Resenha – Revelations of Oblivion – Possessed

Em 1985, o cenário extremo mundial emergia com álbuns influentes sendo lançados quase que diariamente. Bonded By Blood (Exodus), Killing Is My Business (Megadeth), Hell Awaits (Slayer) e We Have Arrived (Dark Angel) eram apenas alguns dos opus que faziam a alegria de quem procurava sons cada vez mais pesados. Isso sem falar no Metallica, que se preparava para editar o magistral Master of Puppets.

Pegando carona no bom momento, quatro americanos se juntaram com a intenção de ser a banda mais rápida e diabólica do planeta. Conseguiram. Seven Churches é o álbum que chegou como um trovão, encarando de frente tudo que estava sendo feito na época, como ainda foi nomeado um dos primeiros álbuns de death metal da história.

Após anos de reclusão, a banda atualmente conta com Jeff Becerra (voz) como único membro da formação original. Hoje preso em uma cadeira de rodas. O resto do time conta com os guitarristas Daniel Gonzalez e Claudeous Cleamer, o baixista Robert Cardenas e o baterista Emilio Marquez. Esse é o lineup responsável por Revelations of Oblivion, primeiro full-lenght da banda desde Beyond The Gates, de 1986.

Nova formação do Possessed agrada

Quem estava temeroso pela falta de Mike Sus e Larry Lalonde, por exemplo, não terá dificuldade de aceitar a nova formação. Está destruidora. Músicos que certamente sabem de todo o legado do Possessed, em especial os dois guitarristas, que derramam riffs e solos demolidores ao longo do álbum. A cozinha bate forte e certeiro e não deixa pedra sobre pedra.

Já Becerra prova que seu “problema” de saúde não comprometeu em nada o poder de seus guturais. Lembre-se que ele foi um dos primeiros a utilizar tal recurso.

Destaques? Vários! Ouça One More Room in Hell, Abandoned, Shadowcult e a poderosa Graven (melhor faixa do álbum). É thrash, é death, é black, é tudo! Evidente que não se trata do melhor álbum da banda, mas sua audição prova que o Possessed ainda tem lenha para queimar. Está em totais condições de fazer a cabeça de bangers (veteranos ou jovens) mundo afora. Precisamos de mais álbuns assim, datados e maravilhosos. Belo retorno!

Revelations of Oblivion
Ano de Lançamento
: 2019
Gravadora: Nuclear Blast

Faixas:
1-Chant of Oblivion
2-No More Room In Hell
3-Dominion
4-Damned
5-Demon
6-Abandoned
7-Shadowcult
8-Omen
9-Ritual
10-The Word
11-Graven
12-Temple of Samael


Comentários

Comentários