Resenha – Songs For The Dead – Live At Graspop – King Diamond

CLÁUDIO AZEVEDO

Enquanto não pinta o novo álbum de estúdio, previsto para meados de 2019, os fãs do velho King Diamond podem saciar a sede com esse estupendo álbum ao vivo, gravado no festival belga Graspop Metal Meeting, em 2017. Com qualidade ótima de som, Songs For The Dead traz vários clássicos tanto de sua carreira solo, quanto do Mercyful Fate. Motivos mais do que suficientes para ser um dos candidatos a álbum do ano.

A formação é a mesma que veio ao Brasil naquele mesmo ano, ou seja, o lendário Andy LaRoque na guitarra, tendo como companheiro Mike Wead, outro parceiro de longa data de King. Completam o time o baterista Matt Thompson e o baixista Pontus Egberg. Livia Zita, esposa do cantor, também empresta sua bela voz a algumas canções.

E o repertório é para fâ nenhum botar defeito. Welcome Home, Sleepless Nights, Halloween e Eye of The Witch (todas de sua carreira solo) nunca soaram tão mortíferas, com King atingindo as mesmas notas de trinta anos atrás. Já Melissa e Come to The Sabbath, ambas do Mercyful Fate, são números eternos.

Após isso, ainda temos a chance de ouvir o álbum Abgail, de 1987, executado na íntegra. Sobram bons momentos como Family Ghost e The Black Horsemen. Para quem não conhece o trabalho do vocalista, essa é uma excelente oportunidade de entrar em seu mundo sombrio.

Songs For The Dead – Live at Graspop 
Ano de Lançamento: 2019
Gravadora: Metal Blade Records

Faixas:
1-Out From The Asylum
2-Welcome Home
3-Sleepless Nights
4-Halloween
5-Eye of The Witch
6-Melissa
7-Come to The Sabbath
8-Them
9-Funeral
10-Arrival
11-A Mansion in Darkness
12-The Family Ghost
13-The 7th Day of July 1977
14-Omens
15-The Possession
16-Abigail
17-Black Horsemen
18-Insanity

Comentários

Comentários