G.O.A.T. aposta em pratos para dividir

Boa mesa - Restaurante Goat

Com um cardápio que mescla influências asiática, europeia e brasileira, o G.O.A.T. (Greatest of All Time) Dining Club tem novidades assinadas pelo chef Bruno Mello. A casa aposta em pratos para compartilhar e harmonizar com cervejas e drinques.
Entre eles, destaque para o Gravlax de Salmão, produzido na casa e que segue a receita nórdica, que inclui ervas como dill, especiarias e beterraba, que dá a cor mais forte ao peixe. Ele fica curando por 48 horas, o que confere um sabor diferenciado. É servido com mostarda Dijon com grãos, molho de raiz forte e blinis, que são pequenas e macias panquecas (R$ 44).
O chef Bruno é um empolgado estudioso e entusiasta da gastronomia de fusão, que une sabores do mundo com preparos que seguem técnicas apuradas. Ele também é um defensor do uso integral dos alimentos, o que acontece com o salmão, cuja parte que seria descartada é o principal ingrediente do caldo de peixe para o preparo do risoto de arroz negro com alho-poró e cogumelos, acompanhado por um filé de salmão feito no ponto correto do peixe (R$ 42). O prato é a pedida para quem quiser jantar antes da balada, já que a casa abre cedo e é uma boa opção também como restaurante.
Os espetinhos de frutos do mar (R$ 57) fazem sucesso e também são fartos. Vêm acompanhados de legumes grelhados, aioli de cúrcuma e sourcream.
O Trio de Tacos (R$ 32) traz o frescor da cozinha mexicana. Tem pasta de feijão, salsa pico de galo, sourcream com pimenta chipotle.
Os sanduíches merecem destaque. O de pernil desfiado é uma homenagem à comida preferida da saída de estádio. Na releitura do chef, tem ainda salada coleslaw, queijo gruyere e abacaxi (R$ 27).

SERVIÇO: G.O.A.T. ( RUA TOLENTINO FILGUEIRAS, 30, GONZAGA). FUNCIONAMENTO:ABRE ÀS QUARTAS,  DAS 18 ÀS 2 HORAS, E, DE QUINTA
A SÁBADO, DAS 18 ÀS 4 HORAS.