Redes Sociais

Como são criadas as fake News?

Como são criadas as fake News?

Um relatório anual realizado pelo Instituto Reuters de Estudos do Jornalismo, intitulado Journalism, Media and Technology Trends and Predictions 2019, oaponta que o WhatsApp se tornou uma rede chave para informação e desinformação no Brasil. 

A primeira pesquisa preliminar do relatório mostra que o conteúdo enganoso segue frequentemente uma ordem. Primeiro é discutido em redes anônimas ou Deep Web, em sites como (4chan e Discord), depois é coordenado em redes fechadas ou semi-fechadas como grupos WhatsApp ou Facebook, é então socializado em comunidades como fóruns do Reddit , canais ou Youtube, por fim para serem distribuídos de forma coordenada em redes abertas, de maior escala como Facebook, Twitter e Instagram. A mídia tradicional pode, muitas vezes, agravar o problema captando e ampliando essas reivindicações. (Com+ USP)

O relatório também cita o projeto Comprova, uma aliança de 24 redações que deu início a um caminho onde pessoas comuns podiam enviar informações para serem verificadas. A equipe chegou a lidar com 2.000 mensagens por dia, mas o projeto só conseguiu verificar uma fração delas. No total, conseguiu a checagem de 147 desmembramentos bem-sucedidos – uma tarefa impressionante, mas apenas uma gota no oceano em comparação com a escala do problema.

Para Claire Wardle, do First Draft, apoiador do projeto Comprova, a natureza das fake news mudou. A desinformação não se trata mais de notícias completamente falsas, mas sim de um constante gotejamento de “conteúdo enganoso destinado a aprofundar as divisões na sociedade”. Nesse contexto, ele argumenta, que as redações precisam mudar sua abordagem. A verificação de fatos precisará ser complementada por uma maior compreensão de como as histórias são divulgadas e por quem.

[Relatório completo Journalism, Media and Technology Trends and Predictions 2019 – http://www.digitalnewsreport.org/publications/2019/journalism-media-technology-trends-predictions-2019/]

Vi lá na página do Facebook do COM+, da USP. https://www.facebook.com/commaisusp/

Assine gratuitamente o blog e mantenha-se informado sobre os principais assuntos de marketing e negócios no http://www.atribuna.com.br/blogredessociais

PATROCINADOR

TECNOPONTA:
Tecnoponta Treinamentos. Há 20 anos formando profissionais.

Curso de Marketing digital
Curso de gestão de redes sociais com foco em Facebook
Workshop de Marketing digital

Gostou da música do vídeo?
Conheça o canal do guitarrista e professor de música Filipe Martinez.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.