Alimentação detox ajuda a eliminar toxinas depois dos abusos

Novo ano, hora de retomar a rotina de uma alimentação balanceada ou de introduzir bons hábitos alimentares. E nada melhor que um bom cardápio detox para limpar o organismo dos abusos nos dias de folia.

A dica é da nutricionista Manuela Valente, da equipe da Dieta Vitória. Ela explica que depois de dias com excessos na ingestão de gordura e açúcar, o ideal é consumir muita água e lançar mão de uma alimentação balanceada, que vai auxiliar na eliminação de toxinas. “Tome muita água, suco detox ou chá. Uma sugestão para estimular este hábito é fazer a água saborizada, acrescentando gengibre, hortelã ou canela em pau na água gelada”.

Outra opção neste processo é beber água de coco, fonte de minerais e vitaminas. Mas se a ideia é perder peso, é preciso moderação. “Para não prejudicar o processo. Se não tiver preocupação com o emagrecimento, a água de coco é uma ótima opção para hidratar e limpar o corpo dos abusos”.

Manuela orienta também a ingestão de sucos detox, excelentes para esse período de limpeza do organismo, mas pontua que apenas o suco não é suficiente. “Precisamos de uma alimentação balanceada para essa destoxificação. O ideal é que o suco seja consumido sem coar, já que as fibras carregam as toxinas, o colesterol e o açúcar do sangue”, recomenda ela.

Também vale apostar em chás com ação anti-inflamatória e destoxificante, que podem ser consumidos gelados e são muito refrescantes. Manuela indica os seguintes: verde, dente de leão, menta e camomila. Se quiser receitas, clique aqui

A nutricionista lista os alimentos com ação detox:

Frutas vermelhas: uva, cereja, amora, açaí ou mirtilo são antioxidantes e anti-inflamatórios. Esses alimentos são importantes protetores hepáticos, tendo em vista que o fígado é o principal órgão responsável pela destoxificação.

Folhas verdes escuras: agrião, brócolis, repolho, rúcula e couve contêm compostos enxofrados que contribuem para a eliminação de xenobióticos (compostos químicos estranhos ao organismo, produzidos pela indústria ou pela natureza, através de vegetais e fungos).

Ovos: contêm colina e essa, por sua vez, facilita o transporte da toxina para sua eliminação.

Oleaginosas e sementes: castanha do pará, amêndoas, macadâmia, linhaça, semente de girassol e chia são fonte de nutrientes, como selênio, zinco, cobre, manganês, magnésio e cálcio. São elementos essenciais para a fase de detox, e sem eles não conseguimos eliminar as toxinas do corpo.

Peixes: sardinha, corvina e cavala são fonte de aminoácidos enxofrados de fácil digestão e contêm de ômega 3.

Temperos e especiarias: cúrcuma, alecrim, páprica, pimenta preta, gengibre, salsa, manjericão, alho e cebola. Faça seu próprio sal de ervas, basta misturar sal marinho, alecrim, orégano, salsa, sálvia e manjericão.