Prince Daddy & the Hyena – Cosmic Thrill Seekers: primeiras impressões

Um dos principais nomes do emo revival atual, Prince Daddy & the Hyena nos presenteou com um novo álbum no dia 29 de junho.

Cosmic Thrill Seekers conta com 14 músicas, que juntas totalizam 40 minutos. Apesar de ser um álbum com um grande número de faixas, ele é relativamente pequeno se comparado com os demais do gênero.

Álbum do Prince Daddy & the Hyena

Prince Daddy pode ser considerada a principal banda do movimento sparklepunk. De acordo com a Pitchfork, este é um movimento de protesto, mas “não se leva a sério”, por assim dizer. O sparklepunk se resume a bandas de garagem fazendo um som bem rústico e pouco polido. Fazendo uma rápida analogia, é praticamente o grunge do emo. Portanto é considerado como o grande nêmesis do emo “artístico”.

Cosmic Thrill Seekers, é em sua essência, tudo isso e mais um pouco. O que quero dizer é, ao mesmo tempo que Prince Daddy conseguiu incorporar toda essa personalidade em seu mais novo álbum, eles também trouxeram um pouco a mais. É perceptível por exemplo, influências do punk rock mais atual, como Green Day e Sum 41.

Estas se demonstram através da melodia produzida pela guitarra. E mesmo ao falarmos de elementos que fogem das influências, podemos perceber uma personalidade bem forte, pertencente apenas a banda. Tal personalidade é caracterizada principalmente através dos vocais, que são bem únicos.

Falando um pouco sobre as faixas presentes no álbum, podemos perceber uma unidade sonora bem presente durante todo o álbum, o que dificulta na hora de escolhermos os principais destaques.

Apesar disso, seria correto afirmar que certamente C’mon & Smoke Me Up é uma das melhores músicas do disco. Além de ser extremamente divertida, possui uma grande energia contagiante, que te faz querer pular e festejar no estilo punk.

Conclusão

Cosmic Thrill Seekers é um álbum divertido e descompromissado. Ele não apresenta grandes ambições nem uma certa pretensiosidade por trás do mesmo. Muito pelo contrário, ele sabe ser devidamente genuíno ao não se levar a sério.

Graças a isso, Prince Daddy acaba por executar um álbum que não só funciona, mas supera as expectativas do ouvinte, afinal, não havia nenhuma desde o início.

Comentários

Comentários