Netão dá dicas e receitas para o churrasco

Assar carne na brasa e reunir a família e amigos em volta da churrasqueira é um dos rituais mais amados pelos brasileiros. Fomos, então ouvir, o santista Domingos Neto, conhecido como Netão, que é um dos maiores especialistas do País. Seu canal no YouTube tem centenas de milhares de seguidores, assim como seu Instagram. Ali, ele dá dicas e receitas. Ele começou cedo. Seu pai comprou um açougue quando ele tinha 7 anos e desde então ele vive esse universo, tornando-se uma referência quando o assunto é carne. Tem sido um precursor na divulgação de novos cortes de carne, como os de dianteiro, antes pouco usados na brasa.
Quais cuidados tomar na hora da compra da carne para o churrasco?
Primeiramente, fuja de carnes muito escuras, quase com cor de goiabada, pois têm o PH mais elevado e com certeza não serão macias. Outra dica é quanto às carnes embaladas a vácuo. Não deve haver muito líquido dentro da embalagem, pois a exsudação é um sinalizador de que essa carne ou passou por oscilações de temperatura ou está a muito tempo dentro da embalagem.
Quanto de carne devemos calcular por pessoa?
O cálculo de carnes normalmente é de 300g por pessoa, mas em churrasco, essa estimativa sobe um pouco. Uso nos meus churrascos a base de meio quilo por pessoa.
Como preparar uma boa picanha, a carne preferida do brasileiro?
Leve a peça inteira à churrasqueira em brasa forte e deixe selar por três minutos de cada lado para dourar bem a gordura. Retire da brasa e corte a picanha em steaks ou tiras (perpendicular) e volte para a grelha por mais três minutos de cada lado. Retire e deixe descansar por um minuto. Fatie e coloque flor de sal ou sal de parrila.
Qual sua carne preferida no churrasco e como você indica prepará-la?
Gosto de todas, mas um dos meus preferidos é o Flat Iron, um corte de dianteiro, que antigamente seria considerado um corte de segunda. Mas, com a evolução da qualidade das carnes, ele passou a ser considerado o segundo corte mais macio, (comprovado em teste de cisalhamento, simulando a mordida) quase tão macio quanto o filé mignon, porém bem mais saboroso. Para preparar, coloque sal de parrilla em toda a peça de Flat Iron e deixe por 7 minutos antes de levar à brasa. Passado esse tempo, coloque na grelha com a brasa bem forte e deixe por 1 minuto e meio de cada lado. Retire da brasa, deixe descansar por um minuto, fatie e sirva. E o Bife de tira, extraído da parte mais nobre da chorizo, o Bife de Tira é um corte muito utilizado por nossos vizinhos portenhos e uruguaios. Nada mais é do que o Bife de Chorizo cortado na transversal, no sentido dos ossos, extremamente macio e com uma bela e saborosa camada de gordura. Fica muito bom servido com molho chimichurri uruguaio ou argentino. Para preparar, coloque o Bife de Tira na churrasqueira, deixando três minutos de cada lado, em grelha baixa, a 20 cm da brasa. Em seguida, suba a carne para uma grelha a 40 centímetros da brasa e deixe por mais cinco minutos para acertar o ponto. Tire da grelha, deixe descansar por três minutos, fatie e finalize com flor de sal ou sal de parrila. Depois, é só regar de chimichurri e servir.

———————————————

RECEITA 

Maminha com molho de champignon e mostarda

Ingredientes: molho: 200 ml de mostarda Dijon; 200 ml de creme de leite; 1 cebola; 1 dente de alho; 200g de champignon; meia xícara de salsinha picada; sal e pimenta-do-reino a gosto. Carne: 1 peça de maminha.
Preparo: molho: em uma frigideira coloque manteiga e a cebola, tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto, quando a cebola estiver transparente, adicione o alho e os cogumelos, doure por um minuto, adicione a mostarda dijon misture bem e retire do fogo– esse o momento é ideal para adicionar o creme de leite, misture até ficar bem homogêneo e finalize com salsinha picada. Maminha: sele em brasa forte por dois minutos de cada lado, coloque no segundo andar da frigideira por 20 minutos para acertar o ponto. Retire da churrasqueira, fatie e sirva com o molho de champignon e mostarda dijon.