Das Minas | Stevie Nicks, Little Mix, Bebe Rexha e mais

Stevie Nicks

Temos rock, pop em uma mistura equilibrada nos Lançamentos das Minas desta semana! Viaje conosco pelo tempo com Bebe Rexha, que fez uma parceria de sucesso com a rapper Doja Cat; também temos críticas à mesmice do mundo pop com Little Mix; por último, uma canção inédita de Stevie Nicks, que conta com participação de Dave Grohl. Bora conferir!

Ari Lennox – Chocolate Pomegranate

Curte R&B? Então essa dica é perfeita para você. A cantora Ari Lennox traz uma versão inédita de sua nova canção, Chocolate Pomegranate, no projeto Open Mic At Home, da Genius. O estilo vocal ousado de Ari é a pedida perfeita para renovar sua playist.

Sophie Ellis-Bextor – Crying at the Discotheque

Após uma série de lançamentos direto da cozinha de casa na série Kitchen Disco, Sophie Ellis-Bextor lança oficialmente seu primeiro cover. O hit escolhido foi Crying at the Discotheque, de Alcazar, que ganhou nova roupagem na voz de Sophie. Esta é a primeira prévia do álbum da artista, que tem lançamento previsto para 13 de novembro.

Adrianne Lenker – Dragon Eyes

A serenidade na voz da norte-americana Adrianne Lenker combina com uma playlist bem folk, indie, alternativa. Também vocalista e guitarrista do grupo folk Big Thief, a cantora aposta em um projeto mais intimista em sua carreira solo. A canção faz parte de seu novo disco, Songs and Instrumentals, que tem lançamento previsto para 23 de outubro.

Wild Pink – The Shining But Tropical

Wild Pink anunciou um novo disco, A Billion Little Lights, que terá produção por David Greenbaum, frequente colaborador de bandas como U2 e Beck. Com lançamento previsto para 19 de fevereiro de 2021, o disco já ganhou seu single principal, The Shining But Tropical. A faixa é uma boa prévia do que está por vir: uma sonoridade indie, carregada de boas referências.

Bea Miller – Wisdom Teeth

Autora da faixa Feel Something, que viralizou no TikTok, Bea Miller lança um novo single. Wisdom Teeth fala sobre infância perdida e dilemas do crescimento, sendo a primeira prévia de seu novo projeto, o EP Elated!, que tem lançamento previsto para 23 de outubro.

Bleached – Stupid Boys

O duo de Los Angeles lançou seu último álbum no ano passado, Don’t You Think You’ve Had Enough. Imersas no indie rock, lançaram sua primeira música desde o disco. Com letras críticas, a banda reflete sobre o caso de condutas sexuais abusivas da Burger Records contra bandas e funcionários. Por isso, segundo a Bleached, a canção traz “luz diante de uma situação sombria, o que tem sido uma ferramenta muito útil nesses tempos desafiadores”.

Lou Doillon – Claim Me

A artista francesa traz um clipe em formato sketch para o single Claim Me. A faixa compõe seu novo EP, Look At Me Now, que tem lançamento previsto para 20 de novembro. O conceito utilizado relembra o clipe de Take On Me, do A-Ha, e essa foi uma das principais referências de Lou.

“Eu queria fazer algo especial, e queria ver se conseguia fazê-lo sozinha. O tempo pareceu certo, então filmei a mim mesma na banheira, numa manhã de domingo após uma noite difícil”. O resultado é um visual bem intimista, que se alinha perfeitamente à melodia melancólica e sensual.

Mourn – Stay There

Embarcamos para o post-punk com o trio Mourn, de Barcelona. As garotas estão prestes a lançar seu novo álbum, Self Worth, que está previsto para 30 de outubro. Portanto, o novo single nos dá uma prévia do que está por vir, mesclando harmonias distintas com uma boa sujeira punk. Na letra, falam sobre cura, afastar a negatividade e as sequelas de um relacionamento abusivo.

Bebe Rexha feat. Doja Cat – Baby, I’m Jealous

Bebe Rexha lança seu novo single ao lado de Doja Cat, com direito a um clipe muito divertido. O vídeo faz referências ao filme Sexta-Feira Muito Louca (2003), o clássico da comédia estrelado por Jamie Lee Curtis e Lindsay Lohan. Nele, as cantoras são tele transportadas para outros tempos, incluindo uma viagem até a criação do mundo.

Little Mix – Not a Pop Song

As ‘misturinhas’ resolveram fazer uma sátira à própria trajetória pop, mas não se enganem, a faixa continua bem inserida no gênero.

Sua crítica está na letra. Além de dizerem que não são mais fantoches e que estão cansadas de canções de amor, o grupo afirma “não seguir o que Simon diz”, uma referência ao ex-produtor Simon Cowell, que formou o grupo no programa The X Factor. Entretanto, em depoimento sobre a faixa, a Little Mix afirma que Simon verá a menção como uma brincadeira entre eles. Será?

Carla Bruni – Carla Bruni

O disco homônimo de Carla Bruni está entre nós! Com 13 faixas, o sexto álbum de estúdio da artista foi gravado em casa, em um estúdio improvisado, onde aproveitou o isolamento social para compor. Em declaração à imprensa, Carla afirma que o confinamento “se tornou um período de trabalho muito produtivo”, com horas intermináveis para criar.

Stevie Nicks – Show Them The Way

A icônica Stevie Nicks está de volta, após seis anos sem lançamentos. Em nota à imprensa, ela detalha sua inspiração: “O ano era 2008. Uma noite eu tive um sonho, tão real que eu tinha certeza que tinha acontecido”.

“Eu era convidada em uma festa para tocar piano e cantar. Era algo beneficente. Haviam políticos lá. Parecia muito importante. Eu era apenas a pianista, a voz, parte dos sonhos deles. Então, escrevi o poema no dia seguinte – e a música um dia depois”.

Totalmente politizada, a canção menciona vários políticos, de John F. Kennedy a Martin Luther King, e clama pelo bem da nação norte-americana. O timing é ideal, com as eleições nos EUA próximas de acontecer. Stevie contou com Dave Grohl na bateria, introduzindo um ritmo poético à narrativa.

Comentários

Comentários