Bebidas

Um brinde à cerveja!

Os deliciosos e refrescantes vinhos brancos, roses e espumantes que me desculpem mas Verão também tem que ter cerveja! Foi pensando nisso, que durante a estação mais quente do ano, a coluna Momento DiVino, pela sommelière Cláudia Oliveira, que está de férias, este espaço será dedicado aos fermentados de cereais. E eu, Aline Araújo, sommelière de cervejas e apaixonada pelo tema, compartilharei algumas informações para que você, leitor, se surpreenda e entenda um pouco mais…

Peixes e frutos do mar

Com preço mais baixo, camarão combina com verão

Rosa, pistola, cinza e sete-barbas. São essas as espécies de camarão mais comuns no Brasil. De sabor suave e textura delicada, esses crustáceos – que podem ser de água doce ou salgada – são estrelas em qualquer refeição. A dica é consumi-lo o mais fresco possível (fica bem por, no máximo, dois dias na geladeira ou um mês no congelador). A boa notícia é que o camarão está com o preço cerca de 15% mais…

Nutrição

Na gastronomia, 2019 sustentável

Assim como nas passarelas, a gastronomia também tem suas tendências. O cenário para 2019 foi se desenhado este ano. Entre os que estão se destacando estão os fermentados, tanto na panificação como na cerveja artesanal e, principalmente, nos legumes, frutas e bebidas. Os benefícios ao organismo dessas bactérias resultantes da fermentação e os sabores diferenciados que se alcançam estão encantando chefs há algum tempo e chegaram também aos lares. A preocupação dos restaurantes com o…

Dietético

Alimentação detox ajuda a eliminar toxinas depois dos abusos

Novo ano, hora de retomar a rotina de uma alimentação balanceada ou de introduzir bons hábitos alimentares. E nada melhor que um bom cardápio detox para limpar o organismo dos abusos nos dias de folia. A dica é da nutricionista Manuela Valente, da equipe da Dieta Vitória. Ela explica que depois de dias com excessos na ingestão de gordura e açúcar, o ideal é consumir muita água e lançar mão de uma alimentação balanceada, que…

Natal e Ano-Novo

Rituais da sorte à mesa

A virada do ano é sempre envolta em simbolismos e a mesa não fica de fora. A própria palavra Réveillon deriva do verbo francês réveiller, que significa revelar, despertar, acordar. É o fechamento de um ciclo. “As comidas carregam a simbologia da fartura”, diz a coordenadora do curso de Gastronomia da Unimonte, Fátima Duarte. Os grãos, por exemplo, remetem à multiplicação. Arroz, lentilha, feijão, milho simbolizam a fertilidade. No Brasil, como temos influência árabe direta…