Aposentadoria por tempo de contribuição

A aposentadoria por tempo de contribuição nasceu em 1923, na promulgação da Lei Elói Chaves, com o nome de aposentadoria ordinária, aos 35 anos de trabalho do homem. Consolidou-se o benefício como aposentadoria por tempo de serviço, aos 35 anos para o homem e aos 30 para a mulher, com a proporcionalidade ditada pela Constituição de 1988, aos 30 anos de trabalho para o homem e 25 para a mulher.

Ocorre que em 1998 a aprovação da Emenda Constitucional nº 20 alterou este benefício profundamente, ainda um pouco menos do que gostaríam os tecnocratas planaltinos, como dizia o Velho Mestre. Terminaram com a aposentadoria proporcional, mudaram o nome para aposentadoria por tempo de contribuição e o principal seria a inclusão de uma idade mínima, 60 anos para o homem e 55 para a mulher. Para os servidores públicos o limite etário mínimo foi aprovado, mas para o Regime Geral (INSS) a exigência não passou.

Assim, os segurados do INSS continuam se aposentando por tempo de contribuição, 35 anos para o homem e 30 para a mulher, com qualquer idade. Em compensação veio, em 1999, o Fator Previdenciário, FP, reduzindo substancialmente o valor dos benefícios em razão da idade.

É bom lembrar que nos tempos do estouro neoliberal, entre 1995 e 1998, a aposentadoria por tempo de serviço foi bastante atacada, como se fosse um benefício incorreto, indevido e mal colocado. Tempo de serviço não seria um risco social a ser coberto pelo seguro, pretendiam simplesmente terminar com mais uma conquista histórica dos trabalhadores brasileiros. A mudança do nome e a legislação ordinária dispondo um cálculo que leva em conta a idade e a expectativa de sobrevida do trabalhador que se aposenta, já representaram um razoável golpe nos direitos dos trabalhadores, e todas as interpretações e alterações legislativas que ainda virão poderão criar uma situação pior.

A luta contra o FP se intensifica, mas o movimento sindical não deve perder a atenção aos golpes que se aplicam às conquistas históricas. Feliz Natal para todos!

COMENTÁRIOS: 129 comentários

  1. Viviane Almeida disse:

    Minha mãe está pagando e no meio do ano vai se aposentar por tempo de contribuição e meu pai vai se aposentar por idade, nos falaram que somente um poderia se aposentar, pois um benefício anularia o outro, gostaria de saber se isso é verdade.
    Obrigada pela atenção.

    • Oi, Viviane, claro que os dois podem se aposentar sim, e no falecimento de um deles o outro ainda vai acumular sua aposentadoria e a pensão, convertida da aposentadoria do que vier a falecer. Se os dois estão contribuindo, ocorrerão dois benefícios, de segurados contribuintes diferentes. Tem gente falando o que não sabe, de forma alguma poderia existir “anulação de um pelo outro”; o que não se poderia receber cumuladamente seriam dois benefícios assistenciais, da Lei Orgânica de Assistência Social, ou seja, sem contribuições.
      Pardal

  2. sueli tavares gargiulo disse:

    estou com 61 anos e faltam 12 meses para completar 180 contribuições, recebo pensao por morte do meu marido, vou poder requerer minha aposentadoria por tempo de contribuiçao e idade

  3. Comecei a contribuir com o INSS em 1983, quando for requerer minha aposentadoria, vão aplicar o fator previdenciário? O calculo da aposentadoria será feito sobre os cinco anos de contribuição? Obrigado.

    • Oi, Lauro, se você se aposentar por tempo de contribuição, completando 35 anos, o fator previdenciário será aplicado sim. A média se faz utilizando os maiores salários que representem 80% do todos desde julho de 1994, e não os últimos cinco anos como pensam alguns.
      Pardal

  4. Marcio Candido disse:

    Prezado Prof Sergio Pardal
    minha mae pleiteou a sua aposentaria e na oportunidade foi informada que não foram recolhidas as contribuições previdenciarias de um empresa em que ela trabalhou na decada de 70 isso implica em sua aposentadoria? a previdencia não tinha a obrigação de fiscalizar tal recolhimento na epoca ?

    • Oi, Marcio, sem dúvida alguma, a responsabilidade contributiva é da empresa e a fiscalizatória é do INSS. O que o trabalhador faz é trabalhar. Se a sua mãe tiver boas provas do trabalho, além do claro contrato na carteira, o INSS terá que aceitar, mesmo que seja judicialmente.
      Pardal

  5. marina disse:

    comecei a contribuir em 1998,já contrubui 14 anos ou seja 168meses, completei 60 anos em 2007, já posso pedir minha aposentadoria por idade??? conversei com uma advogada e ela diz que tenho que contribuir 15 anos, me ajude.

  6. Veronica Bessa Silva disse:

    Gostaria de saber se posso me aposentar pelo o INSS com 56 anos de idade e 17 anos de contribuição.

  7. Maria da Luz Aguiar disse:

    Fui servidora publica municipal por 17 anos e 05 meses e contribui todo esse tempo com o inss, mas em 2011 tomei posse em um concurso estadual e contribuo agora para um regime proprio de previdencia, porem, gostaria de saber se ao completar 55 anos posso pedir aposentadoria pelo inss, considerando que ja tenho mais de 180 contribuições, ou tenho que apenas averbar o tempo junto ao novo regime. Por favor aguardo orientação.

    • Oi, Maria da Luz, a aposentadoria por idade do INSS para as mulheres exige 60 anos de idade e o mínimo de 15 anos de contribuição. Assim, completando a idade necessária, você teria direito ao benefício, provavelmente no valor de um salário mínimo. Seria uma questão de cálculo, se valeria mais averbar este tempo no regime próprio de servidor ou utilizar esta aposentadoria por idade.
      Pardal

  8. Isabel disse:

    Oi Sérgio, tudo bem? Uma dúvida, tenho 48 anos de idade e 30 anos de contribuição, posso me aposentar? No caso essa aposentadoria seria com o salário integral? Sou secretária. Ou devo esperar e me aposentar apenas quando tiver 60 anos de idade? Qual é o mais rentável financeiramente pra mim? Grata pela atenção!

    • Oi, Isabel, você pode se aposentar porque já completou 30 anos de contribuição. O problema será no cálculo do benefício porque a média contributiva será multiplicada pelo fator previdenciário, calculado levando em conta a idade e a expectativa de sobrevida. Sem dúvida a aposentadoria por idade aos 60 anos seria maior, mas o valor que você perderia em 12 anos sem receber não seria recuperado nunca. Ou seja, matematicamente não vale esperar. Entre no site do INSS e faça uma simulação do valor da sua aposentadoria e então poderá ver o que representa o recebimento por 12 anos.
      Pardal

  9. Isabel disse:

    Muito obrigada por sua atenção e orientação. Att.
    Isabel

  10. sou professora municipal. Tenho 32 anos de contribuição e 59 de idade.posso me aposentar com o salario integral ou não? Aguardo sua resposta.

    • Oi, Aparecida, se o seu tempo todo é como professora da rede pública, no regime estatutário, pode se aposentar pela integral conforme as regras de transição da Emenda Constitucional 47/05. Consulte sua prefeitura.
      Pardal

  11. Socorro disse:

    sou professora da rede municipal. Sou contribuinte a 30 anos e tenho 50 anos de idade. posso me aposentar? A aposentadoria será integral ou não. Por favor me responda.
    Deste agradeço.

    • Oi, Socorro, você já tem a aposentadoria integral como professora, no regime próprio da prefeitura, mas tendo como base a média contributiva e não o último salário. Vale consultar o instituto de previdência sobre a aplicação da regra de transição da Emenda Constitucional 47/05.
      Pardal

  12. Tenho 59 anos e 32 anos e 5 meses de contribuição,
    posso me aposentar ?

    • Oi, Celso, ainda não vai dar, a aposentadoria por tempo de contribuição exige para o homem 35 anos completos de contribuição com qualquer idade, e a aposentadoria por idade só ocorre em 65 anos de idade, tendo o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  13. tenho 46 anos…..tive um acidente e minha saude foi para o espaço…..tenho ja uns 25 anos de contribuição, continuo trabalhando…mais gostaria de saber se posso me aposentar aos cinquenta anos, pois se cinto muito cansado…e sou hipertenso.

    • Oi, Pedro, sem completar 65 anos de idade ou 35 anos de contribuição só seria possível a sua aposentadoria se for por invalidez. Seria necessário um bom relatório do seu médico, requerer auxílio-doença e passar pela perícia médica do INSS.
      Pardal

  14. Tenho 55 anos e completei 35 anos comprovados de contribuição. Desses 35 anos, trabalho há 20 anos como funcionário público. Quando terei direito à aposentadoria integral?

  15. Tenho hoje 54 anos e tenho 35 anos de contribuição, porém da seguinte maneira:
    13 anos de contribuição no INSS ( privado) de 1974 até 1991.
    19 anos no serviço público estadual ( professor)
    ( deixei a rede estadual à três anos)
    e agora :3 anos no serviço federal ( concursado)
    Somando tudo dá 13+19+3= 35 anos, porém parte é do INSS, parte é do IPSEMG e parte do federal.
    Posso me aposentar pelo INSS?Por tempo?
    Devo averbar tudo no Federal e esperar fazer 10 anos de exercício?
    Aí eu terei 41 anos de contribuição e 62 anos.
    Qual a melhor opção pra mim?
    Por favor se puder me dê uma orientação.

    • Oi, Américo, para se aposentar no INSS você deverá estar contribuindo para ele quando for requerer o benefício, mesmo com a averbação dos tempos de outros regimes. É bom observar que a aposentadoria pelo serviço público também utilizará a média contributiva, e não mais o último salário.Para levar o tempo de estado para o INSS será fácil, basta levar a certidão e averbar, mas o tempo de serviço federal só poderá ser transferido se você se exonerar dele. Assim, você poderia retornar a contribuir para o INSS e averbar o tempo do estado, completar os 35 anos e se aposentar, seguindo no serviço público federal até 65 anos ou 70. OU pode averbar o tempo todo no serviço público federal e aguardar os dez anos mínimos.
      Vai ter que fazer muita conta para decidir.
      Pardal

  16. Tenho 53 anos, 30 anos e 10 meses de contribuição pela mesma instituição como bancária. Sempre contribui para o teto máximo. Porém realizei o agendamento no INSS para realizar o cálculo, e me surpreendi com o vlr. O terço que recebo atualmente. Como é feito o cálculo? Que direitos possuo?
    Início: 02/08/1982
    Nasc: 16/06/1960

    • Oi, Solange, a média dos maiores salários que representem 80% de todos de julho de 1994 até o início do benefício de quem contribuiu pelo teto não alcança o teto atual, e esta média é multiplicada pelo fator previdenciário, sempre um redutor. No site do INSS você pode fazer uma simulação e entender o cálculo.
      Pardal

  17. Olá pardal! entrei no serviço publico em 1982,como auxiliar de escrita,em 1990 passei a ser professora,ja era mais nao exercia a funçao trabalha na secretaria da escola,em julho faço 23 de professora em sala de aula,e tenho 31 de contribuição dos quais 8 foram fora de sala de aula,ja posso me aposentar como professora com proventos integrais.Mas entrei na justiça e foi parecer favoravel,com base no art.5 LXIX ,da CF,pois a sentença complementa que fiz jus em virtude da obtençao da estabilidade funcional prevista na art.19 da ADCT.

  18. ola, pardal, ingressei no ex-inamps em 01/09/1981, tenho 50 anos de idade, estou enfrentando umas lutas e gostaria muito de aposentar, entrei no site do inss e nao soube fazer os calculos de quanto iria receber. vc pode me ajudar com esses calculos, posso enviar por e-mail meus proventos,outra coisa, posso pedir aposentadoria pelo inss? enao pelo meu orgao, correria algum risco ruim se eu fizer isso? por favor me ajude.Preciso aposentar, mais nao gostaria de perder muito no salario com calculos errado. um grande abraço jurema

    • Oi, Jurema, se você é funcionária do ex-INAMPS, é atualmente servidora pública do Ministério da Saúde e assim não tem nada a ver com o INSS. Com 50 anos de idade não existe qualquer aposentadoria para se calcular, e se for servidora pública, pode até se aposentar pelo último salário. Eu não faço cálculos ou consultas pela internet e nem mesmo neste blog; apenas esclareço o que é possível mas sem consulta pessoal. Você deve consular o Ministério da Saúde sobre as suas possibilidades de aposentadoria.
      Pardal

      • muito obrigada mesmo, no meu orgao pedi contagem de tempo insalubre, ja faz 2 anos e eles ainda nao me deram rsposta, mes de maio/2013 entrei em contato novamente e eles me disseram q eu podia pedir abono permanencia, mais nao quero esse abono, queria mesmo era aposentarm ora se posso pedir o abono como nao posso aposentar? me parece contraditorio, entende? mais desculpe se fui alem no meu pedido ao senhor, mais agradeço porque pela primeira vez obtive resposta. um grande abraço jurema

  19. ola, pardal, confesso ao senhor que com 32 anos de serviço publico pensei em poder aposentar independente da idade, fiquei triste, mais fazer o que nao é. mais uma vez obrigada, infelizmente problemas na secretaria onde trabalho nao posso relatar em publico, que Deus me de forças e opere grandemente em favor do povo. Continue cuidando de sua familia e que Deus te abençoe e continue te usando pra nos ajudar. um abrç. jurema

  20. Raquel Nunes disse:

    Completei 30 anos de contribuição em maio 2013, completo 55 anos de idade em julho 2013, estou esperando a data do meu aniversario para entrar com o pedido de aposentadoria. Pergunto: Faz alguma diferença esperar completar 55 anos de idade? Obrigada, Raquel Nunes.

  21. Ola pardal, quero saber dia 1/julho/2013 completo 32 anos de contribuição tenho 52 anos posso receber aposentadoria integral, ou tenho que completar os 35 anos de contribuição.
    Obrigado.

    • Oi, Arnaldo, você nem consegue se aposentar enquanto não completar os 35 anos de contribuição. A aposentadoria proporcional não existe mais, e no “integral” atual existe o fator previdenciário como redutor.
      Pardal

  22. Prezado Sérgio,

    Em abril de 2014 completo 35 anos de contribuição para o INSS e 54 anos de idade – teto máximo( trabalhei todo este tempo como celetista em empresa de economia mista). Pretendo até lá entrar no serviço público federal. Neste caso qual seria a melhor opção? Me aposentar antes pelo INSS ou averbar tempo de contribuição para o INSS com o objetivo de levá-lo para o serviço público e l´me aposentar após 10 anos de trabalho? Observação: hoje recebo 5.700,00 ( nível superior) na nova função pública receberei R$ =- R$13.000,00

    Atenciosamente,

  23. Boa tarde Sr. Sergio Pardal, tenho 52 anos de idade e 35 anos de contribuição + PPP de 1991 a 1999. Minha media salarial e entorno de R$ 3.700,00 bruto.
    Qual seria meu ganho aproximado na minha aposentadoria?
    Não consigo fazer o calculo e venho a vc para me ajudar se vale apena me aposentar agora e esperar mais 5 anos.
    Obrigado aguardo resposta.

    • Oi, Ricardo, 8 anos de tempo especial podem render mais uns 3 anos no cálculo final, com pouco resultado sobre a renda mensal. Assim, vale você fazer a simulação no site do INSS sobre o valor do seu benefício, e repetir somando 3 anos de contribuição. Na maior parte das vezes não vale a pena esperar porque o que você deixa de ganhar leva muito tempo para recuperar com a diferença.
      Pardal

  24. conceição disse:

    O que é considerado tempo de serviço anterior à EC 20/98?

    É a contagem direta do tempo que a pessoa iniciou o registro na CTPS, mesmo que haja lacunas?
    Tenho uma sobrinha que aposentou-se, por invalidez, pela Prefeitura de São Bernardo com 16 anos de contribuição (1996 a 2012), porém ela tem registros na CTPS desde 02/01/1984, com interrupção de 03 anos, durante os quais não recolheu.
    Teria ela antes da EC 20/98 considerado todo este tempo como de serviço? Ou estes 03 anos não são computados?

    Porque se não for assim,não é a mesma coisa que tempo de contribuição?

    Grata

  25. conceição disse:

    Olá, Professor.

    Só agora vi o seu nome. Fui sua aluna na Católica de Santos em 2001. Peço desculpas pela minha dúvida, mas gostaria muito de ajudar a minha sobrinha e fiquei confusa.
    Parabéns pelo seu ótimo trabalho, pena que na Faculdade o tempo de aula muito pequeno.

  26. Sr. Sergio Pardal, gostaria de tirar uma dúvida:
    Meu avô se aposentou em 27/05/96 recebendo o equivalente a R$ 802,15 o que equivalia a aproximadamente sete vezes o mínimo da época, já que era de R$ 112,00. Ocorre que hoje em dia ele recebe um rendimento mensal de R$2.503,55 o que equivale a aproximadamente 3,5 vezes o valor do salário mínimo vigente que é R$678,00. Dando uma pesquisada eu reparei que o teto da previdência é de R$ 4.159,00. A aposentadoria vem sendo atualizada de acordo com o INPC, contudo mesmo com os reajustes anuais de acordo com os índices, gostaria de saber se posso me utilizar de uma ação revisional para manter a proporcionalidade, e no caso de se atingir o teto se posso pedi-lo com base nesse argumento. Pois o reajuste pela alíquota vem acontecendo anualmente, mas o valor da aposentadoria em sí não mantém a proporcionalidade inicial. Aguardo Resposta. Desde já agradeço.

    • Oi, Olavo, acontece que a Constituição de 1988 proíbe a utilização do salário mínimo como referencial para qualquer conta. O salário mínimo realmente teve aumentos reais e isto não poderia ser passado como correção, mas infelizmente as atualizações desde 1992 não têm representado a inflação de verdade. Sobre a recomposição que foi feita no limite, as ações com base nesta tese já foram absolutamente derrotadas no STF, inclusive as patrocinadas por este advogado.
      Pardal

  27. gostaria de saber,a minha tia tem 17 anos de contribuição e falta 1 ano para ela se aposentar,sera se tem como ela se aposentar antes disso?a mesma pode parar de contribuir pois ja passou do tempo de contribuição que e de 15 anos?

  28. Tenho 33 anos e 01 mês de contribuições completados em 2006. Porém no período de junho de 2004 a 2006 não contribuí por 1 ano e 11 meses, porém, trabalhei como corretor, sendo que não vendi nada.

    A partir de setembro de 2007 tirei o Creci. Gostaria de saber se posso recolher este período de uma só vez para me aposentar agora e se sim, sobre qual valor e percentual.
    Também já faço 63 anos em janeiro/2014, devo esperar a aposentadoria por idade ?

    Incluído neste tempo 04 anos são comprovados por Carteira assinada, cujo empregador não recolheu o INSS, mas reteve o INSS do meu contracheque.

    O INss não quer aceitar este tempo e a empresa foi a falência sem que a tivesse realmente decretada por falta de bens.

    O INSS quer uma carta do Síndico, o qual já procurei e disse não ter nada a ver, pois não houve habilitação de credores.

    Li no jornal, uma entrevista com o Sr>Daniel Dantas do INSS falando que o INSS a partir de agora estaria obrigado a receber os registro na Carteira como comprovante do tempo de contribuição, além da Súmula 13 do TST.

    Como faço? Não queria entrar com ação.

    Desculpe por tantas perguntas, mas o senhor é o único que posso contar.

    Grato

    Paulo

    • Oi, Paulo, depende do INSS receber ou não o passado e na grande maioria das vezes não vale a pena.
      Pardal

      • Maíra disse:

        Estou em auxílio doença desde 2005, sendo que houveram períodos em que o auxílio foi suspenso. Entrei com uma ação e ganhei os valores destes períodos, está na contadoria do Juizado Especial.
        Fiz outra perícia no início do ano e o INSS comunicou que o perito me considerou apta para trabalhar, apesar de todos meus sérios problemas de saúde. Perdi o prazo de 10 dias que me deram pois não sabia como proceder e depois orientada pedi prorrogação, mas perdi.
        Meu auxílio foi suspenso e só soube porque fui procurar informações.
        Agora me orientaram para o recurso e eu pedi para o dia 09 de setembro.
        Minha dúvida agora é o que pode acontecer se tiver este recurso negado.
        O processo que tratou do retorno do pagamento do auxílio e dos retroativos está aberto.
        É neste mesmo processo que posso pedir o retorno do pagamento?

        Grata

        Maíra

  29. bom dia acabei de completar 48 anos e tenho mais de 30 anos de contribuição vale apena me aposentar

  30. JOAO RAMOS disse:

    ola tenho 32 e 9meses de contribuicao..posso dar entrada em minha aposentadoria…visto que dentro desse tempo tenho mais 5 anos como operador de empilhadeira e trabalho anoite…ganho mais alguns anos..att joao ramos

  31. oi minha mãe já tem 30 anos de contribuição e ela tem 52 anos gostaria de saber se ela já pode se aposentar e quanto ao beneficio tem alguma alteração ela recebe a menos se ela der entrada nas papelada agora.

    • Oi, Vanessa, no site do INSS você pode fazer uma simulação do cálculo do benefício, e ali você verá o fator previdenciário, redutor em razão da idade. Na grande maioria das vezes não vale a pena esperar.
      Pardal

  32. denise Mayer disse:

    Boa Tarde.

    Gostaria de saber qual a idade mínima para aposentadoria por tempo de contribuição.
    Contribui 30 anos, e 53 anos de idade.
    Posso entrar com pedido ou tenho qua aguardar até alguma idade minima?

    • Oi, Denise, com 30 anos completos de contribuição você pode se aposentar com qualquer idade; porém, no cálculo tem o fator previdenciário que leva em conta o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de sobrevida.
      Pardal

  33. Estou com 50 anos e 35 de contribuição, se eu me aposentar hoje, qual o valor eu irei receber mensal.

    Att
    José

  34. Boa noite,
    gostaria de fazer duas perguntas:
    a) trabalho na rede municipal e tenho 25 anos de contribuição com o INSS e 44 anos de idade, como soube que mesmo ao completar 30 anos de contribuição o benefício será irrisório, gostaria de saber se posso pedir agora a aposentadoria proporcional?
    b) é possível averbar este tempo de contribuição do INSS no IPSEMG ( trabalho também na rede estadual mineira)? Se positivo, qual o procedimento?Aí poderei me aposentar ao completar 30 de contribuição e 50 de idade?
    Obrigada!

  35. Meu pai era funcionario publico e ja tinha tempo de contribuicao para se aposentar mas faleceu antes de se aposentar ,eu teria direito a essa aposentadoria

  36. Oi, Rosemeire, você não pode pagar esse tempo, vale ressaltar que a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente.

  37. Professor Sergio, bom dia:

    Tenho 52 anos e faltam dois anos e meio para eu completar 30 de contribuição. Atualmente, estou desempregada, mas como sempre ganhei bem e, por isso, minha contribuição era sobre o teto salarial, continuei contribuindo, como autônoma, com RS 831,80 (graças à ajuda de meu marido). Minha dúvida é se posso pagar dois anos pelo valor mínimo da contribuição, sem prejuízo no cálculo da aposentadoria. Desde já, obrigada pela atenção.

    • Oi, Rosana,

      Pode sim, porque a média se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 até o início do benefício, lembrando que a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente.
      Pardal

  38. Eliana disse:

    Olá Dr. Pardal!
    Tenho 55 anos, 29 de contribuição, sou portadora de Artrite Reumatoide e muita vezes vou trabalhar sem nenhuma condições de segurar uma folha de papel, quanto mais digitar documentos enfim executar minhas tarefas administrativas (Assistente Administrativa).
    Tem direitos a aposentaria por invalidez uma pessoa com AR?

    Grata
    Eliana

    • Oi, Eliana,

      a Aposentadoria por invalidez é devida quando o segurado fica incapacitado para qualquer trabalho que lhe garanta a subsistência e o Auxílio-doença é devido para o segurado que fique incapacitado para o trabalho por mais do que 15 dias, independentemente da doença que o acometa, passando obrigatoriamente pela perícia médica do INSS. Talvez seja o caso de primeiro requerer o auxílio-doença.
      Pardal

  39. Dr. Pardal, minha esposa tem 31 anos de contribuição e 54 anos de idade. Ela quer deixar de trabalhar, mas não pensa em se aposentar agora devido à grande perda que o fator previdenciário causará em seu benefício. Caso ela opte por não se aposentar e aguardar mais alguns anos, ela deve continuar contribuindo ao INSS ou poderá parar de contribuir? Antecipadamente agradeço.

    • Oi, Fernando,

      Provavelmente o ideal é ela requerer a aposentadoria já, pois esperar é perder dinheiro, de qualquer forma, é preciso fazer os cálculos, para ver se esperar vale a pena e já lhe adianto que na grande maioria das vezes não vale a pena esperar. Ressaltando que Aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente e a média se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 até o início do benefício.
      Pardal

  40. Claudia disse:

    Meu marido faleceu e ele é aposentado por tempo de contribuição. Gostaria de saber se agora eu como esposa tenho direito ficar recebendo o dinheiro da aposentadoria?

  41. Em 05/02 fiz uma simulação do meu tempo de contribuição utilizando a própria planilha de cálculo disponibilizada pelo INSS em seu site. Naquela data faltavam apenas 9 dias para que eu cumprisse o prazo de 35 anos, ou seja, em 14/02/14. Como sou contribuinte individual facultativo, faço meus recolhimentos mensais via GRPS. Diante disto, tenho as seguintes dúvidas: 1) Devo recolher a competência 02/2014 normalmente, ainda que só precise comprovar 14 dias ?? 2) Se este recolhimento for necessário, posso antecipar o pagto. de forma que eu possa dar entrada no processo de aposentadoria mais rapidamente ???

  42. VALDECI disse:

    Boa Noite, Sergio?

    Tenho 48 anos de idade e 30 anos e 01 mês de contribuição, o valor da aposentadoria que vou receber é de apenas 54% do total. Oque devo fazer, aproveitar que já saiu e aposentar, ou cancelar esta aposentadoria, aguardar mais 01 ou 02 anos e dar entrada novamente? isto aumentaria aposentadoria para quantos por cento??Porque nao queria esperar ate os 55 anos de idade.

  43. bom dia eu gostaria de saber se posso me aposentar com 53 anos de idade e 35 de contribuiçao

  44. pedro disse:

    tenho 34 anos de contribuição estou com 50 anos,entrei numa prefeitura regime clt,preciso trabalhar mais 5 anos para poder se aposentar

    • Oi, Pedro,

      A Aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente.
      Pardal

  45. bruno almeida disse:

    Boa tarde, Sergio.
    Primeiramente, parabéns pelas explicações. Meu caso é um pouco diferenciado e gostaria de ver sua opinião.
    Recolho a contribuição INSS desde 1997, ou seja, antes da primeira reforma (comecei a recolher com 14 anos, como estudante). Contribui ininterruptamente até 2009, quando tomei posse em um cargo público federal.
    Desta forma, atingirei 35 anos de contribuição (total) quando eu tiver 49 anos de idade (hoje, tenho 30!).
    Para efeitos de aposentadoria, há algo que eu possa fazer para aproveitar todo este tempo de contribuição?
    Em caso negativo, caso seja da minha vontade, quando eu atingir 35 anos de contribuição (49 anos de idade), posso pedir algum tipo de “licença” não remunerada e solicitar aposentadoria quando chegar aos 60 anos de idade? Haveria algum prejuízo futuro?
    Última dúvida: eu conseguiria aproveitar melhor estes anos de contribuição se migrasse para o Funfpresp?
    Obrigado antecipadamente,
    Bruno

    • Oi, Bruno, se como servidor público você contribui para um regime próprio e não para o INSS não vai completar o tempo no mesmo regime. Além disso, no serviço público existe a idade mínima para se aposentar e será preciso fazer a averbação do tempo de INSS para o cálculo final. Assim, não vejo possibilidade de licença como você fala. No serviço público não é possível se aposentar se não estiver ativo no serviço público.
      Pardal

  46. Trabalho como Operador de empilhadeira esta função e considerada atividade especial ena contagem de aposentadoria integral tenho alguma carência?

    • Oi, Flavia,

      A Aposentadoria Especial é modalidade de aposentadoria por tempo de serviço, diminuído para 15, 20 ou 25 anos em razão das condições de trabalho insalubres, periculosas ou penosas a que estiver submetido o trabalhador. E para contagem de tempo especial é necessário laudo técnico acompanhando o informativo do empregador atualmente chamado de perfil profissiográfico Previdenciário – PPP, que comprove que suas atividades forma exercidas em condições de trabalho insalubres, periculosas ou penosas. Atualmente, não se define o direito a aposentadoria especial pela função que o trabalhador exerce, de qualquer forma, qualquer dúvida, sempre é aconselhável procurar, em sua cidade ou região, um advogado especialista e de sua confiança.
      Pardal

  47. Prezado Sérgio,

    Tenho 50 anos e 32 anos de contribuição, gostaria de saber se já poderia me aposentar e se teria muita perda sem esperar o limite de idade – 53 anos.
    O que precisaria para levar ao INSS? PPP de cada empresa somente?

    Muito agradecido.

    • Oi, Sergio,
      Aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente.
      Pardal

  48. Olá Sergio, tenho 54 anos e 20 anos de contribuição, tem como me aposentar? Não estou contribuindo mais. Obrigado.

    • Oi, Isabel, a aposentadoria por tempo de contribuição para a mulher exige 30 anos completos com qualquer idade, e a aposentadoria por idade ocorre aos 60 anos para a mulher, com o mínimo de 15 anos de contribuição a qualquer tempo.
      Pardal

  49. Aposentei, mas continuei trabalhando por mais 7 anos contribuindo pela maximo.
    tem possibilidade e revisão para aumentar o meu ganho.

    • Oi, Sergio, você pode tentar judicialmente a desaposentação por um benefício mais favorável, mas é preciso procurar um advogado especialista e de sua confiança, em sua cidade ou região, para ajuizar a ação.
      Pardal

  50. Olá Professor ..Boa Noite..Peço a gentileza de me esclarecer umas duvidas..Tenho 51 anos me aposentei por tempo de contribuição em julho/12 e continuei a trabalhar na mesma empresa durante um ano e meio a qual saindo em 12/13.Hoje recebo de aposentadoria 2 SM.Mas verificando a memoria de calculos os 80% dos salarios maiores eles colocaram alguns salarios com valores menores .Minha pergunta é: Isto pode levar eu a ter a aposentadoria com valor menor.Pois nestes 30 anos tive muitos meses com salarios altos pois fazia muitas HE.Vale a pena ir no INSS e verificar ,ou uma vez calculado não tem retorno.Desde já gradeço. Evani

  51. olá minha mãe tem 60 anos e 21 de carteira e quer se aposentar por tempo de trabalho;isso é possivel? Ela se aposentando terá direito ao abono no fim do ano ?
    Grato!

    • Oi, Marcia,

      A Aposentadoria por idade exige 65 anos para o homem e 60 para a mulher, com o mínimo de 15 anos de contribuição em qualquer tempo. e a aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente.
      Pardal

  52. Caro Profesor;eu tenho 62 anos e trabalhe no Brasil do ano 1977 ao 1990 Depois volte ao Brasil no ano 2009 e trabalhe ate o ano 2010; tudo registrado em carteira de trabalho.
    Minha pergunta ; tenho direito a me aposentar cuando eu faca 65 anos de idade.
    muito obrigado
    um abraco

  53. Boa noite Professor.,

    Tenho 47 anos de idade.
    Trabalhei 16 anos em empresas de combustível na área administrativa, e mais 10 anos em outros locais sem periculosidade, ou seja.,

    16 anos área de perigo(combustível)
    10 anos área norma sem periculosidade.

    se eu aptar para aposentar por tempo de contribuição. como ficará essa conversão de 16 anos na área de periculosidade?
    Obrigado!

  54. Lea Almeida disse:

    Tenho 54 anos de idade – 29 anos e 27 dias de contribuição no INSS. Pergunta: espero completar 55 anos (dez/14) ou dou entrada logo na aposentadoria? Ou começo a trabalhar em outra empresa e espero até 60 anos de idade?
    (Por que o Sr sempre fala que não vale a pena esperar?)

  55. Dr. Sérgio, com 34 anos e 5 meses, cumprindo o pedágio, pergunto: a cada ano trabalhado 5% a mais sobre os 70%, de desconto na aposentadoria proporcional? Estou em um momento difícil, preciso me aposentar urgente.
    Sei que terei perdas, será que voltando a contribuir consigo reverter na justiça?

    • Oi, João,

      Aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente. A aposentadoria proporcional só é benéfica paras homens que, em dezembro de 1998, tinham 19 anos ou mais de contribuição e as mulheres que, na mesma época, já tinham 14 anos ou mais de pagamento ao instituto e que além disso, terão o seu benefício no valor de um salário mínimo.
      Devido à regra de transição imposta pelas mudanças das regras previdenciárias da época –ou seja, em dezembro de 1998–, o pedágio acaba fazendo com que quem tinha menos contribuições que o exemplificado acima atinja as condições para a aposentadoria integral antes de cumprir o exigido pela proporcional.
      Sobre voltar a contribuir e depois acrescer essas contribuições em um novo cálculo para aposentadoria, não dá para saber se vai dar certo, atualmente, isso não é possível.
      Pardal

      Ou seja, a soma do tempo de contribuição exigida para a aposentadoria proporcional, mais os 40% do pedágio –que não entram na conta do benefício– acabam, para os segurados com menos de 19 (homens) ou 14 (mulheres) anos de contribuição, dando um valor superior ao exigido para o benefício integral.

  56. ESTOU COM 50 ANOS, E 30 DE CONTRIBUIÇÃO. GOSTARIA DE SABER SE POSSO ME APOSENTAR INTEGRAL. ATUALMENTE CONTINUO TRABALHANDO, MAS ESTOU MUITO INSATISFEITA E QUERO ME APOSENTAR, SÓ QUE O VALOR DIMINUINDO NÃO DÁ PARA EU SOBREVIVER. COMO TEM UM PERÍODO CERTO PARA SER FAVORECIDO PELA LEI, GOSTARIA MUITO QUE FOSSE ANALISADO.
    GRATA.

    • Oi, Maria,
      Aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente. E a média se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 até o início do benefício, para saber o valor da aposentadoria, você deve fazer a simulação no site do INSS.
      Pardal

  57. Tenho 55 anos sou professora e tenho e 18 anos de contribuição.Posso pedir a aposentadoria?Será integral ou proporcional?Como sou funcionária da prefeitura nosso regime é o estatutário.

    • Oi, Claudete, aposentadoria por tempo de contribuição exige para a mulher 30 anos completos, podendo ser 25 como professora. A aposentadoria por idade exige 60 anos com o mínimo de 15 anos de contribuição.
      Pardal

  58. estou com duvida!

    comecei a contribui em 17/07/1999 ou seja, já tenho 15 anos de contribuição, valor que pago até então é de R$ 144,80. estou duvida se começo a contribuir agora faltando 20 anos para completar ou deixou para começar a contribuir com teto máximo quando tiver faltando 15 anos..o que sugere? não consigo entender conta que o INSS faz média das 80 % da contribuição, poderia justificar:

    grato..

    • Oi, Marcelo,

      A conta é simples, a média se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 até o início do benefício, para saber o valor da aposentadoria, você deve fazer a simulação no site do INSS.
      Pardal

  59. Olá,
    Tenho 48 e anos de idade e 30 de contribuição, atualmente tenho uma renda de 3.300,00
    tem uma média de quanto seria a perda?

    • Oi, Elisiane,
      Aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos completos para o homem e 30 para a mulher, sem qualquer exigência de idade, porém com o fator previdenciário utilizado obrigatoriamente. E a média se faz pelos maiores salários que representem 80% de todos desde julho de 1994 até o início do benefício, para saber o valor da aposentadoria, você deve fazer a simulação no site do INSS.
      Pardal

  60. Flávio Paes disse:

    Prezado Pardal, recebi a carta concessão como segue: “APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUICAO (42), requerido em 10/06/2014 com renda mensal de R$ 2.722,91 calculada conforme abaixo, com início de vigência a partir de 10/06/2014. Data de concessão do benefício: 11/07/2014. Id = 53 anos, Es= 27,1 anos.”

    E acho que o correto seria: Id=54 e Es=26,3, pois minha data de nascimento é 10/07/1960 e a data agendada na APS foi em 10/07/2014, quando dei entrada no processo, embora tenha completado 35 anos em 10/06/2014 e pagando o teto. Estou certo na minha colocação? Como proceder neste caso? Outra dúvida, devo de fato requer minha aposentadoria já? Desde já agradeço a atenção dispensada.

    • Oi, Flávio, eu já respondi para você. Procure a autarquia do INSS e se queixe; faça com que calculem o benefício na data que for melhor. Se você deve se aposentar agora, é uma questão de contas. Neste blog já tratamos bastante do assunto. Dê uma olhada.
      Pardal

  61. aposento ainda este ano pelo inss,sou serv.pública, posso montar meu proprio negocio, aos 60 anos de idade

  62. Margareth disse:

    Tenho 55 anos de idade e 17 de contribuição como professora. Já posso me aposentar por idade?
    se sim qual o percentual que me aposentaria?

Comente