 09 de 1998 até o mês 04/1999 o valor recolhido foi de R$ 25,76 (19.8% de R$ 130,00 salario mínimo da época). De mês 05 de 1999 até 03 de 2000 foi recolhido R$ 26,72 (19.7% de R$ 136,00 salário mínimo da época) de 04 de 2000 até 03 de 2001 foi recolhido R$ 29,77 (19.7% de R$ 151,00 salário mínimo da época). e de 04 de 2001 a 10 de 2001 foi recolhido R$ 36,00 ( 20% de 180,00 salário mínimo da época). Os atrasados de 09/1998 até 03/2001 foram todos pagos em 30/03/2001 com a devida correção monetária. De 04/2001 até 10/2001 os pagamentos foram nas datas corretas. Desculpe o prolongamento mas a dúvida é : O inss não vai considerar esse tempo de serviço (09/1998 a 10/2001)pelo fato de não ter registro do empegrador na carteira ? O que devo fazer caso isso venha a acontecer? Falaram para deixar no tempo de dar entrada na aposentadoria para ver o que acontece , eu não quero esperar , já quero correr atrás do que for preciso . Por favor , me ajude.

    • Oi, Waltercides, eu não conheço os códigos do INSS, mas você deve solicitar informações no INSS, inclusive através do Cadastro Nacional de Informações Sociais, CNIS. Infelizmente já passou muito tempo, para reclamar na área trabalhista o período é de dois anos da rescisão do contrato. Assim, as informações você pode conseguir no INSS, mas corrigir o que esteja errado será difícil.
      Pardal

  183. Boa noite Dr. Pardal tenho 23 anos de contribuição e 50 anos de idade. Anos atrás abri uma firma de laticinios e logo depois pedi ao contador para dar baixa na firma. A pouco tempo atrás descobrir que não tinha dado baixa.
    Pergunto eu tenho divida no INSS como dona da firma? e se tenho posso pagar e contar para me aposentar? Obrigada pela atenção.

    • Oi, Darci, teria sim uma dívida, mas nem sempre vale a pena pagar para somar tempo de contribuição. Você pode verificar no INSS se existe o débito e também é possível dar baixa na empresa com data anterior, pagando apenas uma multa e não as contribuições do INSS e impostos.
      Pardal

  184. gostaria de saber sobre o meu caso. Em janeiro de 2012 tentei me aposentar por tempo de contribuição dai então o INSS fez a contagem de meu tempo no qual trabalhei quase todo meu tempo em rapartiçoes públicas. e vieram me dizer que eu tinha somente 34 anos de contribuição e 60 anos de idade, me aponsentaram com esta dita cuja proporcional, corroendo o sálario lastimavelmente. Continuei trabalhando no serviço público pagando o teto máximo de contribuição até esta data que devo fazer?

    • Oi, Isael, pelo que você conta, teria completado agora os 35 anos de contribuição para não perder 30% na proporcional. Assim, você pode fazer uma simulação do valor do benefício no site do INSS.
      Pardal

  185. Olá Boa tarde!! Eu trabalho desde os 18 anos e contribuo com o INSS desde essa idade, hoje estou com 50 anos e gostaria de saber se posso me aposentar? Aguardo resposta. Obrigada.

    • Oi, Sandra, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS exige, para a mulher, 30 anos de contribuição, e o cálculo é feito com a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  186. Muito bom seus comentários. Parabéns.

  187. Rubens disse:

    Bom dia Pardal, Minha esposa esta com 57 anos e contribuiu por 12 anos até 1982, apos este periodo se dedica exclusivamente a nossa familia. Ela terá direito aos 60 anos a aposentadoria por idade? qual é o valor do beneficio?
    Muito Obrigado.

    Rubens

  188. EDIALA
    TENHO 63 ANOS DE IDADE E1 MÊS TRALHO A 29 ANOS E TRES MESES NO REGIME CELETISTA AOS 60 ANOS APOSENTEI PELO INSS POR IDADE E CONTINUO TRABALHANDO NO MESMO REGIME E NA MESMA EMPRESA (PREFEITURA)GOSTARIA DE SABER SE AO COMPLETAR 30 ANOS DE SERVIÇO TEREI DIREITO A OUTRA APOSENTADORIA
    OBRIGADO
    25/07/2013

    • Oi, Ediala, o mesmo regime previdenciário não paga, de forma alguma, dois benefícios substitutivos para o mesmo segurado. Se o seu regime como servidor público é o INSS, não tem direito a mais nada.
      Pardal

  189. oi
    Sergio

    Eu trabalho desde 1985 com carteira assinada será que posso entrar com o pedido de aposentadoria , mas tem um problema só tenho 44 anos .
    ou tenho que esperar a idade de 48 anos

    obrigada

  190. Fernanda disse:

    Minha madrinha possui 32 anos de contribuição e está prestes a fazer 60 anos. Qual a melhor opção:aposentadoria por tempo de contribuição ou por idade?

  191. boa tarde,
    tenho 36 anos de contribuição e 57 anos de idade, sou bancário, gostaria de saber se posso requerer minha aposentadoria sem perda, ou seja , integral.?
    grato,
    Juacimar

    • Oi, Juacimar, haverá uma perda decorrente do fator previdenciário, mas na maior parte das vezes não vale a pena esperar valores melhores. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do seu benefício.
      Pardal

  192. ola meu nome e laércio meu pai tem 30 anos de carteira , assinada e deficiente de um olho ,e tem 52 anos ele pode se aposentar ????

    • Oi, Laércio, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e a aposentadoria por idade é com 65 anos; a especial para deficiente ainda está sendo regulamentada, mas pode ser que admita alguma redução. Vale aguardar um pouco.
      Pardal

  193. Senhor Sérgio, por favor. Minha esposa está com 47,7 anos e fiz a simulação da aposentadora na internet, conforme abaixo:

    Para ter direito a Aposentadoria por tempo de Contribuição Integral é necessário completar 30 anos de tempo de contribuicao. O tempo que falta para esta modalidade de aposentadoria é 1 anos 9 meses e 10 dias.
    Para ter direito a Aposentadoria por tempo de Contribuição Proporcional é necessário que tenha no mínimo 48 anos de idade e o tempo de contribuicao de 29 anos 6 meses e 19 dias. O tempo que falta para esta modalidade de aposentadoria é 1 anos 3 meses e 29 dias.

    Numa agência do INSS, um senhor que trabalha lá, disse que ao completar 48 anos, ela poderia apresentar os documento que provavelmente seria aposentada, visto que segundo ele o INSS acrescenta algum tempo.Não compreendi o que ele disse. Tem algum respaldo o que ele disse, ou minha esposa terá de esperar os 48 anos e 30 de contribuição?

    Desde já agradeço a atenção que dará a este assunto e desejo felicidades. Cridenor Gomes da Silva

    • Oi, Cridenor, a diferença de quase seis meses entre a aposentadoria proporcional e a integral pode representar 30% de diferença no valor do benefício. Assim, só valeria a pena se aposentar na proporcional se a média de contribuições fosse um salário mínimo. Sobre as informações do “senhor da agência”, o INSS não vai dar tempo nenhum, é preciso continuar contribuindo para completar o tempo necessário. Para ter direito a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, deve completar 30 anos de contribuição com qualquer idade.
      Pardal

  194. JANETE disse:

    pARDAL POR FAVOR TIRE AS MINHAS DUIVIDAS TENHO 48 ANOS E 28 DE CONTRIBUICAO GANHO O MINIMO ESTOU COM TENDINITE E TUNIO DO CARPO ESTOU IRABALHANDO APUSO TENHO 21 ANOS SO NESTA EMPRESA TRABALHO TIRANDO FOTOCOPIAS O DIA TODO EM PE POSSO PEDIR A APOSENTADORIA MIM RESPONDA POR FAVOR NO MEU EMALLL NADA MAIS ABRAÇOOOOOOO

    • Oi, Janete, faltam 2 anos para você se aposentar, mas se está com LER/DORT em razão do seu trabalho, deve solicitar auxílio-doença por acidente do trabalho e ficar afastada enquanto durar a incapacidade.
      Pardal

  195. Pardal estou no japao há 10 anos ! Contribui na previdência por 17 anos e paguei mais 8 anos como facultativo total 25 anos ! Por tanto ano passado começou a valer acordo previdenciário entre Brasil e japao sei q esse tempo q trabalho aq vai valer!! Qndo começou a valer parei d pagar ai como facultativo , pois pela lei nao posso contribuir pelas 2 nações ! So q esse acordo so vai por aposentadoria por idade!! Gostaria de saber se posso entrar na justiça contra previdência pois fiquei prejudicado nao vou somar meu tempo pois pela lei tive q parar d pagar ai e eu n quero aposentar por idade?

  196. Senhor Sérgio: Quero agradecer a resposta que nos deu. Tenho observado que as respostas que dá são bem abalizadas. Felicidades e agradecido.

  197. Ademir disse:

    Oi Sérgio ,eu tenho 57 anos e 33 d contribuição. gual seria mais vantajoso eu aposentar por idade ou contribuição ?

  198. Eu, Diná sou professora da rede municipal de ensin o desde primeiro de março de 1986,o regime do município é estatutário, fiz 48 anos em junho de 2013 recebo R$ 2.000,00. Quando posso da entrada em minha aposentadoria? Aguardo resposta.

  199. rodrigo silva disse:

    Boa tarde, o que compensa mais? minha mae tem 45 anos e 30 de contribuiçao. O melhor é ela aposentar-se agora ou esperar completar 48 anos, essa diferença de idade irá influenciar em alguma coisa?? obrigado

  200. Farei 48 anos em 11/2014, já tenho 31 anos de contribuição. Ganho 1500,00, Qaunto mais ou menos vou receber se pedir aposentadoria ano que vem?

  201. Sr. Sergio, Boa Tarde, minha mãe tem 55 anos e é associada ao sindicato de lavradores de Bequimão/MA,quando fomos dar entrada na aposentadoria dela não deu certo pq ela passou 5 anos aqui em sao luis comigo e só justificou seu voto, foi o alegado.
    eu dei entrada com uma advogada e a mesma deu entrada pelo justiça federal.
    eu ate hoje nao consegui entender o porque da demora.
    por favor me ajude gostaria de informações.

  202. Pardal, trabalho em um cartório a 30 anos, em abril deste ano me aposentei. Antes da aposentadoria trabalhava em regime estatutário e após a aposentadoria fui readmitida pelo regime CLT, gostaria de saber se posso retirar o FGTS na C.E.F. mensalmente referente esse registro em regime CLT por estar aposentado.

  203. Neuci B Frade disse:

    Bom dia. Com 51 anos e 31 anos de contribuição como CLT, sempre com o teto, qual seria a renda caso me aposentasse hoje?O ideal é que eu trabalhe até que idade para receber 100%?
    Grata

    • Oi, Neuci, na grande maioria dos casos não vale a pena esperar para se aposentar depois porque o valor que você deixa de receber no período em que aguarda levará muito tempo para ser recuperado pela diferença. No site do INSS você pode fazer a simulação do valor do benefício.
      Pardal

  204. Tenho 27 anos de contribuição desde 1986, tenho hj 44 anos e até os 15 anos morava no sítio, um advogado me disse que já posso pedir a aposentadoria por tempo de serviço e que posso juntar com os 27 anos de contribuição mais 03 anos de rural que podem ser comprovados com documentos e testemunhas, no entanto tenho receio de por conta do fator previdenciário a aposentadoria ser menor. Gostaria se possível de alguma sugestão. Obrigada

  205. Ruy disse:

    Nascido em 14/11/1973

    iniciei trabalhando aos 13 anos com carteira assinada, em março de 1989 desde então, faço recolhimentos ao inss, aos 20 anos abri minha primeira empresa. continuei com carteira assinada e também o pró labore empresarial…
    a pergunta é esta: já é o momento de recolher o teto máximo no meu pro labore para questões de aposentadoria ?? e quando posso pedir o beneficio ?

    • Oi, Ruy, a dupla contribuição nem sempre é muito bom. Se as duas contribuições, em carteira e como empresário, ocorreram o tempo todo, tudo bem, não existirão perdas; o cálculo que a lei determina, com atividade principal e atividade secundária é bastante lesivo. A aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos de contribuição para o homem, com qualquer idade, e se calcula pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  206. Olá,já completei vinte e cinco anos como professora e a idade de 50 anos. Gostaria de saber se está correto o que me informaram, que o cálculo é feito com base nos últimos cinco anos trabalhados somente?

    • Oi, Angela, se você está vinculada ao INSS nem precisaria de idade mínimo, aposenta-se como professora com 25 anos de atividade. Ocorre que o cálculo é com a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicado pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição (inclusive somando 5 anos por ser professora), a idade e a expectativa de sobrevida. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  207. Boa tarde, Sr. Pardal. Em março de 2014 completarei 20 anos em sala de aula. Sou professora efetiva pelo Estado. Em novembro deste ano completarei 50 anos de idade. Antes de ser professora, eu já tinha registro em carteira de mais ou menos 22 meses trabalhados em duas fábricas e 3 meses de experiência numa terceira fábrica também registrados em carteira. Além disso, trabalhei como escriturária efetiva numa autarquia municipal num período de mais ou menos 3 anos, antes de ser professora. Tenho otosclerose com perda parcial da audição nos dois ouvidos (ouço muito mal, mesmo usando aparelho auditivo e o barulho da sala de aula me incomoda muito) e preciso também cuidar de minha mãe doente de 81 anos, pois sou filha única. Se eu pedir exoneração ou parar de trabalhar, posso continuar pagando as contribuições para me aposentar aos 55? Ou será que eu poderia me aposentar agora? Ou até mesmo que eu não contribua mais….aos 55 anos posso solicitar a aposentadoria mesmo parando de trabalhar agora? Muito obrigada pela paciência. Abraços!

    • Oi, Maria Del Carmen, no serviço público não é possível continuar contribuindo com o regime previdenciário com a exoneração. No INSS é possível contribuir como segurado facultativo, e para a aposentadoria por idade aos 60 anos é necessário o mínimo de 15 anos de contribuição. Talvez o melhor fosse tentar licença-saúde no estado.
      Pardal

  208. Prezado estou aposentado desde 2001. Na época que me aposentei recebia o teto maximo com 35 anos de contribuição em media 8 salarios minimos e meio. Hoje recebo apenas 3.200,00 ou seja 5 salarios minimo. Meu caso tem correção?

    Atenciosamente.
    Antonio

    • Oi, Antonio, infelizmente este é o problema de todos os aposentados e pensionistas, a defasagem do valor dos benefícios. Ocorre que o STF já julgou, em 4 oportunidades diferentes, que os índices aplicados pelo INSS são os corretos. Resta participar das manifestações e exigir a recomposição através de lei.
      Pardal

  209. Sr. Pardal, bom dia. Muito obrigada por ter respondido prontamente. Bem, eu tenho muito mais que 15 anos de contribuição. E se eu tentar contribuir então, como segurada facultativa, que acontece?
    Muito obrigada.

  210. DURVA PEREZ disse:

    BOM DIA, DR SERGIO….
    TENHO 32 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO…56 IDADE.(7PPPs)ESTOU COM UM GRANDE PROBLEMA DE AUDIÇÃO..infecção COM DIFICULDADE DE TRABALHAR..INCLUSIVE JA´FUI OPERADO DESTE OUVIDO…..PERGUNTO: POSSO AGENDAR UMA PERICIA JUNTO AO INSS….2º..SER CONSTATADO ESTA DEFICIENCIA…TERIA ALGUM BENEFICIO PARA ME APOSENTAR AGORA..
    MUITO OBRIGADO…E PARABENS..

    • Oi, Durva, se você neste momento está contribuindo (ou parou de contribuir há menos do que um ano) e está incapacitado para o trabalho por mais do que 15 dias, terá direito ao auxílio-doença, que deve ser requerido no INSS, passando pela perícia médica. Para se aposentar por invalidez é preciso que a perícia médica do INSS entenda que você está incapacitado para qualquer trabalho.
      Pardal

  211. Dr.Sérgio boa noite:

    Tenho 49 anos de idade e 30 anos completos de contribuição junto ao INSS.
    Vale a pena entrar com o pedido de aposentadoria agora ou aguardar até que idade? Quantos anos eu deveria recolher ainda para ter direito ao valor integral? aos 53 anos?
    Grata pela atenção

    • Oi, Aparecida, realmente o fator previdenciário reduz o valor do benefício, mas aguardar, na grande maioria das vezes, não vale a pena. O valor que você deixa de receber no período de espera por um valor melhor, leva muito tempo para recuperar com a diferença conseguida.
      Pardal

  212. Bom dia !!!
    Tenho umas dúvidas,
    tenho 49 anos de idade, 27 anos de contribuição sem contar os PPPs,
    de 1984 a 1988 trabalhei em area normal (sem PPP)
    desde 1988 ate 2012 recebo PPPs,
    como calcula isto ?

  213. Boa noite,
    gostaria de uma informação: tenho 22 anos de magistério no serviço publico estadual de sp pedi exoneração estou na prefeitura como coordenadora há 2 anos quando completar 3 anos na prefeitura posso incorporar o tempo estadual e me aposentar? estou com 51 anos.
    Agradeço
    Rosi

    • Oi, Rosimeire, se a coordenação for considerada atividade exclusiva do magistério, a soma completaria o necessário. Porém, é preciso ter o mínimo de 10 anos na atividade, vinculada ao regime no qual vai se aposentar.
      Pardal

  214. Tenho 49 anos de idade 31 anos de professora efetiva pelo INSS posso me aposentar e continuar trabalhando com outra remuneração

  215. Boa tarde,
    gostaria de saber se posso pedir minha aposentadoria proporcional, tenho 60 anos de idade e 30 de contribuição ao inss, mas quero me aposentar proporcionalmente. É possível?

    • Oi, Sebastião, não existe mais aposentadoria proporcional, e para idade nunca houve. Portanto, no INSS a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos com qualquer idade e a aposentadoria por idade ocorre aos 65 anos com o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  216. oi,tenho 50 anos e 20 de contribuiçao eu consiguo me aposentar.

    • Oi, Joana, a aposentadoria por tempo de contribuição para a mulher exige 30 anos de contribuição e a aposentadoria por idade é aos 60 anos para a mulher, tendo no mínimo 15 anos de contribuição.
      Pardal

  217. Boa noite !

    Tenho 51 anos e 5 meses com 37 anos de contribuição, meu aniversario é em fevereiro 2014, gostaria de saber se e vantagem dar entrada agora ou esperar completar 52 anos fiz uma calculo no simulador e constatou 65%, voce acha que modifica muito o valor se eu esperar

    abs

  218. OI Pardal,
    minha tia é viúva, e recebe a pensão por morte do meu tio (ele recebia o benefício desde 11/1996) e ele morreu em 05/2000. Ele pagava sobre 5 salários mínimos, e aposentou com 32 anos de contribuição. Consta q ele se aposentou por tempo de serviço, mas minha tia disse q foi por invalidez. Eles pagam sobre 82% do valor. Esta correto? Ela diz q deveria receber 5 salários, mas atualmente recebe só 1.000 reais de pensão. Como devo proceder para ajudá-la?!

    • Oi, Jorlene, provavelmente ele se aposentou por tempo de serviço com 32 anos, e assim, recebeu 82% da média. Sobre a defasagem é sempre bom observar que o salário mínimo recebe os denominados aumentos reais, e assim, não podem ser usados como referencial. Infelizmente não existe nenhuma ação com chance de vitória sobre a defasagem neste momento.
      Pardal

  219. sr.sergio eu tenho 36 anos e seis mes de contribuiação e 51 anos de idade eu já posso me aposenta por idade ou tenpo de contribuição qual sera melhor pra mim…

    • Oi, Izaias, a aposentadoria por idade para o homem é aos 65 anos, ou seja, está muito longe.
      Pardal

      • DURVA PEREZ disse:

        BOM DIA, DR. SERGIO
        EU SEMPRE CONTRIBUI COM 11% DO SALARIO PARA A PREVIDENCIA…HJ DESEMPREGADO ESTOU PAGANDO O CARNE DA PREVIDENCIA COM 120,00R$…FALTAM 2 ANOS PARA EU ME APOSENTAR,, SERA QUE VAI REDUZIR MUITO MEU BENEFICIO QUANDO COMPLETAR OS 2 ANOS

        OBRIGADO..ABS

        • Oi, Durva, a média se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício; assim, se as suas contribuição deste período foram boas, os dois últimos anos não vão diminuir a média em nada.
          Pardal

  220. eni marquetti disse:

    bom dia

    tenho 30 anos trabalhados e posso aposentar?
    se for integral quanto recebo
    se for proporcional quanto recebmeu salario hoje
    meu salario contratual e de 2508,00 pago de contribuição 267,00

    ats

    • Oi, Eni, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS exige para a mulher 30 anos completos de contribuição e para o homem 35. O cálculo é feito pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do seu benefício.
      Pardal

  221. geconias disse:

    Boa tarde meu pai tem 49 anos contribui ate 1996 ate 2006 mas fiquei sem trabalhar 2013 . tenho um estabelecimento mas mesmo trabalhando nele não contribui o que seria necessário o para continuar contribuindo de 2006 ate 2013 posso pagar todo o valor de uma vez .

  222. Edecildo disse:

    Aqui em Duque de Caxias, RJ, vários amigos meus estão tentando dar entrada na aposentadoria e vários atendentes dizem que somente com 53 anos! A primeira coisa que perguntam é a idade, e não querem saber de mais nada!
    Isso já vem de uns 5 anos, com diversos casos que vejo de colegas esperando para se aposentar.
    Tenho amigo já com 37 anos de contribuição mas mandam voltar com 53 anos!!
    Ou é má vontade ou erro de interpretação daquela repartição…
    O que poderia ser?

    • Oi, Edecildo, só pode ser má vontade; a aposentadoria por tempo de contribuição com 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher não exige idade nenhuma. O fator previdenciário reduz bastante o valor do benefício em razão da idade, mas não é exigência. Os 53 anos para o homem era exigência da regra de transição para a aposentadoria proporcional que já nem tem mais aplicabilidade. Reclamem para o superintendente da região.
      Pardal

  223. jorge Chalub disse:

    Boa noite, gentileza me orientar. Minha esposa tem 50 anos de idade e 29 de contribuição de INSS. Ela poderá aposentar-se proporcional com esse tempo?

    Obrigado!

  224. tenho 31 anos e nove mes tenho 49 anos tenho direito de aposentar

    • Oi, Marcos, a aposentadoria por tempo de contribuição exige para o homem 35 anos completos de contribuição com qualquer idade, e a aposentadoria por idade é aos 65 anos com o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  225. Bom dia!
    Achei muito interessante esse blog e resolvi tirar dúvidas sobre minha aposentadoria também.
    Em janeiro/14 completo 30 anos de contribuição e fiz 50 anos em maio/13, gostaria de saber se posso pedir minha aposentadoria por tempo de contribuição ou se é melhor esperar completar 60 anos de idade para me aposentar, e se eu solicitar em janeiro de 2014, vou perder muito?Esperar mais 10 anos até completar 60 anos, não é muito tempo?
    O que vc me orienta?
    Grata,
    Eliana Vilas Bôas

    • Oi, Eliana, com 30 anos de contribuição você pode se aposentar com qualquer idade. É verdade que o fator previdenciário, levando em conta a idade reduzirá bastante o valor da aposentadoria, mas aguardar mais tempo não valeria a pena porque o que o segurado deixa de receber no período de espera levaria muito tempo para recuperar com a diferença possível.
      Pardal

  226. Geni de Souza disse:

    Boa tarde

    Atualmente tenho 23 anos 9 meses de contribuição.
    Em 1998 eu tinha dez anos de contribuição

    estou com 57 anos e oito meses.

    Existe possibilidade de aposentadoria proporcional ?????

    Grata

    • OI, Geni, o pedágio para a aposentadoria proporcional (30 anos para o homem e 25 para a mulher) é de 40% sobre o tempo que faltava em 1998. Assim, em qualquer hipótese o pedágio de 40% ultrapassa o necessário para a aposentadoria integral (35 anos para o homem e 30 para a mulher) e não valeria a pena. Faltando 15 anos, o pedágio seria de 5 anos, e faltando 20 anos o pedágio seria de 8; portanto, o mais fácil é completar 5 anos a mais e solicitar a aposentadoria integral.
      Pardal

  227. Adriana disse:

    Faltam dez anos para o meu marido (micro empresário) se aposentar com 60 anos de idade e 35 anos de contribuição.
    Até 16/12/1998 ele tinha 11 anos de contribuição.
    Ele sempre contribuiu sobre o SM. Apenas nos últimos 3 anos sobre 3 SM . Vale a pena contribuir pelo teto nos próximos dez anos ?

  228. Professor Pardal:

    Tenho 50 anos e 33 anos de contribuição. Preciso esperar mais 2 anos de contribuição para me aposentar. Isso é possível pela atual legislação? Valerá a pena, uma vez que eu tenho fundo de aposentadoria privada?
    Agradeço antecipadamente suas orientações.
    Abs

  229. DORA MEIS disse:

    Dr., pela regra de transição na emenda 47 diminui-se um ano da idade (mulher- 55)para cada ano que ultrapassar os 30 trabalhados, tendo a soma, de ambos, ser 85. Como fica, no caso, de se completar 32 de trab. e 52 de idade (soma igual a 84), conta-se só no próximo ano (53 anos) ou divide o ano em dois semestres (52 e meio/ e 32 e meio)?

  230. Ola´, trabalho em área insalubre ganhando 30% e turnos ininterruptos desde de 1985, estou com 48 anos e 29 de serviços, posso dar entrada na minha aposentadoria proporcional?

    • Oi, José, não existe aposentadoria proporcional, a especial exige 25 anos de atividade com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, comprovada por informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP).
      Pardal

  231. Sergio, trabalho de tecnico agricola sempre manipulando produtos quimico, ja vai fazer 15 anos, e mais 3 de escola tecnica. como funciona, dizem que quem trabalha com produtos (pesticidas), tem uma redução no tempo de contribuição, de quanto tempo se reduz, ou seja ao inves de contribuir 30 anos, quantos anos teria que contribuir para me aposentar?

    • Oi, Luciano, a aposentadoria especial aos 25 anos, exige que a atividade seja com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, comprovada pela informação da empresa empregadora (antigo SB40, atual PPP).
      Pardal

  232. Boa tarde!
    Minha mãe falaeceu no dia 14/06/2013. Tem um valor proporcional de pensão por morte do meu pai e aposentadoria por idade. Somos em 4 filhos, podemos receber estes valores que se referem a metade de um mês? Como podemos receber? Tem prazo para recebe-los?
    Grata

    • Oi, Zenaide, se não sobrou nenhum pensionista será necessário um alvará judicial para receber os saldos dos benefícios previdenciários, além de contas bancárias, poupanças etc. É preciso procurar um advogado de sua confiança para ajuizar o pedido.
      Pardal

  233. Olá, gostaria de saber se tem alguma regra para uma aposentadoria sem ter contribuição… Minha mãe tem 65 anos mas nunca “trabalhou com carteira assinada” ela tem algum direito a aposentadoria?!

  234. Eliza disse:

    Oi, li todas suas respostas, mas ainda fiquei com uma dúvida. Como é a regra para o período de auxilio doença contar para a aposentadoria? Qdo liberada pela perícia a pessoa é obrigada a voltar a trabalhar qto tempo na mesma empresa? E se for mandada embora no dia que voltar ela perde esse tempo, ou pode continuar pagando o INSS como autonoma se nao arranjar outro emprego de carteira assinada.Estou voltando agora e tenho medo de perder os 3 anos que fiquei afastada, pois sei que serei dispensada. Obrigada!!

    • Oi, Eliza, se a pessoa for despedida no dia do retorno ao trabalho, pelo menos sobre o tempo de aviso prévio vão contribuir para o INSS, fazendo o período do auxílio-doença ficar intercalado de contribuições.
      Pardal

  235. DORA MEIS disse:

    Pela emenda Constitucional quarenta e sete, na regra de transição, para cada ano acima dos trinta trabalhados, desconta-se um dos cinquenta e cinco de idade. Quando alcançar 32 e 52 (trinta e dois e cinquenta e dois) respectivamente, totalizando soma de 84 (oitenta e quatro)-(sendo mulher a soma deve ser 85), como fica o ano que sobra? Será considerado apenas seis meses ou precisarei fechar o ano cheio (33 + 53 = 86)aumentando um ano?

  236. tenho 57 anos e trabalho como costureira informal
    tenho cidadania portuguesa e estou me mudando para portugal pra morar com filha que la reside e tem familia!se continuar trabalhando por la em portugal terei direito a aposentadoria em qual idade??posso começar a contribuir assim q ue me estabelecer por la em portugal?qual seria o valor minimo prara contribuiçao??agradeço a orientaçao

    • Oi, Victoria, eu não conheço a legislação e as normas do seguro social de Portugal. Você deve procurar o consulado para ter informações e inclusive como utilizar as contribuições daqui se houverem.
      Pardal

  237. Waldemir disse:

    Boa tarde Sérgio. Examine por favor minha situação: tenho 51 anos de idade e 17 anos em Banco Estadual (82-99), 5 anos de pagamento como autõnomo pelo valor mínimo (20 % salário-minimo) periodo de (2000-2005) e 8 anos Serv. Público (Prefeitura Municipal) (2005-2012), totalizando 30 de contribuição, correto? quanto tempo tenho p/ me aposentar pelo exposto acima? como seria o cálculo? Meu salário maior era na época do Banco, ele entraria no cálculo de meu benefício, já que saí em 99? Fico muito grato pela atenção e obrigado.

    • Oi, Waldemir, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS para homem exige 35 anos completos de contribuição, valendo tempo de outro regime que seja averbado através de certidão e não sendo concomitante, e é calculada pelos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  238. Boa tarde! Sergio, estou c/ 33 anos de contribuição e tenho um período em 1997 à 1999 que trabalhei autonomo e possuo os RPAs, será que consigo pagar esse período em atraso e quanto seria o valor de contribuição nessa época – abr/97 à jan/99, vc saberia me informar por gentileza.
    grato. sds
    Serafim Garcia

  239. Boa tarde! Sérgio, esqueci de informar vou completar 53 anos em setembro/13.
    Grato. sds
    Serafim Garcia

  240. Cristina Rosa disse:

    Tenho atualmente 38 anos e sou professora a 14 anos , a 3 anos assumi mais um cargo na mesma empresa. Gostaria de saber como fica minha situação, uma colega me disse que procurou se informar e falaram para ela que quando ela completar 20 anos de trabalho ela poderia se aposentar nos dois cargos,isso procede?

    • Oi, Cristina, se você contribui para dois regimes diferentes, por exemplo o INSS pela empresa e o regime próprio dos servidores como professora, poderia ter duas aposentadorias, mas com 20 anos de trabalho só se fosse por idade, aos 60 anos.
      Pardal

  241. Paulo Vicente disse:

    Olá, comecei a trabalhar em 1977 com carteira assinada até 1994. Depois contribui como facultativo sempre o mínimo(salário), hoje tenho 53 anos e 21 de contribuição total. Posso solicitar aposentadoria. Muito Obrigado.

    • Oi, Paulo, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos de contribuição com qualquer idade e a aposentadoria por idade é aos 65 anos com o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  242. Sr. Sérgio bom dia,

    Parabéns por este Site/Blog, como falta 10 meses para completar 30 anos de contribuição e estarei com 49 anos, a minha dúvida é a seguinte quando a empresa será informada desta minha estabilidade? E o cálculo do Fator Previdenciário reduzirá o valor que ganho hoje na empresa, R$1.600,00 Bruto.

    • Oi, Sandra, não existe qualquer estabilidade para pré-aposentáveis, a não ser que conste no acordo ou dissídio coletivo do sindicato da categoria. E se assim for, você é que deveria informar sobre a estabilidade. O fator previdenciário reduzirá sim o seu salário, e no site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  243. Olá Sergio! Tenho 31 anos de contribuição, sendo 5 anos de insalubres registrado na carteira profissional e tenho 51 anos de idade,já posso me aposentar.

    • Oi, Josenias, para ter o tempo especial convertido é preciso comprovar a exposição habitual e permanente aos agentes nocivos com as informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). Inclusive mesmo com 5 convertidos, você ainda não completa os 35 anos de contribuição necessários para a aposentadoria.
      Pardal

  244. José Lucio disse:

    tenho 54anos ja completei mais ou menos 34 anos trabalhados e com alguns ppp. É aceitavel uma pessoa que no final de uma caminhada pagando certo a previdencia, tenha perda toda vez que muda a lei? uma pessoa contribui com um salario min. e outra com o max. receber o mesmo valor de aposentadoria?

  245. Boa Noite Sergio,
    Minha aposentadoria por 30 anos de contribuição foi concedida pela Previdência, mas como tenho 49 anos fui muito prejudicada pelo fator previdenciário, gostaria de saber como a Lei aplica 30 anos de contribuição e eu já contribui, este fator previdenciário não vai contra a constituição que me da este direito para aposentadoria integral?
    Como posso proceder, processo a Previdência, para conseguir a aposentadoria integral?
    A aposentadoria integral no meu entender já é um direito adquirido, sendo que já paguei 30 anos.
    Aguardo um retorno seu,
    grata.

    • Oi, Ceci, a sua tese de direito adquirido é muito boa e tem muitos advogados ajuizando ação com base nela, mas acontece que os tribunais não acham isto e ações com certeza de perder não são o meu forte…
      Pardal

  246. Dr Sérgio Pardal, me aposentei pelo INSS em 20/05/2009 aposentadoria por tempo de contribuição com os seguintes dados do INSS:
    idade = 54 anos
    fator previdenciário sobre 80 maiores salários de contribuições = 2947,01 x 0,6585.
    salário de beneficio = 1940,60.
    tempo de serviço 33 anos 01 mês 02 dias.
    Renda mensal inicial 1940,60 x 0,700 = 1358,42
    Perguntas:
    Está correto o INSS aplicar dois redutores?
    A aposentadoria proporcional não acabou?
    Se não acabou, eu fiz os cálculos e preenchi todos os requisitos com a aplicação dos 40%.
    Pedi uma revisão e o INSS indeferiu, tá correto?
    qual a sua orientação.
    Grato,
    Sérgio Oliveira

    • Oi, Sérgio, você optou sair pela proporcional, com 33 anos de serviço e recebendo 70% por esta razão; ou seja, com mais 1 ano e 11 meses você teria direito a 100%. O outro redutor é o fator previdenciário, e você não fica livre dele, inclusive porque o STF já julgou constitucional a sua aplicação. Quanto ao fator previdenciário, não valeria a pena esperar mais, mas 1 ano e 11 meses a mais poderiam valer os 30% que você perdeu.
      Pardal

      • Dr Sérgio, obrigado pela resposta, mas o sr diz nos vários comentários seus que não existe mais a aposentadoria proporcional, como é que o inss aposentou-me na proporcional e ainda aplicou o fator previdenciário? Se ele reconhece a proporcional no meu caso, vale a pena entrar na justiça contra o fator previdenciário?

        Atenciosamente,

        Sérgio Oliveira

        • Oi, Sérgio, o que acontecer é que o pedágio para a aposentadoria proporcional é de 40% sobre o tempo que faltava em 15/12/1998. Se hoje, em 2013, a pessoa completa 30 anos de contribuição, em 1998 tinha apenas 15, faltando 15 para 30; assim, com o pedágio a soma ficaria maior do que 35, que já lhe daria uma aposentadoria mais favorável. No seu caso, em 15/12/1998 você tinha mais contribuições, mas teve algumas interrupções, assim, o INSS calculou o seu pedágio e você se aposentou pela proporcional, perdendo duas vezes, os 30% pelo pouco tempo que faltava para alcançar 35 anos, e mais o fator previdenciário. Assim dispôs a regra de transição, sem nenhuma garantia pelo cálculo anterior dos 35 últimos salários e sem o fator previdenciário. A tese que corre por aí é bonita mas sem sustentação.
          Pardal

  247. Olá Sérgio, primeiramente gostaria de parabenizar pelo blog e pela pró-atividade em responder as perguntas dos usuarios.

    Segue minha pergunta.

    MInha mãe já possui em carteira 25 anos de contribuição, 10 desses anos foram em um laboratorio, onde havia o fator insalubridade. Ela está cansada e quer parar de trabalhar… Em pelo menos 18 anos dessa longa jornada, minha mae ganho sempre acima de dois salários mínimos.

    Se ela pedir aposentadoria proporcional, ela receberá apenas um salário minimo como muitos amigos meus dizem?

    Obrigado pela atenção!

    • Oi, Mauricio, provavelmente será isto mesmo, alcançando por volta de 28 anos de contribuição ela teria 70% da média que já teria sido bem diminuída pela multiplicação pelo fator previdenciário. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  248. Boa tarde, Sr.Sergio.
    Porfavor, me auxilie nesta dúvida, tenho 47 anos de idade (vou completar 48 em outubro)e 25 e 3 meses de trabalho. Já tenho direito a aposentadoria proporsional? outra questão estou com serios problemas na columa lombar e cervical, porém meu médico não me afasta do trabalho. como devo proceder?
    muito obrigada.

    att
    Marieta Miranda

  249. Olá, tenho 38 anos de idade, 16 anos de contribuição no INSS e sou professora no setor público municipal à 6 anos. Existe uma aposentadoria que some os dois regimes e eu pudesse me aposentar com 30 anos de contribuição no total?

    • Oi, Mara, tempos concomitantes nunca serão somados. Se não são concomitantes, existe um princípio constitucional da reciprocidade que garante a contagem de um para outro. Deverá prevalecer o regime em que você estiver vinculada quando for se aposentar. No serviço público a aposentadoria aos 30 anos de contribuição exige 55 de idade para a mulher.
      Pardal

      • Obrigada, pela atenção!
        Dúvida: Uma professora com 25 anos de magistério só se aposenta com 55 anos de idade?
        Poderei me aposentar pelo INSS com 60 anos de idade e tendo contribuído 16 anos, mesmo que esta contribuição não seja recente?

  250. Sou funcionária pública municipal desde 1984 com a função de professora, tenho 48 anos de idade e 29 anos e um mês de contribuição. Gostaria de saber se eu posso pedir minha aposentadoria por tempo de contribuição, pois estou muito doente com várias doenças, inclusive doenças autoimune, mas não gostaria de pedir aposentadoria por invalidez, pois acho que irei perder muito. A nossa previdência é privada por favor mim ajude!!

    • Oi, Luíza, a previdência do servidor público não é privada, é regime próprio. A aposentadoria de professora na rede pública exige 25 anos de atividades e 50 anos de idade. Talvez o melhor para você seja solicita licença-saúde e tentar manter nos próximos dois anos sem aposentar-se por invalidez.
      Pardal

  251. Boa noite Sergio,
    Agradeço muito sua atenção, pois, o senhor já percebe como ficamos desiludidos e depressivos já no ínicio da aposentadoria mas gostaria de fazer outras perguntas.
    Estou no meu direito de solicitar aposentadoria integral (95% dos maiores salários), cfe. prevê a Lei inicial da aposentadoria integral?
    Está correto a Previdência tirar o pouco que já vamos ganhar? E ter contribuído todos estes anos?
    Gostaria de uma opinião sua, deixo o barco correr e ver no que vai dar?
    Aceito numa boa somente o que vou ganhar?
    O senhor já conhece alguém que ganhou a causa processando o INSS ref. ao Fator Previdenciário?
    Porque a nossa alma sangra só em pensar na injustiça que está sendo tomada por pessoas que deveriam nos ajudar numa idade onde tudo fica mais difícil,
    O seu apoio a todos nós que fomos aposentados indevidamente e que ainda vão ser aposentados, seus esclarecimentos são de uma ajuda que somente o Deus divino para lhe pagar.
    Muito obrigada,
    Aguardo retorno……..

    • Oi, Ceci, infelizmente as suas teses não têm acolhida nos tribunais, nem no fator previdenciário, nem na “aposentadoria integral” como você descreve. Os tribunais entendem que o INSS deve obedecer à lei atual, com o cálculo que ela determina.
      Pardal

  252. Prezado Sr Sérgio.
    Desde já agradeço sua atenção. Tenho 51 anos,com assinada desde 1981. Houveram espaços de tempo sem contribuição que somados fazem 2 anos. Já poderia me aposentar integral se não fosse isso e também a descoberta de que a empresa em que trabalho não recolhe regularmente. Fui ao INSS e após comprovar meu vínculo com a mesma, lhe pergunto: os valores não recolhidos me prejudicarão no cálculo, mesmo provando que fui descontada por 5 anos? Poderia me aposentar gora?
    Isso está tirando meu sono e cada vez que pergunto à um técnico previdenciário obtenho respostas diferentes.
    Muito obrigada mesmo.

    • Oi, Carla, se você tem 30 anos completos de contribuição poderá se aposentar sim. As contribuições não efetuadas pelo empregador não podem penalizar você, o INSS terá que contar este tempo se você tem a carteira de trabalho sem rasuras; vale juntar mais algum documento sobre este contrato de trabalho, como a rescisão do contrato e os recibos com o desconto da contribuição previdenciária.
      Pardal

  253. Maria Santos disse:

    boa tarde Sergio, tudo bem?

    Parabéns!! Adorei esse blog por que é super esclarecido, mais tenho uma duvida bem particular. Trabalhei 02 anos como domestico e nesse período fui registrada, porém, quando me desliguei não dei baixa na carteira e logo em seguida já fui registrada com outra carteira em uma empresa. Minha duvida é a seguinte, esse 02 anos entram como soma na minha aposentadoria? Ou seja, fui registrada em 2002, será que posso entrar com pedido de aposentadoria? E o fato de não ter dado baixa, isso pode me atrapalhar? Aguardo ansiosa sua resposta.

    Tenho uma enorme admiração pelo seu trabalho!

    Abraços,

    Maria Santos

  254. Adriana disse:

    Primeiramente quero agradecer a dica : já procurei um advogado e meu marido microempresário em uma oficina mecânica poderá ,segundo ele que já ganhou outras causas, ter seu tempo reduzido pela insalubridade. Ele integralizaria o tempo de contribuição, mas com cinquenta anos o fator previdenciário reduz em quase metade o benefício e somente nos três últimos anos está contribuindo por 3 SM. O menor valor de aposentadoria é 1 SM , certo ? Sendo assim ele iria se aposentar com 1 SM. Fecharia a empresa e viraria MEI. Será que vale a pena ??? Ou seria melhor contribuir por mais dez anos com de 3 a 5 SM e esperar os 60 anos e 45 de contribuição , cujo Fator previdenciário é integral ???

  255. Boa noite!
    Posso me aposentar aos 60 anos de idade tendo contribuído 15 anos de INSS, mesmo que meu último ano de contribuição tenha sido a 20 anos atrás?

    • Oi, Betina, pode sim, para se aposentar por idade aos 60 anos, a mulher precisa ter no mínimo 15 anos de contribuição, em qualquer tempo.
      Pardal

    • DORA MEIS disse:

      Prezado doutor, como proceder para que meus trabalhos temporários, de há 30 anos atrás e sem recolhimento pela empresa contratante, sejam incluídos no cômputo- tempo de serviço, considerando, também, as dificuldades em obter essas informações na própria empresa (duas, uma encerrada)e considerando que estou na regra de transição da emenda 47, ou seja, tenho o tempo mais não a idade. Diante de problemas sérios de saúde, pretendo diminuir esse tempo injusto(Sou funcionária pública).

  256. Olá, boa noite!
    Sou professora na rede municipal. Tenho 23 anos de magistério e 16 anos de contribuição no INSS fora do magistério. Me informei e sei que poderei me aposentar agora com 55 anos de idade, mas aos 60 anos poderei me aposentar novamente pelo INSS?

    • Oi, Carla, se você utilizar o tempo de INSS não poderá depois se aposentar nele também. Professora da rede pública precisa ter 25 anos de atividade como professora e 55 anos de idade. Para se aposentar pelo INSS aos 60 anos de idade é preciso ter no mínimo 15 anos de contribuição sem que tenham sido utilizados para completar o tempo no serviço público.
      Pardal

  257. Adriana disse:

    Trabalhei dez anos como professora no ensino básico particular e três anos no ensino básico público.

    Como se conta este tempo para aposentadoria ?

  258. Boa tarde!
    Dr. Sérgio favor esclarecer uma dúvida, para um eletricista que trabalhou durante 22 anos para uma empresa, e abriu uma no mesmo seguimento porém é sócio há 3 anos e trabalha de fato na área, este pode requerer a aposentadoria especial de 25 anos???

    • Oi, Marcela, o INSS está negando a eletricidade como agente nocivo desde 05/03/1997, e mais difícil ainda é conseguir tempo especial como empresário. De qualquer forma, teria que provar a exposição habitual e permanente através do Perfil Profissiográfico Previdenciário da empresa em que trabalhou e na sua empresa atual, solicitar o benefício e, com a negativa do INSS, requerer uma cópia completa do processo administrativo e procurar um advogado especialista e de sua confiança para analisar o ajuizamento de uma ação.
      Pardal

  259. Ola, tenho 30 anos de contribuição e 48 anos de idade, quando posso pedir a estabilidade pre aposentadoria.

  260. Boa noite Dr. Sergio,
    O senhor foi de grande ajuda para mim, resolvi aposentar e receber cfe. a “nova” Lei e ver o que o futuro nos reserva.
    Muito obrigada.
    Ceci

  261. Valmir Lucas disse:

    Prezado Dr. Sergio, em dez/13 já poderei dar entrada no inss da aposentadoria por tempo de contribuição, porém, verifique no CNIS que uma das empresas que trabalhei pelo período de 4 anos, não consta 5 meses de contribuição, pode ser que a empresa não recolheu ou talvez algum relatório enviado erroneamente e acabou não aparecendo na relação do CNIS, isso foi no ano de 2004, minha duvida é a seguinte, o INSS vai fazer eu contribuir por mais 5 meses? ou não será necessário. Acho difícil a empresa regularizar essa pendência, como ficará a minha situação, poderei dar entrada em dezembro?

  262. Olá Sergio, tenho uma dúvida. Dei aula durante 10 anos (1985 à 1995) como professora estadual (Fund. I e Médio), parei durante 10 anos sem contribuir, retornei à 7 ano (2006 à 2013), também como professora. Hoje estou com 51 anos. Dúvida tenho que trabalhar mais 8 anos para completar 25 anos? Onde usar a regra em que soma a idade + contribuição = 75 dividido por 2 = a tempo restante?
    Muito Obrigada
    Aguardando resposta
    Rita

    • Oi, Rita, na aposentadoria do professor não existe a somatória; para a mulher é necessário ter 25 anos como professora e 50 anos de idade. Vale lembrar que você reingressou no serviço público já com as novas regras.
      Pardal

  263. Boa noite

    Estou a seis anos sem contribuir com o INSS. Tem como pagar este período em atraso e ,depois continuar a pagar normalmente por mês, e me aposentar com os 30 anos de contribuição, sendo que terei até lá 46 anos?

    • Oi, Betina, para pagar o passado tem que procurar o INSS para fazer cálculo. É preciso que estivesse inscrita e tenha pago alguma contribuição para o INSS para definir um período de dívida, e normalmente fica bem caro. Não sei se valeria a pena.
      Pardal

  264. Boa tarde Dr.Sergio,Meu pai tem 57 anos de idade ,é trabalhador rural e tem 30 anos de carteira registrada e antes dos trintas anos de registro ele trabalhou sem registro em uma fazenda pq na época não havia registro ,como ele pode fazer para poder comprovar que ele trabalhou sem registro esse tempo para poder entrar com a aposentadoria por tempo de serviço…Muito obrigada, Rosana, adamantina ,SP

  265. Trabalhei durante 21 anos em atividade de risco quimico e apartir de 1998 ( lei do EPI), não é mais reconhecido como especial.A dúvida é, do ano que comecei (1992) até a data de 1998,tenho a garantia da contagem com acrescimo dos 1.4 na totolidade final?

    • Oi, Etelvino, ainda dá para brigar pelo tempo especial até agora, existem entendimento diversos sobre o EPI. Completando 25 anos você deve solicitar o benefício especial e com a negativa do INSS requerer uma cópia completa do processo administrativo e procurar um advogado especialista e de sua confiança para avaliar a situação.
      Pardal

  266. Amigo Sergio, em 2012 dei baixa na minha CT na 70ª vara do Trabalho-RJ uma firma que esta na massa falida. O Juiz deu baixa na CT e me deu para anexar junta a CT uma Certidão afirmando a baixa do mesmo.
    Essa Certidão assinada pela Juíza Perito do Trabalho tem valor junto ao INSS para contagem de tempo para aposentadoria ou tenho que tirar xerox de todo processo para encaminha ao INSS?
    Segundo o meu advogado tenho que tirar xerox de todo processo para da entrada na aposentadoria.
    Isso procede?
    Muito Obrigado
    Ricardo Fernandes

  267. Mulher com idade de 43 anos, e 24 anos e 5 meses trabalhados como enfermeira em regime especial (insalubre), transformando-se em 29 anos, 3 meses e 17 dias, tem condições de aposentar hoje?

  268. aposentadoria especial 41, indigena que cumpriu 15 anos de trabalho de agricultura “Roça” economia famliar aldeado, após 15 anos, nA AREA URBANA TRABALHOU 9 ANOS E DEPOIS VOLTA AO CONVIVIO DA ROÇA TEM DIREITO APOSENTADORIA ESPECIAL

  269. Oi Sérgio, entendi em uma das respostas que o 13° é contado como contribuição. então em um ano trabalhado tenho 13 contribuições? ou seja se já trabalhei 24 anos tenho 24 contribuições a mais e me dá o direito à aposentadoria por tempo de contribuição, ou é por ano?

    obrigada
    laudiceia

  270. Por favor, tenho 67 anos, ainda trabalhando com carteira assinada e ganho dois salários mínimos,só contribui 11 anos. me aposentando agora quanto vou receber mensalmente, e se vale apena demorar mais alguns anos para requerer? Desde já fico-lhe muito grato pela informação. Aluizio Ferreira de Areaujo

  271. mirian dias disse:

    Reformulando minha pergunta…

    Tenho 45 anos, 25 anos de magistério público municipal em regime de previdência próprio; quando poderei me aposentar?
    Obrigada

  272. Agradeço-lhe pela informação solicitada e aprovei se possível de fazer outra pergunta: Existe um piso salarial para supervisor? Desde já fico-lhe muito grato ao Dr. Sérgio Pardal freudenthal.

  273. LIANE disse:

    Bom dia eu gostaria de tirar uma duvida meu pai tem 65 anos e apenas 15 de contribuição ele pode si aposentar e continuar trabalhando registrado?

    • Oi, Liane, pode sim se aposentar, já que tem o mínimo necessário, 15 anos de contribuição, e a idade certa, 65 anos; e pode continuar trabalhando sem nenhum problema, não precisa rescindir o contrato de trabalho.
      Pardal

  274. Tenho 52 anos e 05 meses, com 33 anos de contribuição, é possível obter a aposentadoria proporcional?

  275. olá pardal, bom dia, preciso de uma informação
    meu primo aposentou-se em 18/02/1993, com 42 anos de idade e 30 anos e 22 dias de contribuição. o coeficiente de cálculo dele foi de 70%. Na verdade não seria um coeficiente de 80% ao invés de 70? o que vc acha? Se sim, ele deveria ajuizar uma ação na justiça federal para requerer a diferença? obrigada Maria Aparecida

  276. Caro Dr Sérgio,
    Tenho 38 anos.Em maio de 2010 ingressei no serviço público no estado de SP. Pelo regime do INSS contribui cerca de 5 anos (de 89 a 94). Até ingressar no serviço público trabalhei como Veterinário por cerca de 10 anos (2000 a 2010), mas nunca contribui para o INSS. O fato é que pelo meu regime atual, até onde eu sei, com 20 anos de Serviço público e 10 de INSS eu consigo me aposentar. Sendo assim, minha meta é pagar mais cinco anos, ou o quanto eu conseguir, para tentar completar esses 10 anos que faltam para contar como tempo de serviço fora do funcionalismo. É possível? Obrigado

    • Oi, Maurício, infelizmente o que você acha que sabe não é verdade. O tempo de contribuição do INSS, não sendo concomitante, pode ser somado ao tempo de serviço público, mas a aposentadoria por tempo de contribuição para o homem exige 35 anos completos de contribuição e 60 anos de idade. Portanto, se atualmente você é servidor público não valeria nada contribuir para o INSS.
      Pardal

  277. Srs.
    Tenho 34 anos de contribuição e 55 anos de idade e devo me aposentar pelo sistema GRPS,pois sou servidor publico estadual titular em comissão(NÃO CONCURSADO)deste 34 anos 21 anos trabalhei em empresa de capital misto (secretaria da prefeitura),como devo proceder para iniciar minha aposentadoria?

    • Oi, Manoel, provavelmente você tem todas as contribuições para o INSS e assim, com 35 anos completos você poderá se aposentar com o cálculo pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  278. Sandra Alves disse:

    Sou professora em duas redes concomitantes: municipal e estadual
    Na estadual completarei 25 anos de trabalho em 2014 e terei 52 anos. Na rede municipal completo 15 anos em 2016 com 54. Terei direito a duas aposentadorias?

    • Oi, Sandra, a professora da rede pública se aposenta com 25 anos de atividades exclusivas do magistério e o mínimo de 50 anos de idade. Assim, você terá direito sim às duas aposentadorias, em 2014 e em 2016.
      Pardal

  279. tenho 60 anos de idade e 40 anos de contribuição sempre sobre 2,5 salarios. sera que receberei uns 1.200,00

  280. Olá. trabalho na prefeitura de minha cidade no regime estatutário e pelo estado, contribuindo para o ipseng (ambos os cargos como professora). Tenho 38 anos. Estou pensando em exonerar do cargo do estado, mas já tenho 14 anos de seviço. Se eu exonerar perco esse tempo? Ou posso usá-lo futuramente para outra aposentaria?

    • Oi, Alessandra, como tempo concomitante não pode contar duas vezes, na prática você perde o tempo do estado. Poderia utilizar mais tarde retornando ao serviço público do estado ou levando este tempo por exemplo para o INSS.
      Pardal

  281. Olá Sergio…
    Estou encaminhando a aposentadoria de meu pai que tem 53 anos de idade e aproximadamente 36 de contribuição. Ele perdeu uma carteira de trabalho (teria 3), como procedo? Já agendei no INSS para levar a documentação, lá eles conseguem uma relação de todas as empresas e períodos que ele trabalhou não é? Posso pedir no mesmo dia já agendado ou preciso ir antes? E ele consegue se aposentar com “valor integral”?
    Desde já, obrigada!

    • Oi, Daiane, o INSS não tem todas as informações, especialmente se anteriores a 1994. Para garantir o tempo da carteira perdida, seria bom procurar documentação da época e até mesmo procurar as empresas e solicitar uma cópia do livro de registros com o contrato de seu pai. Você deveria ir no dia agendado com toda a documentação completa e o valor da aposentadoria por tempo de contribuição é a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  282. ola tenho 51 anos e 16anos trabalhados em situaçao insalubre e 9anos em situaçao normal é possivel me aposentar ?

    • Oi, Antonio, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35anos completos para o homem, com qualquer idade, e o tempo especial, comprovado por informações das empresas empregadoras, pode ser multiplicado por 1,4 para somar com o tempo comum.
      Pardal

  283. estava e em auxilio doença depois me aposentei por invalidez em 1980, tenho alguma chance de eu revisar minha aposentadoria qual a recurso? obrigado

    • Oi, José Adão, provavelmente não haverá revisão, inclusive porque você teve uma revisão em 1989, e agora tem as defasagens iguais a todos os benefícios, desde 1992; mas para ter certeza você deve procurar um advogado especialista e de sua confiança ou seu sindicato de classe.
      Pardal

  284. Caro Dr. Sergio
    Tenho insalubridade 1991 a 1999 (PPP) da empresa onde trabalho e queria saber quantos meses vale um 1 ano de insalubre.
    Sou Gráfico, trabalhava com produtos químicos (Revelador, fixador e outros.
    Obrigado
    Ricardo Fernandes

  285. Aposentadoria Especial pode ser menor que o salario minimo? Alexandre

  286. Sr. Sergio, permita-me discordar quanto a não existir mais a aposentadoria proporcional, pois eu dei entrada na minha agora esta semana, temos duas opções nessa hora:
    afirmar que aceitamos a aposentadoria proporcional, abrindo mão da integral; ou, não aceitar a proporcional (nesse caso eles indeferem o pedido).
    Questionei sobre o período que eu contribuir após (01 ano a mais) se vai ser feito um recálculo para completar os 100%, o servidor me informou que só através de processo judicial. Porém, quando chegar às minhas mãos o resultado desse pedido de aposentadoria, poderei analisar se vai valer a pena ou não, caso não concorde poderei cancelar essa aposentadoria.

    • Oi, Elisio, se você der atenção para as regras de transição, verá que a aposentadoria proporcional não existe mais. Se faltam 12 anos para o homem completar 30 anos de contribuição em 1998, 40% de 12 são 4,8; ele teria que escolher entre se aposentar com 34,8 anos de contribuição e receber 70% de uma média já diminuída pelo fator previdenciário, ou se ele espera completar os 35 anos para receber 100% do mesmo valor. O que não existe também é recálculo: depois de aposentado só teria um benefício mais favorável através de ação judicial, a desaposentação que ainda não foi decidida pelo STF.
      Pardal

  287. Boa tarde. tenho diversas dúvidas sobre aposentadoria. Se puderem responder a todas, agradeço:
    - Se o INSS considerar meus 4 anos e 24 dias de trabalho como SAPATEIRA (assinado em carteira), fecha meus 30 anos de contribuição, mas tenho só 47 anos. quanto vou perder devido a idade?
    - Também poderia optar pela aposentadoria especial (EDUCAÇÃO) já que fui professora durante 11 anos e o restante sempre trabalhei na educação, passando de 25 de educação. Qual melhor opção para me aposentar? Com meus 30 anos de contribuição ou como aposentadoria especial – EDUCAÇÃO, 25 anos?
    - Desde 04 de março de 2013, não estou mais trabalhando. Caso o INSS não aceite a insalubridade de SAPATEIRA, deverei pagar em torno de 10 meses para então me aposentar com 30 anos. Como faço isso, e como sei quanto pagar, se gostaria de pagar o mesmo que pagava pra não diminuir o benefício?

    Grata
    Marisa

    • Oi, Marisa, o tempo especial tem ser comprovado por informações dos empregadores e o tempo de professora não terá conversão para tempo comum. Provavelmente a sua aposentadoria se dará quando você completar 30 anos de contribuição. Se faltarem apenas 10 meses para você se aposentar, pode pagar as contribuições em 20% do salário mínimo porque não terão influencia na média de contribuições.
      Pardal

  288. Boa noite, sou funcionária pública municipal professora, trabalho há 2 anos e ainda estou em estágio probatório, gostaria de saber:se eu contribuir com o INSS por fora, futuramente poderei me aposentar como professora e ainda ter uma aposentadoria extra como autônoma. Como funciona isso e com quanto devo contribuir?

    • Oi, Larisa, a servidora pública que está vinculada a um regime próprio (deve ser o seu caso) não pode participar do INSS como segurada facultativa. Assim, você só poderá contribuir para o INSS com alguma atividade.
      Pardal

  289. Bom dia minha mãe nunca contribuiu com INSS , sempre cuidou da casa e dos filhos……….hoje ela tem 65 e completa 66 em 15/11/13……..gostaria de saber se ela dispõe deste direito……….. certo de merecer sua atenção desde já agradeço sua resposta………..

    • Oi, Omar, só tem direito a qualquer benefício do INSS quem contribui. Com 65 anos de idade ela teria direito ao benefício assistencial se estiver em condições de miséria, sem qualquer possibilidade de manutenção.
      Pardal

  290. Sou aposentado pelo fator previdenciario e ganho menos de 70% do que eu ganhava no meu trabalho.Porem algumas pessoas que trabalhavam junto comigo e tem os mesmos indices de ruidos que tenho no meu Laudo e PPP conseguiram a especial. Porque isso ocorre ?

    • Oi, Gilberto, você precisa observar se juntou as provas da exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP), quando requereu a aposentadoria. Com a cópia completa do processo administrativo você pode procurar um advogado especialista e de sua confiança para avaliar a possibilidade de revisão.
      Pardal

  291. sou funcionária pública municipal com 12 anos de INSS e 18 anos de RPPS, totalizando 30 anos de serviço, com 50 anos de idade. já posso me aposentar?

    • Oi, Elenara, no serviço público existe a idade mínima para a aposentadoria por tempo de contribuição; as regras de transição exigindo pedágio apresentam cálculos bem reduzidos dos benefícios. Assim, provavelmente você ainda não tem direito ao benefício, e se quiser se aposentar com o último salário e paridade de reajustes deverá esperar até os 55 anos de idade e pelo menos 20 anos de serviço público.
      Pardal

  292. Ione Amorim disse:

    Prezado Sérgio,

    Tenho 51 anos de idade e 34 de contribuição no setor privado, sendo que deste período 18 meses estive afastava com auxílio doença, para o tratamento de câncer de mama. Eu tenho direito a aposentadoria? o fator previdenciário em casos de doenças crônicas utiliza o mesmo tempo de expectativa de vida? Antecipadamente obrigada,

    • Oi, Ione, o tempo de recebimento de auxílio-doença conta como tempo de contribuição se foi intercalado por contribuições; ou seja, você estava empregada quando se afastou e retornou a trabalhar quando terminou o benefício. Assim, você tem direito à aposentadoria. Quanto ao fator previdenciário, ele leva em conta somente o seu tempo de contribuição, a sua idade e a expectativa de sobrevida relacionada apenas à idade.
      Pardal

  293. claudia disse:

    Por favor gostaria de uma resposta…gostaria de saber se quando eu me aposentar vou receber o que tem na minha carteira de trabalho ou proporcional ao que sou registrada

  294. Tenho 48 anis, 11 de registro em carteira, nos ultimos anos trabalhei por conta, mas não fiz nenhum tipo de contribuição previdenciária. Gostaria de saber se posso por em dia, a contribuição…e tbm qto tempo preciso para poder aposentar?
    Obrigada.

    • Oi, Maria, para se aposentar por idade, aos 60 anos, você terá que ter o mínimo de 15 anos de contribuição. No seu caso, você deveria contribuir como contribuinte individual não apenas buscando a aposentadoria por idade mas também as garantias em relação aos sinistros, doença, invalidez ou morte. Para a aposentadoria por idade faltam 12 anos enquanto para a aposentadoria por tempo de contribuição, ainda por cima mais desfavorável, faltariam ainda 19 anos.
      Pardal

      • Maria Luisa disse:

        Boa Tarde Sérgio…
        Obrigada por sua resposta, tenho outra dúvida, será que poderia me ajudar??? Para completar os 15 anos de contribuição,o que devo fazer…ou melhor como contribuir como contribuinte individual?? Sou absolutamente leiga no que se refere a esse assunto.
        Desde já…agrdeço!
        M.Luisa

  295. DURVA PEREZ disse:

    BOM DIA DR. SERGIO

    GOSTARIA DE SABER SE A CONTRIBUIÇÃO QUE E´DESCONTADA NA RESCISÃO DE CONTRATO QDO A PESSOAL É MANDADA EMBORA DA EMPRESA SE É COMPUTADA COMO CONTRIBUIÇÃO PARA APOSENTADORIA.

    OBRIGADO ABS.

  296. sou professor a 28 anos e 7 anos de contribuição de inss e tenho 58 anos. posso me apontar com o salário integral, pois a lei diz que em aposentadoria especial tem que ter 30 anos de contribuição e 55 de idade.

    • Oi, Donato, a aposentadoria especial do professor com 30 de contribuição e 55 de idade é para os servidores públicos, o INSS não tem a idade mínima. Porém, tanto em um regime quanto no outro, só valem 30 anos de atividades de magistério, tempo de outra atividade não conta, e no INSS incide o fator previdenciário apenas com a soma de mais 5 anos no tempo de contribuição do cálculo do FP. Se você é servidor público, para a especial de professor, não poderá contar com os 7 anos de INSS, mas poderá, completando os 30 de professor, se aposentar pelo último salário e com paridade de reajuste.
      Pardal

  297. Sergio Pardal, boa tarde. Trabalhei alguns anos no Judiciário, recolhendo junto ao IPESP. Este período de recolhimento pode somado ao período de recolhimento junto ao INSS, para fins de aposentadoria (com base no principio da reciprocidade), isto considerando que nos dias de hoje não sou mais funcionário publico?

  298. ENTREI COM PEDIDO DE APOSENTADORIA NO MÊS 11/2012, APOSENTADORIA DEVERIA SER INTEGRAL PORTANTO O INSS NÃO ACEITOU A CERTIDÃO DE TEMPO DE SERVIÇO QUE FOI ENVIADO PELA PREFEITURA PELO FATO QUE A CERTIDÃO TINHA DE SER NOS MOLDES DA PORTARIA 158/2008 PARA REGIMES PRÓPRIOS, COMO NÃO FOI RECOLHIDO AO NSS A PREFEITURA NÃO TINHA COMO ENVIAR CERTIDÃO CONFORME EZIGIDA PELO NSS. PORTANTO APOSENTEI PROPOCIONAL, HOJE TENHO 55 ANOS E MAIS DE 35 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO, CONTINUO A TRABALHAR E A CONTRIBUIR PARA O NSS.
    PERGUNTA: O QUE EU FAÇO PEDIR MINHA APOSENTADORIA INTEGRAL?
    AGUARDO RETORNO E MUITO OBRIGADO.

  299. Olá, Pardal. Sou o Odair contribuo desde 10/1982 tenho 45 anos de idade. Já posso pedir aposentadoria ao INSS?

    grato:
    Odair

    • Odair, a aposentadoria por tempo de contribuição exige do homem 35 anos completos com qualquer idade.
      Pardal

      • BOM DIA , DR SERGIO.

        GOSTARIA DE ESCLARECER OUTRA DUVIDA! QDO O SENHOR FALA EM MAIORES SALARIO….DE 1994 ATE O BENEFICIO….EU TENHO QUA PEGAR O MAIOR SALARIO DE CADA EMPRESA (UM APENAS) OU MAIS EX; NA MINHA ULTIMA EMPRESA..RECEBI…2470 PASSOU PRA 2800…..E ME DESLIGUEI COM 3200….COMO FAÇO.
        MUITO OBRIGADO , MAIS UMA VEZ

        • Oi, Durval, são os maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 até o início do benefício. Para fazer a simulação no site do INSS você deverá fornecer o valor de todos os seus salários.
          Pardal

  300. Boa noite, Dr. Sergio,
    De 1978 até 1996 fui Funcionária Pública do Estado de São Paulo e saí do funcionalismo através do PDV e gostaria de saber, se posso com a Certidão de Tempo de Serviço do Estado, requerer aposentadoria pelo INSS, umavez que tenho o tempo de 180 meses de contribuição…
    Agradeço e aguardo resposta.
    Att
    Cecy

  301. Sou func. Publico estadual ag.penitenciario tenho 39 anos, ja contribui para o estado cerca de 15 anos e possuo contribuição na area privada com carteira assinada que da mais uns 10 anos isso antes de entrar no estado . Gostaria de saber com quanto tempo de contribuição ainda falta para me aposentar . Obrigado ,sem mais

    • Oi, Gilberto, se no seu estado não houver uma aposentadoria especial para o agente penitenciário com 5 anos a menos, você terá que completar 35 anos de contribuição e 60 anos de idade. Assim, você pode transportar o tempo de INSS para o estado, mas tem que verificar se valerá a pena.
      Pardal

  302. Prezado Sergio,

    Minha sogra tem 60 anos, faz 28 anos que não contribui para a previdência, anteriormente atuava como psicóloga com CTPS assinada.
    Recentemente teve diagnóstico de neoplasia maligna utero endometrio.
    Ela tem algum direito diante dessa situação?

    No aguardo

    Gilberto

    • Oi, Gilberto, se ela tiver pelo menos 15 anos de contribuição em qualquer tempo, terá direito a aposentadoria por idade aos 60 anos. Sobre a doença não existe nenhum benefício porque ela não está contribuindo atualmente.
      Pardal

  303. Cecilia disse:

    Meu irmão tem 32 anos de contribuição e tem 61 anos. Tem as PPP. pode se aposentar

    • Oi, Cecilia, se ele tiver 25 anos com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos com a devida comprovação pela empresa empregadora(antigo SB40, atual PPP) poderá se aposentar na especial, sem o fator previdenciário. Se não for o tempo todo, então poderá converter o tempo que tiver multiplicando por 1,4 e na somatória terá que ter 35 anos completos.
      Pardal