Mundo Extremo - Cláudio Azevedo

Resenha – Victim of The New Disease – All That Remains

CLÁUDIO AZEVEDO

Menos de um ano após o seu último álbum, o ótimo Madness (2017), os maníacos do metalcore All That Remains não quiseram saber de brincar em serviço e entregaram aos seus fâs Victim of The New Disease, que acabou sendo lançado pouco depois da morte do guitarrista original Oli Herbert, falecido em 2018 em circunstâncias ainda não totalmente esclarecidas. Ou seja, Victim…acabou sendo o trabalho póstumo do músico. Coisas do mundo do rock….

E se a música da banda sempre despertou as mais variadas emoções em seus seguidores, esse fato invariavelmente acabou conferindo uma carga extra de melancolia a esse novo álbum. A primeira faixa, Fuck Love, surge pesada e agressiva, mostrando que o All That Remains não desaprendeu a atuar nos lados mais pesados, onde sempre teve ótimos resultados. Bela música, abertura perfeita.

Everything´s Wrong, a segunda pedrada, é a típica composição do All That Remains em seus anos mais recentes. Está tudo lá, os riffs cavalgados e os vocais melodiosos, quase hard rock, tornando a música grudenta logo na primeira audição, e perfeita para ser entoada a plenos pulmões nos shows da banda.

Blood I Spill e Wasteland trazem o melhor dos dois mundos, guturais e riffs pesados dividem espaço de forma harmoniosa com refrãos pra lá de melódicos, fazendo a alegria dos fãs da banda.

Vale destacar os ótimos solos de Herbert, sem dúvida uma perda enorme. A bela balada Alone In The Darkness e a pesada Misery In Me são outras que agradarão facilmente ao exército do All That Remains.

Sem mostrar grandes novidades, Victim of The New Disease é mais um bom momento registrado na história da banda que, se não é exatamente a mais original do mundo, é extremamente eficiente na arte de escrever músicas que grudam na cabeça do ouvinte, mostrando que o Remains sabe peregrinar com segurança tanto nos terrenos mais melódicos quanto nos mais extremos. Vale conferir.

Victim of The New Disease
Ano de Lançamento: 2018
Gravadora: Razor & Tie

Faixas:
1-Fuck Love
2-Everything´s Wrong
3-Blood I Spill
4-Wasteland
5-Alone In The Darkness
6-Misery in Me
7-Broken
8-Just Tell Me Something
9-I Meant What I Said
10-Victim of The New Disease

Comentários

Comentários