Aposentadoria por tempo de contribuição

Atualmente denominada por tempo de contribuição, até 1998 ainda se chamava aposentadoria por tempo de serviço. É uma conquista histórica dos trabalhadores em nosso país, e por mais que os tecnocratas apresentem contas para desqualificá-la ainda não conseguiram sua extinção.

No Regime Geral (INSS) a exigência para a aposentadoria por tempo de contribuição continua sendo 35 anos para os homens e 30 para as mulheres, com qualquer idade. Na emenda constitucional de 1998, sem forças para simplesmente acabar com o benefício, tentaram impor uma idade mínima como exigência extra, 60 anos para o homem e 55 para a mulher, mas conseguiram apenas para os servidores públicos. Acabaram com a aposentadoria proporcional, aos 30 anos para os homens e 25 para as mulheres, com duas exigências na regra de transição, idade mínima (53 para os homens e 48 para as mulheres) e um tempo a mais de contribuições (40% do tempo que faltava em 15/12/1998).

Como não conseguiram aprovar a idade mínima para os segurados, inventaram o fator previdenciário, redutor com base na expectativa de sobrevida. Conforme eu já comentei bastante, o Congresso ainda não decidiu sobre o FP.

Importante destacar que a tecnocracia ainda não desistiu de eliminar o benefício. Tentam de tudo, desde reduzir a responsabilidade contributiva patronal, exigindo do trabalhador provas da contribuição, até as propostas de idade mínima para o benefício. Quando se fala em fómula 95/85, somatória da idade com o tempo de contribuição, preferem a idade mínima e ainda tentam aumentar a pretendida, de 60/55 para 65/60. Na verdade restaria apenas a aposentadoria por idade. É preciso resistir.

COMENTÁRIOS: 1.388 comentários

  1. Ubirajara dos Santos disse:

    Olá Dr. Pardal…Fui ontem no INSS para saber o tempo que falta para se aposentar,o responsável do setor de concessão disse-me que tenho 27 anos 08 meses e 21 dias garantidos,como lhe falei anteriormente eu tenho o PPP onde diz que é habitual e permanente e que trabalho com óleo e graxa a 13 anos e 05 meses,sendo que essa pessoa que me atendeu disse que tenho 05 anos de tempo a mais,mas que não vale porque eu sou insalubre desde 1999,eu completo 53 anos agora dia 10 de maio de 2013,quando eu completar 53 anos eu posso me aposentar? Vai ser necessário entrar na justiça para valer o tempo insalubre…Em 10 de maio eu vou estar com 28 anos e 01 mês…Posso me aposentar? Obrigado e um grande abraço!!!!!

    • Oi, Ubirajara, o tempo necessário para se aposentar por tempo de contribuição completa 35 anos, com qualquer idade; e tempo especial convertido para comum acrescenta 40% deste período. Assim, se integrar 35 anos de contribuição, poderá se aposentar.
      Pardal

      • Paulo César disse:

        Prezado Sérgio, boa tarde.
        E no caso do magistério público, o que mudou com relação à idade e ao tempo para a aposentadoria de homens e mulheres que atuam em sala de aula? Continuam valendo o tempo de 25 anos para mulher e 30 para homens ou isso mudou? E se o tempo de contribuição for fora do magistério? Como calculo?
        Att.
        Paulo César

        • Oi, Paulo César, a aposentadoria especial do professor continua em 30 anos para os professores e 25 para as professoras. Mas é preciso ser o tempo todo em atividade do magistério e não existe conversão para tempo comum. O cálculo é da mesma forma da aposentadoria comum, com o acréscimo de cinco anos no tempo de contribuição para o cálculo do fator previdenciário.
          Pardal

          • Se uma atual professora trabalhou e pagou a contribuição por 13 anos em empresa privada e trabalha ha 10 como professora do estado, quantos anos mais ela deve trabalhar para se aposentar considerando idade atual 49 anos e sua primeira contribuição em janeiro de 1981?

          • Oi, José, como professora da rede pública, vinculada a um regime próprio, ela deverá ter 25 anos de contribuição (somado também o do INSS se não for concomitante) e 50 anos de idade.
            Pardal

      • vou completar 50 anos agora em agosto tenho 35 e cinco de comtribuiçao ja poço me aposentar

        • Oi, Silvio, com 35 anos completos de contribuição para o INSS pode se aposentar com qualquer idade, o problema é o fator previdenciário (FP), que leva em conta a idade e a expectativa de sobrevida e será um redutor para o benefício. Você pode fazer uma simulação no site do INSS e pode também ver alguns textos meus neste blog demonstrando o que representa o FP e que na grande maioria das vezes vale a pena se aposentar quando se completam as exigências.
          Pardal

          • Caro colega Dr.Sérgio,

            O sr. Sílvio vai completar 50 anos.
            Mesmo tendo 35 anos de contribuição, ele não terá ainda direito à aposentadoria pelo INSS, já que a legislação exige, para o homem, IDADE MÍNIMA OBRIGATÓRIA DE 53 anos! Portanto, mesmo ele tendo contribuido por 35 anos, ele tem que atingir esta idade para poder se aposentar.

            Saudações,

            João Fernandes

          • Oi, João Fernandes, não existe idade mínima para a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS. Com 35 anos completos não teria que cumprir exigências das regras de transição, então com 53 anos de idade. Ou seja, com 35 anos completos ele pode se aposentar quando quiser.
            Pardal

          • SERGI, GANHO 4200,00, POR MES JA TEM 35 DE PREVIDENCIA E 61 ANOS DE IDADE, QUANTO VOU GANHAR SE ME APOSENTAR AGORA? OBRIGADO

          • Oi, Carlos Alberto, no site do INSS você pode fazer a simulação do cálculo do seu benefício.
            Pardal

        • tenho 53 anos e 22 de contribuiçao jÁ
          Posso me aponsentar.

          • Oi, Alda, para a mulher o INSS exige: para a aposentadoria por tempo de contribuição, 30 anos completos, com qualquer idade; e, para a aposentadoria por idade, 60 anos, com no mínimo 15 anos de contribuição.
            Pardal

      • óla Sergio Pardal bôa tarde.
        eu tenho uma duvida que na verdade é de uma família amiga minha.
        um casal que tem um filho inválido, então está aposentado,
        o marido está aposentado por tempo de serviço,
        a esposa dele tem 65 anos, e só trabalhou uma vez com carteira registrada por um periodo de mais ou menos 1 ano.
        éla pode se aposentar, nesta situação?
        Eles me alegaram que se a esposa aposentar ,o filho perde a aposentadoria,eles tem varios filhos e netos que moram juntos com eles.

        o que o senhor pode me esclareceer neste assunto?

        por favor! ficarei grato.
        Edmilson de betim-MG

        • Oi, Edmilson, com um ano de contribuição e esposa do seu amigo não terá direito a benefício nenhum do INSS. É preciso observar como se deu a aposentadoria do filho inválido, se ele contribuía ou se recebe benefício assistencial. Talvez o impedimento seria da esposa receber benefício da LOAS, Lei Orgânica de Assistência Social, se este for o do filho inválido.
          Pardal

      • Boa noite, professor Pardal. Gostaria de tirar uma dúvida: a segurada que que sempre trabalhou no regime economia familiar agrícola, porém, só se filiou na previdencia em 1998 como pequena empresária. Atual está com mais de 6o anos de idade, porém, não tem o preenchido o período de carência exigido (180 contribuições). Qual a medida a ser tomada?
        Obrigado.
        Um abraço.

      • Vou fazer 30 anos de contribuição no ano de 2015, todos esses anos sempre tive apenas um salário minimo na carteira, é vantagem eu requere minha aposentadoria? Caso eu consiga passar em um concurso isso iria contribuir negativamente para mim ou não tem nada a vê uma coisa com a a outra pois o meu emprego sempre foi em clinicas médicas particulares.

    • tenho 60 anos e 33 de contribuiçao ja me aposento

    • dirceu lis disse:

      filho de deus as resposta e tudo uma enrolacao simplesmente me diga tenho trinta trinta anoos de contribuicao e 49 anos estou muito cansado pois trabalhei 08 anos sem registro me diga posso me aposentar sim ou nao.boa noite filho de deus.

      • Oi, Dirceu, não, não pode se aposentar, faltam 5 anos de contribuição.
        Pardal

        • alexandro disse:

          ola boa noite sergio pardal , mimtira uma duvida, 61 de idade e 31 anos de contribuição no inss ,30 anos de ppp ,mais comecei a trabalhar em risco abitual antes de1999 ,tenho direito a aposentadora especial. abraços

          • Oi, Alexandro, para ter direito a aposentadoria especial é preciso ter 25 anos de trabalho submetido de forma habitual e permanente aos agentes nocivos à saúde ou à integridade física, com a comprovação por informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP).
            Pardal

    • Soraya Lima disse:

      Bom Dia! minha filha trabalhou como professora 18 anos em uma escola particular, infelizmente perdeu o emprego em dezembro de 2012,ela pretende continuar contribuindo como professor é possível? se até o presente momento não encontrou trabalho na área da educação.

      • Oi, Soraya, infelizmente não é possível contribuir como professora. Ela pode contribuir como facultativa ou contribuinte individual, mas não vale como tempo especial de professor.
        Pardal

        • Agradeço a sua atenção.Você poderia me responder ao contribuir como facultativa ou individual, os 18 anos que ela contribuiu vão ficar perdidos? se ela contribuisse com 20% ajudaria para obter a aposentadoria com 30 anos de contribuição?

        • Paulo disse:

          Bom dia

          Bom dia Sérgio em 2009 dei entrada na justiça federal pedindo a aposentadoria por tempo de trabalho uma vez que trabalho desde 1971 com variaçôes de empresa para empresa mas sempre no ramo metalurgico porem em 2012 me aposetaram por invalideza(problemas vascular). Pergunta é a seguinte se tivesse aposentado por tempo o beneficio seria maior.

          • Oi, Paulo, não seria não. A aposentadoria por invalidez fica livre do fator previdenciário, enquanto a por tempo de contribuição sempre será menor em razão do fator. A única coisa importante é que aposentado por invalidez não pode trabalhar.
            Pardal

    • boa noite,minha mae trabalhou 18anos.qual e o valor que ela vai receber quando se aposentar?bjssss

  2. fabian cesar disse:

    boa tarde:
    Pardal, ano que vem terei 35 anos de contribuição e 50 anos de idade. devo me aposentar ou esperar a mudança para o cálculo 85/95 anos? sendo que trabalho numa siderúrgica e até 2008 trabalhei numa área ezposto a ruídos acima de 90Db. os 40% até 1998 podem ser aplicados até 2008 pela justiça após aposentado? abraço e sucesso.

    • Oi, Fabian, não tenho como prever se haverá ou não a aprovação da fórmula 95 e assim, não tenho como falar o que seria melhor, aposentar já ou esperar. Quanto ao tempo especial, você depende das informações das empresas empregadoras (antigo SB40 ou atual PPP) para confirmar a exposição habitual e permanente aos agentes nocivos.
      Pardal

  3. bruna disse:

    bom dia pardal!!
    o filho tem direito a pensão por morte dos pais até qual idade?
    como se exerce o direito de pensão infinita se não se casar?
    (ouvi dizer que tem uma pensão q se casar a filha perde o direito)

  4. Keila Ferreira da Silva disse:

    Olá Pardal,
    estou tentando ajudar meu pai a se aposentar. Ele trabalhou por 14 anos, 8 meses e 29 dias em uma siderurgica e o INSS não fez a conversão. Trabalhou como pescador de 1974 a 1993, tirando o tempo concomitante restam 4 anos e 2 meses e ainda numa refinaria de sal por 5 anos. Total de contribuição 25 anos e 3 meses. Meu questionamento é: O INSS é obrigado a converter o periodo que trabalhou na siderurgia? Caso converta, basta apenas conseguir os 30 anos de contribuição ou tem outra coisa para dar cumprimento? quando se fala em comprovação de carência, como consigo comprovar?

    Para piorar quando ele foi solicitar a aposentadoria, os agentes perderam sua carteira de trabalho. Posso pedir perdas e danos ou acha que é perda de tempo?

    Desde já agradeço sua ajuda.

    Sds,

    Keila Ferreira

    • Oi, Keila, a aposentadoria especial exige 25 anos de trabalho com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, comprovando tais condições através das informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP); o tempo especial comprovado pode ser convertido para tempo comum com a multiplicação por 1,4. A aposentadoria por tempo de contribuição exige para o homem 35 completos de contribuição (a proporcional aos 30 não existe mais). A aposentadoria por idade exige 65 anos de idade para o homem, com o mínimo de 15 anos de contribuição; para esta não se converte especial em comum. Sobre perdas e danos, depende do que a perda das carteiras represente e da confirmação da responsabilidade.
      Pardal

  5. Herculano disse:

    Caro Pardal, estou trabalhando atualmente e não contribuo ao INSS sobre dez salários mínimos. Posso contribuir de outra forma ao INSS para completar a contribuição sobre dez mínimos?

  6. alexsandro disse:

    Boa noite caro Pardal, quero aqui tirar uma duvida meu pai trabalhou de mecânico de automóveis e contribuiu por 28 anos hoje ele tem 63 anos de idade pergunto ao senhor se ele tem direito a algum tipo de aposentadoria?

    Desde já fico muito Grato

    • Oi, Alexsandro, a aposentadoria especial, com 25 anos de exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, exige a comprovação através das informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP); a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para homem; e a aposentadoria por idade (talvez a mais provável para você) é concedida aos 65 anos de idade para o homem, com o minimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  7. Carlos disse:

    Dr. Sergio Pardal Freudenthal, bom dia!

    Enviei este comentário/dúvida em outro post seu mas como deu um erro no envio, estou reenviando, desculpas se estiver duplicado.

    Tenho 35 anos de contribuição ao INSS. Pretendo esperar mais um pouco
    para me aposentar, com a esperança de melhorar um pouco o valor da aposentadoria.
    Gostaria que, por gentileza, me tirasse uma dúvida: Desde 1994 contribui a maior parte pelo teto sendo que 5 anos contribui sobre 6 salários mínimos. Levando em consideração que o teto, hoje, de R$ 4.154,00 corresponde a 6 salários. Pergunto: o tempo que contribuí sobre 6 salários (de 2000 até 2004) é considerado teto para calculo atual da aposentadoria(calculo da média desde 1994)?

    • Oi, Carlos, conforme eu já respondi para você, o limite do INSS não obedece ao referencial do salário mínimo, para saber como ficará a sua aposentadoria o melhor é fazer a simulação no site do INSS e depois resolver as dúvidas. Você pode fazer uma comparação entre os valores em que você contribuiu e os limites então vigentes do INSS.
      Pardal

      • Carlos disse:

        Obrigado Dr. Sérgio Pardal.

        Vou fazer a simulação, é um pouco trabalhoso mas dá para fazer pois tenho todos os contra-cheques.
        Apenas mais uma dúvida, trabalhei 4 anos em 2 empregos entre 1994 e o dia de hoje. Gostaria de saber se coloco, na simulação, o total da contribuição mensal dessa época que ultrapassava o teto ou tenho que simular com valores, desses 4 anos, limitados ao teto?

  8. Maria disse:

    Olá, sou professora do magisterio a 30 anos irei completar 50 anos de idade no final do ano.Nunca requeri minha licença premia.Gostaria de saber se posso pedir minha aposentadoria?
    Obrigado.

    • Oi, Maria, a sua licença-prêmio não gozada não irá influir em nada na aposentadoria. Não existe mais a contagem em dobro da licença não usufruída. Talvez o melhor seja gozar as licenças antes de se aposentar.
      Pardal

  9. CÁTIA disse:

    Gostaria de saber se minha prima com 53 anos e 18 anos de contribuição até 1995, pode se aposentar?

  10. Vera disse:

    Tenho 30 anos de contribuiçao já completos, e 46 anos de idade.consigo me aposentar com o valor integral?

    • Oi, Vera, você pode se aposentar com o cálculo da média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário, calculando considerando a idade e a expectativa de sobrevida. Você pode fazer uma simulação no site do INSS.
      Pardal

  11. BOA NOITE PROF , MINHA FILHA TRABALHA NA ÁREA MÉDICA EM TRÊS EMPREGO PORTANTO DESCONTA TRÊS VEZES O INSS COMO CALCULAR O TEMPO PARA SUA APOSENTADORIA .

    • Oi, Luiz Cláudio, infelizmente existe uma forma de cálculo, computando atividade principal e atividades secundárias, bastante prejudicial aos segurados. Se ela mantiver os três empregos pelo mesmo período, completando as exigências para a aposentadoria, ocorrerá a soma. Assim, se em algum dos empregos ela já estiver contribuindo pelo máximo, deve comunicar aos outros para não ter descontado o INSS e contribuir em apenas uma atividade.
      Pardal

  12. Boa Noite..
    Prof. Trabalhei em hospital(SETOR ABERTO) como enfermeira e professora de tecnico de enfermagem de 96 a 2000.Em 2001 iniciei em setor fechado(hemodialise),continuei como professora.Sai da empresa de hemodialise em 2007.continuei como professora. Em 2009 voltei a trabalhar em setor fechado(hemodialise)ate hoje. Parei de lecionar em 2011.Duvidas: Tenho direito na contagem de tempo de setor fechado? posso aposentar com 25 anos de contribuição?

    claudia

    • Oi, Claudia, o tempo especial depende das informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). A especial para professoras só se aplica em educação infantil e fundamental e médio. Se as informações do hospital confirmarem a exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, este temo especial pode ser convertido para comum multiplicando por 1,2.
      Pardal

  13. Sr. Sergio Pardal, gostaria de saber como e que o INSS trabalha com as contribuição no ato em que a pessoa vai se aposentar. Por exemplo no passado eu ganhava de 4 a 8 salarios minimos durante 15 anos. Depois baixou atualmente ganho 2 salario. Se hoje fosse dar entrada em minha aposentadoria por tempo de contribuição quanto seria meu salario.

    • Oi, Marcos, a média que serve como base para os benefícios utiliza os maiores salários que representem 80% de todos entre julho de 1994 e o início do benefício, e no caso da aposentadoria por tempo de contribuição, a média é multiplicada pelo fator previdenciário, na grande maioria das vezes um redutor do valor final.
      Pardal

  14. alana disse:

    Ola meu amigo. admirei muito eu trabalho, todas essas duvidas sanada, nao é qualquer um que faria isto. e se puder, ficaria muito feliz se me tirasse duas duvidas. a primeira: meu pai tem 61 anos de idade e 15 anos de contribuição so que ele nao sabe se compensa esperar os 65 anos ou se pode aposentar como produtor rural. ele tem uma terrinha há algum tempo, o que ele poderia fazer para aposentar como produtor rural?

    segunda duvida:
    queria saber se alguem com mais de dez anos de contribuição ficar doente e precisar encostar se poderia? esta pessoa tem mais de 2 anos q nao contribui, ou seja 120 meses assim sei q perde a qualidade de segurado, mas se ele voltar a pagar ele tem a garantia por mais dois anos ou nao? ou tera q contribuir mais 10 anos para adquirir essa vantagen de 02 anos?

    • Oi, Alana, a primeira dúvida: para seu pai se aposentar por idade como rural ele teria que ter trabalhado como rural os 15 anos de carência e estar nesta situação quando requerer a aposentadoria; a segunda dúvida: se ela tinha mais de dez anos de contribuição sem a perda da qualidade de segurada, manteria tal qualidade por 24 meses; se já perdeu a qualidade de segurada, para readquirir teria que contribuir um terço do período de carência, mas isto não dá direito a benefício em relação à doença que já existia quando voltou a contribuir. O tempo de graça por 24 meses só se contribuir novamente por 120 meses sem perder a qualidade de segurada.
      Pardal

      • alana disse:

        Obrigada Pardal, foi isto que imaginei e entendi quanto à segunda duvida. quanto à primeira, meu pai tem uma pequena fazenda e produz pouco leite mas produz, assim se ele provar que tem a fazenda a mais de 15 anos, mesmo que trabalhou na cidade, mas que produz na mesma, poderá aposentar como produtor rural? desde ja agradeço

  15. Tenho 48 anos e 7 meses. Meu tempo de contribuição fecha em 30 anos no próximo mes de junho. Caso meu cálculo esteja errado, e ainda falte poucos dias ou até mesmo mes, o valor da aposentadoria seria drasticamente alterado, ou seja a base seria outra, ou o cálculo seria proporcional, excluindo-se os poucos dias. Tenho interesse na aposentadoria pois preciso da retirada do FGTS para assuntos emergentes, mas não gostaria de prejudicar o valor integral que tenho direito, fosse qual fosse.

    • Oi, Clarice, sem completar os 30 anos de contribuição o INSS não vai conceder a sua aposentadoria, porque a aposentadoria proporcional exige um pedágio que ultrapassaria o tempo para aposentadoria integral. De qualquer forma, quando requerer o benefício, você pode informar que a sua pretensão é a aposentadoria integral, lembrando que o fator previdenciário é um redutor que será utilizado, mesmo com o tempo integral. Completado o tempo, você pode telefonar no 135 agendando o pedido.
      Pardal

  16. EDILSON nUNES disse:

    Boa tarde Pardal,

    Tenho 49 anos e sem contar o periodo insalubre que trabalhei em contato com produtos quimicos (08 anos) tenho 33 anos de tempo, se considerar o fator nesses 08 anos, ja poderia aposentar por tempos de contribuiçao

  17. estou em beneficio desde 2007 por ausilio doença conta como tempo de serviço contribuo desde 1976 servi quartel por 10 meses tenho 57 anos as cpts foram perdidas tenho BO das perdas como que faço para comprovbar ao inss o tempo se serviço para me aposentar

    • Oi, Aulo, o auxílio-doença conta como tempo de contribuição se houver contribuição antes, quando afastou estava trabalhando ou contribuindo, e depois, quando receber alta deve ter pelo menos um mês de contribuição.
      Pardal

  18. Marcos Popin disse:

    Caro Pardal
    completo agora em junho 35 anos de contribuição, das quais os ultimos 16 anos como ME individual, tenho 51 anos, eu posso aposentar? Se sim, esta aposentadoria é integral ou proporcional?
    OBRIGADO

    • Oi, Marcos, com 35 anos completos de contribuição você pode se aposentar com qualquer idade. Ocorre que a aposentadoria é calculada com a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário que leva em conta a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  19. Sr Sergio Pardal tenho 57 anos 32 anos e 7 meses de contribuiçao mais 10 mes de serviço militar(cervi quartel) estou em beneficio desde 2007 posso pedir aposentadoria perdi a carteira de trabalho como que eu fazo para comprovar tempo de contribuiçao vale vale o cnis.cadastro nacional de informaçoes sociais fornecido pelo inss.

    • Oi, Aulo, os contratos na carteria que você perdeu podem ser comprovados por documentos da época; se constar no CNIS, ótimo.
      Pardal

    • Pardal, bom dia!

      trabalhei 5 anos em 1995 em uma escola particular e quando sai a nova escola que trabalhei perdeu a minha carteira de trabalho.a empresa que trabalhei fechou e nao tive mais contato com os proprietarios.
      como posso comprovar o tempo de trabalho ou mesmo saber se a mesma recolhou os beneficios.
      nao tenho o documentos da epoca da rescisao.

      obrigado pela atenção

      • Oi, Silvio, você deveria ter procurado documentos comprovando quando perdeu a carteira de trabalho. Sem qualquer documento não haverá tempo. Você pode consultar no INSS o Cadastro Nacional das Informações Sociais, CNIS, para ver se algum tempo tem a devida contribuição, mas tem pouca coisa anterior a 1994.
        Pardal

  20. luiz paulo disse:

    eu tenho 55 anos de idade já trabalho a a 34anos trabalhei 6.6 meses numa impressa estou 17 anos na atual fiz o meu ppe fui regeitado pelo inss mas vou compretar 35 anos em fevereiro 35 anos de trabalho qual seria minha perda o ganho o que vc me aconselha a fazer

    • Oi, Luiz Paulo, a perda será apenas no fator previdenciário. Vale esperar completar os 35 anos, aposentar e solicitar uma cópia completa do processo administrativo para que um advogado especialista e de sua confiança possa avaliar se cabe transformação através de ação judicial.
      Pardal

  21. Olá Pardal, tenho 16 anos de contribuição e 65 anos de idade, eu receberia quanto de aposentadoria, seria um salario minimo??

    • Oi, Ademir, seria 85% da média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média 60% do mesmo período, ou seja, provavelmente o seu benefício será de um salários mínimo.
      Pardal

  22. Sr. Sérgio Pardal, tenho 30 anos de contribuição e 45 anos de idade, trabalhei 05(cinco) anos sem registro. A Empresa na qual trabalhei foi vendida e depois de muitos anos abriu falência como os novos proprietários. Posso pagar esses 05(cinco) anos de uma vez e me aposentar pela proporcional?? ou preciso completar 55anos de idade Como proceder??? Obrigado!

    • Oi, Claudio, não é possível pagar cindo anos de uma vez e não existe aposentadoria proporcional. A aposentadoria por tempo de contribuição exige para o homem 35 anos completos de contribuição, com qualquer idade. A idade é utilizada no cálculo do fator previdenciário, redutor do benefício. Assim, você deverá contribuir os próximos 5 anos.
      Pardal

  23. olá pardal, tenho 38 anos de contribuição, sou funcionário publico e 51 anos de idade, isto porque trabalhei em area de risco e feito a conversão de especial para comum, chega a este tempo, posso me aposentar com salario integral, sem nenhuma perda.

    • Oi, Francisco, depende de onde você vai se aposentar, se é servidor público já não terá como converter tempo especial para comum porque não existe previsão na lei. Assim, teria que recalcular o seu tempo. De qualquer forma, servidores que ingressaram antes de 15/12/98, podem se aposentar pelo último salário e com paridade de reajuste pelas regras de transição.
      Pardal

  24. boa noite, tenho 50 anos tenho 31 anos de contribuição , gostaria de saber com que idade posso me aposentar com valor integral. Quero saber também se os 12 meses de quartel entram no calculo do tempo.

    obrigado e parabéns pelo site e pelos retornos

    Att
    Jose Carlos

    • Oi, José Carlos, o tempo de exército entra sim na contagem de tempo, mas é preciso apresentar a certidão do exército. A aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos de contribuição e ainda tem a incidência do fator previdenciário, contabilizando idade e expectativa de sobrevida, enquanto redutor do valor da aposentadoria. A grande dúvida quanto a buscar a aposentadoria com a média integral é em quanto tempo se recupera o que deixa de receber no período de espera. Eu falo sobre isto em alguns posts deste espaço. De qualquer forma, você deve aguardar completar os 35 anos para então, observando a lei que estará vigente, resolver o que fazer.
      Pardal

  25. celia brdini disse:

    Ola, por favor preciso da sua orientação. trabalho na CEF há 29 anos e tenho 8 meses de licença premio . Não suporto mais trabalhar no banco e pedi o meu direito a tirar em dias os meses que tenho direito na licença premio (assim completaria o tempo que preciso para me aposentar pelo INSS), mas o banco se nega a me dar este beneficio alegando que não tem outro empregado pra ficar no meu lugar. O banco tem este direito , eu sou obrigada a aceitar isto??
    Existe alguma multa para o banco? Como por exemplo pagamento em espécie em dobro ? Eu não tenho direito adquirido para que esta licença premio conte como tempo de serviço em dobro? Tenho que procurar um advogado trabalhista para resolver isto? Obrigada

    • Oi, Célia, infelizmente contar o tempo de licença-prêmio não gozada em dobro não é mais possível nem para os servidores públicos. Sobre a possibilidade do banco negar o gozo do direito você precisa procurar um advogado trabalhista para ajuizar a devida reclamação. Eu sempre acho que nos casos trabalhistas o melhor caminho é o sindicato dos trabalhadores; costumeiramente o jurídico do sindicato conhece bem o problema que você enfrenta.
      Pardal

  26. celia b disse:

    Outra duvida, mesmo que não seja em dobro eu posso usar esses 8 meses como tempo de serviço para antecipar minha aposentadoria pelo INSS ?
    Ex: completo 30 anos contribuição INSS em agosto/2014 e já tenho hoje 52 anos. Entao em dezembro/2013 usando a licença premio eu poderia me aposentar? Isto eh um direito automático ou o banco tem que concordar com isto? A quem devo me reportar para que estes 8 meses entre como tempo de serviço?

    • Oi, Célia a sua licença-prêmio só está relacionada ao banco em que você trabalha, o INSS não tem nenhuma responsabilidade. Portanto, com o gozo da licença-prêmio o tempo será computado, com as contribuições que o banco terá que fazer; o tempo só vale depois.
      Pardal

  27. Professor,
    Boa tarde ! Tenho 35 anos de idade e 18 anos de contribuição ao Inss, porque começei a trabalhar aos 14 anos com carteira assinada . Agora estou desempregado ( na verdade sou procurador do meu pai em uma empresa ) e quero contribuir para o INSS por fora, qual seria a melhor opção pagar uma aliquota de 11% ou de 20% , e também pergunto na minha situação é melhor aposentar por idade ou por tempo de contribuição .

  28. Sr. Sergio,

    Boa tarde!

    Tenho 53 anos de idade com 30 anos e 9 meses de contribuição INSS, posso me aposentar? ainda trabalho e não tenho interesse em parar. O que realmente quer dizer estes 40% de pedágio para aposentar-me na proporcionalidade, estou dentro deste quadro ou não?

    • Oi, Valter, na prática a aposentadoria proporcional não existe mais porque o pedágio de 40% já ultrapassa o tempo necessário para a aposentadoria por tempo de contribuição, com 35 anos completos. Portanto, para você se aposentar falta, pelo menos, 4 anos e 3 meses de contribuição.
      Pardal

  29. Boa Tarde! Tenho 59 anos, e 24 anos de contribuição pago ao INSS. Continuo trabalhando há 4 anos na mesma empresa, gostaria de saber se se ao completar 60 anos, minha aposentadoria sai sem dá entrada, ou preciso dá entrada na mesma. E também saber o critério do valor da aposentadoria. Agradeço a atenção.

    • Oi, Elima, os benefícios voluntários, como a aposentadoria por idade, só são concedidos quando são solicitados. Tal benefício e calculado em 70% da média com mais 1% para cada ano de contribuição, sendo a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo de tal média em 60% do mesmo período. No site do INSS você pode fazer uma simulação.
      Pardal

  30. Olá Sergio!

    Tenho 48 anos, sou Policial Militar ha 25 anos e 3 meses, to no conselho de disciplina, querem me excluir da da policia militar. Pergunto tenho direito a me aposentar, pois antes de entrar na policia militar trabalhei na agricultura até os 23 anos de idade. tenho como averbar a agricultura para poder me aposentar.

  31. José Augusto disse:

    boa tarde,

    estou prestes a me aposentar, vou continuar trabalhando, é obrigatorio comunicar a empresa quando me aposentar~ou não é necessario?

    • Oi, José Augusto, não é necessário avisar a empresa e não existe qualquer impedimento de seguir trabalhando, com exceção da aposentadoria especial que impediria de continuar submetido a condições especiais de trabalho.
      Pardal

  32. Olá, ouvi falar que existe uma lei que a mulher que tem 50 anos e não consegue um emprego pode se aposentar. qual é a lei e onde encontro…
    Desde já agradeço.

  33. Boa tarde!
    Gostaria de esclarecer uma duvida acerca da seguinte questão.
    Determinado funcionário público municipal se aposenta aos 55 anos de idade no ano de 2003, com 35 anos de contribuição. O mesmo opta em continuar trabalhando na mesma instituição, mas com cargo em comissão, visando melhorar a renda familiar. Após aposentado, e ter contribuido 35 anos para a previdencia, o mesmo continuará a contribuir nesse seu novo cargo? se caso continuar, esse tempo será incorporado em sua aposentadoria, quando decidir parar de trabalhar?

    • Oi, Carlos, se o cargo em comissão não estiver vinculado ao regime próprio de previdência social do servidor público poderá exercer e estará contribuindo para o INSS, caso contrário – com vinculação ao mesmo regime próperio – nem poderá exercer o cargo. Aposentado no regime próprio de servidor público e contribuindo para o regime geral (INSS) também poderá se aposentar neste último.
      Pardal

  34. Boa tarde,

    Minha mãe vai completar no ano que vem 60 anos,e ela paga o INSS por 8 anos 20% sobre o salário minimo.Ela vai poder e aposentar? Desde já agradeço.

    Att.

    Carol

  35. nilce hagel disse:

    Pardal, sou profesora concursada pelo município e portadora de deficiência física(nao pelas cotas)tenho 24anos e 11 meses de contribuição pelo INSS e 46 anos.Posso me aposentar pela nova lei do deficiente físico ou tenho que esperar a lei do funcionário público ser aprovada pelo senado?Agradeço a resposta.Minha deficiência é por polio.

  36. Dani disse:

    Olá, gostaria de esclarecer uma dúvida… tenho 22 anos de contribuição e 38 de idade. Posso me aposentar por tempo de serviço qdo completar 30 anos de contribuição? Estarei com 45 anos… por isso questiono se o fator previdenciário vai me prejudicar… Comecei a contribuir na previdência em abril/1987. O que vc poderia me orientar? Agradeço a atenção!

    • Oi, Dani, você poderá se aposentar quando completar 30 anos de contribuição, mas o fator previdenciário prejudicará bastante o valor do benefício. Como ainda falta algum tempo, as leis ainda podem mudar. De qualquer forma, o melhor é contribuir com o maior valor possível porque a média se faz com os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício.
      Pardal

  37. Antonio Sousa disse:

    Oi, me carlos tenho 43 anos sou pescador. tenho 23 anos de contribuição gostaria de saber se tenho direito pra aposentadoria especial devido muitos anos nesse serviço adquirir reumatismo e problema de vista não podendo exercer corretamento meu trabalho oque devo fazer.

    • Oi, Antonio, se você está incapacitado para o trabalho, não é aposentadoria especial, e sim auxílio-doença e talvez a aposentadoria por invalidez. Você deve requerer o benefício no INSS e passar pela perícia médica.
      Pardal

  38. oi gostaria de saber, eu tenho 27anos de contribuicao de inss se eu posso me aponsentar pela proporcional ou nao minha idade e 55 anos ,

  39. 0la sr pardal tenho 50 de idade e 31 anos de contribuiçao dez anos de afastamento mas posso pedir aposentadoria por contribuiçao com exito

    • Oi, Antonio, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem, e o tempo de gozo de auxílio-doença conta como tempo de contribuição se o trabalhador estava trabalhando e contribuindo antes de se afastar e retorna ao trabalho quando recebe alta.
      Pardal

  40. Olá professor, tenho 53 anos e 25 anos de contribuiçao, pois parei alguns anos quando meus filhos nasceram. Posso fazer as contribuiçoes em atraso para poder me aposentar mais brevemente?

    • Oi, Beatriz, não é nem muito fácil nem muito interessante pagar contribuições do passado. Se estava inscrita como autônoma e pagou pelo menos um mês, é possível pagar o passado, mas fica muito caro e dá algum trabalho. Voce teria que ir ao INSS e manifestar a sua condição de devedora para que façam as contas. Veja quando você parou de contribuir e se valeria a pena contribuir daqui para a frente, os próximos 5 ou 7 anos.
      Pardal

  41. celia regina disse:

    BOM DIA
    SR PARDAL
    SEMPRE TRABALHEI E CONTRIBUI COM UM SALARIO MINIMO DE CINCO ANOS PARA CA ESTOU CONTRIBUINDO COM DOIS SALARIOS POSSO ME APOSENTAR RECEBENDO DOIS SALARIOS VOU COMPLETAR 60 ANOS MES QUE VEM

    • Oi, Célia, a média para o seu cálculo será feita pelos maiores salários que representem 80% de todos entre julho de 1994 e o início do benefício e assim os últimos 5 anos não serão suficientes para atingir o média que você deseja. Porém, é bom observar que também não vale a pena continuar contribuindo por muito mais tempo e ficar sem se aposentar. Você pode fazer uma simulação de quanto será a sua aposentadoria no site do INSS.
      Pardal

  42. priscila disse:

    Olá, Dr. Pardal,

    Gostaria de saber se é possível pedir a desaposentadoria de aposentadado por tempo de contribuição quando a pessoa não se aposentou com idade suficiente?? Pergunto isso para saber se é possível aplicar a situação em que a pessoa se aposenta com 35 anos de contribuição e 50 de idade e apos a aposentadoria continue trabalhando.

  43. Ola Sr. Pardal,

    Completei 50 anos de idade em abril 2013 e restam a partir de hoje ( 13/05/2013 ) 21 dias apra completar 35 anos de contribuição. Jpa fui ao Inss para tirar o CNIS e está tudo registrado la, as empresa nas quais trabalhei e o tempo de serviço tudo certinho. Entao completando esse tempo restante já poderei me aposentar neh ? Se sim ,nao vou eperar ter mais idade porque de uma hora pra outra podem mudar as regras ,mesmo que eu caia no fator previdenciario.

    • Oi, Sérgio, provavelmente não valeria a pena esperar mais nada, a não ser completar os 35 anos de contribuição. Se houver a aprovação da lei sobre a fórmula 95, para você ainda restariam 5 anos para se aposentar sem o fator previdenciário. Basta fazer a conta para ver se valeria a pena esperar…
      Pardal

  44. Sandra disse:

    Pardal, boa tarde! Tenho 48 anos de idade e faltam 2 meses para completar 30 anos de contribuições. Na sua opinião, a lei pode mudar neste curto tempo que falta? Eu deveria me aposentar agora? Agradeço sua ajuda.

    • Oi, Sandra, acho difícil alguma mudança em tão pouco tempo, e ainda faltariam 3 anos e meio para alcançar a fórmula 85 (para as mulheres). Faça as contas, mas provavelmente o melhor e se aposentar quando completar as exigências.
      Pardal

  45. Helô disse:

    Oi pardal, tenho 31 anos de contribuição e 51 anos de idade, quanto tempo falta prá aposentar.

    • Oi, Helô, a aposentadoria por tempo de contribuição para mulher exige 30 anos de contribuição com qualquer idade. O que a idade conta é no cálculo, em razão do fator previdenciário. Você pode fazer uma simulação no site do INSS.
      Pardal

  46. Boa tarde!
    Venho por meio deste pedir informcão,sobre aposentadoria,fui operado de hernia de disco L5 e S1 e estou realizando novos exames com possibilidades de me submeter a uma cirurgia (artrodese),então eu gostaria desaber se tenho direito requerer aposentadoria por este problema de saúde,e se com o tempo de contribuição que tenho de 24 grupo de 12 contribuições.

  47. Pardal, bom dia. Tenho 54 anos e 8 meses e 35 de contribuição. É melhor esperar completar os 55 anos para pedir aposentadoria.

  48. arnaldo simao disse:

    Sr.Pardal,tenho 57 anos, quero me aposentar por idade. Contribui com o INSS por oito anos, mas ja fazem 20 anos que não contribuo.
    Se eu começar a pagar agora, o que eu ja paguei conta para completar os 15 anos exigidos…

    • Oi, Arnaldo, é isto mesmo, se você já cntribuiu 8 anos, faltam 7 para você completar o mínimo necessário. Como com certeza será muito difícil fazer uma boa média, você deve contribuir sobre um salário mínimo.
      Pardal

  49. pardal oque é aposentadoria especial? meu pai é autonomo e paga essa tal de aposentadoria especial, ele tem 25 anos de contribuição e 63 anos de idade com isso ele se aposenta mais rapido ? att

    • Oi, João Paulo, ninguém “paga essa tal de aposentadoria especial”; é um benefício por tempo de serviço com o tempo reduzido em razão das condições de trabalho insalubres, periculosas ou penosas. É bastante difícil para o autônomo provar tais condições. Para ele a aposentadoria mais provável e favorável será por idade, daqui a dois anos.
      Pardal

  50. Olá, tenho 41 anos e gostaria de saber se é possível se aposentar nessa idade? Penso que se eu pagar o valor do montante que falta eu me aposentar seja possível, ou não? Mesmo pagando é obrigatório uma idade mínima de 48 anos, independente do valor que pago mensalmente para o INSS?
    Muito obrigada pela atenção,

    • Oi, Luciana, você pode se aposentar com qualquer idade, quando completar 30 anos de contribuição (para a mulher), e não se pode pagar de uma vez, é mês a mês. Neste benefício, o que a idade influi é no cálculo, com o fator previdenciário.
      Pardal

  51. wanderley nascimento
    sr. pardal , tenho 33anos de serviço e 51 anos de idade .gostaria de saber que daria para mim aposentar . sou vigia tenho o ppp sera queda para fazer a convençao .

    • Oi, Wanderley, se você tem os 33 anos de trabalho como vigia armado, com PPP e tudo o mais, solicite a aposentadoria especial para o INSS, que deverá considerar como especial somente até 1995. Assim, com a conversão, é possível se aposentar por tempo de contribuição e depois você pode ajuizar uma ação tentando converter o benefício em especial.
      Pardal

  52. oi gostaria de saber que meu amigo de trabalho anda perguntando que se ele pode se aposentar denovo ele tem 63 anos , ele ja esta aposentado pelos anos de serviço mais ele quer se aposentar pela idade tabem para ganhar 2 salarios sera que teria como ? gostaria de saber o mais rapido possivel obrigado

  53. luis disse:

    tenho 50 anos . e falta ainda 19 anos para que eu possa me aposentar . eu posso pagar estes 19 e me aposentar

  54. olá tenho 53 anos, tenho 20 anos de contribuição e; mais 10 anos de rural tenho os talões de nota que são a prova. será que eu aposento.

  55. Gilda Barros disse:

    Minha sogra foi dar entrada em sua aposentadoria por tempo de serviço, mas foi informada que faltava mais ou menos 2 anos de contribuição, na época (2011) ela estava com 64 anos.
    Hoje ela está com 66 anos, e tem dúvida se é melhor pagar o que falta de contribuição para aposentar por TS ou, se aposenta por idade. Vimos no noticiário algo dizendo que o INSS estava concedendo aposentadoria por tempo de serviço para pessoas com mais de 60 anos, mesmo faltando alguma contribuição. Isso procede?
    O que você acha melhor?
    Muito obrigada.
    Gilda.

    • Oi, Gilda, alguma informação está errada: a aposentadoria por idade para a mulher é aos 60 anos, ou seja, a sua sogra já havia passado 4 anos. O que deve ter ocorrido é que faltavam 2 anos para completar o tempo mínimo de contribuições que é 15 anos. Verifique se ela tem mais do que 15 anos de contribuição, inclusive porque a aposentadoria por tempo de contribuição exige para a mulher 30 anos completos. São duas aposentadoria diferentes, por idade e por tempo de contribuição.
      Pardal

      • Gilda Barros disse:

        Oi Pardal, muito obrigada por sua resposta. A questão é que ela pensa que se aposentar por Tempo de Serviço, o benefício seria melhor (maior), por isso ela não pediu aposentaria por idade. Faltam mais ou menos 2 anos para completar os 30, e a dúvida é se ela paga o restante ou deixa pra lá e se aposenta por idade. Outra questão é que ao longo da vida ela possuiu 3 carteiras de trabalho e 2 foram extraviadas, isso atrapalha? É possível que o INSS forneça um extrato das contribuições pagas?
        E a última pergunta, se ela se aposentar por idade, ela consegue receber esses 6 anos que já passaram?
        Desde já agradecemos, obrigada pelo seu site!
        Bom fim de semana,
        Gilda.

  56. Trabalhei 9 anos numa empresa privada e mais 22 anos como servidora pública. Já averbei os 09 anos da empresa privada na instituição pública, que totaliza 31 anos de contribuição. Fiz 51 anos em março. Já posso me aposentar ou terei que trabalhar até 55 anos? Existe regra de transição para quem começou a trabalhar antes de 1998. Aguardo reposta. Obrigada

    • Oi, Belisária, a regra de transição é para a aposentadoria pelo último salário e com paridade de reajustes; para quem tiver 20 anos de serviço público quando for se aposentar, é preciso ter 30 de serviço e 55 de idade; se quando for se aposentar já contar com 25 anos de serviço público, cada ano a mais de contribuição significaria um ano a menos na idade. Portanto, falta para você completar 25 anos de serviço público, em três anos.
      Pardal

      • Obrigada doutor Sergio Pardal, suas informações foram muito esclarecedoras!

      • Sr. Pardal não sei como calcular o fator previdenciário já tentei, mas não consegui. Tem como calcular e me enviar.
        Tenho 31 anos de contribuição: 9 anos empresa privada que já foi averbado no serviço público e mais 22 anos de serviço publico. Tenho 51 anos de idade. Aguardo resposta. Obrigada

        • Daniel Barros disse:

          Oi Pardal, eu trabalhei em uma empresa durante 9 anos e sempre contribui com o INSS, fui desligado dessa empresa em março de 2013, agora eu trabalho em uma outra empresa, mais não fui registrado porque eu estou recebendo meu seguro desemprego que a ultima parcela sera paga no mês de agosto, eu recebo pelo serviços prestados mais essa empresa não desconta o INSS, gostaria de saber se durante esse tempo qual é a melhor forma de se pagar ou se devo pagar o INSS autônomo e também gostaria de saber quantos por % devo pagar e se essa porcentagem é sobre o salario minimo. Aguardo a resposta.

        • Oi, Belisaria, no site do INSS você pode fazer a simulação, mas se você está no serviço público e vinculada a um regime próprio não existirá fator previdenciário. Provavelmente você estará nas regras de transição das emendas constitucionais.
          Pardal

  57. Antonio C. disse:

    Sr. tenho 59 anos e 30 de contribuição posso requere a aposentadoria.
    grato

  58. irei completar 60 anos dia 20n de dezembro. e tenho 5 anos de contribu~ção possso me aposentar quando?

    • Oi, Maria, para se apoentar por idade aos 60 anos teria que ter pelo menos 15 anos de contribuição. Portanto, e você estiver contribuindo atualmente, poderá se aposentar daqui a dez anos, se continuar contribuindo.
      Pardal

  59. Srº sergio pardal estou correndo atras dos documentos que é o ppp tenho 50 anos eu consigo me aposentar somente com tempo de contribuição? este documento ppp ainda esta valendo pra se aposentar? ate obrigado

  60. Aparecido Donizeti da Paz disse:

    Boa Tarde Sr. Sérgio Pardal!

    Pedi ao INSS – CNIS, de acordo com os dados ali inseridos, tenho 34 anos de contribuição. Em 1999 já tinha 21 anos de contribuição.
    Vou fazer 53 anos de idade em Janeiro/2014
    Posso pedir minha aposentadoria proporcional?
    Como será feito esse calculos, pois até 2006, todas minhas contribuíçoes foram pelo valor integral

    • Oi, Aparecido, não existe mais aposentadoria proporcional e as regras de transição são praticamente inaplicáveis. Se você completou os 30 com mais o pedágio de 40% (quase mais cinco anos) e pretende o benefício no salário mínimo, seria a única razão para se aposentar de imediato, na chamada proporcional. Em qualquer outro valor, é preciso completar os 35 anos, sob pena de, com quase isto, receber 70% do valor.
      Pardal

  61. Dirceu disse:

    Olá tenho 18 anos de trabalho insalubre, mais 5 anos normal, tenho 46 anos de idade convertendo os 18 anos chega a 30 anos de contribuição poderia juntar o tempo que trabalhei na roça anteriormente p/ completar os 35 anos. (Minha mãe é aposentada rural)

    • Oi, Dirceu, depende de provar estes cinco anos de trabalho rural.
      Pardal

      • Dirceu Rosa disse:

        Dr. Pardal tenho uma duvida gostaria que me respondece se posivel trabalhei numa enpresa de 1989 a 1991 recebia um valor no holerite de isalubridade quando fui demitido não me entregaram o ppp agora quando pedi o mesmo eles me entregaram um B.O dizendo que ouve um incendio no arquivo morto da empresa e eles não tem nenhum documento da epoca, o setor que eu trabalha foi desativado a muito tempo.A duvida é a empresa é obrigada aprovidenciar o ppp ou não o que fazer?

  62. ana viana disse:

    Meu marido tem 56 anos de idade, tem 24 anos de contribuição efetiva mais 2 anos auxilio doença e 13 anos de aposentadoria invalidez acidentaria, pode solicitar aposentadoria tempo de contribuição. Somando tudo 38 + 56 = 94 anos. Começou a pagar INSS em 1975 e contribui até 1998 quando entrou de auxilio doença.

    • Oi, Ana, se o seu marido está aposentado por invalidez não pode requerer outra aposentadoria. Este tempo de afastamento (auxílio-doença e aposentadoria por invalidez) só seria contado como tempo de contribuição se ele recebesse alta e voltasse a trabalhar e contribuir pelo menos um mês. E na aposentadoria por tempo de contribuição entra o fator previdenciário reduzindo o valor.
      Pardal

      • ana viana disse:

        Não conseguimos entender, se aposentadoria invalidez é temporaria, atingido tempo de carência e tempo de contribuição somando o periodo do auxilio doença e aposentadoria invalidez acidentária, por que não pode ser solicitado aposentadoria por tempo de contribuição se no próprio site do inss diz que sendo invalidez acidentaria conta como tempo de contribuição intercalado ou não?
        Porque entra fator previdenciário??

        • Oi, Ana, eu não entendo é a sua dúvida: na aposentadoria por tempo de contribuição o fator previdenciário é obrigatório, reduzindo o valor do benefício, porque assim diz a lei. Na aposentadoria por invalidez o cálculo é mais favorável, sem a incidência do fator previdenciário que é um redutoR.
          Pardal

  63. Comecei a pagar o INSS a pouco tempo e fizeram o cálculo de 135,60 o qual achei um valor alto.
    Existe um mínimo que possa pagar?Se eu Se algum dia para pagar a previdência sei que perco o direito mas perco tb o direito por idade?

    • Oi, Juliana, a contribuição do individual é de 20% do seu salário, entre o salário mínimo e o teto máximo. Você pode contribuir apenas com 11% do salário mínimo, mas não teria direito a aposentadoria por tempo de contribuição e ficaria sempre no salário mínimo, inclusive com qualquer benefício em um salário mínimo.
      Pardal

  64. boa tarde
    Sergio faz 11 mês que sofri um acidente de moto o problema e que eu sinto dor mas e uma dor suportável mas não consigo ficar muito tempo em pe nem sentada minha pergunta e sera que posso pedir minha aposentadoria tenho 14 anos e seis meses de contribuição
    sera que eu conseguiria
    desde ja obrigado

    • Oi, Maria do Carmo, se você estiver contribuindo no momento, deveria ter solicitado auxílio-doença desde o acidente com a moto; se você está recebendo este benefício deve aguardar as perícias médicas até que a perícia entenda que você ficou inválida. Se você não estiver contribuindo no momento, então não terá direito a nada.
      Pardal

  65. Celso Rosa disse:

    Boa noite Pardal
    Tenho 25 de contribuição e 47 anos, fiquei 5 anos sem contribuir, continuo contribuindo, posso pagar estes 5 anos retroativos para quando chegar os 53 anos fechar os 35 anos de contribuição e se aposentar.

    • Oi, Celso, se você contribuía como autônomo e retornou a contribuir da mesma forma, poderá pagar a parcela que falta, mas deverá procurar o INSS para ver o cálculo e a forma de pagamento, e muitas vezes não vale a pena.
      Pardal

  66. zacarias disse:

    boa noite profeçor. min aposentei em 1995. con 4 salario minimo. agora estor con 2 imeio. que fazer para reaver estas perdas. obrigado.

    • Oi, Zacarias, por enquanto não é possível, desde 1992 não existiu nenhuma ação sobre a defasagem, as perdas das aposenadoria e pensões, que tenha vitória no STF. É melhor pressionar o Congresso, mandar cartas para a presidenta Dilma e escrever para os jornais; as perdas foram iguais para todo mundo e nenhuma ação tem atualmente chance de vitória.
      Pardal

  67. trabalho com carteira assinada desde 02/05/83, em cartório particular sendo que 1988 o estado encampou o cartório e tornando-se todos funcionário público,já contribui 30 anos de serviço. gostaria de saber se já posso me aposentar.sendo que tenho 30 anos de contribuição mais não tenho idade prevista de 55 anos,pois tenho 48anos de idade. e o que devo fazer para me aposentar.

    • Oi, Bernadeth, sendo servidora pública, existe a exigência de idade mínima de 55 anos. Existe a regra de transição que permitiria se aposentar com 48 anos (mulher) mas com o pedágio de 20% do tempo que faltava em 15/12/1998 para a aposentadoria integral e 40% para a proporcional. Os valores dos benefícios nesta regra de transição não são muito favoráveis.
      Pardal

  68. Ana Viana disse:

    Sr Sergio
    Quanto ao retorno ao trabalho para dar baixa na carteira já sabemos. Se no acidente de trabalho conta o tempo como contribuição conforme existe inclusive na página do INSS tempo de contribuição para aposentadoria consta o seguinte:
    período em que o segurado esteve recebendo benefício por incapacidade por acidente do trabalho, intercalado ou não;

    • Oi, Ana, é muito difícil receber auxílio por acidente do trabalho quando não se está empregado, trabalhando. Em condições de desemprego é mais difícil provar o nexo causal, inclusive porque poderia suscitar uma reclamção trabalhista de reintegração. De qualquer forma, se na página do INSS dizem que tal tempo conta, intercalado ou não, ótimo!
      Pardal

  69. Luciano M D disse:

    Bom dia Sergio, queria saber sobre acumulo de pgts ao inss, tenho 2 empresas e tenho 2 pro labores, e mais duas RPA, recibo de pagto de autonomo em outras duas empresas, somando todas contribuiçoes e RPA meu salario de contribuição para o INSS passa dos 4.000 reais isso conta para calculo de valores ao se aposentar ou simplesmente estou jogando dinheiro fora??
    tenho 42 anos e faltam pelos calculos do INSS 8 anos e meio para me aposentar com 35 anos de contribuição.

    • Oi, Luciano, infelizmente você está jogando dinheiro fora, só vale o limite e ainda complica na soma. O melhor é conseguir uma fonte apenas no limite máximo, em uma das suas empresas, e informar todos os outros para que não seja descontado o seu INSS. Lembre que a contribuição do segurado/trabalhador não deve ultrapassar o limite, mas o empregador/contratando paga 20% sobre tudo.
      Pardal

  70. jade valent disse:

    prof: Tenho 59 anos de idade e 31 anos de contribuição .estive no INSS para cálculo da minha aposentadoria o valor foi aproximadamente 2.35000 devido o fator se eu esperar até fevereiro do ano que vem ,aposentarei por idade e este valor sobe para 2.809,00.Gostaria de saber:
    1- se devo esperar.
    2 -se devo contribuir mais uma ano
    3 -se este 1% a acrescido sobre cada ano a mais de contribuição seria sobre um salário (67,00),ou sobre o valor que eu vou receber que seria mais ou menos (280,00). Grata.

    • Oi, Jade, 1- deve esperar completar os 60 anos; 2 – não precisa contribuir mais um ano; 3 – o cálculo é feito em 70% da média com mais 1% para cada ano de contribuição com o máximo de 100%, ou seja, no seu caso não muda nada.
      Pardal

  71. Sérgio, Fiz 35 anos de contribuição e tenho 54 anos, assim já posso me aposentar. A dúvida é: faz mais de dois anos que entrei com uma ação contra o INSS pedindo aposentadoria levando em conta o tempo ruralista, não reconhecido pelo INSS e em primeira instância foi reconhecido. o INSS recoreu e agora aguarda a segunda instância. Pergunto; posso me aposentar agora normalmente e quando sair a decisão da justiça for favoravel a mim onde teria até valores atrasados para receber o que fazer? vou receber este atrasado ou perco tudo.

    • Oi, Abrão, pode se aposentar sem qualquer problema, não interfere em nada na ação judicial. Apenas avise ao seu advogado para que no caso de vitória na ação, ele saiba como fazer o cálculo de execução.
      Pardal

      • Abrão disse:

        Dr. Sérgio. Muito obrigado pelo esclarecimento. Que o Sr. seja abençoado com as benças de Deus pela disposição que tem em ajudar as pessoas. Não esquecerei da sua ajuda.

  72. Ola Pardal, primeiramente, vc eh 10, parabens pelo trabalho desenvolvido.

    Gostaria de saber tenho uns 10 hectares de terra desde 1989, nessa terra tenho um gadinho pouco, sendo umas 10 cabeças, faço plantações para mim mesmo, nunca tive funcionário registrado, apenas tenho um amigo que mora la para olhar o gado mas sem vinculo empregatício. em 2003 vendi essa terrinha e em 2004 recebi outra por doação e até o momento a tenho. compro vacina para minhas vaquinhas e só. não tenho renda ou melhor lucros com essa terra. assim queria saber se posso aposentar como rural, inserido no INCiso 2º alinea II como segurado especial?

    • Oi, Arnaldo, atualmente todos os segurados devem estar contribuindo, ou seja, se como segurado especial você não efetuou contribuições, não terá direito a benefícios. Você teria que procurar o INSS e resolver a inscrição e as contribuições.
      Pardal

      • Arnaldo Alves disse:

        Certo Pardal, porém sempre trabalhei na cidade, devo ter em média uns 20 anos de contribuição com carteira assinada tem uns dois anos q nao mais contribuo pois tento aposentar. hj tenho 62 anos e ai posso como contribuinte especial rural?

  73. Boa tarde prof: tenho 52 anos e 30 anos completo de TS gostaria de saber se já posso aposentar-me,no meu calculo junto a previdência deu uma msg, pedagio p/apos.proporcional 03anos 10m e 13dias
    o que significa? tempo a cumprir p/apos.prop.0a0m0d? quero continuar a trabalhar posso?
    obrigada.

  74. prof. gostaria de saber se posso aposentar pela proporcional, tenho 29 anos e 02 meses de contribuição e 56 anos de idade.

  75. HELIO LESSA disse:

    Sérgio, Fiz 35 anos de contribuição e tenho 45 anos, assim já posso me aposentar.
    QUANTO TEMPO FALTA?

  76. Allemander disse:

    Bom noite Sérgio,
    Gostaria de sua ajuda no que tange a aposentadoria por idade de meu pai, ele tem 69 anos e perdeu as CFTs e a atendente do INSS informou que ele teria que ir nas empresas que trabalhou pedir uma declaração, acontece que muitas fecharam as portas e pelo avançar do tempo não temos como contactar os proprietários, existe outro meio?
    Em tempo o INSS não aceitou a RAIS.
    Grato pela atenção.

  77. Olá Sergio! Sou Rilda, professora tenho 48 anos e 26 anos de contribuição pelo regime próprio de aposentadoria, gostaria de saber se posso aposentar-me proporcionalmente ou integral?

    • Oi, Rilda, o regime próprio que você fala deve ser como servidora pública, então você deve consultar o instituto sobre as regras de transição, porque provavelmente está próximo de completar as necessidades da regra de transição, mas com um resultado bastante reduzido de benefício. Para as regras de transição que dispõe o benefício pelo valor do último salário e com paridade de reajustes, é preciso somar o tempo de serviço com a idade e completar 85, sem diferença para as professoras.
      Pardal

  78. Marcos Lobo disse:

    Pardal,
    tenho 51 anos, 31 anos de contribuição, trabalhei em uma empresa por 24 anos, em um setor trabalhei por 8 anos em impressoras laser, na qual o esta trabalhamos em área exposta sem alguma proteção nos ouvidos, e os técnicos desta impressoras falaram que esta operava com ruidos acima de: 90 decibés e também com TONNER sem nenhuma proteção. Quando fui demitido, pedi o formulário do PPP e a firma me negou, o que fazer agora ??

    • Oi, Marcos, se o seu despedimento não foi há mais de dois anos, você deve entrar com uma reclamação trabalhista contra a empresa exigindo o PPP; se já se passaram dois anos, ficará bem mais difícil.
      Pardal

  79. Maria Rocha disse:

    Bom dia Sergio Pardal, gostaria de tirar uma dúvida, tenho 60 anos e só tenho 10 anos de contribuição, gostaria de saber se posso pagar os 5 anos restantes de uma vez para q eu possa me aposentar?
    Desde já agradeço.

  80. Lima disse:

    Bom dia,

    Gostaria de um esclarecimento, tenho 57 anos e 35 de contribuição, é vantagem aposentar agora ou esperar um melhor momento, se é que ele vai vir.

    Grato

    • Oi, Lima, faça os cálculos pela simulação no site do INSS e veja as diferenças possíveis. Na grande maioria das vezes o que o trabalhador deixa de receber no benefício levará muito tempo para recuperar com a diferença no valor.
      Pardal

  81. Karin disse:

    Olá, é possivel se aposentar por idade proporcional quem tem 60 anos de idade e 10 anos de contribuição??

    • Oi, Karin, não existe aposentadoria proporcional, a aposentadoria por idade para as mulheres exige 60 anos de idade e no mínimo 15 anos de contribuição. Assim, só resta contribuir por mais cinco anos.
      Pardal

  82. Boa noite!
    Tenho 31 anos de contribuição e 43 de idade. Quando eu poderei me aposentar?
    Se eu continuar trabalhando poderei pedir uma revisão após quanto tempo?

    Grato

    • Oi, Maurício, a aposentadoria por tempo de contribuição no INSS exige 35 anos completos de contribuição com qualquer idade. Não existe qualquer revisão no benefício após qualquer tempo, mesmo se continuar trabalhando; a desaposentação para receber benefício mais favorável é uma tentativa através de ações judiciais e não tem previsão legal.
      Pardal

  83. Monica lemos disse:

    Sou funcionária do município a 15 anos, tenho 45 anos e comecei a pagar o carne do INSS como autónoma em outra atividade que tenho, além do que possuo ainda 5 anos de contribuição de empregos anteriores ao CP.Pergunto. Poderei também me aposentar pelo INSS?? Ainda assim poderei averbar os 5 anos de carteira sem que isso comprometa essa possível aposentadoria??? E qual tipo de aposentadoria eu teria direito?? Desde já agradeço pelo esclarecimento.

    • Oi, Monica, se você quiser se aposentar no INSS e no regime próprio de sua prefeitura, deverá manter as contribuições em cada regime. Nos dois regimes existem as aposentadorias por tempo de contribuições e por idade, além dos benefícios para riscos inesperados, como auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.
      Pardal

  84. Olá professor! Quero saber sobre a minha aposentadoria se tenho direito, deixei de pagar a contribuição do INSS a mais de 8 anos, trabalhei 25 anos como torneiro mecânico tendo o direito a salubridade já estou com 62 anos eu posso continuar a pagar? Ou não é preciso? Por gentileza passar me as informações.
    Grato: Joaquim.

    • Oi, Joaquim, para ter direito a aposentadoria especial você deve comprovar a exposição habitual e permanente aos agentes nocivos de forma habitual e permanente, através de informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). Para a aposentadoria por tempo de contribuição são necessários 35 anos completos e para a aposentadoria por idade, aos 65 anos para o homem, são necessários no mínimo 15 anos de contribuição. Observe que a média para todos os benefício é dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo em 60% do mesmo período. Para a aposentadoria por tempo de contribuição ainda entra o fator previdenciário. Se você estava contribuindo até agora, seria interessante seguir contribuindo até os 65 anos para completar uma boa média.
      Pardal

      • Marcos Lobo disse:

        Drº Pardal,
        Gostaria de saber mesmo depois de aposentado pela proporcional, eu posso continuar a pagar o INSS, até formar a integral ???
        Pois quero voltar a ser camelô, estou ganhando mais do que ser empregado de firma …

        • Oi, Marcos, a desaposentação, até o presente momento, é algo incerto; a sua intenção, aposentar e seguir contribuindo para um benefício melhor, não tem previsão legal, e assim seria um chute muito incerto.
          Pardal

  85. oi Professor Sergio, tenho 65 anos, trabalhei como professora em escola publica por 12 anos pagando mais de 1 salario minimo e paguei 3 anos no INSS em cima de 1 salario minimo como será feito o calculo da minha aposentadoria, seria 85% da média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média 60% do mesmo período?

  86. SERGIO PARDAL F.

    Gostaria de um esclarecimento tenho 57 e 35 anos de contribuição e 4 anos de insalubre é vantagem se aposentar agora.

    • Oi, Nildo, você pode fazer uma simulação no site do INSS e verificar; conforme falo em alguns posts deste blog, na grande maioria das vezes o dinheiro que você deixa de receber adiando a aposentadoria levaria muito tempo para recuperar com a diferença no benefício.
      Pardal

  87. Gostaria de um esclarecimento tenho 54 anos e
    tenho 12 de anos de contribuição pelo INSS e o
    meu pai era pescador já falecido que saber se eu tenho direito do meu pai,.

    Obs O meu pai contribui com a pesca.

    Lidia

    • Oi, Lidia, o direito à aposentadoria especial como pescador só teria o trabalhador em si, sem qualquer transmissão deste direito aos filhos. Assim, com 54 anos de idade e 14 de contribuição, você ainda não tem direito a se aposentar. Poderá se aposentar aos 60 anos, por idade, tendo no mínimo 15 anos de contribuição.
      Pardal

  88. Olá Dr Pardal! Tenho 44 anos e 28 anos e 3 meses de TB , minha dúvida é : Se a lei 85 95 for aprovada , serei obrigada a me adequar a ela e esperar ainda mais tempo para me aposentar , ou basta cumprir os 30 anos mesmo passando pelo FP . OBRIGADA

    • Oi, Fernanda, a lei da fórmula 95/85 não prevê a somatória como exigência para a concessão do benefício, e sim apenas a isenção da aplicação do fator previdenciário. Portanto, mesmo que lei seja aprovada, completando os 30 anos você poderá se aposentar.
      Pardal

  89. TAINARA disse:

    Boa tarde, gostaria de saber uma mulher que tem 12 anos de contribuição e 55 anos de idade tem possibilidade de requerer aposentadoria?

  90. DANIEL SILVA disse:

    Ola Sergio.

    EU TENHO 24 ANOS E JÁ TRABALHEI 9 ANOS COM REGISTRO NA CARTEIRA E CONTRIBUI COM O INSS NO MESMO PERÍODO,SAI DA OUTRA EMPRESA EM MARÇO/2013 AGORA ESTOU EM OUTRO EMPREGO MAIS COM UM CONTRATO DE TRABALHO E SÓ VOU SER REGISTRADO EM OUTUBRO, GOSTARIA DE SABER SE EU DEVO PAGAR O INSS AUTÔNOMO DE 11% MAIS EM CIMA DE QUE VALOR, DURANTE ESSE TEMPO SEM REGISTRO.

    Daniel

    • Oi, Daniel, se você está trabalhando através de um contrato de prestação de serviços para uma empresa, a contratante estará descontando 11% da sya remuneração e desta forma você não precisa contribuir mais nada. De qualquer forma, entre março e outubro deste ano são poucos meses para valer a preocupação.
      Pardal

  91. Olá, Sr. Sérgio! Sou professora com carteira assinada desde o ano de 83. Atualmente, atuo na área de supervisão pedagógica. Acontece que , como sou cardiopata, durante meu tempo de serviço, já fui submetida a “duas cirurgia cardíacas” e, fiquei afastada do trabalho ,durante as duas cirurgias. Esse tempo que fiquei afastada, conta para minha aposentadoria ou terei que pagar com o trabalho? Tenho algum direito especial, uma vez que minha cardiopatia era da classe funcional 3? Obrigada.

    • Oi, Thereza, eu entendo que o tempo de afastamento deve ser computado da mesma forma que o tempo em atividade, mas o INSS provavelmente não aceitará como tempo especial de professora. De qualquer forma, se você já completou 30 anos de contribuição, o tempo de afastamento será contado como tempo comum, com direito a aposentadoria por tempo de contribuição.
      Pardal

  92. Dr. Sergio, desconsidere o e-mail acima, estou de beneficio desde 2010, fui cortado pelo INSS, mais entrei na Justiça Federal, passei um ano esperando a decisão, foi favorável ao meu retorno, conforme Laudo da Perita Federal, não tenho condições para atividade Laboral, já tenho 3 anos de Beneficio, com esse Laudo, receitas e atestados do Psiquiatra, mesmo estando de Beneficio posso pedir minha aposentadoria por INVALIDEZ, tenho 52 anos, e 33 de contribuição. aguardo resposta e muito obrigado pela a atenção.

    • Oi, Paulo, na ação judicial em que você requereu o retorno do benefício auxílio-doença, poderia também ter requerido a conversão em aposentadoria por invalidez. De qualquer forma, tal conversão só ocorrerá após passar em perícia médica do INSS. Portanto, você precisa observar bem a decisão da justiça para pensar em requerer a conversão. Provavelmente a ação que você moveu foi sem advogado, o que sempre dificulta muito o resultado.
      Pardal

  93. jose Ednilson disse:

    Bom dia Sr. Sergio, tenho 49 anos vou completar 50 anos agora em Junho, já tenho em registro 33 anos de trabalho sem contar com alei de 1998, provavelmente tenho alguns anos de insalubridade gostaria de saber se posso entrar com munha aposentadoria por tempo integral e se vou receber próximo ao teto considerando que pago em cima do mesmo, que é R$ 4.112,00.

    AGUARDO SEU RETORNO,

    • Oi, José Ednilson, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos; se você provar o tempo especial (informações das empresas empregadoras, antigo SB40, atual PPP), ele poderá ser multiplicado por 1,4 para a contagem do tempo. E o cálculo é feito pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, o que fica abaixo do teto atual, e é multiplicada pelo fator previdenciário, levando em conta a idade e a expectativa de sobrevida, sempre reduzindo o valor final. Ou seja, completando 35 anos de contribuição poderá se aposentar, mas o valor ficará bem abaixo do teto atual.
      Pardal

  94. oi professor gostaria de saber se quando eu completar as 180 contribuições que são 15 anos ja posso deixar de pagar o carne e esperar ate completar os 60 anos Obs: sabendo que ja contribui 10 anos e tenho 49 anos.

    • Oi, Tatiane, a aposentadoria por idade, aos 60 anos para a mulher, realmente exige o mínimo de 15 anos de contribuição, e assim, você poderia parar de pagar e aguardar a idade; porém, existe outros benefícios do INSS mais importante e que exigem a qualidade de segurado, tem que estar contribuindo para ter direito a auxílio-doença, aposentadoria por invalidez ou pensão por morte. Os benefícios que não são com data certa, exigem a qualidade de segurado.
      Pardal

  95. Simone disse:

    Boa tarde! Tenho 47 anos de idade e 25 anos de contribuição. Em 1988 foi quando comecei a contribuir, em 1995 até hoje eu tenho pago além das 12 competências a competência 13. De 1988 até 1994 eu não paguei a competência 13. Daqui há alguns anos quando eu for me aposentar por tempo de contribuição, quais os problemas que eu terei? Não terei o 13º salário?

    • Oi, Simone, só contribuem sobre o 13º salário os empregados, e isto não significa um mês a mais. Portanto, o segurado contribuinte individual não deve pagar sobre o 13º porque ele não existe e não será contado. Para os empregados, a contribuição sobre o 13º é somada à de dezembro, só não podendo ultrapassar o limite máximo. Mesmo para o contribuinte individual, que não contribui 13 vezes por ano, todos os benefícios de prestação continuada, aposentadoria e auxílios, pagam o 13º salário.
      Pardal

  96. eu gotaria de saber ja tenho 30 anos de contribuição 55 anos de idade e ganho 3,000.00 mil reais si eu dar entrada guanto vou receber de aposentadoria por favor

  97. Cristina disse:

    Sou funcionaria desde 01/02/1985,na Prefeitura municipal fui efetivada em 1991 atraves de concurso publico como Tecnico de Administração e por ultimo em 2009 fiz concurso para evoluir na carreira como Auditor de Tributos, quando é que eu tenho direito para me aposentar na integralidade e quando tenho direito ao meu abono de permanência.

    Muito obrigada pela atenção.

    • Oi, Cristina, as regras de transição para os servidores públicos exigem que você complete 30 anos de contribuição com mais 20% do tempo que faltava em 15/12/98, além dos 48 anos de idade, para ter direito à aposentadoria; só então pode requerer o abono de permanência ao invés de se aposentar. Para se aposentar pelo último salário e com paridade, existem as regras de transição das emendas 41/03 e 47/05; com 55 anos de idade e 30 de contribuição é preciso ter 20 anos de serviço público e 10 na carreira; com a somatória idade e contribuição alcançando 85, são necessários 25 anos de serviço público e 15 na carreira.
      Pardal

  98. ELENI BORGES disse:

    Gostaria de saber quanto tempo ainda tenho que pagar o INSS, uma vez que já paguei 25 anos e pretendo me aposentar com 25 anos de contribuição(proporcional) pois trabalho desde 1977, fiquei alguns anos sem contribuir mas já estou pagando novamente a l ano e 5 meses, sei que tem um pedágio, uma vez que em 16/12/1998,eu já havia pago 20 anos…Só me confirme se ainda tenho que pagar 2 anos???

    • Oi, Eleni, a aposentadoria proporcional não existe mais desde 1998. O “pedágio” é calculado em 40% do tempo que faltava em 15/12/98, e assim, se faltavam apenas 5 anos para você completar, o pedágio é de mais 2 anos. Com 25 completos, faltam apenas os 2 de pedágio. Provavelmente o benefício será de um salário mínimo.
      Pardal

      • ELENI BORGES disse:

        Quer dizer que eu terei que completar os 30 anos de contribuição?…Se eu quizer aposentar com 25 anos de contribuição mais o pedágio de 2 anos, que daria 27 anos de contribuição não poderei aposentar?…quanto ao valor sempre paguei sobre 3 salários mínimos,receberei apenas um salário mínimo quando aposentar?…eu sei que calculam sobre os 80 maiores salários de contribuição foi o que me informaram no INSS…e descontam o fator previdenciário caso queira aposentar proporcionalmente…mudou o sistema novamente???

        • Oi, Eleni, não mudou nada desde 1999 no INSS. Se você tinha 20 anos de contribuição em 15/12/98, para a proporcional seriam 27 anos e não 25; o cálculo então seria 70% da média dos maiores salários que representam 80% de todos de julho de 94 ao início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário (FP), um redutor. Portanto, seria 70% da média já reduzida pelo FP; e a lei que instituiu este cálculo é de 1999.
          Pardal

  99. Caro Dr Pardal tenho 27 anos de serviço na policia militar d sp, mas fui demitido a uma semana. pergunta: onde entro c o pedido de aposentadoria ?

    • Oi, Clesio, não dá para entrar com pedido de aposentadoria em lugar nenhum. Na Polícia Militar você precisaria ter 30 anos completos para se aposentar, lembrando que vale tempo de fora anterior que tenha sido averbado. Já no INSS são necessários 35 anos completos de contribuição. O tempo da PM pode ser levado para o INSS, mas vale como tempo comum.
      Pardal

  100. Bom dia ,gostaria de saber se o tempo que trabalhei como torneiro mecanico de 1978 a 1985 é especial através da profissão e se tenho que apresentar algum documento.

    • Oi, Eurico, para garantir como tempo especial é preciso ter as informações das empregas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). Na impossibilidade de tal documento é possível tentar judicialmente apenas com o título da atividade em carteira, mas não é muito fácil.
      Pardal

  101. Lauricelia disse:

    Olá,Pardal,tenho 48 anos e trabalho como professora há 28 anos,preciso esperar os 50 anos para me aposentar.

    • Oi, Lauricelia, se você é professora da rede pública, vinculada a um regime próprio de previdência, deverá esperar os 50 anos para se aposentar pelo último salário mantendo a paridade de reajuste. Para se aposentar pela média, seria preciso fazer a conta do tempo de professora até 15/12/98, de acordo com a regra de transição das ECs 20/95, 41/03 e 47/05. Se for professora da rede privada, inscrita no INSS, não existe limite de idade, mas sim o fator previdenciário, redutor no cálculo.
      Pardal

  102. Boa tarde Sergio!
    Bom meu pai trabalhou 13 anos com carteira, assinada,mas depois não continuou pagando INSS, mas hoje encontra em quadro em que não tem condições de trabalhar. Tenho duvidas se ele conseguiria o benefício de se aposentar?Pois esta passado por um tratamento cronico.
    Obrigada

    • Oi, Taíza, infelizmente não é possível conseguir qualquer benefício sem a qualidade de segurado. Talvez a melhor saída seja completar os 15 anos de contribuição, pagando mês a mês, para se aposentar por idade, 65 anos para os homens.
      Pardal

  103. Boa noite,em 28Jun2010 foi apurado pelo INSS meu tempo de contribuição 31anos 11meses 3dias,
    vou completar 55 anos em 01out2013. Pergunto se a partir de Outubro posso entrar com meu pedido de aposentadoria por tempo de contribuição, mesmo sabendo do fator previdenciario. Obrigado.

    • Oi, MInoru, a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos de contribuição, com qualquer idade. O fator previdenciário é utilizado nos cálculos com base na idade e na expectativa de sobrevida.
      Pardal

  104. Olá

    preciso de ajuda, não sei a quem devo procurar
    a minha mãe trabalhou 30 anos como professora de escola publica, e com muito esforço terminou a faculdade de pedagogia a 2 anos. ela resolveu se aposentar, o que ela teria pra receber???
    e de quanto seria a aposentadoria por mês?

    pq ela não recebeu.

    • Oi, Edinete, provavelmente sua mãe, como professora da rede pública, está vinculada a um regime próprio de previdência social dos servidores públicos, e assim, em algumas regras de transição pode se aposentar pelo último salário e mantendo a paridade de reajustes. O melhor caminho para saber tudo o que é necessário é consultar o instituto de previdência a que ela está vinculada. Se ela já requereu o benefício e foi negado, apenas uma consulta no processo administrativo possibilita saber o porquê.
      Pardal

  105. Bom dia!
    Dr.Pardal.
    No ano de 2014 vou completar 35 anos de contribuição p/inss e 50 anos de idade,compareci no INSS o atendente me informou que eu tenho que esperar completar 53 anos de idade.para ter o beneficio.
    Procede essa informação,ou ele esta equivado,pelo que o Sr.tem comendado a idade não é o problema para ser aposentar.
    Vou ter que entrar na justiça?
    Para ter os meus direitos.

    • Oi, Osvaldo, com 35 anos completos de contribuição você pode se aposentar com qualquer idade. Provavelmente o servidor achou que você queria se aposentar agora, pela proporcional com pedágio, e então seria exigência a idade de 53. Completados os 35 de contribuição você terá direito ao benefício com a idade que estiver. Lembre que no cálculo existe o fator previdenciário (FP), que leva em conta a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  106. Suellyn disse:

    Olá, dr Pardal… admirada com a atenção que dá a todas as dúvidas aqui postadas. Parabéns!
    Bom, preciso tbém dos seus conhecimentos: Meu sogro tem 18 anos de contribuição, faz alguns anos que parou pois começou a cuidar de uma pequena cantina em casa. Ele pode se aposentar antes por tempo de contribuição ou tem que esperar completar seus 65 anos???

    Grata

    • Oi, Suellyn, a aposentadoria por tempo de contribuição exige para o homem 35 anos completos, e a aposentadoria por idade, aos 65 anos para homem, exige o mínimo de 15 anos de contribuição. Para ter garantias como auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e pensão por morte, ele deveria estar contribuindo sempre como autônomo, contribuinte individual, e para a aposentadoria por idade ele já tem o tempo mínimo de contribuição, mas tem que esperar os 65 anos de idade.
      Pardal

  107. Sergio disse:

    Olá, meu pai recebia aposentadoria por idade como rural, ele abriu uma firma em seu nome mas não chegou a exercer atividade. A previdência cortou a aposentadoria por ele ter a firma. É possível recorrer dessa decisão? É irreversível? Foi feito uma defesa alegando que a firma está inativa e não tem atividade mesmo assim foi indeferido o pedido recebimento da aposentadoria.

    • Oi, Sergio, alguma coisa está errada: a aposentadoria por idade, seja rural ou urbano, não impede que o aposentado trabalhe em qualquer coisa; a aposentadoria por invalidez seria cassada se ele estivesse trabalhando, e o benefício assistencial de um salário mínimo (LOAS) pode ser cassado se ele tiver qualquer fonte de renda. Nesta última hipótese caberia um recurso provando que não teve qualquer renda, mas fica difícil explicar como e por que alguém em estado de miséria (para receber benefício da LOAS) abriria uma firma.
      Pardal

    • TAINARA disse:

      Boa tarde, gostaria de saber qual o procedimento deve ser feito para um autonomo contribuir?

  108. Oi, eu tenho 35 anos, sou professora da rede municipal, já contribuí com o inss durante 16 anos e vou pedir demissão do município. Gostaria de saber se posso pedir aposentadoria com um salário mínimo?

    • Oi, Regi, com 16 anos de contribuição para o INSS você poderá pedir aposentadoria por idade quando completar 60 anos. A aposentadoria por tempo de contribuição para a mulher exige 30 anos completos, e se for professora a exigência é de 25 anos como professora. Assim, se você tem 35 anos de idade e 16 de contribuição, falta muito tempo para qualquer aposentadoria.
      Pardal

  109. PAULO CAMPOS disse:

    Boa Noite,
    Sr. Pardal.

    1ª PERGUNTA.

    Minha esposa trabalha como faxineira terceirizada no INCA á 14 anos no setor de laboratório.

    Gostaria de saber se o INSS vai aceitar o PPP como insalubridade.

    2ª PERGUNTA

    Ela solicitou junto ao inss o CNIS, e não apareceu uma Empresa que ela trabalhou 3 anos, com registro na carteira profissional.

    Gostaria de saber se ela é que tem que comprovar este tempo de contribuição ou o INSS vai aceitar este tempo de trabalgo.

    PS. Ela não esta encontrando mais esta empresa, no Rio de Janeiro. Porque ela e de São paulo.

    Agradeço desde já,
    Fico no aguardo desta resposta.
    Paulo.robcampos@hotmail.com

    • Oi, Paulo, 1º o INSS vai aceitar se o PPP comprovar a exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, e a certeza você só terá depois que o INSS examinar; 2º sempre é bom ter mais algum documento comprovando o tempo de trabalho, como o termo de rescisão de contrato, algum extrato do FGTS, mas se a carteira está íntegra, sem qualquer rasura, o INSS terá que aceitar o tempo.
      Pardal

  110. Boa tarde, em agosto completo 30 anos
    de contribuição tenho 46 anos posso
    me aposentar?
    desde ja agradeço

    • Oi, Aparecida, pode sim, quando completar 30 anos de contribuição poderá se aposentar com qualquer idade. É importante que veja o cálculo do benefício, com a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 ao início do benefício multiplicada pela fator previdenciário, este levando em conta a sua idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  111. oi tenho 43 anos e tenho 19 de contribuição trabalho de vigilante desde 1995 tenho direito a aposentadoria especial trabalhei na lavoura ate os vinte e quatro anos pois posso provar meu pai tinha sitio ate 2008 posso contar este tempo como tempo de serviço pois pode cantar de 1980 a 1995 posso comprovar 12 anos cera que o inss vai me dar este tempo o tenho que entrar na justiça para conseguir estes anos se consegui o tempo de lavoura e tempo especial posso dar entrada na aposentadoria pois soma 38 anos de contribuição

    • Oi, Julmar, o tempo rural para ser contabilizado como tempo de contribuição deve ser comprovado por documentos da época, não basta a propriedade do sítio. Já o tempo especial como vigilante armado, o INSS só admite até 28/04/1995, valendo brigar por este tempo na justiça. Juntando toda a documentação necessária, inclusive as informações das empresas empregadoras sobre a atividade de vigilante armado, você deve requerer o benefício, e se houver a negativa, solicite uma cópia completa do processo administrativo e procure um advogado especialista e de sua confiança para avaliar a possibilidade de ajuizamento de ação.
      Pardal

  112. Olá,Pardal, Bom dia!
    entrei com a minha aposentadoria pelo tempo de contribuição que inclusive passou deu 36 anos e tenho 53 anos, Só que achei pouco o valor de minha aposentadoria de 2.586,00 é possível melhora esse valor? ainda não recebi nada salário e não saquei FGTS. tá tudo lá o que vc acha pego esse salário? vou continuar trabalhar por mais talvez 5 anos aguardo resposta…

    • Oi, Edmilson, existe um cálculo para ver se vale a pena esperar. Faça uma simulação no site do INSS como se tivesse mais 5 anos de idade e de contribuição. Multiplique então o resultado da aposentadoria atual por 65, 5 anos e os 13ºs, e divida o resultado pela diferença; saberá então quantos meses levará para recuperar o que não recebeu nos 5 anos. Na maioria das vezes o resultado é muito ruim.
      Pardal

  113. Boa tarde! Tenho 43 anos e 25 anos de contribuição, pelo visto faltam apenas 05 anos p/ me aposentar ou aos 25 anos de contrib. tb consigo? Meu salário hoje é de 2000,00 – será que pego o valor do meu último salário?

    Obrigada.

    • Oi, Luciana, presumo que você contribui para o INSS, e assim, só é possível se aposentar por tempo de contribuição com 30 anos completos e com qualquer idade. De qualquer forma, a aposentadoria não será no valor do último salário, e sim na média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário.
      Pardal

  114. Boa tarde Dr.
    Trabalhei 17 anos como operário padrão, e estou completando 19 anos de magistério e estou com 54 anos. Já posso requerer minha aposentadoria? Tenho que esperar completar os 30 anos de magistério?

  115. Boa tarde Sr. Pardal, tenho 51 anos e seis meses de idade e 30 anos de serviço. Devo solicitar a aposentadoria ou esperar completar 52 anos coforme
    fator prividenciário?

  116. Marcelo disse:

    Boa noite!

    Meu pai se aposentou por invalidez, porém ele tem 10 anos de contribuição sobrando. Minha mãe tem 5 anos de carteira assinada e esse ano fará 60 anos. Os 10 anos sobrando do meu pai podem ser transferidos pra minha mãe para que pudesse se aposentar por idade?

  117. Olá Pardal boa noite, trabalhei em uma empresa 6 anos e 6 meses (de 07/08/1989 a 14/02/1996) exposto a agentes físicos (ruídos que variavam de 91,47 decibéis a 98 decibéis) e recebia adicional de insalubridade 20% nível grau médio) pregunto?
    Na conversão do tempo real para tempo fictício isto equivale a quanto tempo para a redução do tempo de contribuição?

  118. Boa noite Dr Sérgio!

    Trabalho desde 1/03/1977 como professor de um curso técnico em Eletrônica , exercendo as funções de Diretor Técnico e professor de 87 a 2002 e a partir de março de 2002 até hoje sou o Diretor Geral da Instituição , que além dos cursos técnico , oferecemos tbém do infantil ao médio. Importante que mesmo sendo Diretor continuo ministrando algumas aulas técnicas. Tenho 55 anos e 4 mêses e 36 anos e 2 mêses de contibução na mesma empresa (particular de ensino. Depois dessas informações todas , como fica o meu caso de aposentadoria , é recomendável ou não pedi-la agora ?

    Abs e parabéns pelo seu belo trabalho de orientação.

    Geraldo

    • Oi, Geraldo, você já tem tempo mais do que suficiente para se aposentar; para saber se vale a pena, você pode fazer uma simulação no site do INSS. Se o tempo todo for admitido como especial de professor, melhora um pouco no fator previdenciário. O principal que você deve observar é o quanto deixaria de receber, por exemplo, se aguardar mais cinco anos para se aposentar. Normalmente demoraria muito mais tempo para recuperar tal valor, com a pequena diferença no benefício.
      Pardal

      • Bom dia Dr Sérgio !

        Obrigado pela sua resposta tão rápida, porém ainda fica uma dúvida: durante todo esse período ( 1977 a 2013) exerci o cargo de professor da área técnica, tenho os mesmos direitos ( acréscimo de 5 anos para a melhoria do FP) dos demais professores?

        Obrigado mais uma vez !

        Abs

        Geraldo

        • Oi, Geraldo, comprovando 30 anos de atividades em função exclusiva do magistério deve ter sim o cálculo como professor, acrescentando 5 anos no cálculo do FP. Pode ser que a aceitação pelo INSS dê algum trabalho…
          Pardal

  119. trabalho desde 1975em2008 fiquei doente,voltei ao trabalho,fiquei doente os medicosda firma mandaram recorrer,recorria eo inss me mandavaembora. entrei na justiça federal e ganhei acausa.posso dar entrada na aposentadoria?

    • Oi, Laelson, tudo depende do que disse a sentença e se foi confirmada pelos tribunais. A melhor informação você teria com o seu advogado. Se você ajuizou a ação sem advogado fica sempre mais difícil.
      Pardal

  120. Olá Dr. Pardal
    Me aposentei como professora com 26 anos 04 meses e 10 dias, pensei que me aposentaria com salario integral mais naõ fiquei com 1 salario minino possa perdir a revisaõ do beneficio? pois acho que o scaclculos foram feitos errados o que devo fazer.;

    • Oi, Sydeia, se você se aposentou pelo INSS, a média é feita sobre os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, mesmo para os professores. O melhor seria procurar um advogado especialista e de sua confiança para avaliar sua aposentadoria.
      Pardal

  121. ronaldo paes disse:

    tenho 51 ano e 6 meses de idade e 32 anos e 8 meses de contribuição,estou desempregado quero saber se tenho que contribuir como facultativo ate chegar aos 35 anos de contribuição sabendo que o tempo que falta é de 28 meses

  122. Priscila disse:

    Boa tarde, eu estou fazendo um trabalho de aula sobre aposentadoria, porém não estou entendendo a questão de: “quem pode se aposentar pelo que”. Quero dizer, um servidor público pode se aposentar pelo INSS? Ou apenas trabalhadores com carteira assinada, autônomos, empregados domésticos etc (quem trabalha para algum setor privado)?
    E no caso de quem trabalhou tanto para o setor privado quanto para o setor público? Deve optar entre uma das aposentadorias? INSS ou a aposentadoria do servidor público?
    E também com relação a pagar o INSS, é obrigatório?
    Obrigada!

    • Oi, Priscila, cada um pode se aposentar no regime ao qual está filiado. Os servidores públicos podem estar vinculados a regimes próprios, por exemplo, os servidores do Estrado de São Paulo são vinculados ao SPPREV e não ao INSS. Todos os trabalhadores da iniciativa privada, e até alguns servidores públicos, são vinculados ao INSS, que administra o Regime Geral. Pagar o INSS é obrigatório para todos que estão trabalhando e os que não estão trabalhando também podem contribuir para somar tempo se quiserem. O trabalhador deverá se aposentar no regime ao qual está vinculado no momento da aposentadoria. Os tempos podem ser transferidos de um regime para outro, não sendo tempo concomitante. Nos casos de quem trabalhou no serviço público e na iniciativa privada pode ocorrer as duas aposentadorias, um bom exemplo são professores, que podem atuar ao mesmo tempo na rede pública e privada e se aposentar nos dois regimes.
      Pardal

  123. Olá,gostaria de esclarecer uma dúvida,tenho 7 anos e seis meses de contribuição,tenho 54 anos,e gostaria de saber quanto tempo ainda tenho que contribuir para me aposentar por idade,e como faço para contribuir. Eu devo ir a uma agencia do INSS ? Muito obrigada …

    • Oi Shirley, a inscrição no INSS eu acho que se resolve até por telefone, no 135. Você terá que completar 15 anos de contribuição para poder se aposentar por idade, mesmo que passe um pouco dos 60 anos de idade.
      Pardal

  124. TRABALHEI EM UMA FIRMA DE COSTUREIRA,NO PERILDO DE 1 DE FEVEREIRO DE 74 A 31 DE JULHO DE 78,DE PRIMEIRO DE JUNHO DE 92 A 30 DE OUTUBRO DE 94,DE 2 DE JANEIRO DE 96 A 10 DE FEVEREIRO DE 2010,VOLTEI A TRABALHAR EM 22 DE NOVEMBRO DE 2010 E CONTINUO TRABALHANDO,MAIS UMA CONTRIBUI~ÇÃO DE 4 MESES,,TENHO 53 ANOS,JÁ POSSO ME APOSENTAR?

    • Oi, Reginalucia, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS exige para a mulher 30 anos completos de contribuição com qualquer idade; já aposentadoria por idade, aos 60 anos para as mulheres, exige um mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  125. Olá Sergio, minha avó tem 60 anos e quer se aposentar, mais só teve uns dois anos de contribuição para o INSS, ela é do lar, quantos anos de contribuição ela precisa ter para poder se aposentar, sabendo que ela já atingiu a idade de pegar a aposentadoria? E tem a possibilidade de pagar esses boletos adiantados, de uma vez só?

    No aguardo,

    Att
    Débora Nascimento

  126. quero saber,por gentileza,se eu nunca trabalhei autônomo,e sim de carteira assinada,ha possibilidade de eu pagar os atrasados??????e se eu for me aposentar com 1 salário minimo,quanto devo contribuir como autonomo?obrigado..

    • Oi, Julio, não dá para pagar o passado. Para se aposentar com um salário mínimo deve contribuir sobre um salário mínimo. Se você pretende se aposentar por tempo de contribuição (35 anos) deve contribuir em 20%; se pretende se aposentar por idade (65 anos de idade com o mínimo de 15 anos de contribuição) pode contribuir com somente 11%.
      Pardal

  127. Marta Ines disse:

    Trabalhei 14 anos de cozinheira de uma fazenda sem ser fixada sem contribuir com INSS tem como fazer um acordo com o dono e ele pagar multa.E todos os atrasados ?? me da uma ideia ai.

    • Oi, Marta, é difícil o INSS aceitar este tipo de acordo; talvez a saída seja uma reclamação trabalhista para garantir o vínculo e as contribuições através de decisão judicial, e mesmo assim o INSS costuma agir com muita má vontade para aceitar tal tempo.
      Pardal

  128. boa noite meu prezado pardal, me tire uma duvida trabalho a mais ou menos 17anos com carteira assinada em empresa privada e agora passei a ser funcionário publico a minha duvida e a seguinte. como já trabalhei 17anos me faltaria só 13 anos com funcionários publico para me aposentar.

  129. oi pardal.comecei a trabalhar em 1972 ate 1991 nesse período ficaram 08 anos sem contribuir após esse período contribui mais 08 anos no total foram 19 anos de contribuição hoje com 57 anos posso pedir aposentadoria e pagar os anos restante que faltam para me aposentar?

  130. Boa noite Pardal.
    Gostaria de saber se meu pai pode se aposentar com benefício integral. Ele tem 36 anos de contribuição e em outubro completa 59 anos. Ele tem 20 anos como motorista de caminhão com viagem internacional, isso influencia em alguma coisa?

    Antecipo agradecimentos.

    • Oi, Andréia, o tempo de motorista pode ser especial se houver informações das empresas empregadoras, como motorista de caminhão, e contaria mais tempo, multiplicado por 1,4; mesmo sem o tempo especial, ele já tem direito a aposentadoria, mas com o cálculo utilizando o fator previdenciário. Você pode fazer uma simulação do valor do benefício no site do INSS.
      Pardal

  131. -Boa tarde professor, tenho uma dúvida: há 17 anos eu contribuo , desses 17 anos, 13 anos são no período noturno, quero saber se tem alguma influencia na aposentadoria ?
    -Trabalho em uma industria de calçados !

  132. meu esposo se aposentou há 2 anos e 3 meses, com 15 anos de serviço público(professor) e 20 anos de técnico de voleibol em vários clubes, acontece que agora o regime de previdencia daqui que chama_se IPAMB,LIGOU PARA ELE IR LÁ, POIS ELE TERÁ QUE ele terá que voltar a trabalhar mais 5 anos, pois ele teria que ter 20 anos de serviço público para a aposentadoria ser integral, minha pergunta é se é legal e pq só agora o chamaram para informar e quais são seus reais direitos.

    • Oi, Regina, o que pode ter acontecido é que ele se aposentou pelas regras de transição (35 anos de contribuição e 60 de idade) para ter direito ao último salário e paridade de reajuste, e assim teria mesmo que ter 20 anos de serviço público.
      Pardal

  133. Pardal, boa a noite!!! Meu pai esta cheio de dúvidas, ele tem 33 anos de serviços e tem hoje 49 anos, a empresa q ele está poderá mandar ele embora antes da aposentadoria? Caso ele queira se aposentar daqui a 2 anos, o valor é integral? Grata.

    • Oi, Lilian, ele só poderá se aposentar com 35 anos completos de contribuição, e o cálculo utiliza o fator previdenciário, que, levando em conta a idade e a expectativa de sobrevida, reduz bastante o valor. Você pode fazer uma simulação do valor do benefício no site do INSS.
      Pardal

  134. Jesus disse:

    Olá Pardal tudo bem, ouvi dizer que para pegar a aposentadoria por tempo de contribuição integral, sem fator previdenciário,é necessário ter 90 anos de idade e contribuição somados esta informação procede?

  135. Boa noite Pardal, gostaria muito que você tirasse uma duvida, faço 49 anos mês que vem, e possuo 27 anos de carteira assinada, fui demitida e me informei no INSS que posso contribuir por mais 03 anos como autônoma para completar os 30 anos de contribuição necessários para aposentar, mas eu terei 52 anos daqui a 3 anos e fui informada que posso me aposentar por tempo de contribuição (30 anos) mas como não tenho 60 anos ao me aposentar com os 30 anos de contribuição a renda cairá cerca de 40%, gostaria de saber se isso é verdade, ou seja, que não importa para o INSS o quanto você tem de contribuição, para ter aposentadoria integral o que importa é a idade. Muito obrigado.

    • Oi, Cecilia, na aposentadoria por tempo de contribuição, 30 anos para a mulher, a média de contribuições é multiplicada pelo fator previdenciário, que eleva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida. Na aposentadoria por idade, 60 anos para a mulher, o fator previdenciário só é considerado se for favorável. No site do INSS você pode fazer a simulação do cálculo do benefício.
      Pardal

  136. Olá Pardal, esqueci de dizer que não sou funcionária pública e que fui informada junto ao INSS que a contribuição que me falta para completar os 30 anos deverá ser de no mínimo 20% do salário mínimo, isto também é verdade?

  137. Oi Pardal!
    Estou em uma polêmica, completei 31 anos de contribuição e 50 anos de idade, a duvida é quanos anos em média eu terei que trabalhar para aposentadoria integral, e se valeria a pena esperar.
    Grata

    • Oi, Maria de Fátima, realmente é uma polêmica. Pela lei atual não valeria a pena esperar porque o dinheiro que você deixaria de receber no tempo em que aguardaria uma valor melhor levaria muito tempo para ser recuperado com a diferença conseguida. Pode ser que seja aprovado um projeto de lei isentando do fator previdenciário os que alcançarem a fórmula 95/85, que seria a soma da idade com o tempo de contribuição para homem/mulher. No seu caso, se fosse aprovada a lei, em dois anos você teria a integralidade, mas a dúvida continua: será tal lei aprovada??
      Pardal

  138. Bom dia Sérgio. Minha dúvida esta relacionada a aposentadoria por tempo de serviço e idade. Meu pai é funcionário público desde 03/07/1978 na funcia de vigia, e no proximo mês vai completar 35 anos de serviço. Quais serão seus direitos adquiridos, ele receberá algo sobre esse tempo de serviço ou apenas os salarios fixos. Aguardo a resposta.

    • Oi, Monica, se ele é servidor público vinculado a um regime próprio de previdência social, não o INSS, para receber o valor do último salário e com paridade de reajustes, ele deverá ter 35 anos de serviço e 60 anos de idade, ou a soma da idade e do tempo de serviço alcançando 95.
      Pardal

  139. Sergio Sozzi disse:

    Pardal, tinha duas carteiras de trabalho, uma foi perdida devido a um acidente de transito, puxei o CNIS em uma loja da previdência, e todos os dados constam no sistema, posso solicitar aposentadoria somente com a última carteira.

    • Oi, Sergio, se o CNIS do INSS aponta o tempo corretamente, você pode se aposentar só com a última carteira, porém, se você tiver algum documento que auxilie a comprovar, guarde, se conseguir uma cópia do livro de registro das empresas que constavam na carteira perdida, guarde.
      Pardal

  140. tenho 23 anos de contribuiçao especial porque trabalhei em industria inclusive 16 anos em platarforma
    tenhocomo me aposentar proporcional,porque estou desempregado ha quase 1 ano.

    • Oi, Fabricio, não existe aposentadoria proporcional, para se aposentar na especial é preciso ter 25 anos completos de exposição habitual e permanente aos agentes nocivos comprovada pelas informações das empregas empregadoras (antigo SB40, atual PPP).
      Pardal

  141. BOM DIA , DR SERGIO TENHO ATUALMENTE 45 ANOS , TENHO 13 ANOS E 11 MESES DE CONTRIBUICAO , TRABALHO SEM REGISTRO A 16 ANOS NA MESMA EMPRESA , ELES NAO RECOLHERAM O INSS , O Q DV FAZER PARA PROVAR JUNTO AO INSS ESTE PERIODO , PARA ME APOSENTAR , DESDE JA AGRADEÇO FCO NO AGUARDO

  142. Prezado, Sergio
    Eu tenho 62 anos e 32 anos de contribuição, gostaria de saber se eu posso pedir aposentadoria proporcional…?
    Eu também não entendi como funciona essa regra de 40%, a regra segue abaixo:

    *mais um adicional de 40% sobre o tempo que faltava em 16 de dezembro de 1998 para completar 30 anos de contribuição.

    Por exemplo eu até 1998 tinha 20 anos de contribuição…como eu ficaria para me aposentar hoje?

    Desde já agradeço.

    • Oi, Pedro, se você tinha 20 anos em 1998, faltavam 10 para a aposentadoria proporcional, e você teria que pagar ainda mais 4 anos; seriam 34 anos de contribuição para receber 70% do salário-de-benefício, enquanto com 35 anos receberia 100% (vale lembrar que o salário-de-benefício é a média multiplicada pelo fator previdenciário). No seu caso é melhor completar os 35 anos de contribuição com 65 de idade e você terá a melhor oportunidade para se aposentar.
      Pardal

  143. nilton matos disse:

    tenho 46 anos e 31 de contribuição ao inss quando eu tiver 50 anos poderei me aposentar ou terei que trabalhar ate os 57 anos totalizando 42 anos de contribuição

  144. Márcia Braga disse:

    Caro Sergio, sou professora universitaria em uma autarquia municipal. Meu regime é celetista tenho 31 anos de contribuição e 53 de idade. Pergunto: com base no fator previdenciário seria melhor esperar até completar os 55 anos para me aposentar?

    • Oi, Márcia, entre no site do INSS e faça uma simulação de quanto seria a sua aposentadoria hoje; acrescente dois anos de idade e dois anos de contribuição e veja o resultado que seria; multiplique o primeiro resultado por 26 (dois anos e dois 13º) e divida o resultado pela diferença que existirá entre o valor que seria daqui a dois anos e o primeiro. Assim, você saberá em quanto tempo recupera o que deixaria de receber em dois anos.
      Pardal

  145. Olá Pardal,

    Suponhamos que eu tenha 30 anos de contribuição no Regime geral e tenho 25 anos de contribuição no Regime próprio. Para me aposentar pelo tempo de contribuição no Regime Geral eu posso levar apenas os 5 anos do Regime próprio, ou tenho que levar a certidão de todo tempo que contribui do me próprio.

    • Oi,José, em primeiro lugar é bom entender que tempo concomitante não pode ser averbado; além disso, nos regimes próprios só é possível requerer certidão de tempo para averbar no regime geral se ocorrer a exoneração do cargo público; e ocorrendo a exoneração não teria razão para manter qualquer tempo no regime próprio, já que não teria direito a nenhum benefício.
      Pardal

  146. Sou professora universitária de uma instituição particular desde 1979 até os dias atuais (34 ANOS DE SERVIÇO).Tenho 56 anos.Pergunta:
    1. Posso parar de contribuir( deixar meu emprego) e esperar os 60anos para me aposentarou devo estar contribuindo na época de solicitar a aposentadoria?
    2.De 79 a 98 o tempo de contribuição deve ser acrescido de 20%.O INSS reconhece administrativamente esse direito?
    3. Esse acréscimo de tempo reduz o impacto do fator previdenciário?Obrigada

    • Oi, Maria Lourença, com mais de 30 anos de contribuição você pode solicitar a sua aposentadoria por tempo de contribuição, e mesmo com o fator previdenciário causando alguma redução, não valeria a pena esperar mais 4 anos para se aposentar; o INSS não reconhece o tempo de professor para conversão, mas é possível ajuizar uma ação exatamente para reduzir o impacto do fator previdenciário, ainda sem jurisprudência definida.
      Pardal

      • DR. primeiro devo ajuizar a açãO, para ter acrescido os 20% do tempo relativo a 1979 até 1998 e depois peço a aposentadoria ou posso pedir a aposentadoria e depois entrar com a ação?

        • Oi, Maria Lourença, não cabe uma ação judicial para “ter acrescido os 20%”. Você teria que solicitar aposentadoria no INSS com a devida documentação para considerar um período como especial e então convertê-lo, e com a negativa do INSS – ou com a concessão do benefício diminuído -, solicitar uma cópia completa do processo administrativo e, através de um advogado especialista e de sua confiança, ajuizar a devida ação.
          Pardal

  147. ROOSEVELT disse:

    Caro Sergio Pardal, bom dia.

    Hoje tenho 37 anos e 6 meses de contribuiçao e 57 anos e seis meses de idade.
    em 1999 estava com 23 anos de contribuiçao e 43 anos de idade (o pedagio de 40% que exigia a lei em 1999 ja esta cumprido.
    tenho direito a aposentadoria sem aplicaçao do fator previdenciario ?

    • Oi, Roosevelt, existe uma tese de que cumprindo as regras de transição não teria a incidência do fator previdenciário, mas o INSS não vai admitir e provavelmente os tribunais também não. De qualquer forma, se você se aposentar agora, poderia ajuizar uma ação, mas não pode achar que será fácil.
      Pardal

  148. Comecei em 1970

    Por alguns anos trabalhei em regime especial ( Ja tenho todos os SB40)

    Fiquei 9 anos sem contibuir com a Previdencia 2000 a 2008, voltando em 2009 até agora

    Já tenho tempo para aposentadoria, essa época que nao contribuí, pode influenciar no valor da aposentadoria??

    • Oi, Antonio, os benefícios voluntários, como a aposentadoria por tempo de contribuição, utiliza a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, mas tem como divisor mínimo desta média 60% do mesmo período. Isto pode influenciar no cálculo.
      Pardal

  149. Rodiney Pinto disse:

    BOM DIA PROFESSOR,TENHO 53ANOS DE IDADE,E 35 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO.
    Meu salário é de 3225,00 reais.
    Qual será o valor da minha aposentadoria.

    Att.

  150. NEIA disse:

    Boa tarde, Pardal

    Sabe me dizer se posso pagar o INSS retroativo, e pedir revisão da aposentadoria.

    O individuo se aposentou faltando 05 anos para se aposentar por tempo de contribuição, se ele pagar estes meses retroativos pode solicitar a revisão da aposentadoria.
    Pois com este Processo ficou recebendo somente um salario minimo.

  151. ola , boa noite . bom meu pai tem 35 anos de contribuicao ele e pescador , ele ja pode da entrada na aposentadoria ?

    Att, Vanuza

    • Oi, Vanuza, se ele tem 35 anos completos de contribuição, pode se aposentar sim.
      Pardal

    • Sr. Sérgio

      tenho 30 anos de contribuição e vou no dia 18/06 solicitar meu beneficio no Inss, confirmei meu tempo com o extrato Cnis. Tem um detalhe que me preocupa, na minha carteira de trabalho a data de rescisão de uma empresa está 08/06/1986 no extrato do Cnis informa 08/07/1986, posso ter algum problema quando da avaliação do analista do Inss.

  152. Bom dia Sergio. Sou psicologa e contribuo há 20 anos pagando 20% sobre o salário mínimo. O que seria uma boa sugestão para melhorar o valor a receber na aposentadoria? Posso passar a pagar sobre dois salários, por exemplo? Se for o caso é preciso formalizar ou simplesmente dobrar a contribuição? Grata.

    • Oi, Patricia, para aumentar o seu salário-de-contribuição atualmente basta aumentar, a dúvida é se valerá a pena. A média para todos os benefícios é sobre os maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 ao início do benefício, portanto, os últimos 19 anos de contribuição sobre um salário mínimo já estão dentro do Período Básico de Cálculo. Seria bom apontar quando deverá ocorrer a sua aposentadoria e fazer uma projeção da média.
      Pardal

  153. Bom dia.

    Dei entrada no pedido de aposentadoria por tempo de contribuição, o INSS indeferiu mediante alegação que até a data de 16/12/98, foi comprovado apenas 17 anos 06 meses e 16 dias, e o tempo apurado até a data da entrada do requerimento é de 31 anos 08 meses e 15 dias, pergunto, neste caso não caberia a aposentadoria proporcional? já que ate a data da entrada do requerimento foi apurado 31 anos 08 meses?

  154. luiza dihl disse:

    olá!
    Tenho 47 anos e 25 anos de sala de aula sem parar.
    Poço me aposentar? Essa aposentadoria se for válida é integral? Como é a base de cálculo?Quando nos aposentamos pelo INSS com o passar do tempo nosso salário vai reduzindo? Como funciona isso? Estou cheia de dúvidas, aguardo sua resposta, obrigada!

    • Oi, Luiza, com 25 anos de sala de aula você pode se aposentar sim, mas sofrerá a redução causada pelo fator previdenciário. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício, informando os salários, tempo e a condição de professora. Realmente existe uma defasagem entre o índice oficial da inflação e o verdadeiro, e isto se reflete nos reajustes de cada ano. Se inflação estiver bem pequena as perdas também são pequenas.
      Pardal

  155. Boa tarde Pardal,
    Tenho 62 anos de idade. Tenho aproximadamente um total de 25 anos de contribuição. Fechei uma umpresa na qual contribuí por 12 anos. Pergunto: para me aposentar por idade, tenho que continuar contribuindo e se tenho, como devo fazer?
    Grato

    • Oi Alides, você não é obrigado a continuar contribuindo para se aposentar por idade aos 65 anos, mas pode melhorar a média, se for o caso, e se perder a qualidade de segurado, mais de um ano sem contribuir, não terá direito aos benefícios por doença, invalidez ou morte.
      Pardal

  156. Erico Jose disse:

    Pardal,

    Minha esposa contribuiu entre 08/1973 e 12/1979 para o INSS, hoje tem 55 anos, quando atingir os 60 anos pode requerer aposentadoria por idade? Ou terá que contribuir como “facultativo” até atingir as 180 contribuições?

  157. sou dona de casa, contribuinte individual, e parei de contribuir desde 11/1997, estou com 60 anos. Desde janeiro/2013 paguei os 5(cinco) anos que o inss permite pagar. para fechar minha carência fica faltando ainda 1 ano e 6meses. como faço para pagar esse periodo que o sistema não deixa. O site do inss fala sobre uma decisão judicial. como faço esse pedido. desde já agradeço.

  158. Dr. Pardal, atualmente eu contribuo com 1 salário mínimo e meio trabalhando de carteira assinada, como tenho outra renda se eu contribuir simultaneamente como autônomo sobre o valor de um salário mínimo por uns 3 anos até eu completar 53 anos ou mais, isto terá alguma influência no valor final da minha aposentadoria, eu acredito que sim pois passaria a contribuir sobre 2 salários mínimos e meio, mas gostaria de saber a opinião de um especialista.
    Hoje estou com 49 anos e 35 anos e 3 meses de contribuição (com a conversão de 6 anos e 6 meses que trabalhei com insalubridade 20% grau médio).

    • Oi, Jesus, infelizmente não é bem assim; o INSS vai considerar uma atividade secundária a sua nova contribuição e a influência no cálculo da aposentadoria é praticamente nulo. O melhor seria conseguir aumento salarial na carteira, ficar com uma fonte de contribuição só.
      Pardal

  159. NEIDE COSTA disse:

    minha irmã tem 47 anos de idade e trabalha á 25 anos como agente de serviços gerais em uma escola publica estadual,sendo que 15 anos ela recebe insalubridade por limpar sala de dentista.quanto tempo falta para ela se aposentar ?ELA DISSE QUE SE PUDESSE APOSENTAR AGORA COM SALARIO MINIMO SE APOSENTARIA .O QUE O SENHOR ACHA?

    • Oi, Neide, sua irmã deve ser servidora pública, vinculada a um regime próprio de previdência, e neste caso ainda falta regulamentar a aposentadoria especial, se este tempo dela estará classificado como especial e se caberia a conversão para tempo comum. De imediato não me parece possível ela se aposentar, nem mesmo para ganhar um salário mínimo.
      Pardal

      • NEIDE COSTA disse:

        obrigado por me responder ,mas quero fazer outra pergunta .a servidora publica não pode aposentar com 30 anos de contribuição ,se ela não tiver 55 anos de idade?

        • Oi, Neide, se entrou no serviço público antes de 1991 pode se aposentar pela regra de transição, a mulher com o mínimo de 48 anos, com o pedágio sobre o tempo de contribuição e com valor reduzido.
          Pardal

  160. Leonardo disse:

    OI. Sou aposentado pelo INSS por 1 salário mínimo. Agora estou com câncer,… então.. tenho direito a pedir os 25% de de acréscimo na minha aposentadoria??? # Aguardo pela resposta!

  161. Dr. Pardal, tenho 57 anos de idade, e 35 anos de contribuição. Recentemente passei em um concurso público e estou trabalhando em uma prefeitura. Gostaria de saber se posso pedir minha aposentadoria por tempo de contribuição e continuar trabalhando no serviço público. Obrigado

  162. meu marido completa 35 anos de contribuicao e 54 anos de idade ele podera se aposentar com o valor que esta ganhando hoje na carteira

    obrigado

    • Oi, Rosa, a aposentadoria por tempo de contribuição paga a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário, sempre um redutor. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do seu benefício.
      Pardal

  163. Olá Pardal boa noite.
    1- gostaria de saber se o inss tem um prazo legal para julgar um recurso.
    2- Entrei com pedido de aposentadoria por tempo de contribuição em 11/2012 com 49 anos e 32 anos e 7 meses de contribuição e apresentei o PPP só que a empresa forneceu este documento com com as informações incorretas (era 6 anos e 6 meses e a empresa só reconheceu 6 meses) e o inss indeferiu o pedido.
    3- Entrei com o recurso contestando a decisão pq em minha carteira prof. estava registrado que eu percebia insalubridade 20% grau nível médio.
    4- Agora eu consegui o ppp com as informações atualizadas mas o recurso ainda não foi julgado.
    5- Quero saber se eu ir em uma agencia do inss eu posso anexar o ppp com as informações corretas no processo antes do julgamento deste recurso ou tenho que esperar o julgamento?
    Obs. entrei sem advogado, será que preciso ter um para agilizar o processo?

    • Oi, Jesus, no processo administrativo você não precisa de advogado, mas deve acompanhar o processo com bastante atenção; existem prazos para o INSS julgar no campo administrativo, mas do mesmo jeito que eles atrasam bastante, você pode tentar juntar documentação nova. Para agilizar o processo a sua presença e participação pode ser o bastante, mas muitos advogados atuam também nesta área.
      Pardal

  164. Olá, tenho 57 anos, contribui para a previdência como CLT entre os anos de 1977 a 1996( por 19 anos). Desde então não contribui mais, até que de jan/11 a jan/13 contribui novamente via contrato CLT. Este “buraco” nas contribuições tem alguma implicação?
    Pretendo contribuir novamente, agora como PJ, via pró-labore, no valor referente ao teto, por mais 8 anos, completando a idade mínima (65).
    Com 65 anos terei direito a 70% de benefício, é correto calcular mais 1% por ano de contribuição então eu teria direito a 70% + 19% + 2% + 8% = 99% ? Por fim, o cálculo é em relação aos últimos 7 anos?
    Tenho grande interesse nestes esclarecimentos, caso precise de mais algum detalhe deixo meu fone para contatos.
    Muito obrigado

    • Oi, Duarte, o percentual é este mesmo, 70% mais 1% para cada ano de contribuição, mas a média é dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período.
      Pardal

      • Sergio, obrigado por responder mas ainda estou confuso, quero me aposentar por idade, aos 65 e não sei como aplicar o critério de calcular considerando desde 1994 ou usar o fator previdenciário?? Tenho um belo “buraco” nas contribuições entre 1996 e 2010 (sem contribuir) e isso afeta tremendamente qualquer média. Como minimizar isso? Penso em contribuir a partir de agora por 8 anos com o valor do teto. É uma boa conduta ou voce pode sugerir outra? Será necessário a orientação específica de um advogado? se sim posso contar com você para isso?

        muito obrigado

        Duarte

        • Oi, Duarte, como a média exige o mínimo de 60% do período entre julho de 1994 e o início do benefício, assim, talvez os 8 anos não façam uma boa média. O telefone do meu escritório é 13 – 3219-8301.
          Pardal

  165. Júlio Paiva disse:

    Boa noite Pardal minha mãe ja se aposentou com um salário mínimo mas ouviu falar na tv que quem contribuiu 19 anos como autônoma tem diretio de receber em dobro a aposentadoria a partir de agora isso é verdade?
    Obrigado!

  166. marcos lopes disse:

    Bom dia Dr. Pardal, gostaria de sua ajuda no seguinte assunto…tenho 32 anos de contribuição..destes 32, 12 anos foram trabalhados em serviços com ruidos acima de 90 decibeis,quanto tempo estes 12 anos reduzem no meu tempo de contribuição…estes 12 anos foram anteriores a 1998, me disseram que a cada 5 anos trabalhados reduz 1 ano no tempo de contribuição..isto procede?/

  167. Boa tarde,

    Fui Policial militar De sp entra 1977 a 1944 onde pedi as contas do estado pq tinha uma outra atividade economica.Conversando com um advogado o mesmo me informou que teria direito a um acrecimo de 5 anos somando 22 anos pq exercia na época uma atividade de risco a terceiros.Me informou que poderia ir a previdencia requerer esses 5 anos a mais pq sairia do regome estatitario e passaria pra o previdenciario que no dispotisitivo legal 53831/64 Q no caso caberia atividade de rrisco a terceiros.Pediu pra solicitar a certidão de tempo de serviço e a declaração de perfil profissiográfico previdenciario que nesse momento esta em minhas mãos.Isso realmente se aplica no meu caso?

    Aguardo informações!!

    • Oi, José Aparecido, não conheço a tese que você está apresentando, e acho muito difícil que seja viável, inclusive porque a PM não vai elaborar o PPP. Acho bastante inviável, em todo caso, cada um é dono das suas ideias.
      Pardal

  168. silvio disse:

    Ola Pardal gostaria de uma informação minha esposa trabahou mais de 15anos e tem idade de 48anos devido a um acidente de seu filho a 5 anos atraz teve que para de trabalhar gostaria de saber se devemos continuar contribuindo ao INSS ou esperar mais proximo dos 60anos,

    • Oi, Silvio, sempre é bom estar contribuindo, inclusive porque os benefícios para doença, invalidez ou morte só existem com a qualidade de segurado. Se pretender um benefício maior do que o salário mínimo vale observar que a média se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 ao início do benefício, sendo, para os benefícios voluntários, o divisor mínimo da média em 60% do mesmo período. Assim, para um benefício de valor mais elevado é preciso contribuir alto por longo tempo.
      Pardal

  169. Caro Pardal
    Gostaria de saber, se é verdade, que devemos dar entrada na aposentadoria,na data do aniversário.Estou fazendo 30 anos de contribuição, agora em agosto 2013,vou fazer 50 anos, em novembro, devo esperar,meu aniversário?

    • Oi, Maria Francisca, a diferença de um ano de idade no fator previdenciário não é tão significante, inclusive porque em novembro sai a tabela da expectativa de sobrevida do IBGE, alterando o fator previdenciário.
      Pardal

  170. jose claudino disse:

    sou funcionário publico federal ha 44 anos, tenho 65 anos de idade,estou querendo pedir a aposentaduria mais fico com medo de ter meu salario reduzido,isso pode ocorrer,trabalho em hospital faço serviços externos, sou extatutario,por favor me esclareça meu caro amigo Pardal.

    • Oi,José Claudino, com 44 anos de serviço público e 65 anos de idade, seria impossível você não se aposentar pelo último salário. Isto não significa que não pode haver a retirada de algum adicional. Você deve consultar o ministério ao qual está ligado para ter certeza do que será o valor da aposentadoria.
      Pardal

  171. Dr Sergio,
    So a reservista não serve para o inss como domento de comprovação do serviço militar para efeito de aposentadoria?.

    Trabalhei de 1985 a 2005 na area periculos comprovado no ppp, todo este periodo pode ser mutiplicado por 1,4 para transformar em tempo comun ou só ate 1998.

    • Oi, Donativo, o tempo de exército depende da certidão de tempo de serviço que você pode solicitar, e o tempo que o INSS admitir como especial poderá ser convertido com a multiplicação por 1,4 sempre, até os dias de hoje.
      Pardal

      • Mestre, obrigado pela resposta.
        Me tire mais esta dúvida. No meu caso trabalheie na area periculosa comprovado no ppp, de 1985 a 2005, que dá 20 anos isto veze 1,4 dar 28 anos e de 2005 ate hoje 2013 fora da area periculosa que 8 anos, ja que pode ser multiplicado por 1,4 ate hose o tempo trabalhado na area periculosa, siguinifica que ficaria 28+8= 36 anos de contribuição. É isto mesmo.
        agurado
        Donativo

  172. Sou funcionária pública com 22 anos de contribuição e 41 de idade. Posso me aposentar e assumir outro cargo público?

  173. EDSON MATOS disse:

    Boa tarde Dr Pardal
    Tenho 33 anos de registro em carteira sendo que os 20 utimos são insalubres
    gostaria de saber se ja posso aposentar tenho 50 anos

    • Oi Edson, o tempo em exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, comprovado pelas informações das empresas empregadoras, pode ser multiplicado por 1,4 para somar com o tempo comum, mas é bom lembrar que na aposentadoria por tempo de contribuição a média é multiplicada pelo fator previdenciário, levando em conta a idade e a expectativa de sobrevida, sendo, na maior parte das vezes, um redutor.
      Pardal

  174. Boa noite ! Prof. Preciso de sua juda

    Por favor, tenho 51 anos e 34,4 de INSS pago recolhidos pelo maximo. Um calculo estimativo no INSS eu receberia +-R$ 2.400,00. Mas agora fique desempregado faltando 10 meses para os 35 anos. Que valor posso recolher, facultativo para fechar meus 35 anos e não reduzir este estimado de R$ 2.400,00

    • Oi, Ricardo, 20% das contribuições serão desprezadas, as menores, assim, se você sempre recolheu pelo máximo, pode contribuir deste últimos dez meses em 20% do salário mínimo que não vai afetar em nada.
      Pardal

  175. Magali Macedo disse:

    Tenho um filho portador de necessidades especiais e quero me dedicar mais a ele, portanto gostaria de saber,sobre a minha aposentdoria, tenho 51 anos sou professora do estado desde 1991, recebi a sexta parte o ano passado,tenho 4 anos e 7 meses em carteira, posso pedir minha aposentadoria proporcional? Grata!

    • Oi, Magali, infelizmente não existe qualquer aposentadoria proporcional; se você é professora do Estado, pode se aposentar com 25 anos de atividade e 50 de idade. Já 4 anos e 7 meses de contribuição para o INSS não dá direito a benefício algum, para se aposentar por idade aos 60 anos para a mulher, é necessário ter 15 anos de contribuição no mínimo.
      Pardal

      • Magali disse:

        Pardal! Agradeço a resposta rápida, só queria acrescentar com relação à segunda aposentadoria, tbém sou professora da rede municipal há 9 anos, como é concomitante,o que seria viável, juntar esses 4 anos e 7 meses no Estado que estou desde 1991 ou na Prefeitura de Osasco desde 2004? Gostaria ainda de saber o seguinte, como estou desde 1991 no estado, mas como recebi a sexta parte somente o ano passado, para a secretaria este ano estaria completando somente 21 anos (nunca afastei/somente algumas licenças terceiros, mas remunerados)?
        Grata!

  176. Gelson disse:

    Bom dia Pardal eu trabalhei por 10 dez longo anos em uma empresa mais a firma que eu trabalhei não queria me registrar como posso proceder para conseguir estes 10 anos para que possa entrar futuramente num processo de aposentadoria?

    • Oi, Gelson, você deve procurar um advogado trabalhista de sua confiança e processar a empresa exigindo todos os seus direitos, inclusive o registro e a contribuição previdenciária; preste atenção porque você só tem dois anos a partir da rescisão de contrato para ajuizar a ação.
      Pardal

  177. Boa Tarde
    Gostaria que me informasse o seguinte tenho 11 anos de contribuiçao de 1970 a 1981 estou com 60 anos poderia começar a pagar quanto voce me aconselharia a pagar.

    • Oi, Gilmar, você deve pagar 11% do salário mínimo porque no tempo que você terá que contribuir não dará para fazer uma boa média. Para receber benefício de um salário mínimo não tem porque contribuir com valor maior.
      Pardal

  178. boa tarde,prof. estou precisando muinto desta orientaçao, tenho 27 anos de contribuiçao sobre teto de 1 salario , tenho 42 anos de idade,vale a pena pagar sobre um teto salarial maior esses ultimos 8 anos que falta?

    • Oi, Ailton, a média se fará sobre os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, e como até agora você contribuiu sobre um salário mínimo será difícil fazer uma média maior.
      Pardal

  179. Boa Tarde, vou completar 35 anos de contribuição e tenho 49 anos de idade, gostaria de saber se vale a pena aposentar, sabendo-se do fator previdenciario que reduz cerca de 40%, poderei pedir revisão ou não terei mais esse direito. Obridado.

    • Oi, Eliseu, não dá para saber o que pode acontecer, você deve fazer cálculos, faça simulação no site do INSS e simule também somando 5 anos na idade e na contribuição e verá a diferença. Valerá a pena esperar, e deixar de receber, para ter um valor maior?? Tudo depende dos seus cálculos.
      Pardal

  180. Olá Dr. Pardal, vou completar 50 anos no mês que vem, tenho 28 anos de contribuição, sei que tenho que completar 30 e com o FP, trabalhei 7 anos como telefonista em hospital e 21 anos como administrativo em outro hospital, tenho direita à algum redutor nos dois casos, pois não tenho mais condiçãode trabalhar. (motivo de saúde e casa).

    Obrigada

    Carmen

  181. Olá,

    Pardal, Tenho 53 anos de idade e 31anos e 2 meses de Contribuição ao INSS, com esse tempo posso me aposentar?
    Desde já agradeço a ajuda.

  182. merces disse:

    Esclarecer uma duvida entrei para requerer benefícios do meu marido que já recebei a aposentadoria normal, mas ele teve um AVC ficou na cama quase 1 ano e precisei renovar no banco, e gerente do banco me disse que só poderia ser ele meu marido, então entrei na justiça, mas agora ele ja esta bem, andando, falando normal, eu posso ir ate o banco para ele receber normal a aposentadoria ou vai ser negado por causa que eu entrei na justiça para receber, essa é minha duvida o sr, poderia me esclarecer, por favor, estou precisando muito. Obrigado abraços

    Maria Merces

    • Oi, Maria Merces, a melhor coisa seria consultar o seu advogado e ver o que determina a decisão da ação que você ajuizou, mas provavelmente não haverá qualquer problema com ele recuperar a administração do seu benefício.
      Pardal

  183. BOA NOITE, TENHO UMA PERGUNTA: COMO O INSS TRATA A LICENÇA MATERNIDADE PARA EFEITO DE CONTAGEM DE TEMPO PARA APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVICO, POIS SOLICITEI UMA CONTAGEM E ACHO QUE FORAM DESCONTADOS OS 4 MESES QUE ESTIVE DE LICENÇA… TENHO 50 ANOS E 27-A, 3-M E 28D DE CONTRIBUIÇAO. OBRIGADA!

  184. Olá Prof. Pardal, boa tarde.
    Apreciaria sua opinião sobre uma aposentadoria de uma enfermeira que trabalhou em dois hospitais concomitantemente. Gostaria de saber como é feita a contagem do tempo especial nos dois hospitais. A contagem seria em dobro, ou só se consideraria um ambiente só. Agradeço desde já por sua atenção

  185. Bruno Caetano disse:

    Ola, meu pai tem 22 anos contribuição e vai fazer 58 anos e nao aquenta mais fazer esfoço com a perna ele senti muita dor voce saberia me enformar o melhor jeito para eu aposentar ele.
    obrigado

    • Oi, Bruno, se ele está contribuindo atualmente, deve solicitar auxílio-doença, passar na perícia médica do INSS e talvez se aposentar por invalidez; fora isso, só aos 65 anos de idade ou com 35 anos de contribuição.
      Pardal

  186. mirian souza disse:

    trabalho como professora mas nao tendo 30 anos de sala de aula mas tendo 50 anos de idade eu consigo me aposentar mesmo que nao integral?

  187. Caro Dr. Pardal. Minha mulher trabalhou na iniciativa privada contribuindo durante 24 anos e alguns meses. Recentemente assumiu um cargo público do Estado passando para outro regime previdenciário. Gostaria de saber se ela pode continuar a contribuir ao inss o tempo restante para se aposentar por tempo de contribuição. Ela tem 53 anos e apenas 3 meses no novo cargo público. Caso não seja permitido, o que ela deve fazer?

    • Oi, Anderson, como servidora pública vinculada a um regime próprio ela não pode contribuir para o INSS com facultativa. Assim, poderá completar o tempo no INSS se puder ter qualquer atividade além do serviço público.
      Pardal

  188. Debora Alves disse:

    Boa noite!
    Entrei com pedido de aposentadoria especial, o INSS negou, foi para uma junta e me concederam o beneficio, o INSS recorreu. Procurei um advogado que ficou com meus documentos e disse que eu tinha direito a aposentadoria, me aposentou por tempo de contribuilçao pela lei 9876, (não sei o que quer dizer,so que hoje recebi uma carta do outro processo pedindo mais alguns documentos, pensei que quando ele deu entrada nesse processo, o outro havia sido encerrado, ate pq não entrei com recurso no prazo de 30 dias como eles pedem, estou sem saber como agir,

  189. mirian dias disse:

    Olá, tenho 45 anos,ingressei através de concurso no magistério municipal em 1988 e atuei em sala de aula como professora até 2003, quando, por motivo de saúde precisei readaptar por uma ano.Em 2005 prestei novo concurso, também pelo mesmo município e assumi o cargo de coordenadora pedagógica efetiva, ou seja, 25 anos de contribuição recolhendo 12% para a previdência municipal dentro do mesmo plano de carreira. Possuo cardiopatia grave e venho apresentando alguns problemas de saúde.É possível eu conseguir algum tipo de aposentadoria especial integral, sem ser por invalidez, somente pelo tempo de contribuição e sem precisar ter 50 anos de idade?

    Obrigada pela atenção

  190. Bom dia, eu e meu mardo gostaríamos de saber o seguinte faltam 8 anos para ele se aposentar e como ele começou como ajudante depois mudou para torneiro mecânico e nos últimos 8 anos esta como programador de produção pelo o que ouvimos dos amigos do trabalho que já pediram a aposentadoria falar sua aposentadoria não vai ser seu salario integral, existe alguma coisa a se fazer….. pagar alguma contribuição como complemento sei lá alguma coisa para que sua aposentadoria chegue ao salario de hoje R$ 4000,00.Obrigada!

    • Oi, Adriana, não é possível qualquer complemento de contribuição para melhorar a média, inclusive porque ela é feita pelos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício. Além disso, outra contribuição seria considerada atividade secundária, sem grandes participações nos cálculos. A melhor coisa teria sido um aumento salarial, ou seja, uma contribuição só, e por bastante tempo.
      Pardal

  191. Prezado !
    Agradeço sua atenção em me atender.

    Em setembro faço 30 anos de contribuição , tenho 44 anos. Já poderei solicitar aposentadoria?Tenho dois períodos de licença maternidade.

  192. João Paulo disse:

    Boa Tarde! Meu Pai deu entrada na aposentadora em 2010 pedido especial entre 1970 a 1988 e no ano passado foi concedida a aposentadoria, na concessão vi que meu pai ganhou como insalubre de 1970 a 1988, em 2010 completou 36 anos de contribuição e que em 1998 completou 31 anos, tudo devido ao trabalho insalubre. Minha duvida é a seguinte, meu pai tem direito de receber o tempo de 1998 até 2010, pelo fato de ter completado mais de trinta anos em 1998?

  193. Oi,

    Gostaria de saber se me aposento com 48 anos, hoje tenho 40 anos e 22 anos de contribuição, a lei da aposentadoria diz que tenho que ter 30 anos de contribuição e 55 anos de idade.
    Como fica minha situação, haja visto que vou ter o tempo de contribuição e nao vou ter a idade?
    Obrigada.

    • Oi, Cristyane, no INSS a aposentadoria por tempo de serviço da mulher pode ocorrer aos 30 anos de contribuição com qualquer idade. A idade mínima existe apenas para os servidores públicos. No INSS a idade é levada em conta no cálculo do fator previdenciário.
      Pardal

  194. luana alves disse:

    Oi, sergio pardal meu pai tem mais de viente anos pago de inss, e ele nao consegue se aposentar, e ele ja tem cesenta e cinco anos. ele perdeu a sestidao de nascimento, mas pode se aposentar, com sertidao de casamento. e ele quando conseguir vai receber o tempo que nao recebeu. boa tarde.

  195. Sou funcionária pública desde 1985 em regime de cargo comissionado (28 anos e 4 meses). Até 1994 não era descontado do meu salário a contribuição ao INSS e nenhum outro fundo de previdência. Hoje tenho 46 anos. Meu salário neste órgão era pouco mais de um salário mínimo até o ano 2000. A partir de 2001 passei ao cargo de Secretária de Administração e hoje tenho um salário bruto de três mil reais (cinco anos que recebo este salário). Por gentileza responda-me as seguintes perguntas:
    1 – Quando completar 30 anos que trabalho neste órgão poderei me aposentar ou só quando completar 30 anos de contribuição?
    2 – Meu benefício será integral?
    3 – Posso me aposentar proporcional? Qual seria o valor? Existe um site para se calcular o benefício do servidor público?
    Parabenizo-o pelos esclarecimentos.
    Muito Obrigada!

    • Oi, Marizete, os 30 anos de serviço público devem servir para você se aposentar, mesmo sem contribuições, se estiverem comprovados no serviço público; sendo servidora pública antes de 1998, poderá utilizar as regras de transição para se aposentar pelo último salário. As regras de transição também permitem que se aposente mais cedo, mas com o mínimo de 48 anos além do pedágio sobre o tempo que faltava em 1998, e ainda perdendo 5% para cada ano que falta para atingir a regra nova, 55 anos como idade mínima.
      Pardal

  196. caro sr sergio ,seria possivel me enviar a tabela do fator previdenciario atual
    grato

  197. Trabalhei 13 anos em um jornal ganhando insalubridade. Parei de trabalhar por 9 anos e voltei a trabalhar ganhando também insalubridade e isso já faz 9 anos. Muda alguma coisa para tempo de serviço?

    • Oi, Margareth, a aposentadoria especial exige 25 anos de trabalho com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos, mesmo que não seja um período contínuo, devendo ser comprovado por informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). Para a mulher o tempo especial pode ser convertido para comum multiplicando por 1,2.
      Pardal

  198. Tenho 2 empregos, um durante o dia/40 horas semanais (por 11 anos) e outro em um hospital 12 horas/noite (dia sim, dia não por 14 anos). Como fica a contagem de tempo para o INSS, já que desconta INSS dos dois serviços?
    Att.

    Alvair

  199. Daniel Barros disse:

    Oi,Pardal,tenho 24 anos e trabalhei em uma empresa durante 9 anos, fui desligado em março/2013, e agora estou recebendo o seguro desemprego, e atualmente eu estou trabalhando em uma outra empresa no memento sem registro e essa empresa não
    contribui com o meu INSS, só após o meu registro que sera em setembro, gostaria de saber se devo pagar essa contribuição individual, e se caso eu não pagar eu vou ter algum problema futuramente?

    • Oi, Daniel, durante o recebimento do seguro-desemprego você não deve contribuir para o INSS, este tempo não contará como tempo de contribuição, mas se você contribuir não estará desempregado, e assim não poderia receber o seguro.
      Pardal

      • Daniel Barros disse:

        Oi,Pardal, mais se eu continuar recebendo o seguro desemprego e continuar trabalhando normalmente sem pagar o INSS, e depois ser registrado, eu perco esse tempo que eu não contribui, vai fazer falta ou gerar algum problema futuramente na hora de se aposentar?

      • Daniel Barros disse:

        Oi,Pardal, mais se eu continuar recebendo o seguro desemprego e continuar trabalhando normalmente sem pagar o INSS, e depois ser registrado, eu perco esse tempo que eu não contribui, vai fazer falta ou gerar algum problema futuramente na hora de se aposentar?
        O que o Dr. pode me aconselharia a faze a respeito desses tempo sem contribuir?

  200. Bom dia Dr. Sergio Pardal,

    Faltam 09 meses para me aposentar.
    Será que quando faltarem apenas 04, posso pagar mensalmente as 04 últimas para já iniciar Janeiro aposentado?

    Sempre trabalhei em indústrias e nunca como autonomo. É possivel?

    Obrigado e um grande abraço!!

  201. Ola,meu nome é Isaura Antonio Guarezi tenho 62 anos de idade e 10 anos de contribuição comprovada. Me informaram no INSS que para ter direito ao beneficio, tem que ter no minimo 15 anos de contribuição. Existe algum decreto ou artigo dizendo sobre um desconto de 20% nesses 15 anos???

    • Oi, Fernanda, não existe nenhum decreto ou artigo com qualquer desconto no período de carência; o que existia era uma regra de transição desde 1991, mas já acabou. Completando 60 anos em 2011, e daí para a frente, o tempo mínimo de contribuição é 15 anos.
      Pardal

  202. bom dia.. Sergio , olha minha mae , ja tem mais de 15 anos de contribuiçao , ela tem 51 anos de idade,, a 3 anos atraz ela teve cancer na tireoide (pescoço) , passou por duas cirurgias , por erro medico , e hoje , ela sofre de varios problemas devido a essa doença , teria alguma chance dela se aposentar com essa idade , e com 15 anos de contribuiçao? pois ela hoje trabalha com muita dificuldade .

    • Oi, Suely, a aposentadoria por idade para a mulher é aos 60 anos, com o mínimo de 15 anos de contribuição. Se atualmente a sua mãe estiver contribuindo, ela deve requerer auxílio-doença e até aposentadoria por invalidez, mas sem estar contribuindo não tem direito a nada.
      Pardal

  203. Sônia Santos disse:

    Boa tarde professor,
    Em Agosto vou entrar com o pedido de aposentadoria Integral 30a TC e 52 de idade vou continuar a trabalhar normal.
    1- em Novembro tem ajuste no FP devo aguardar ou não?
    2- quanto ao reconhimento do FGTS e Acertos trabalhistas apos aposentadoria é normal? perco alguma coisa?
    3- tenho que informar a empresa da aposentadoria ?.
    Agradeço obrigada.

    • Oi, Sônia, o novo fator previdenciário só vai prejudicar o seu cálculo já que o divisor da fórmula é a expectativa de sobrevida, que só tende a aumentar; na aposentadoria você poderá sacar o FGTS, mas verbas trabalhistas apenas se a empresa despedir, se o contrato continua não há nada a receber; não é necessário avisar a empresa.
      Pardal

      • Sônia Santos disse:

        mas uma dúvida, trabalhei numa empresa que decretou falencia e ficou sem repassar a previdencia alguns anos, mas eu tenho todos os comprovantes de recolhimento, isso pode dar algum empedimento junto a previdencia?

        • Oi, Sônia, a responsabilidade contributiva é do patrão. Se você prova que tinha o contrato de trabalho, tem que valer o tempo.
          Pardal

          • Sônia Santos disse:

            Pardal, boa tarde, desses 30anos de contribuição, 09 meses foram prestados no Estado com cargo comissionado, esse repasse é para INSS? a contagem de tempo é normal? obrigada pelas respostas.

          • Oi, Sônia, provavelmente a contribuição foi para o INSS, mas você deve solicitar informações do Estado, e se foi depois de 1994 o INSS deve ter no CNIS, Cadastro Nacional de Informações Sociais.
            Pardal

  204. prestei 10 meses de serviço , militar conta tempo para aposentadoria em tempo de dobro

  205. 3 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO A MAIS DE 15ANOS NÃO CONTRIBUO HOJE ESTOU MUITO DOENTE ESSE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO CADUCA

    • Oi, Maria Vera, não é bem que “caduca”, se você completar mais 12 anos de contribuição pode se aposentar por idade aos 60 anos, mas em relação a sua condição de saúde no momento, não existe qualquer serventia para a contribuição antiga.
      Pardal

  206. oi, trabalhei 18 anos e cinco meses,em uma empresa,fui demitido parei de contribuir durante 6 anos, gostaria de saber si esse 6 anos q/parei
    continua valendo para a aposentadoria?sim ou não.

  207. oi, trabalhei 18 anos e cinco meses,em uma empresa,fui demitido parei de contribuir para o inss durante 6 anos, voltei a contribuir, em 1º de maio de 2011,gostaria de saber se esses 6 anos q/ parei de contribuir estão perdidos, ou preciso contribuir esses 6 anos para minha a posentadoria?,sim ou não obrigado e boa noite.

  208. erik silva disse:

    Olà dr. pardal, tenho 49 anos de idade,tenho 22 anos e 8 meses de contribuição para o INSS,sendo que tenho insalubridade,gostaria de saber quanto tempo falta para a minha aposentadoria. obrigado e boa noite.

    • Oi, Erik, a aposentadoria especial exige 25 anos de atividade com exposição habitual e permanente aos agentes nocivos comprovada através de informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). Não exige idade mínima e não se aplica o fator previdenciário no cálculo.
      Pardal

  209. Ester Cotrin disse:

    Boa noite. Por gentileza gostaria de saber o seguinte: Agora em julho faço 57 anos, tenho 23 anos pagos (registrada), atualmente pago como autônoma faxina… (eu ñ sabia q tinha q ter o registro na prefeitura e por causa disso ñ pude pagar os 04 anos e pouco dos atrasados (+- 2007 a 2010) mas continuo desde 2011 a pagar como autônoma, 1a.pergunta: Devo continuar a pagar, mesmo sem esse registro? 2a. ou paro de pagar? 3a. Nessa nova lei… eu poderei me aposentar com 60 anos, e meus 23 anos de registro? Desde já muito obrigada. Ester.

    • Oi, Ester, a aposentadoria por idade, aos 60 anos para a mulher, exige o mínimo de 15 anos de contribuição, mas o cálculo se faz em 70% da média mais 1% para cada ano de contribuição. Assim, se a sua média de contribuições for maior do que um salário mínimo, cada ano terá compensação no cálculo; sendo a média em um salário mínimo não haveria influência do tempo de contribuição. De qualquer forma, sempre é bom lembrar que os benefícios relacionados a doença, invalidez ou morte só são pagos quando o trabalhador tem a qualidade de segurado. ou seja, está contribuindo.
      Pardal

  210. Mestre
    Bom, li a resposta que o inss deu a um pessoa que lhe escreveu. no caso dele o inss não considerou o tempo que ele tinha periculoso apatir d 1999 para multiplicar por 1,4. Porque?, pois vc tirou uma duvida que eu tinha a respeito deste tema onde vc me respondeu que vale ate hoje, a conversão do tem periculoso em tempo comum.

  211. Pode me orientar ,estou com 48 anos e 25 anos trabalhados, e estou trabalhando, posso me aposentar? e oque influencia no meu trabalho hoje.

    • Oi, Ana Maria, a aposentadoria por tempo de contribuição exige para a mulher 30 anos completos; e por idade seria aos 60 anos, com o mínimo de 15 anos de contribuição. Portanto, ainda falta tempo para você se aposentar. A lei atualmente não exige rescisão do contrato de trabalho para a aposentadoria.
      Pardal

  212. Prezado Dr.Sergio
    Depois de 12 anos e 02 meses de serviço na iniciativa privada, ingressei no serviço público estadual do RS em 06/01/91 e completo 60 anos de idade em 14/04/2014, data que eu achava que poderia me aposentar pelas regras da Emenda Constitucional 41, porém o meu empregador diz que é necessário 25 anos de serviço público, contrariando a EC 41 que prevê 20 anos de serviço público. Afinal quem estás com a razão? Grato

    • Oi, Jairo, não sei quem é o seu empregador, mas está equivocado: 25 anos de serviço público é para a aplicação da EC47, de 2005, com a somatória da idade com o tempo de contribuição. No seu caso, a aplicação da EC 41, com 20 anos de serviço público a exigência é 35 anos de contribuição e 60 de idade, não valendo a somatória.
      Pardal

  213. Meu pai trabalha desde 1978 ate hoje e já deu o tempo de 35 anos de contribuição e tbm 53 anos,
    ele foi pra pedir a aposentadoria mais eles falaram q ele tem que trabalhar mais 5 anos pq nesse período de 1978 a 2013 ele trocou algumas vezes de trabalho somando 5 anos sem trabalhar neste período ele queria saber se tem como ele pagar de uma veiz os tempos q ficou pra trás e aposentar-se de uma veiz , tem como???

  214. Maria disse:

    Tenho 56 anos de idade e trinta anos de contribuição. Já tenho agendado a ida ao INSS para requerer a aposentadoria. Só que agora bateu a duvida: Quanto vou perder do meu salario? Devo pedir a aposentadoria ou espero completar os 60 anos? O que você me orienta? Por favor, estou muito triste com a possibilidade de não me aposentar agora.

    • Oi, Maria, no site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do seu benefício; de qualquer forma haverá alguma perda em relação ao fator previdenciário, mas nem sempre vale a pena esperar e deixar de receber por um período.
      Pardal

  215. Rubens disse:

    Boa noite,

    Comecei a trabalhar em 1989, mas de lá pra cá, deixei de contribuir por um longo período (12 anos) e gostaria de corrigir isso, para que eu possa me aposentar com os 35 anos de contribuição. É possível corrigir essa lacuna? De que forma posso fazer?

  216. jurandy agnan disse:

    sou funcionario publico municipal, tenho 53 de idade e sou contribuinte com 36 anos e 4 meses sendo 33 anos e 2 meses como servidor publico e o resto como INSS.

    so conseguirei aposentar em 10 Dez 2015, como disse o recursos humanos da prefeitura onde trabalho isso é correto?

  217. Prof. Sergio, por favor me tire uma dúvida: Ingressei no regime clt em 1978 numa empresa, ai depois disto tive outros empregos, mas viajei etive várias lacunas sem pagar o inss, hoje tenho 53 anos, uns 17 anos já bem contribuidos e venho pagando no código de autonoma 1007, vinha pagando um valor de 400 a 600 reais, pq foi me dito q seria um cálculo dos ultimos 120 meses, ma..agora ouvi dizer que NAO, que estou botando $ fora, pois seria o cálculo dos últimos 5 anos..então uma vez que tenho 53 devo começar a pagar um valor alto somente quando tiver 55 anos até os 60..isto procede??? quando o sr. acha que devo pagar hoje?? para continuar com o vinculo???desde já, muito obrigada

    • Oi, Rejane, a média é sobre os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, tendo os benefícios voluntários o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período. Portanto, todas as fórmulas que “disseram” estão erradas, para ter uma boa média, tem que contribuir bem em 80% de todos os meses entre julho de 1994 e o início do benefício.
      Pardal

  218. Boa tarde!

    Uma pessoa recebe a Concessão de Aposentadoria, porém ela esta empregada e encostada pelo o INSS como a Empresa ou funcionário deve agir?

  219. Valeria Bueno disse:

    Olá, completo 48 anos de idade em julho , complketando já tenho direito a aposentadoria proporcional. para integral falta 1 ano…devo esperar ou corro o risco de ter mudanças na idade e tempo de contribuição?

  220. MARCIA disse:

    Boa tarde Sr. PARDAL!
    Estou com 47 anos e, daqui a 02 meses completarei 30 anos de contribuição. Gostaria de dar entrada para assim poder sacar o meu FGTS, pois tenho várias dívidas para quitar. Minha dúvida é: se houver mudança nas regras, se atingirá a todos os funcionários da inciciativa privada ou somente àqueles que começarão a contribuir agora? Abraços e obrigada.

  221. Bruno Prates disse:

    Olá Sr. Sérgio Pardal, gostaria de tirar uma dúvida, sou servidor público, meu cargo está para aprovar uma aposentadoria especial que se consiste em 30 anos de serviço sem limite de idade para se aposentar com proventos integrais, sendo que destes 30 anos, pode-se trabalhar 20 anos na carreira e ter 10 anos de contribuição do INSS averbados. Pois bem, quando eu ingressei no serviço público eu não tinha nenhum tempo para averbar, minha dúvida é a seguinte: Nesse caso, se aprovada essa aposentadoria especial, eu poderia trabalhar esses 20 anos no cargo público e pagar durante esse período a contribuição ao INSS por 10 anos, e após pagar esses 10 anos averbálos no serviço público para ter direito a me aposentar passados os 20 anos trabalhados no cargo ? Lembrando que neste caso a contribuição ao INSS seria paga concomitantemente ao tempo em que estaria trabalhando e contribuindo ao regime próprio do serviço público. Obrigado, se caso eu puder, qual porcentagem eu teria que contribuir ao INSS ?

  222. Por gentileza, gostaria de saber qual as exigencias maximas para aposentadoria com o valor teto maximo mensal?

  223. Bom dia Sr. Pardal, gostaria que o sr por favor me tirasse uma dúvida. Eu trabalhei pela prefeitura de maio/1986 a fevereiro/1987, mas sem registro, eu consegui o livro de ponto onde consta meu registro manualmente, gostaria de saber se existe possibilidade de eu contribuir para o inss esse período e qual seria o valor aproximado.

    • Oi, Cecilia, não é possível porque a responsabilidade de contribuir não seria sua, e sim do patrão. Mesmo com contribuição, para ter tempo de trabalho sem vínculo contado no INSS é preciso entrar com reclamação trabalhista contra o patrão exigindo o vínculo e os pagamentos decorrentes, inclusive o previdenciário.
      Pardal

  224. Luiz disse:

    Bom dia

    Pardal

    Gostaria de tirar uma duvida do senhor. Meu pai trabalhou de 79 a 84 de agricultor com os pais deles e de 84 a 97 de motorista com carteira assinada,no entanto já faz quase 15 anos que ele se aposentou e ontem a previdência pediu para ele comprovar o tempo que ele trabalhou que ele trabalhou de carteira assinada,quero ver com voce se tem possibilidade de cancelar o beneficio dele depois de tanto tempo

  225. Sônia Santos disse:

    Boa tarde,
    uma dúvida, trabalhei numa empresa que decretou falencia e ficou sem repassar a previdencia alguns anos, mas eu tenho todos os comprovantes de recolhimento, isso pode dar algum empedimento junto a previdencia?agora em julho ja vou dar entrada com o pedido de aposentadoria por TC.
    obrigada.

  226. Olá Professor.

    tenho 52 anos, com 33 anos de contribuição, mas no período de 1980 a 1989, trabalhei como cobrador e fiscal de ônibus em linhas rodoviária. (intermunicipal. Que me direito uma acréscimo no calculo? Neste caso como proceder.

  227. BOA TARDE! Sr. PARDAL EU TENHO 52 ANOS, E PAGO INSS DESDE 1979, SÓ QUE FIQUEI ALGUNS ANOS SEM PAGAR, GOSTARIA DE SABER SE POSSO APOSENTAR COM 25 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO.

  228. ricardo ramos disse:

    minha esposa tem 46 anos de idade e 31 de contribuição ela pode requerer a aposentadoria

  229. Luiz Alberto disse:

    Tenho 50 anos 30 de contribuição e cinco de agricultor, tenho direito de aposentr hoje?
    Obrigado Dr.

  230. Boa tarde, Pardal

    No proximo dia 02/07/13 tenho agendado no INSS para verificação do tempo de contribuição, pela minha contagem completo o tempo no dia 03/07/13, minha duvida: sairei do atendimento aposentado? ou tenho que aguardar o processamento da folha de pagamento cair na Receita Federal através do SEFIP? Um abraço.

  231. minha amiga tem 61 anos, trabalhou 3 anos no banco minas caixa(banco do estado de minas gerais) com carteira assinada e depois continuou pagando o inss por mais dez anos e nesse tempo, depois de sair da minas caixa, entrou num colegio do estado e tambem trabalhou por mais 7 anos.Gostaria de saber se ela pode averbar os 3 anos que trabalhou no banco do estado pro colegio, assim formando o tempo minimo de 10 anos de estado para se aposentar no estado e continuar pagando o inss e se aposentar depois novamente mais pra frente pela previdencia privada?

  232. Boa tarde, gostaria de saber se posso requerer aposentadoria por tempo de contribuição, possuo 29 anos e 7 meses e tenho em 51 anos e 10 meses de idade, porém estou em auxílio doença até 31 de julho de 2013. Posso ainda dentro do período de auxílio doença pedir a aposentadoria por tempo de contribuição? Qual seria o percentual pago pela previdência? Fiz a simulação no site do INSS e a informação é que não existe pedágio para eu cumprir, pois já foi cumprido. Agradeço as informações.

    • Oi, Lucinéia, o pedágio que você teria cumprido seria para a aposentadoria proporcional, pagando apenas 70% da média multiplicada pelo fator previdenciário. Se a sua média é superior a um salário mínimo, então é preciso completar os 30 anos de contribuição para não perder muito. De qualquer forma, para requerer a aposentadoria por tempo de contribuição será necessário sair do auxílio-doença, para que este período de afastamento seja considerado é preciso pelo menos uma contribuição no retorno à atividade.
      Pardal

  233. Ola, boa noite,

    Minha mãe trabalhou na decada de 60, porem perdeu a sua CTPS e não consegue contato com as empresas devido as mesma terem falidos, porem ja foi na caixa, jucesp e INSS e não conseguiu respostas.
    As empresas consta no site da jucesp porem sem maiores detalhes, apenas com a data de constituição.
    Como faço para buscar essas contribuições para que sejam somadas…
    Ela tem 62 anos e 10 anos que constam como contribuição junto ao INSS, porem faltam as empresas conforme relatado acima.

    Desde ja agradeço sua atenção.

  234. boa noite sr pardal tenho 20 anos de contribuição e mais 9 anos de serviço publico, é possivel averbar meu tempo de servidora publica pela previdencia e pedir minha aposentadoria sendo q tenho 50 anos de idade
    obrigado

    • Oi, Maria Leny, no período de carência, tempo mínimo de contribuições, só se contam contribuições para o INSS, e assim, para se aposentar por idade, aos 60 anos, tem que ter o mínimo de 15 anos de contribuição para o INSS. Tempo de fora averbado serve para somar para a aposentadoria por tempo de contribuição e para o cálculo do benefício por idade.
      Pardal

  235. Pardal, tenho praticamente 69 anos e com mais de 40 anos no serviço publico como professor. Gostaria saber se é obrigado gozar licença premio para poder me aposentar. Nunca gozei licença prêmio. Se for obrigado, então, não me aposentarei antes dos 70 anos aí então minha aposentadoria seria compulsória. Responda-me o que fazer.

    • Oi, Elizer, não entendo que seja obrigado a gozar a licença-prêmio, mas atingindo os 70 anos da aposentadoria compulsória, terá perdido o direito de gozar o benefício, e atualmente não vale como tempo em dobro da fins de aposentadoria, e além disso, você já tem muito tempo de atividade como professor.
      Pardal

  236. EDSON PEREIRA disse:

    Caro Pardal, Bom Dia.
    Fiz uma consulta e me foi informado 34 anos 10 meses e 07 dias.Tenho 53 anos e estou fora do Mercado de Trabalho. Pretendo pagar via carnê. Pergunto: Vale a pena pagar sob o valor máximo ou esses dois meses não farão diferença no meu benefício se eu pagar relativo ao mínimo?

  237. katia campi disse:

    ola minha mãe tem pericia médica marcada para 27 de julho de 2013 em pedido de auxilio doença ela ja esta encostada durante um ano e ja passou por tres pericias onde foi aprovada .só que em 31 de agosto de 2013 ela completa a idade para aposentar como trabalhadora rural com 55 anos.não sei o que fazer deixo ela fazer essa pericia lembrando que ela esta recebendo ou espero agosto pra aposentar ela

  238. Olá Pardal, tudo certo? Uma dúvida, tenho 35 anos e 8 meses de contribuição, mas só tenho 49 anos, posso me aposentar? Com fator previdenciário vale a pena requerer a aposentadoria? Obrigado!

    • Oi, Fauser, você pode se aposentar, e com certeza o fator previdenciário será um redutor (você pode fazer uma simulação no site do INSS). Ocorre que o valor que você deixa de receber enquanto aguarda uma aposentadoria melhor, demora muito tempo para ser recuperado pela diferença alcançada. Em alguns textos deste blog eu falo deste assunto.
      Pardal

  239. Olá , tenho 50 anos de idade e estou completando neste mês de junho/13 30 anos de contribuição,
    como em setembro completo 51 anos, é melhor esperar para dar entrada na aposentadoria até eu completar os 51 anos ou não existe diferença?

  240. Tenho 30 anos de contribuição sobre um salário comercial e 53 anos, posso pedir minha aposentadoria?
    Obrigada;

  241. adalberto disse:

    Dr. Sérgio Pardal , tenho 29 anos de contribuição e 50 anos de idade e cartas do PPP referente a 21 anos e possivel a aposentadoria.

  242. Maria Lins disse:

    Caro Dr. Sérgio,

    Tenho 50 anos de idade,31 anos de contribuição e tenho direito a 3 anos de insalubridade. Já tenho direito a aposentadoria integral. No entanto, tenho dúvidas de quanto será a incidência do fator previdenciário. Será que vale a pena eu pedir a aposentadoria já?
    Obrigada pela atenção.

    Maria

    • Oi, Maria, com 30 anos completos de contribuição, você tem direito a aposentadoria com qualquer idade, mas com a incidência do fator previdenciário. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor.
      Pardal

      • Dr. Sergio Pardal – bom dia,

        Em Abril de 2014 completarei 35 anos de contribuição e terei na época 50 anos e 09 meses.
        É verdade que o INSS no calculo do Fator Previdenciario, arredonda a idade para menor, ou seja 50 anos ao invés de considerar 50,9 anos?

        Obrigado
        Josemar

  243. Olá Dr.Pardal: Sou funcionária pública municipal pro regime estatutário desde 06/2010 e atualmente tenho 48 anos, 25 anos e 5 meses de contribuição e em dezembro de 1998 tinha 10 anos de contribuição. Se fiz as contas direito teria que pagar um pedágio de 06 anos, o que levaria minha contribuição atual para 19, logo não teria direito a aposentadoria proporcional. Nas simulações do INSS aparece que faltam 4 anos 8 meses e 24 dias. Afinal,posso ou não me aposentar proporcionalmente?? Por enquanto obrigada,
    Juçara

    • Oi, Juçara, se atualmente você não está contribuindo para o INSS e é servidora pública desde 2010, provavelmente não terá direito a qualquer regra de transição. Portanto, a sua aposentadoria no serviço público, exigirá o mínimo de 10 anos de serviço público, e 30 de contribuição com 55 de idade, e sem qualquer aposentadoria proporcional.
      Pardal

  244. Amigo quero fazer uma pergunta sobre aposentadoria: Queria saber se contribuindo com o inss durante 30 anos, tenho 25 anos e se eu fosse pagar o inss tudo de uma só vez o valor de trinta anos eu com a idade q estou conseguiria me aposentar pois paguei o inss contribuindo 30 anos só q tudo de uma vez consegueria me aposentar com todos os beneficios do inss se sim quanto mais ou nenos receberia pelo Inss? Obrigado pela Atenção e tenha um bom Dia!

  245. od sousa disse:

    olá, Sergio Pardal,
    sou func. publico a dez anos, e recebo insalubridade e anteriormente em empresas privada trabalhei 15 anos, destes 6 anos foram insalubre\periculosidade, tenho o ppp da empresa.posso aumentar esse tempo de 15 anos convertendo solicitando a ctc para averbar
    Trabalhei também em 1985 numa prefeitura durante um ano e o contrato foi anulado e fui demitido pelo prefeito que assumiu no ano seguinte,e em 1986 trabalhei em uma empresa comercio mais de um ano registrado, so que no inss,cef, rais nao consta nada.. posso conseguir reconhecer esse tempo através da justiça? sou portador de deficiencia auditiva posso ter aposentadoria especial… posso soloicitar ou mandado de injunção..

    • Oi, Od, no serviço público a aposentadoria especial ainda está sendo regulamentada. O tempo de INSS, com a certidão expedida por este, não estará com a conversão, que só pode ser conseguida através de ação judicial. Quanto a especial pela deficiência auditiva, a nova aposentadoria especial também está sendo regulamentada. De qualquer forma, no atual momento, tudo dependeria de ações judicias que não são rápidas.
      Pardal

  246. Olá Dr. Sergio
    Em Abril de 2014 completarei 35 anos de contribuição e terei na época 50 anos e 09 meses.
    É verdade que o INSS no calculo do Fator Previdenciario, arredonda a idade para menor, ou seja 50 anos ao invés de considerar 50,9 anos?

    Obrigado
    Josemar

  247. Boa tarde, Sérgio. Hoje estou com 35 anos de contribuição e 57 anos. Sei que para me aposentar será aplicado o tal do redutor que levará um bom percentual. No entanto houve um período profissional durante o qual eu trabalhei como eng. elétrico. Para esse período é previsto por Lei um tempo especial. Sei que para cada ano trabalhado a mais terei direito a 5% sobre o salário beneficio. Fui ao INSS para pedir a conversão e me informaram que só poderia requisitar tal conversão quando eu solicitar a aposentadoria. Isso parece meio ilógico. Faz sentido? É isso mesmo?

    Obrigado, Sidney

    • Oi, Sidney, a conversão do tempo especial em comum rende 40% a mais no tempo, não tem nada de 5% no salário-de-benefício. Para ter tal tempo como especial é preciso provar a exposição habitual e permanente ao agente nocivo, eletricidade por exemplo, através de informações das empresas empregadoras (antigo SB40, atual PPP). Quando você for requerer a sua aposentadoria, deverá levar esta documentação e fazer a contagem contabilizando o tempo especial, e tal contagem, com conversão e tudo o mais, só acontece no requerimento do benefício.
      Pardal

  248. van disse:

    olá,sou professora efetiva e gostaria d tb contribuir a previdencia,vc me aconselha a contribuir c autonoma,ou não? obg

    • Oi, Van, os servidores públicos que estão vinculados a um regime próprio, como você, só pode contribuir para o INSS se estiver trabalhando em atividade que possa; não pode, pode exemplo, contribuir como segurado facultativo.
      Pardal

  249. Boa noite!

    Tenho 30 anos de contribuição de carteira assinada os cinco anos que faltam para 35 anos, eu posso pagar por conta própria? como seria? e para ficar recebendo uma aposentadoria em torno deR$ 2500,00, quanto eu teria que recolher para o INSS?
    É PERMITIDO?

    • Oi, Manuel, você pode contribuir como segurado facultativo, pagando 250% sobre o valor que você quiser, entre um salário mínimo e o limite (atual R$ 4.159). O cálculo da aposentadoria por tempo de contribuição se faz pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  250. Caro sr. PARDAL, bom dia !
    Completei 50 anos de idade e trabalho em uma empresa do ramo de eletrodomésticos, onde completarei 28 anos ininterruptos este ano. Gostaria de saber se estou na estabilidade.
    Desde já, agradeço.

    • Oi, Maria José, infelizmente não existe estabilidade para os “pré-aposentáveis” por lei; apenas algumas categorias tem em seus acordos ou convenções coletivas esta garantia. Assim, procure o seu sindicato de classe.
      Pardal

  251. van disse:

    b dia,desculp + ñ entend se posso ou ñ contribuir c autonoma?obg

  252. van disse:

    b tard,desculp + ñ entend se posso ou ñ contribuir c autonoma e qd um autonomo pod se aposentar ? obg

    • Oi, Van, como eu já disse, você deverá se inscrever como autônoma no INSS com uma atividade que possa ser feita sem causar problema na sua atividade no serviço público. Por exemplo, um juiz não pode vender pareceres jurídicos. O autônomo se aposenta da mesma forma que qualquer segurado.
      Pardal

  253. Boa noite sr pardal
    tenho44 anos sou autonomo ha dois anos com minha firma cadastrada no mei (micro impreendedor individual)
    tenho 19anos de carteira assinada.
    Gostaria de saber qual o valor teria de contribuir como autonomo para me aposentar com 2 salario minimo e por quanto tempo

    • Oi, Marcos, como a média para os benefícios previdenciários levará em conta os salários de 80% do seu tempo de trabalho, você deverá contribuir com o valor que você pretende na média por 80% de todo o período. Aos 65 anos de idade você poderá se aposentar, tendo pelo menos 15 anos de contribuição e calculando o benefício em 70% da média mais 1% para cada ano de contribuição.
      Pardal

  254. ola! tenho paralisia em um braço e em uma perna isso desde muito novo, ja fiz uma cirurgia na perna esquerda pra alongar o tendao mais o braço nao fiz ja trabalho a mais de 15 anos com carteira assinada. Posso dar entrada na aposentadoria tenho 37 anos. prazer aguardo resposta.

    • Oi, Ricardo, mesmo que você esteja com deficiência que seja considerada grave, o mínimo de tempo de trabalho e contribuição será 25 anos. Na aposentadoria por idade, a redução é em 5 anos, ou seja, poderá se aposentar aos 60 anos de idade. Se você estiver contribuindo atualmente pode requerer o auxílio-doença enquanto estiver incapacitado ou mesmo aposentadoria por invalidez, dependendo da perícia médica.
      Pardal

  255. Oi, Manuel, você pode contribuir como segurado facultativo, pagando 250% sobre o valor que você quiser, entre um salário mínimo e o limite (atual R$ 4.159).

    250% ou 25%? – qual o percentual?

  256. Olá Dr. Sergio,
    completarei 35 anos de contribuição no próximo dia 26/Julho e tenho 50 anos e farei 51 anos daqui a 03 meses.

    Saberia informar se o INSS no calculo do Fator Previdenciario, arredonda a idade para menor exatos 50 ou considera 50,9 anos?

    Nesse caso perderia no cáluculo apenas uma diferença de 03 meses correto?

    Obrigado e parabéns pelo Blog

    • Oi, José Marcos, realmente eu não sei como é feita a conta no INSS, porque as tabelas que a gente consulta só trabalha com inteiros. É possível que o INSS também calcule assim e você sairia perdendo. Consulte o INSS através do site e disponibilize.
      Pardal

  257. bom dia, estou com uma duvida pois a um ano e meio sofri um acidente de trabalho tendo uma ruptura de tendão do pe direito, e ate hoje estou afastado do trabalho fazendo tratamento, de fisioterapia pois minha perna atrofiou e não tenho mais movimentos do pe e agora meu joelho e minha coxa estão inchando bom enfim você pode me ajudar pois gostaria de saber se tenho direito a me aposentar ou a empresa que eu trabalho pode pedir minha aposentadoria, pois tenho 46 anos e devo ter uns 23 anos de contribuição.
    e como sua motorista de caminhão e tenho que subir e descer varias vezes da caçamba do caminhão segundo meu medico corro o risco de ter outra lesão e a firma não tem motorista de veículos pequenos.
    fico grato e estou no aguardo de sua resposta obrigado.

    • Oi, Marcelo, se a perícia médica do INSS entender que você não terá como voltar para uma atividade que garanta suas condições de vida, terá que aposentar você por invalidez. É claro que a posição da empresa também é importante e você deve pedir que eles oficiem diretamente para o INSS.
      Pardal

  258. Roberto Silva disse:

    Bom dia!
    Não sei se já existe nas resposta acima um igual o meu caso.
    Completo 64 anos dia 08/07, sou contribuinte autonomo e recolhia desde 1894 sobre 03 salarios,nos ultimos 3,6 anos, pelo teto. Tenho carteira com registro entre 06/1967 a 11/2006. Devo entrar logo com o pedido, ou espero mais um ano ate completar 65 anos?
    Abraços e obrigado.

    • Oi, Roberto, você já deve estar com o fator previdenciário acima de 1, e assim não haveria porque aguardar mais. A melhor coisa é você fazer uma simulação do valor do seu benefício no site do INSS.
      Pardal

  259. minha amiga ja pediu para averbar os 3 anos para o estado e ainda nao retornaram a resposta da sessao,tem jeito de cancelar o pedido de averbaçao e deixar no inss mesmo?porque senao ela podera perder o tempo, nao é?

  260. AUGUSTO RAMOS disse:

    DR. PARDAL,
    Tenho 55 anos e 38 anos de contribuição. Só que o fator previdenciario reduz em 40% o valor do beneficio. Gostaria de saber se posso me aposentar por tempo de contribuição e continuar trabalhando. Ou se a empresa pode me mandar pra rua quando souber que estou aposentado.

    Obrigado por esse canal de comunicação e orientação.

    • Oi, Augusto, a aposentadoria não exige rescisão de contrato, assim, se o patrão quiser despedir – ele pode a qualquer momento, desde que pague as devidas verbas rescisórias – sem nenhuma relação com a aposentadoria.
      Pardal

  261. van disse:

    com quantos anos de idade e de contribuição posso me aposentar como contribuinte individual?

  262. flavia disse:

    Caríssimo Pardal, primeiro parabenizar seu esforço de responder as questões.

    O meu caso: faço 60 anos mês que vem, em agosto. Tenho 21 anos de contribuição. Entretanto, após ter sido demitida há 4 anos atrás exatamente, não contribui mais.
    Aí eu pergunto : se eu pedir a aposentadoria estando inativa a quatro anos, esse tempo inativo entra na média do calculo das contribuições como R$0,00? Ou ele não entra no cáculo?
    Quero saber, será que vale a pena eu contribuir mais um oi dois anos?
    obrigado.

    • Oi, Flavia, o tempo de inativa não entra no cálculo não. A média se faz pelos maiores salário que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo em 60% do mesmo período. Assim, os 4 anos não vão mudar nada e não valeria contribuir mais tempo.
      Pardal

  263. Tenho 22 anos de contribuição. Completando 35 anos de contribuição terei direito em pedir aposentadoria?
    Outra questão esta com relação ao beneficio que vou receber. Devo nestes últimos anos elevar o valor da contribuição para ter um benefício melhor?

    • Oi, Fernando, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS para o homem exige 35 anos de contribuição, e o cálculo é feito com a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, multiplicada pelo fator previdenciário, que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  264. Olá Dr. Pardal , tenho algumas dúlvidas, tenho uns 21 anos de contribuição, trabalhei 10 anos em hospital , tenho direiro a alguma redução por insalubridade? e tenho 41 anos. com quantos anos e com que tempo de trabalho posso me aposentar integralmente e proporcionalmente.
    agradeço por me responder . Hélia

    • Oi, Hélia, o tempo especial devidamente comprovado por informações das empresas empregadoras, pode ser multiplicado por 1,2 para converter. Somado com o tempo comum, para ter direito a aposentadoria deve completar 30 anos de contribuição; aposentadoria proporcional não existe mais.
      Pardal

  265. Helio Morgado disse:

    Boa tarde!

    Comecei a trabalhar com 19 anos em 1979. Paguei o INSS até o ano de 2000. Hoje estou com 53 anos e poderia me aposentar ano que vem (2014). Estive no INSS para tentar pagar os atrasados e a atendente disse que não valia a pena pois mesmo que eu pagasse os atrasos somente poderia me aposentar com um mínimo, mesmo que viesse a pagar sobre dois salários. Gostaria de me aposentar com dois ou três salários, se pagar os atrasados é possível? Como faço?
    Grato, Hélio.

    • Oi, Hélio, a atendente tem toda a razão, pagar atrasado fica caro e não vale a pena. Se as suas contribuições de 1994 até 2000 foram boas, você deve voltar a contribuir com valores altos e se aposentar por idade com 65 anos. A média utiliza os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período.
      Pardal

  266. lia disse:

    Boa noite,Sergio meu marido fez em fevereiro de 2013, 35 anos de contribuição pro inss,dez desses de carteira assinada, ele esta com 57 anos, já fez o agendamento para a aposentadoria que esta marcada para julho de 2013, gostaria de saber se ainda paga o carnê do mês de junho e que tipo de aposentadoria ,pois desde 2010 ele tem cancer ,já fez a cirurgia da prostata e pois tela na bexiga.os dez anos que trabalhou de carteira o salario era baixo as outras contribuições foi o teto. desde já obrigada

  267. olá , boa noite sr Sergio. meu irmao é surdo -mudo trabalhou a vida toda em serviços pesados porque nao sabe ler nem escrever, e esta com 53 anos de idade. no ultimo trabalho agora ficou 12 anos mais ou menos e foi afastado por complicaçoes de saude. capsulite adesiva no ombro esquerdo. e nao consegue mais trabalhar onde trabalhava carregando sacos de raçao. esta afastado há pelo menos 4 anos recebeu do inss por 2 anos e agora estamos com seu processo na justiça há pelo menos uns dois anos e nao recebeu nada até hoje. ele já tem 34 anos de contribuiçao por tempo trabalhado. mas quando fomos ver no inss, desde que foi afastado pelo inss o patrao nao fez a contribuiçao. significa que há quatro anos de atraso por falta da contribuiçao…e agora fiquei tb sabendo que a firma onde ele ainda é empregado fechou as portas. entao agora ele esta sem ganhar do inss e tb nao pode mais voltar pra firma onde trabalhava, pq ela nao existe mais. e nem fez o acerto com ele, já que ele estava afastado por motivos da doença. me explique como devo proceder para ajudar meu irmao por favor.

    • Oi, Marcelo, o que estiver registrado na carteira de trabalho, sem qualquer rasura, é o que vale. No seu caso talvez seja melhor procurar um advogado especialista e de sua confiança para ajuizar uma ação.
      Pardal

  268. Oi, gostaria de saber como faz uma pessoa que ja tem o seu tempo de contribuoçao para aposentar, mas a empresa em que trabalhou a mair parte já não existe mais, foi despersonalizada? Como a pessoa deve agir para requerer a o beneficio?

  269. Professor.
    Faltam 12 anos de contribuição para completar os 35 anos de contribuição. Meu questionamento esta em como posso contribuir a parte para que ao fim destes 12 anos eu tenha o beneficio melhor. Ou seja. Alem do que é pago com vinculo em uma empresa, se posso fazer contribuições adicionais para receber o teto da previdência.

    • Oi, Fernando, infelizmente não dá para completar a contribuição, como se diz “por fora”. Existe uma forma de cálculo, dividindo em atividades principal e secundária, com um péssimo resultado da contribuição. Portanto, o melhor é conseguir uma contribuição maior em fonte única. De qualquer forma, é bom saber que a média que serve como base para os benefícios previdenciários se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos, de julho de 1994 até o início do benefício.
      Pardal

  270. GISELLE SILVA disse:

    ola!!!
    minha mae tem 44 anos sempre trabalho mais nunca de carteira assinada ,começei a pagar pra ela o inss ja tem uns 6 meses ela vai ter direito a aposentadoria daqui a quanto tempo ??

  271. tenho 60 anos e falta 8 anos de contribuição para eu me aposentar,acabei de ficar desempregado e gostaria de saber quanto eu devo em especie;e se eu posso pagar esses 8 anos…..desde já muito obrigado.

  272. Eliane disse:

    Boa tarde Dr. Pardal
    Tenho 28 anos e 7 meses de contribuição, porém estou com 45 anos e 10 meses, já posso entrar com o pedido de aposentadoria?

  273. boa tarde,sr.sergio gostaria de saber se com esta aprovação da aposentadoria por deficiência, vai alterar a aposentadoria proporcional com relação a diminuição do tempo de contribuição

  274. Edimar horst disse:

    Ola Sergio eu tenho 8 anos de nota de agricultor e eu quero ir trabalhar na cidade eu posso assina carteira de trabalho? oque eu devo faze pa poder me aposentar sendo que nao poderei mais tirar nota? eu tenho 48 anos de idade com quantos anos poderei me aposentar ?

    • Oi, Edimar, o Regime Geral de Previdência Social é o mesmo para os trabalhadores rurais e urbanos. A aposentadoria por idade para o homem ocorre aos 65 anos, ou aos 60 se for trabalhador rural. Exige o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  275. Oi bom dia tenho uma dúvida…estou com 59 anos de idade e 29 anos de contribuição … posso pedir minha aposentadoria? sendo que meu 1 registro foi no ano de 1983

    • Oi, Francisco, para os homens, a aposentadoria por tempo de contribuição do INSS exige 35 anos completos, com qualquer idade; já a aposentadoria por idade é aos 65 anos, com pelo menos 15 anos de contribuição.
      Pardal

  276. Boa Tarde,
    Tenho quase 30 anos de carteira assinada, porém há mais ou menos 6 anos, saí da empresa em que eu trabalhei e não continuei minha contribuição. Nos últimos 15 anos de trabalho nesta empresa, contribuí pelo teto máximo e gostaria de começar a pagar o carnet para completar o tempo que restava. Minha pergunta: Na época, faltavam apenas 7 meses, vc acha que eu perdi o direito a receber a aposentadoria pelo máximo? Posso retomar a Contribuição? Qual o valor da prestação do carnet? Obrigada!

    • Oi, Elizabety, a média que será multiplicada ao fator previdenciário, leva em conta os maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, sendo o divisor mínimo desta média em 60% do mesmo período. Assim, provavelmente você completará uma boa média com o tempo que falta. Ocorre que a média não alcançará o limite máximo atual e ainda será multiplicada pelo fator previdenciário sofrendo alguma redução. No site do INSS você pode fazer uma simulação do valor do benefício.
      Pardal

  277. gleice kelly disse:

    Boa noite, estou numa duvida, meu pai quer se aposentar e ele perdeu a carteira de trabalho, e no Inss não consta o registro de 1978 q ele trabalhou, eu consigo tirar o extrato analitico dessa empresa na caixa econômica federal.

    • Oi, Gleici, quanto mais documentos ele conseguir reunir, melhor. O melhor seria procurar as empresas nas quais trabalhou e solicitar uma cópia do livro de registros, com começo e fim do contrato de trabalho.
      Pardal

  278. marcos lopes disse:

    trabalhei por 7 anos em uma empresa com ruido acima de 85 dB…estou preparando a documentação para minha aposentadoria, mas a empresa recusa a fornecer o PPP…sai da empresa em 1997…como proceder neste caso??

  279. boa noite! tenho 54 anos e meu advogado deu entrada na minha aposentadoria com 33 anos 10 mês ,ele falou-me que eu tinha que aceitar para poder dar entrada na aps especial, o juiz diz que falta um laudo técnico e como a empresa que eu trabalhei de 1986 a 2005 fechou o juiz quer fazer um laudo em outra empresa.Quais as chance que eu tenho ou pelo menos transformar o tempo que eu tenho ate 1996 em comum e passar para aposentadoria integral.Continuo trabalhando como torneiro mecânico e completo 35 anos de carteira em setembro. Desde já eu agradeço

    • Oi, Agostinho, infelizmente é muito difícil avaliar a sua situação, talvez tentar uma desaposentação ou algo assim, mas com certeza quem poderá lhe dar as melhores informações será o seu advogado.
      Pardal

  280. Caríssimo Dr. Pardal,
    Sou bancário aposentado, recolhi o INSS por 32 anos. O teto para recolhimento do INSS era sobre 20 Salários Mínimos, até 1989.A partir desse período o teto sobre o recolhimento caiu sobre 10 salários mínimos. Então, recolhi 28 anos sobre 20 salários mínimos e 4 anos sobre 10 salários mínimos.
    Aposentei-me em Janeiro de 1993 e recebo do INSS, hoje, C$1.400,00.
    Pergunto: Faço jus a uma Revisão?

    • Oi, Humberto, a tese dos 20 salário mínimo é bonita, mas esquecem que na época, a partir de 1973, o cálculo se fazia pelas 36 últimas contribuições, com as 12 últimas sem correção monetária, e só valendo até o chamado meio-teto, com o restante dividido por 30 e somando apenas 1/30 para cada ano de contribuição acima do meio-teto. Difícil, né?? Era assim que a ditadura gostava. Infelizmente em janeiro de 1993 a média das contribuições no teto ficou muito pequena, mas é muito difícil conseguir uma revisão judicial.
      Pardal

  281. Boa noite! Tenho comprovado 14 anos de contribuição e mais 3 anos com registro numa carteira de menor. Acontece que na minha época, em 1967,quando fiz 18 anos e troquei a carteira, esta, a de menor ficou retida no Ministério do Trabalho. Na carteira de maior consta o numero dessa carteira porém depois de todos estes anos não tenho como comprovar os empregos (2) com a arteira de menor, pois as empresas não existem mais. Dei entrada na aposentadoria por idade, frustrada, pois queria me aposentar por tempo de contribuição. Existe, ainda, alguma maneira de recorrer? Grata pela atenção e sua disponibilidade em ajudar pessoas que nem conhece.

  282. Ola Sergio Pardal gostaria que tirasse uma duvida meu pai tem 38 anos 8 meses e 11 dias de contribuição e 58 anos ele não teria direito a aposentadoria integral ? e outra coisa fiz a simulação no site e não bate o valor da aposentadoria com o teto porque ja que ele tem tempo e idade acima do minimo exigido ele não teria que pegar integral e tambem o teto do inss sendo que ele sempre ganhou valores acima do teto do inss nas 180 ultimas remunerações ?????

    • Oi, Bruno, a aposentadoria por tempo de contribuição é calculada pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício multiplicada pelo fator previdenciário que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  283. Bom dia Sérgio Pardal,

    Gostaria de saber, o que seria mais viável para me aposentar. Atualmente sou servidor público estadual, com 05 anos de serviço, tenho em torno de 09 anos de contribuição ao INSS, como micro empresário e 01 ano 08 meses de contribuição ao INSS, ainda como menor (comecei com 14 anos, quando ainda podia), e tenho em torno de 15 anos de tempo de serviço militar na Marinha. Conclusão tenho mais ou menos 31 anos de tempo de serviço/contribuição. Seu eu permanecer no estado tenho que trabalhar até completar 60 anos e a remuneração será em torno de 1.500,00 reais caso permaneça no mesmo cargo. Se eu levar esse tempo, todo para o INSS, e talvez aumentar a contribuição até completar 35 anos, pode ser melhor? Ou tem outra condição melhor? Fico muito grato se puder me dar uma luz? Vou completar 50 anos em março/2014. Atenciosamente, Eduardo Caetano.

    • Oi, Eduardo, tudo é uma questão de cálculos, mas não se esqueça que na aposentadoria por tempo de contribuição do INSS tem o fator previdenciário, na grande maioria das vezes um redutor da média contributiva.
      Pardal

  284. LUIZ BARBOSA disse:

    Olá Sérgio, boa tarde!
    Tenho 56 anos de idade e tempo de contribuição conforme segue:
    . Fevereiro(dia 8)/1978 a Setembro(dia 15)/1980 trabalhando na função de Escriturário: Tenho aí 1 ano e 7 meses (certo?)
    . Setembro(dia 10)/1980 a Janeiro(dia 14)/1995 exercendo a função de Aux. Escritório, Escriturário e Aux. Administrativo: Tenho mais 14 anos e 4 meses (correto?)
    . Janeiro (dia 15)/95 a Julho (dia 7)passei a trabalhar em área periculosa na função de Aux. Técnico(energia elétrica com tensão de 13.8 e 69KvA, recebendo periculosidade): ?
    Posso considerar o acréscimo de 40% de 1995 até quando?
    Esta é a minha dúvida: Já tenho os 35 anos de contribuição?
    Peço, por gentileza, me auxiliar nesse cálculo. Principalmente, se possível, me informe o valor (R$ ou percentual) da minha aposentadoria, considerando que hoje meu salário base + periculosidade + anuênio + penosidade = salário bruto, ultrapassa a casa dos 7 salários mínimos.
    Já antecipo aqui os meus agradecimentos.
    Abraço. Luiz Barbosa

    • Oi, Luiz Barbosa, é evidente que não posso fazer os cálculos da sua aposentadoria através do blog. O tempo considerado especial se converte para comum com a multiplicação por 1,4 até os dias hoje; a eletricidade como agente nocivo o INSS admite até 05/03/1997, mas os tribunais continuam entendendo assim.
      Pardal

  285. Fiz a contagem de meu tempo de contribuição e resultou em 30 anos, 2 meses e 16 dias. Atualmente tenho 48 anos, completarei 50 em agosto/2014.
    Simulei o valor de meu benefício e resultou em R$ 1.650,00. Minha contribuição desde 1994 era em torno de 3 salários e de 2000 para cá em torno de 6 salários mínimos. Compensa aposentar-me agora ou espero completar 50 anos para o valor ter um acréscimo?

  286. Boa tarde, eu sou professora da rede municipal ha 10 anos,com 2 cargos concursados, trabalhei para o estado por 5 anos e 10 meses (nao concomitantes) e tenho 20 anos de contribuicao pelo INSS (empresa particular, nao concomitante). Segundo o sindicato dos professores, ainda tenho de trabalhar mais 5 anos para me aposentar. Tenho 52 anos. Ha alguma forma de eu me aposentar em algum lugar??? Eh possivel eu me aposentar parcial pelo servico publico ??? pelo INSS?? Obrigada pela ajuda

    • Oi, Maria Lucia, no serviço público a aposentadoria por tempo de contribuição exige idade mínima, para a mulher 30 anos de contribuição com 55 de idade; como professora seriam 5 anos a menos, mas com 25 anos como professora. Estando no serviço público antes de 1998 ainda teria direito às regras de transição. De qualquer forma, parece que faltariam 3 anos para você completar a idade necessária já que teria mais de 35 anos de contribuição até agora.
      Pardal

  287. Recebi alta de aposentadoria por invalidez e tenho 34 anos 8 meses de tempo de contribuição e 11 anos e 6 meses deste tempo reconhecido por laudo judicial como periculoso.
    Mas no total esta incluído o tempo de auxilio doença (6 anos e 5 meses) e aposentadoria por invalidez (5 anos e 7 meses). Como só é aceito para calculo de tempo de contribuição intercalados com trabalho.
    Recebi aviso prévio indenizado de 90 dias, poderá contar como tempo de contribuição.
    Consta 1 dia de trabalho e recolhimento do INSS.
    Como na Lei nº8.213/91 art.47.
    Art.47 Verificada a recuperação da capacidade de trabalho do aposentado por invalidez, será observado o seguinte procedimento:
    l – quando a recuperação ocorrer dentro de 5 anos, contados da data do inicio da aposentadoria por invalidez ou do auxilio-doença que a antecedeu sem interrupção, o beneficio cessará:
    a) de imediato para o segurado empregado que tiver direito de retornar à função que desempenhava na empresa quando se aposentou, na forma da legislação trabalhista, valendo como documento, para tal fim, o certificado de capacidade fornecido pela Previdencia Social; ou
    b) após tantos meses quantos forem os anos de duração do auxilio-doença ou da aposentadoria por invalidez para os demais segurados;
    ll – quando a recuperação for parcial, ou ocorrer após o período do inciso l, ou ainda quando o segurado for declarado apto para o exercício de trabalho diverso do qual habitualmente exercia, a aposentadoria será mantida, sem prejuízo da volta à atividade:
    a) no seu valor integral durante 6 meses contados da data em que for verificada a recuperação da capacidade;
    b) com redução de 50%, no período seguinte dos 6 meses;
    c) c) com redução de 75% também por período de 6 meses, ao término do qual cessará definitivamente.
    Minha dúvida é quanto tempo de contribuição é necessário para incluir o tempo total afastado, entre em auxilio-doença e aposentadoria por invalidez. Pode ser 1 dia ou tem que ser 30 dias (1 mes).
    E este tempo será aplicado ao meu beneficio, consultei no site meu beneficio ainda não foi cessado. Foi solicitado o documento de alta do beneficio, poderão fornecer somente depois de 15 dias.
    Alta em 26.06.2013.
    Na rescisão consta 1 dia trabalho e desconto de INSS não descrito como foi feito.
    Foi incluído férias vencidas e 90 dias de aviso e 13º e férias indenizadas.
    Obs. Entrei com recurso dentro do prazo para reverter a aposentadoria via administrativa.
    Obrigado se puder esclarecer quanto ao exposto.

  288. Sônia Santos disse:

    Boa tarde,
    Dº Pardal, dei entrada no pedido de aposentadoria por TC e vou continuar trabalhando na mesma empresa, a pergunta é: A empresa pode me demitir sem nenhum motivo a não ser o da aposentadoria?
    obrigada pela atenção.

  289. Bom dia, gostaria de tirar algumas duvidas se puder me ajudar. Eu tenho 20 anos em empresas privadas e desde 2010 sou funcionaria publica na Secretaria da Administração Penitenciária e fiquei uns 4 anos sem contribuir, porém posso comprovar que trabalhei nesse período, quero saber se compensa eu pagar retroativo e quando me aposento, sendo que hoje estou com 46 anos? e se o valor será de acordo com meu salario atual como funcionaria publica?

    • Oi, Maria Celia, não valerá a pena se preocupar em pagar 4 anos retroativos porque além de ser caro provavelmente não valerá a pena. O servidor público se aposenta por tempo de contribuição com 30 anos de contribuição e 55 de idade (para mulher), e tendo obrigatoriamente 10 anos no serviço público. Portanto, no serviço público, para se aposentar você deverá trabalhar até 2020. O valor da sua aposentaria será pela média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício, valendo inclusive os que você levar do regime geral (INSS).
      Pardal

  290. estou para me aposentar daqui a 2 meses pela CTPS, e a 4 pelo Cnis, tenho o registro na carteira desses dois meses, legível, preciso esperar os 4 meses,

    preciso avisar a empresa que trabalho, que dei entrada na aposentadoria?

    obrigado

    • Oi, Antonio, se você comprova, o que vale é a sua documentação, mas dois meses são muito pouco para arriscar. Não precisa avisar a empresa que vai se aposentar, inclusive porque não muda nada em relação ao contrato de trabalho.
      Pardal