Conhecendo o Blues #01 – Howlin’ Wolf (1910-1976)

Neste primeiro texto da série Conhecendo o Blues, vou falar um pouco sobre umas das vozes mais marcantes e potentes de toda história da música gravada. Howlin’ Wolf nasceu no Mississippi em 1910, fez suas primeiras gravações em Memphis em 1951, e se mudou para Chicago pouco tempo depois.

No final da década de 1950, ele se transformou num dos maiores ídolos da então nova safra de músicos ingleses. Entre eles, The Rolling Stones, Eric Clapton, Jimmy Page e Robert Plant.

O jovem Chester Burnett ganhou o apelido (que virou seu nome artístico) de seu avô, que dizia que se ele não se comportasse, os “lobos uivadores o pegariam”!

O lendário Charley Patton foi a grande inspiração nos seus primeiros anos com o violão, enquanto Sonny Boy Williamson II (um dos maiores gaitistas da história do Blues) foi seu mentor na gaita.

Entre 1951 e 1973 o grande lobo gravou incansavelmente para a Chess Records!

Wolf sempre contou com músicos competentes em seus discos e não posso deixar de destacar os guitarristas Willie Johnson, Hubert Sumlin e Jody Williams, assim como os bateristas Earl Phillips e S.P. Leary.

Deixo aqui algumas dicas para quem está começando a ouvir blues e esteja querendo conhecer a obra de um dos mais influentes artistas do século 20:

Músicas

Álbuns e compilações

  • Howlin’ Wolf (1962) [conhecido como “o disco da cadeira”]
  • The Real Folk Blues (1965)
  • More Real Folk Blues (1967)
  • The London Sessions (1971)
  • The Genuine Article (1997)
  • Complete Chess Masters 1951-1960 (2011)

Comentários

Comentários